Cidadeverde.com

Professor avalia que prova de matemática foi extensa e com muito cálculo

O professor de matemática Neto Ceará avaliou a prova da disciplina no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para ele, as questões tiveram uma característica diferente do ano anterior e foram marcadas pela grande quantidade de operações matemáticas. 

"A gente fez uma análise da prova de matemática e viu que teve uma característica um pouco diferente da do ano passado. Houve uma diminuição dos textos, mas um aumento absurdo das operações matemáticas. Muita conta, números quebrados, números decimais, frações. Então a prova, não estava difícil, mas extensa. Dificilmente, o aluno teve tempo de concluir as 90 questões", disse o professor.

Na avaliação de Neto Ceará, as provas deveriam focar mais no raciocínio dos candidatos.

"Houve questões inteligentes como a de um aplicativo de namoro, uma questão de transformação de moeda, questões em aplicação na construção civil,  questões envolvendo o trânsito. Foi uma prova bem distribuída, porém a gente critica essa questão do número de contas, cálculos", avalia o professor acrescentando que o excesso de cálculos também foi característica da prova de física. 

Ontem (10), os candidatos fizeram provas matemática e ciências da natureza e tiveram 5 horas para resolver 90 questões.

 

Graciane Sousa
[email protected]