Cidadeverde.com

Disputa por vice de Wellington Dias contamina base aliada

Margarete Coelho ou Themístocles Filho? Progressistas ou MDB na vice da chapa governista? a disputa política na base governista já envolve lideranças de vários partidos aliados ao governador Wellington Dias. O tempo passa e a disputa ganha ainda mais elementos que favorecem confronto de complicada solução. O governador Wellington Dias já está sendo aconselhado para decidir a composição majoritária até o final de abril. Do contrário, a densa base aliada pode sofrer sequelas irreparáveis.
 

Municípios não podem manter Unidades Básicas de Saúde

Atualmente o Piauí possui 256 UBS's (Unidade Básica de Saúde),mas somente 152 unidades estão funcionando no estado. Esses dados são da SAGE (Sala de Apoio à Estratégia), que mostrou que 104 UBS's estão prontas, mas encontram-se fechadas, sem prestar serviços à população. Além disso, mais seis UPAS (Unidades de Pronto Atendimento) também estão  na mesma situação. A Associação Piauiense de Municípios (APPM) defende que os locais sejam custeados pelo Ministério da Saúde, pois as gestões municipais não possuem condições financeiras  para arcar com os altos custos  da manutenção dessas unidades de saúde.

Piauiense assume ministério da Integração Nacional

O engenheiro piauiense Antônio de Pádua Andrade, ex-secretário de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional, é o sucessor de Helder Barbalho na pasta. A indicação é paraense, sob influência do senador Jader Barbalho (MDB). O ministro deixou o cargo para ser candidato a governador do Pará.  Antônio de Pádua é piauiense de Campo Maior e amigo pessoal do engenheiro Henrique Pires, ex-secretário de Saneamento do ministério das Cidades.

Oposição une Elmano, João Vicente, Luciano e Mão Santa

O bloco de oposição ao governo do Estado foi reforçado no final de semana com a filiação do senador Elmano Férrer ao Podemos. No mesmo  final de semana, Luciano Nunes (PSDB), Elmano Férrer (Podemos), João Vicente Claudino (PTB) e Mão Santa (Solidariedade), se encontraram em evento social e demonstraram interesse na construção de palanque sólido e competitivo de oposição. O petebista João Vicente defende aliança única de oposição para a disputa do governo. Pré-candidato já lançado, o tucano Luciano Nunes promete conversas para o fortalecimento do palanque oposicionista no Estado.  Na foto, os quatro líderes e a primeira-dama de Parnaíba, Adalgisa Moraes Souza, que se filiou ao DEM.

Patriota terá candidata ao Senado

A jornalista Calina Lopes, ex-diretora da CCOM (Coordenadoria de Comunicação do Estado), assinou ficha de filiação ao Patriota para ser candidata ao Senado. A filiação foi confirmada com aval o presidente da sigla, Dilson Resende, e de Geraldo Jarques, pré-candidato a deputado estadual.

PPS filia liderança do Podemos

O ex-presidente do Coren (Conselho Regional de Enfermagem),  ex-vereadiador de Floriano, Lauro César deixa o Podemos,  onde era secretário geral da sigla, no último dia do prazo, filia-se ao PPS, para ser candidato a deputado estadual. Na foto, Lauro César ao lado de Celso Henrique, presidente estadual do PPS.

Alexandre Almeida será candidato ao Senado

O deputado estadual maranhense Alexandre  Almeida trocou o PSD pelo PSDB para disputar mandato no Senado Federal. A filiação ocorreu  em Timon, reduto político do parlamentar, com presença do presidente estadual do PSDB, senador Roberto Rocha. Pela primeira vez o município de Timon lança candidato a senador, que promete apoio em toda a região dos Cocais maranhenses.

MDB terá empresário disputando mandato na Câmara Federal

Trata-se de Ernesto Mello, que na semana passada assinou ficha de filiação ao MDB, com presenças do presidente estadual da sigla, Marcelo Castro, e lideranças emedebistas. Ernesto Mello será candidato a deputado federal com propostas focadas no empreendedorismo.

Presidente do Podemos filia Elmano Ferrer e lança João Vicente ao governo do Piauí

Fotos: Ascom

A presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), comandou em Teresina, neste sábado (7), ato de filiação do senador Elmano Férrer (ex MDB) ao partido.

A solenidade contou com presença do deputado estadual Dr Pessoa (SD), do ex-senador João Vicente Claudino (PTB) e de lideranças politicas que também aderiram ao Podemos, como Renato Berger e Sérgio Bandeira, que serão candidatos a deputados neste ano.

Na solenidade de filiação, chamou atenção o discurso de Renata Abreu, que “lançou”  a candidatura de João Vicente Claudino ao governo do Estado e disse que Elmano Ferrer fortalece o Podemos no Piauí.

"A eleição para o governo do Piauí passará por João Vicente e Elmano Férrer", afirmou Renata Abreu.

João Vicente afirmou que permanece com seu nome à disposição do PTB para  candidatura majoritária e disse que a definição só deverá acontecer no fim de maio.

A outra alternativa do Podemos é uma chapa formada por Elmano Férrer para o  governo e Dr Pessoa (SD) para o senado.

No Piauí, o Podemos será palanque para campanha do senador Álvaro Dias para a presidência da República.  

Sâmio Falcão deixa governo para ser candidato

Mais um gestor estadual se desincompatibilizou para disputar mandato eletivo este ano.  Trata-se do coordenador  de Enfrentamento às Drogas do Piauí (CENDROGAS), Sâmio Falcão. Será candidato pelo PHS a deputado estadual, legenda dirigida no Piauí por Tiago Vasconcelos, presidente estadual, pela vereadora Cida Santiago, vice-presidente que disputará mandato na Câmara Federal.

Posts anteriores