Cidadeverde.com

Condição para filiações de Dr. Pessoa e Robert Rios ao União Brasil

Foto: Yala Sena

Na nova legenda o prefeito da capital e o vice podem até mesmo assumir o comando estadual, mas as adesões estão vinculadas a compromisso com o bloco de oposição ao governo na sucessão estadual do próximo ano. Na prática, significará Dr. Pessoa e Robert Rios  no  palanque da oposição em 2022. O acordo está adiantado e alinhavado com influência de lideranças nacionais do novo partido. Na prática, os palácios da Cidade e de Karnak estarão mais uma vez em lados opostos na eleição estadual.

PCdoB atrai Lula, Ciro Gomes e Guilherme Boulos

 

Foi neste domingo, 17, no encerramento do 15° Congresso Nacional do PCdoB, que teve como patrono o ex- deputado federal, que também presidiu a ANP (Agência Nacional de Petróleo), Haroldo Lima, militante e dirigente histórico do Partido, que faleceu vitimado pela Civid 19.
Ao ato político compareceram, virtualmente, os pré-candidatos à Presidência da República Luís Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Guilherme Boulos (PSOL), além de mais de uma dezena de lideranças de partidos aliados  do PCdoB.
O congresso ressaltou a importância da consolidação de ampla frente de partidos e movimentos sociais contra Bolsonaro.
O congresso do PCdoB foi encerrado com forte clima de unidade na aprovação da resolução política e na eleição do novo Comitê Central, que  reelegeu Luciana Santos para a presidência do partido. Pelo Piauí foram eleitos Osmar Júnior e Elisângela Moura para a direção nacional do PCdoB.

A aposta do Solidariedade para 2022

solidariedade

A superintendente de Parcerias e Concessões do governo estadual, Viviane Moura, recém-filiada ao Solidariedade, será um dos destaques da chapa da sigla para disputar mandato na Câmara Federal. Ao lado de Evaldo Gomes, presidente do Solidariedade no Piauí, Viviane será a ponta de lança na estratégia para reconquistar a vaga do partido na bancada piauiense no Câmara Federal. Recentemente, o Solidariedade perdeu para o PL a filiação da deputada Marina Santos.

Wilson Brandão e Alvimar Martins reafirmam aliança política

redesocial

O prefeito de Pedro II, Alvimar Martins (Progressistas), e o deputado estadual Wilson Brandão (Progressistas) conversaram no final de semana e acertaram parcerias política e administrativa. Wilson Brandão é casado com a vice-prefeita, Betinha Brandão, que excerceu interinamente o cargo por dois meses, durante afastamento de Alvimar para tratamento de um câncer. No retorno do gestor à prefeitura de Pedro II, a aliança política parece ter sido reafirmada. 

Solidariedade reforça estratégia para 2022

Foto: Ascom/ Solidariedade 

A direção do Solidariedade no Piauí promoveu uma reunião na manhã deste sábado (16) com  filiados, pré-candidatos e membros da executiva no plenarinho da Assembleia Legislativa. O presidente da sigla, deputado estadual Evaldo Gomes, comandou o encontro e definiu estratégias visando um bom resultado na campanha do próximo ano. “Saímos daqui ainda mais motivados e temos uma meta a cumprir: além de filiar novos e importantes nomes, pretendemos surpreender elegendo três deputados estaduais e pelo menos dois deputados federais. Todos os nossos filiados que ocupam cargos, seja no estado, seja em Teresina, poderão entrar na disputa”, afirmou Evaldo Gomes.

 

Washington Bonfim decide filiação ao Cidadania ainda em outubro

Os entendimentos em nível estadual estão adiantados, porém necessitam de garantias nacionais. O cientista político Washington Bonfim tem encontro agendado para o dia 25, em Brasília, com integrantes da direção nacional do Cidadania. A filiação está associada a projeto eleitoral de candidatura ao governo do estado. O professor já manifestou publicamente desejo de disputar a sucessão do governador Wellington Dias.

O plano B para os "sem partido" do bloco governista

Nem PT, pela reação interna, nem MDB, pela baixa perspectiva eleitoral. A saída para  Flávio Nogueira, Janaínna Marques, Nerinho, Hélio Isaias, Wilson Martins e outros líderes governistas poderá ser uma nova legenda, capaz de abrigar os políticos  que enfrentarão dificuldades de filiação partidária para a campanha eleitoral de 2022. Essa nova sigla já entrou nos radares do governador Wellington Dias, da vice, Regina Sousa, que assumirá o governo em abril do próximo, e de Rafael Fonteles, o pré-candidato majoritário da coalizão  governista.

MDB não é sigla atraente para lideranças governistas

Na base governista, cerca de dez deputados estaduais, dois federais e lideranças sem mandato precisarão trocar de partido para viablizar planos eleitorais. O sonho de consumo seria o PT, mas encontram forte resistência na ala raíz do partido.  O MDB é rejeitado pela maioria das lideranças e dificilmente será legenda acolhedora no palanque alinhado ao Karnak. Os emedebistas ainda não avistaram porto seguro para as chapas de candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

Mainha desiste de cargo no governo federal

O suplente de deputado federal e chefe do escritório do governo do estado em Brasília recua e desiste da secretaria de infraestrutura do turismo, órgão do ministério do Turismo, cargo para o qual já havia sido nomeado. José Maia Filho já comunicou a decisão ao presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto. "Sigo na equipe do governador Wellington Dias e alinhado à aliança estadual com a base governista", informa Mainha. 

Irmã de Margarete Coelho segue com Wellington e Ciro

Foto: Arquivo Cidade Verde

A prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro (Progressistas), irmã da deputada federal Margarete Coelho e esposa do deputado estadual Hélio Isaias (Progressistas), aprova o caminho da oposição adotado pela irmã, que rompeu com a base governista estadual. Entrevistada pelo jornalista Péricles Mendel, do portal cidadeverde.com, no Rio de Janeiro, a gestora reafirmou o discurso da irmã: "Margarete está onde sempre esteve, no Progressistas", afirmou. Carmelita Castro disse ao jornalista Péricles Mendel que segue com o esposo na base governista liderada por Wellington Dias sem perder as boas relações  políticas e pessoais  com o senador e ministro Ciro Nogueira.

Posts anteriores