Cidadeverde.com

O Senado e a crise

A criação de uma comissão especial destinada a acompanhar a crise econômica internacional sugerida pelo presidente José Sarney logo após a sua eleição recebeu o apoio do 1º Secretário da Mesa e Presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, o senador Heráclito Fortes (DEM-PI), que defende que a Comissão poderá ajudar o Senado a buscar novas alternativas para o país, no momento em que a recessão se espalha em diversas nações desenvolvidas.

Formato

Heráclito observou que ainda será necessário estabelecer o formato da nova comissão, mas destacou que uma das suas principais atribuições será a de alertar para as dificuldades a serem enfrentadas pelo país e sugerir medidas de combate aos efeitos da crise. Ele também admitiu que a  proposta da comissão é muito interessante e ajudará o Senado a não ficar a reboque dos acontecimentos.

Desburocratização

Jarbas Santana
No encontro com o presidente da APPM, o deputado federal Osmar Júnior (PC do B) anunciou projeto em andamento para diminuir a burocracia nos repasses de recursos federais às prefeituras. O  presidente da entidade, Francisco Macedo, informou que muitos municipios estão prejudicados pela demora na captação de verbas por causa do excesso de exigências. Osmar Júnior disse ainda que o governador Wellington Dias tem interesse na agilidade nos repasses de recursos aos municípios. O deputado federal também revelou apoio ao movimento dos prefeitos pela renegociação das dívidas com o INSS.

Licenças ambientais

Jarbas Santana
O presidente da APPM e o deputado federal Osmar Júnior também conversaram sobre a idéia da municipalização das licenças ambientais. A proposta prevê o repasse de atribuições aos municípios para autorizações de licenças ambientais. São pequenos projetos, poços tubulares, que muitas vezes ficam emperrados por causa da centralização das licenças na secretaria do meio ambiente do Estado.

Mão Santa:"Faremos a melhor administração do Senado"

No primeiro discurso no Plenário do Senado Federal após a eleição da mesa Diretora, o senador Mão Santa(PMDB-PI), escolhido como 3º Secretário, afirmou estar muito confiante diante  da executiva que está assumindo a administração do Senado. Durante seu discurso, Mão Santa  fez muitos elogios ao novo presidente do Senado , José Sarney(AP).

Palavras de Mão Santa

“Quis Deus que o presidente eleito fosse José Sarney. Foi sem dúvida o maior governador do Estado Maranhão. Fui encantado desde menino com a grandeza do presidente Sarney, daí a emoção e a convicção com que o defendia. É meu dever mostrar ao Brasil essa figura de estadista. Ele tinha também esse espírito de Juscelino. Esse Maranhão, essa São Luís moderna, aquela ponte que nos leva àquela praia, foram obras de José Sarney”, declarou o senador,  ressaltando que  o Senado e a democracia ficam enriquecidos  com a eleição do presidente José Sarney.

Mulheres na Mesa

Mão Santa elogiou também a escolha de duas mulheres para  cargos na Mesa  Diretora  do Senado.“Com a presença de Senadoras nesta Mesa, como a Professora do Partido dos Trabalhadores, a Serys Slhessarenko, e agora a Patrícia Saboya, que é muito próxima ao Piauí também, nós queremos cumprimentar todos e garantir ao povo do Brasil que este Senado da República, do qual nos orgulhamos, é um dos melhores Senados da história da República em 183 anos”, afirmou o parlamentar.

Gessivaldo Isaias na secretaria do Trabalho

O deputado estadual Gessivaldo Isaias (PRB) será anunciado como futuro secretário do Trabalho e Emprego. Se o governador eleito Wellington Dias (PT) confirmar o anúncio, o PRB será o primeiro partido que esteve na campanha de Zé Filho (PMDB) a ser beneficiado com adesão ao futuro governo. A princípio, o primeiro suplente, Antônio Félix (PRB), assume a vaga na Assembleia,  mas o objetivo político da nomeação é favorecer a convocação da segunda-suplente, Belê Medeiros (PSB). Um deputado tucano deve ser chamado para o primeiro escalão do prefeito Firmino Filho (PSDB).

 

 

Dever de casa

O prefeito Firmino Filho (PSDB) cumpriu sua missão política de fim de ano. Conseguiu costurar uma ampla aliança de sua base aliada na eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Teresina. O vereador Luis Lobão (PMDB) foi eleito presidente com apoio dos 29 vereadores. Independência legislativa à parte, Firmino, politicamente,  começa bem a parte final de seu terceiro mandato no Palácio da Cidade.

Governistas buscam união em Esperantina

A secretária de Educação, Rejane Dias, e o titular da secretaria de Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, entraram em campo para assegurar palanque único na eleição de prefeito em Esperantina. Após muitas divergências e desencontros, Rejane Dias e Francisco Limma conseguiram realizar ato solene com presenças da prefeita, Wilma Amorim (PT), e do ex-gestor do município, Chico Antônio (PC do B), ambos pré-candidatos majoritários em Esperantina. A ordem no Palácio de Karnak é unir os dois num mesmo palanque. A missão dá sinais de avanço. 

Posts anteriores