Cidadeverde.com

Ministro pede que estudantes tenham cuidado com fake news sobre Enem

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez um pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio na noite deste sábado (2) sobre a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Estão inscritos para o exame cerca de 5 milhões de estudantes em mais de 1,7 mil municípios. O ministro pediu que os participantes procurem se informar pelos canais oficiais do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). “Duvide de informações que são compartilhadas nas redes sociais: podem ser fake news [notícias falsas]”, disse.

Os candidatos farão neste domingo (3) as provas de linguagens, ciências humanas e redação. O Enem continua no dia 10, quando os estudantes farão as provas de ciências da natureza e matemática.

Weintraub passou orientações aos candidatos como levar caneta de tinta preta em material transparente e destacou que, para ter mais segurança, o Enem 2019 terá uma nova regra: qualquer som emitido por aparelhos eletrônicos ocasionará a eliminação do candidato na hora, ainda que o equipamento tenha sido lacrado na embalagem pelo fiscais. A recomendação vale para ligações telefônicas e alarmes, por isso os relógios também devem estar desligados.

O ministro ressaltou que, apesar dos vários fusos horários do país, o importante é seguir o horário oficial de Brasília.

Sobre a vestimenta dos estudantes, o ministro disse que bonés, chapéus e óculos escuros não poderão ser usados. Alimentos serão aceitos nas embalagens originais, mas serão revistados. O candidato deverá apresentar documento oficial original com foto e é recomendado que leve o cartão de confirmação.

Weintraub também disse, a partir do ano que vem, terá início o Enem Digital. A proposta, que será progressiva e tem previsão atingir a totalidade das provas em 2026, começará como um modelo-piloto com 50 mil participantes de 15 capitais.

"Como foi anunciado em julho pelo Ministério da Educação, esta será a última edição totalmente em papel. A partir de 2020, daremos início ao Enem Digital, mais uma ação inovadora do governo do presidente Jair Bolsonaro, uma modernidade que trará mais conforto para você e economia aos cofres públicos", disse o ministro.

Mais cedo, nas redes sociais, Abraham Weitraub também falou sobre o Enem em um vídeo que começa com o ministro da Educação tocando piano.

"Fica tranquilo. Vai dar tudo certo. Não é mais hora de estudar, ficar nervoso. Para um pouco, escuta uma música, tenta jantar uma coisa leve, relaxar um pouco. Vai dar tudo certo amanhã [domingo]."

As provas do Enem serão realizadas neste domingo e no próximo (10).

PREPARE-SE PARA O 1º DIA DO ENEM

Provas deste domingo (3):

Linguagens, Redação e Ciências HumanasHorários (horário de Brasília)12h - Abertura dos portões
13h - Fechamento dos portões
13h30 - Início das provas
19h - Fim das provas

O que levar:

Documento de identificação oficial e caneta esferográfica preta em material transparente; é aconselhável levar o cartão de confirmação da inscrição

Itens proibidos:

borracha, corretivo, chave com alarme, artigo de chapelaria, impressos e anotações, lápis, lapiseira, livros manuais, régua, óculos escuros, caneta de material não transparente, dispositivos eletrônicos (wearable tech, calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods , gravadores, pen drive, mp3, relógio, alarmes) fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens. Consulte seu local de prova em  https://enem.inep.gov.br/participante


Fontes: Agência Brasil e Folhapress