Cidadeverde.com

Filiação e candidatura do coronel Carlos Augusto passam por Wellington Dias

O comandante da Polícia Militar tem sido assediado por vários partidos interessados na candidatura à Assembleia Legislativa do oficial militar. Mas as decisões, partidária e de candidatura, terão aval do governador Wellington Dias. O desejo do coronel Carlos Augusto é concorrer a um mandato na Assembleia Legislativa no próximo ano. Por ser militar, tem prazo até julho de 2018 para decidir filiação partidária, pois a candidatura está bem encaminhada. Na foto, Carlos Augusto e o governador Wellington Dias num encontro com líderes evangélicos em Teresina - agenda em rítmo de pré-campanha.