Cidadeverde.com

Candidata é eliminada por toque de celular durante a prova; veja balanço

Fotos: Roberta Aline

A Secretaria Estadual de Segurança Pública divulgou o balanço de ocorrências durante a prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Uma candidata foi eliminada porque seu celular tocou durante a prova. Houve falta de energia e registro de duas emergências médicas. No Piauí, mais de 122 mil candidatos disputam vaga no exame. As Polícias Militar, Civil e Federal realizaram operação no combate a fraude e "cola eletrônica".

O coordenador do Centro de Comando e Controle Piauí, Audivan Nunes, informou que não houve ocorrência policial. 

Veja os registros:

Uma aluna da Unidade Escolar Lourival Parente, em Teresina, foi eliminada devido ao toque do celular durante a realização da prova, configurando uma conduta irregular por porte de equipamentos eletrônicos e/ou comunicação. 

Duas emergências médica, uma registrada no Centro Educacional de Ensino Integral Polivalente na cidade Amarante. Uma segunda ocorrência na cidade de Parnaíba, no Liceu Parnaibano. Ambas passam bem. 

Falta de energia elétrica na cidade Canto do Buriti, no Centro Estadual de Educação Profissional Maria Chaves e na Unidade Escolar Osair Valente. Em Teresina, na Escola Lourival Parente, teve queda de energia, mas o sistema já foi restabelecido; Na cidade de Paulistana, no Centro Estadual Tempo Integral também houve sobrecarga no abastecimento de energia, mas já está funcionando dentro da normalidade; Na cidade de Uruçuí, na Universidade Estadual do Piauí, também ocorreu queda de energia no local de aplicação da prova. 

Em Parnaíba, na Escola Municipal São Francisco dos Capuchinos, pertubação do sossego com música alta.

 

Flash Yala Sena (Com informações da Segurança)
[email protected]

Piauí é o estado com maior taxa de presença no Enem

  • e3.jpg Roberta Aline
  • e2.jpg Roberta Aline
  • e1.jpg Roberta Aline
  • ok5.jpg Roberta Aline
  • ok4.jpg Roberta Aline
  • ok3.jpg Roberta Aline
  • ok2.jpeg Roberta Aline
  • ok1.jpeg Roberta Aline

O Piauí registrou 81% de presença dos estudantes no primeiro dia de prova no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A taxa é a maior do Brasil pelo quarto ano consecutivo, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame.

Marcaram presença 99.100 candidatos nos locais de prova. Segundo os dados divulgados pelo instituto, dos 122.338 foram inscritos no Piauí, 23.238 faltaram.

Em todo o Brasil, mais de 5,1 milhões de pessoas se inscreveram e 1,2 milhão faltaram. Depois do Piauí, a maior taxa foi da Paraíba, com 80,5% de presentes. A maior quantidade de abstenções foi registrada no Amazonas, 31,1% dos inscritos.

O secretário de estado da Educação, Ellen Gera, comemorou o número e lembrou que o programa Passe Livre, uma das ações do Pré-Enem Seduc, garantiu, em 2019, transporte para mais de 5 mil estudantes da capital.

“Em 2016, quando foi identificado que muitos alunos deixavam de fazer a prova simplesmente por não ter dinheiro para o vale transporte, o Governo do Estado criou o Passe Livre e deixou os estudantes tranquilos com relação ao transporte. De lá para cá, o Governo tem se esforçado para que tanto os alunos da rede pública da capital, quanto do interior, tenham transporte garantido nos dias de prova”, explicou.

Para Ellen Gera, o dado positivo é reflexo das ações da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que tem dado todo o apoio e suporte nos preparativos para o Enem.

“Durante todo ano trabalhamos para preparar nossos alunos para o Enem. Nas escolas da nossa rede, os professores têm feito um belíssimo trabalho com os estudantes da 3ª série do Ensino Médio. Para complementar esse trabalho, a Seduc, por meio do Pré-Enem, realizou 35 revisões de auditório ao longo do ano, sendo 07 revisões em Teresina, 18 no interior e 10 contemplando os reeducandos do  sistema prisional”, destacou o secretário.

Além das revisões, os alunos da rede pública têm à disposição outros meios de preparação para o Enem como o aplicativo Canal Educação, disponível no Google Play e App Store, para correção de redação, simulados e vídeos aula, e ainda preparatório Pré-Enem, realizado via mediação tecnológica para os mais de 300 polos distribuídos pelo Piauí.

Caroline Oliveira
Com informações da Seduc-PI
[email protected]

Enem: locais de prova registram falta de energia e música alta no Piauí

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Ampliadas às 8h, desta segunda-feira (04)

Algumas ocorrências policiais foram registradas no Piauí durante as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (3). Em boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, através do Centro de Comando e Controle do Piauí, foram informadas queda de luz, música alta e problemas de saúde na capital e no interior.

