Cidadeverde.com

"O futuro da base aliada está nas mãos do governador", Pablo Santos

Segundo o deputado estadual emedebista, o partido não tem mais pressa para reunião com o governador Wellington Dias. "Já resolvemos o impasse com o ministro João Henrique , temos a garantia que faremos a coligação que o partido  desejar . Então essa  reunião  hoje seria desnecessária" avalia Pablo Santos.  O parlamentar segue na análise do cenário político estadual: "O futuro da base aliada está  nas mãos do governador e ele é quem vai dizer o espaço de cada partido."  Pablo Santos afirma que o MDB já manifestou o seu interesse pela vaga de vice. E cabe agora a cada  partido indicar seu representante na chapa, sem imposições externas na indicação. "Cada partido é quem deve escolher seu representante. Com relação às coligações,  sou a favor do chapão , assim como foi em 2014 quando governador foi eleito", revela.