Cidadeverde.com

Evaldo Gomes propõe emenda suplementar para UESPI

Protesto de professores e alunos da UESPI (Universidade Estadual do Piauí) movimentou a Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, 12. O foco das reivindicações foi a carência de recursos para manutenção da UESPI  na capital e interior. O deputado Evaldo Gomes (PTC) propôs ao líder do governo, Francisco Limma (PT), a inclusão no orçamento do Estado para 2019  de uma emenda suplementar de R$ 10 milhões, com aval de todos parlamentares para a Instituição. A proposta será analisada na reta final da tramitação da lei orçamentária que aguarda votação na comissão de finanças. No ano passado, segundo Evaldo Gomes, o mesmo foi realizado com sucesso para a secretaria de Segurança.

Júlio César comemora aprovação de incentivos fiscais

O plenário da Câmara aprovou o Projeto de Lei 10.160/18 que altera o Código Tributário Nacional (Lei 5.172/66) para prorrogar os incentivos fiscais de empresas que estão nas regiões das Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), do Nordeste (Sudene) e do Centro-Oeste (Sudeco). A votação da medida se deu graças ao apelo dos deputados da bancada do Nordeste.
Para o coordenador da bancada do Nordeste, deputado Júlio César (PI), foi importante a aprovação da medida, antes que o benefício expirasse. “O prazo de vigência terminaria dia 30 de dezembro deste ano. Agora, os benefícios foram prorrogados por mais cinco anos. Estamos fazendo justiça ao povo nordestino e para acabar com as injustiças tributárias que fazem com nossa região”, disse.
Na última semana, Júlio César tinha alertado sobre a disparidade no desenvolvimento regional no país. “Os incentivos para o Nordeste através dos Fundos de Investimento do Nordeste, o Finor, deixaram de existir no ano passado. Nossa região dependia da aprovação deste projeto.”
Agora a medida segue para sanção do presidente da República.

A nova base aliada ao prefeito Firmino Filho

Hoje o bloco aliado ao prefeito da capital conta com 13 partidos. Com a nova estrutura partidária a partir do cumprimento da clásula de desempenho, e o fim das coligações proporcionais,  esse cenário desaparecerá. Na Câmara Municipal, o bloco aliado ao Palácio da Cidade será reduzido a, no máximo, cinco partidos. As fusões e incorporações começam já no inicio de 2019. PSDB, Progressistas e PDT devem puxar a aliança da situação em Teresina.

Wilson Brandão e o imbróglio da eleição na Alepi

O deputado estadual Wilson Brandão (Progressistas) esclarece que se manifesta em momento oportuno em relação à presidência da Assembleia Legislativa. E afirma que não significa declaração de voto apenas no dia da eleição da mesa diretora, primeiro de fevereiro. Wilson Brandão segue com serenidade atuações partidária e parlamentar. 

Wilson Brandão não revela preferência na eleição da Alepi

O deputado é filiado ao Progressistas e chegou a ter o nome congitado para disputar a presidência da Assembleia Legislativa. Mas o partido decidiu lançar Hélio Isaias. Brandão adotou o silêncio e evita declarar apoio até mesmo ao candidato da sigla. Promete manifestação pública somente na sessão do dia primeiro de fevereiro.

PP acerta apoio da oposição para Hélio Isaias

Candidato a presidente da Assembleia Legislativa, Hélio Isaias (Progressistas) terá votos favoráveis dos deputados Marden Menezes (PSDB), Gustavo Neiva (PSB) e Teresa Britto (PV). Da conversa com  Marden Menezes, na manhã desta terça-feira, 11,  participaram o candidato, Hélio Isaias, e o presidente estadual do Progressistas, Júlio Arcoverde, que teria o apoio do parlamentar tucano caso fosse o postulante à presidência da mesa diretora.
 

Contas aprovadas

O deputado federal reeleito Fábio Abreu (PR) teve sua prestação de contas da campanha eleitoral aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PI). De acordo com a decisão, a arrecadação e a aplicação de recursos financeiros utilizados em sua campanha estão de acordo com a Lei nº 9.504/97.

 

João Henrique comunica que deixará vice-presidência do MDB

 A decisão foi revelada na reunião de executiva do partido realizada segunda-feira,10, por um aliado do ex-ministro. João Henrique deixará a vice-presidência na renovação da executiva, adiada para junho de 2019. O partido cancelou a convenção que seria no próximo domingo,16, e decidiu prorrogar mandatos dos atuais dirigentes por 150 dias. João Henrique, que assume em janeiro a presidência nacional do Sebrae, seguirá filiado e no diretório do partido,  na direção estadual da Fundação Ulysses Guimarães, órgão do MDB.

Themístocles e Hélio Isaias disputarão comando da Alepi

O relacionamento amistoso entre o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (MDB), e o deputado estadual Hélio Isaias (Progressistas) termina quando o assunto é a eleição da mesa diretora do parlamento, no dia primeiro de fevereiro de 2019. Hélio Isaias já está em campanha e busca apoio para viabilizar candidatura a presidente. O ponto de partida é uma aliança Progressistas/PT com sinal verde do governador Wellington Dias. Já Themístocles Filho promete que só trata da reeleição a partir de janeiro. Mas o MDB está fechado em defesa da reeleição do atual presidente. Nos bastidores da Alepi a relação dos dois parlamentares é cordial, bem no estilo de aliados de mesmo bloco político, mesmo com o ambiente de disputa já concretizado. .

Dr. Hélio comemora aprovação das contas de campanha

O deputado estadual Dr. Hélio (PR) comemorou o resultado expedido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em relação às suas contas de campanha no corrente ano, tendo sido 100% aprovadas e sem ressalvas pelo órgão fiscalizador.

“Esse resultado vem coroar um trabalho feito com muita transparência e seriedade, numa campanha feita com muito trabalho e dedicação a todos aqueles que confiaram em mim mais uma vez para continuar trabalhando pelo Piauí”, afirma Dr. Hélio.

Posts anteriores