Cidadeverde.com

Enem: má alimentação pode atrapalhar; confira dicas

Estar bem alimentado no dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode render em mais concentração e consequentemente em um melhor resultado. Em entrevista ao Vá Bem No Enem desta sexta-feira (8), a nutricionista especializada em alimentação escolar, chama a atenção para o café-da-manhã.

A falta de apetite pela manhã no dia do exame não pode evitar a principal refeição do dia, o desjejum. “Por mais que ele não tenha o hábito de tomar café, é importante que ele faça essa refeição com uma vitamina de frutas, uma torrada, uma ricota e ele tenha um cuidado especial com o almoço e com o que ele vai ingerir na hora da prova”, alerta a nutricionista.

A abertura dos portões ao meio-dia faz com que muitos estudantes saiam de casa antes do horário convencional para o almoço. O que comer no almoço também deve ser pensado com atenção. A nutricionista aconselha um almoço balanceado para evitar indigestões. Um prato com arroz integral ,feijão sem carnes gordurosas, uma porção de batata doce e salada sem molhos ou maioneses, juntamente com um grelhado, de preferência pescado.

Para enfrentar as 5h de prova, a especialista indica que o estudante leva um lanchinho e não se esqueça da garrafinha d’água. “Além do chocolate, uma fruta, principalmente a maçã porque é fácil de levar, e além disso, um mix com castanha-do-pará, castanha de caju, são alimentos energéticos, e, pra fechar, a água para hidratar”, concluiu .

Valmir Macêdo
valmirmacedo@cidadeverde.com