Três locais de prova tiveram problemas com falta de fornecimento elétrico. Os casos foram registrados em Teresina, na Escola Lourival Parente e em Parnaíba no Centro Estadual Tempo Integral. Em Canto do Buriti, no Sul do estado, duas escolas tiveram queda de luz. Candidatos da região que fizeram prova no Centro Estadual de Educação Profissional Maria Chaves e na Unidade Escolar Osair Valente passaram por esse imprevisto.

De acordo com o Centro de Comando e Controle do Piauí, mesmo com a falta de energia elétrica em alguns pontos do estado, em nenhum local a aplicação da prova foi suspensa. 

Em Amarante, uma candidata sentiu tontura e um atendimento médico foi acionado. O caso ocorreu no Centro Educacional de Ensino Integral Polivalente. A estudante passa bem.

Em Parnaíba, a polícia foi acionada após uma música alta na vizinhança prejudicar os candidatos na Escola Municipal São Francisco dos Capuchinos. Já na cidade de União, também no interior do estado, um homem identificado como Pedro Henrique Castro Gomes foi preso. De acordo com o 16º BPM, ele estaria com o som do carro muito alto atrapalhando os candidados que faziam provas na Unidade Escolar Barão de Gurguéia. Ao ser colocado na viatura, ele ainda teria dado vários pontapés e dito palavras de baixo calão contra os policiais. 

Nota de Esclarecimento

A Equatorial Piauí informa que está alinhada com a Coordenação Geral do ENEM desde antes da realização do exame, com o objetivo de assegurar as melhores condições de fornecimento aos locais de prova e que as ocorrências registradas neste domingo (03.11) foram pontuais e solucionadas a tempo, sem prejuízo para a realização das provas. 

No caso do município de Canto do Buriti, a interrupção no fornecimento foi causada por um defeito na Linha de Transmissão que vai da Usina Fotovoltaica Sobral à subestação daquele municipio. Todos os recursos disponiveis estão sendo empregados na recuperação do sistema e o restabelecimento do fornecimento o mais breve possível. 

 

“Democratização do acesso ao cinema no Brasil” é o tema da redação em 2019

Pais denunciam falta de organização na aplicação do Enem em Teresina

Namorado pega moto emprestada para entregar RG de estudante

Foto com proposta da redação do Enem vaza minutos após início da prova

Candidatos chegam aos locais de prova para o início do Enem 2019

 

Valmir Macêdo
[email protected]

Enem: professores comentam expectativa para as questões da primeira prova

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Neste domingo (3), os candidatos fazem as provas de Linguagens, Redação e Ciências Humanas do Exame Nacional do Ensino Médio. No Piauí, cerca de 122 mil alunos estão inscritos para a prova deste ano. 

O professor Marcelo Lima, do CEV, explica que as questões de Ciências Humanas vão exigir as habilidades resolutivas dos alunos, em contexto temporal ao tema. 

"A prova de ciências humanas vem relacionada a três tipos de questões: fenômenos, situações problema e solução. O candidato é convidado a dar a melhor solução, identificar o fenômeno ou a situação-problema"

Lima também conta que há um indicativo de que questões polêmicas não apareçam nesta edição. “A questão ideológica, a questão de classe social é uma expectativa de que possa ocorrer uma mudança. Mas prova do nosso Enem atende a eixos cognitivos, a habilidades e competências, ou seja, o conteúdo, a forma de abordagem, a estética da prova, ela vai se manter”.

Já a professora de Linguagens, Flávia Leda, conta que os alunos devem estar preparados para uma prova com muita leitura. "São 45 questões de linguagens. Então, no mínimo, 45 textos. É preciso tomar cuidado para fazer a leitura e a interpretação".

Sobre as questões, ela citou que deve cair figuras de linguagens e uso de conectores. Flávia Leda contou que a prova deve ser democrática, com questões do nível mais fácil ao difícil. "Acredito que não venha nada que o aluno não esteja preparado".

Carliene Carpaso
[email protected]

Namorado pega moto emprestada para entregar RG de estudante

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A estudante Samara Vanessa, que pretende estudar Administração ou Ciências Contábeis, passou por um sufoco ao tentar entrar na sala para fazer a prova do Enem neste domingo (3). Ela percebeu que não estava com sua carteira de identidade e nenhum outro documento de identidade oficial que a permitisse fazer o exame. 

No desespero, Samara que estava na Universidade Estadual do Piauí, no Pirajá, ligou para o namorado, que estava jogando bola com os amigos na Santa Maria da Codipi. 

O namorado Kellison Kisman pediu uma motocicleta empresta para socorrer a namorada. A identidade dela estava guardada na carteira dele. 

Kellison chegou a UESPI faltando pouco menos de 5 minutos para os portões se fecharem. 

"Graças a Deus deu certo", disse o namorado. Vanessa pegou a idade e correu para a sala.

Flash Carliene Carpaso
[email protected]

Posts anteriores