Cidadeverde.com

Tendências disputam direção estadual do PT

Três grupos estão prontos para a eleição no diretório estadual petista, em setembro. A tendência CNB (Construindo um Novo Brasil) é liderada pelo atual presidente do PT no Estado, Assis Carvalho. Na oposição, as tendências Movimento PT e Democracia Socialista também confirmam candidaturas à presidência da sigla. O vereador Dudu Borges (Democracia Socialista)  já está em campanha. Na semana passada a deputada Flora Isabel, líder do grupo Movimento PT, lançou a candidatura de Josiane Borges para presidir do diretório estadual.

PT e MDB medirão forças em Esperantina

Na situação, o PT anuncia candidatura própria na sucessão da prefeita Vilma Alves. Na oposição, o MDB terá Ivanária Sampaio, esposa do presidente da Assembleia Legislativa,  como candidata à prefeita. A filiação de Ivanária ao MDB do município está sendo planejada para setembro.  PT e MDB são aliados no governo do Estão, mas ferrenhos adversários em Esperantina.

Sucessão em Esperantina:Marcílio larga na frente

Foto - divulgação

O governador Wellington Dias entra no cenário político da sucessão municipal em Esperantina, norte do Estado.  Polêmicas à parte na base aliada à prefeita Vilma Amorim (PT),  o professor Marcílio Farias  é mesmo o nome mais cotado, dentre outros dois nomes, como pré-candidato a prefeito.  Neste final de semana, ao lado  do governador Wellington Dias, do deputado Francisco Limma e da  prefeita Vilma Amorim, Marcílio Farias prestigiou o Festival dos Cocais, no município vizinho de  São João do Arraial. O pré-candidato tem a simpatia e o estímulo  do governador.
 

PSD filia ex-aliados de Firmino

Os ex-vereadores Renato Berger e Ananias Carvalho selam nesta segunda-feira, 08, rompimento político com o prefeito Firmino Filho. Os dois assinam ficha de filiação ao PSD, sigla que está em campo com pré-candidatura de oposição aos tucanos na sucessão do prefeito Firmino Filho. 

Júlio César é reeleito na Federação da Agricultura

A votação ocorreu neste sábado, 06, e reuniu dirigentes de sindicatos rurais que atuam no Piauí. Pela primeira vez a eleição envolveu mais de um pretendente ao cargo de presidente da FAEPI (Federação da Agricultura do Estado do Piauí). Concorreram o atual presidente, deputado federal Júlio César Lima (PSD) e o empresário Clédson Evangelista. Júlio César obteve 11 votos contra três do opositor. No Piauí, a entidade dirige o SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), órgão que integra o sistema S. O deputado chegou à presidência da FAEPI em 2017, com a morte do então dirigente, Carlos Augusto Carneiro. Com a reeleição, Júlio César cumprirá mandato de quatro anos. O pecuarista Filemon Nogueira ficou na vice-presidência.

Petistas defendem consenso no diretório estadual

O depurado estadual Franzé Silva lidera grupo de petistas que entrou em campo para debelar disputas internas no partido. A primeira missão é buscar consenso para a reeleição do deputado federal Assis Carvalho na presidência da executiva estadual. O grupo já trabalha para desmontar a candidatura patrocinada pela tendência Movimento PT, liderada pela deputada estadual Flora Izabel. Em outra frente, a força tarefa petista tenta convencer o vereador Dudu para desistir de concorrer à presidência do diretório do PT no Estado. 

Vilma Amorim e PT explicam sucessão em Esperantina

No município, só o PT têm três pré-candidatos a prefeito, sem contar com outros partidos da base aliada. Por isso, em nota, PT e a prefeita Vilma Amorim explicam como tem sido a condução da sucessão no município. O esforço é para evitar racha no bloco de apoio à atual gestão de Esperantina, norte do Piauí.

"O Partido dos Trabalhadores (PT) de Esperantina-PI e a Prefeita Vilma Amorim, vêm, por meio desta nota, esclarecer que o professor Marcílio Farias (PT) não é o nome indicado à sucessão pelo partido. O PT de Esperantina corrobora que esse tipo de decisão será tomada no momento oportuno e que, apesar de as discussões estarem abertas, ainda não existem nomes definidos."
 

União PDT/Podemos mira 2022

Segundo o deputado federal Flávio Nogueira (PDT), a meta é consolidar num partido lideranças políticas com influência e atuação em todo o Estado. A base inicia forte, com um senador, um deputado federal e um estadual. Prefeitos, vereadores, suplentes e até deputados estaduais podem compor o novo Podemos no Piauí. "Vamos preparar o grupo para o primeiro teste político nas eleições municipais do próximo ano, mas a meta maior é o pleito de 2022", explica Flávio Nogueira. A união Podemos/PDT buscará espaço até mesmo na composição de chapa majoritária na sucessão do governador Wellington Dias. Nesta quarta-feira, 03, novos encontros políticos para a ampliação do Podemos serão realizados em Brasília, sob a coordenação do senador Elmano Férrer e do deputado Flávio Nogueira.

Sucessão em Esperantina: PT terá candidato

Foto - divulgação PT

A sucessão da prefeita Vilma Amorim (PT) está em pleno andamento no cenário político do município. A novidade é a pré-candidatura do professor Marcílio Farias (PT), vereador e ex-secretário do Meio Ambiente da atual atual gestão. É opção da prefeita, com aval da base aliada. Marcílio Farias, 38 anos, é professor formado em Química e  engenheiro civil, com especialização em educação e mestrado em engenharia de materiais, técnico e gestor com experiência na Seduc, Semhab, SDR e Ministério da Educação. No plano político, a pré-candidatura tem apoio do deputado estadual Francisco Limma (PT).

 

 

 

Homenagem na Alepi

Assembleia Legislativa do Piauí presta homenagem aos 40 anos de fundação da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí, em sessão solene a ser realizada na próxima quarta-feira (3) de julho, às 10 horas, no plenário da casa. "Diante do atual cenário de ataques aos sindicatos e entidades representativas dos trabalhadores, faz-se ainda mais importante esta homenagem", afirma Lucineide Moraes, diretora da entidade.

Posts anteriores