Cidadeverde.com

O ciúme virtual que acaba vários relacionamentos

Olhe à sua volta e perceberá algo impensável há 20 anos. Não é difícil achar relacionamentos amorosos – de ficadas a casamentos – que terminaram por causa de janelas de bate-papo ou um emoticon suspeito. A internet não inventou o ciúme, mas se tornou uma ferramenta poderosa para parceiros atrás de “provas” e para os inseguros, que confundem lealdade com controle. O Facebook, por exemplo, já foi ligado a separações várias vezes nos últimos anos. Uma pesquisa, da Universidade do Missouri (EUA), concluiu que pessoas que navegam por mais de uma hora na rede social têm relações mais turbulentas. Faltam estudos no Brasil, mas os impactos se verificam na prática. Detetive particular em Curitiba, Juliana Carina Moreira diz que a internet triplicou a demanda pelo serviço e mudou o perfil da clientela: “Há oito anos, eram casados que viam mudanças no comportamento do parceiro. Hoje são até namorados que pegam papos e comentários suspeitos no Facebook e no WhatsApp”. O psicólogo Thiago de Almeida, autor de Relacionamentos Amorosos: o Antes, o Durante… E o Depois, lembra ainda que as redes sociais aumentam a interferência sobre o relacionamento: “Sempre alguém vê algo, que pode ser sinal ou não de possível traição, e conta para os envolvidos”.

O psicólogo Pedro del Picchia avalia que, no futuro, quando o universo digital deixar de ser novidade, haverá uma maior “relativização” da interação on-line. “Com o tempo, avalio que as pessoas entenderão que uma certa conversa pela internet tem uma linguagem que é do momento, do meio. Hoje, mesmo quem tem 20 anos tem como modelo de relação a dos pais”, completa o especialista.

 


Fonte: Gazeta do Povo

 

Ceir realiza hoje (20) o Arraiá da Inclusão

Muito forró pé de serra, quadrilhas, animação e inclusão. As manifestações culturais do período junino estarão presentes no Arraiá da Inclusão, que será realizado nesta quarta-feira, dia 20 de junho, na entrada do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir). Voltado para a integração entre pacientes, familiares e colaboradores, a festa deste ano promete não deixar ninguém parado com as participações da quadrilha Luar do São João e da Banda As Fulô do Sertão, a partir das 10h, e da banda Valor de PI, a partir das 15h. A festa, que é organizada pelo Voluntariado da instituição, contará também com barraquinha com venda de comidas típicas, nos dias 19 e 20 de junho, de 8h às 17h.

Processo seletivo do HEMOBA com salário de até R$ 3.016,68

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia faz saber aos interessados a abertura de edital de processo seletivo (Processo seletivo HEMOBA 2018) para preenchimento de cinco cargos na instituição. De acordo com o documento publicado, todas as oportunidades serão distribuídas para Barreiras (BA). De acordo com o edital do HEMOBA/BA 2018, as oportunidade são destinadas aos cargos de Farmacêutico Bioquímico (3 vagas); Enfermeiro (3); Assistente Social (2 vagas); Técnico Patologia Clínica (7 vagas) e Técnico Enfermagem (8 vagas). Os salários oferecidos oscilam entre R$ 823,93 a R$ 3.016,68.

Inscrição Processo seletivo HEMOBA 2018
Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 21 e 26 de junho de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (selecao.ba.gob.br).

Conselho de Fisioterapia denuncia planos de saúde

O presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito-14), Marcelino Martins, denunciou ao Ministério Público do Piauí (MPPI) a recusa dos planos de saúde em aceitar requisição de exames complementares feitos por fisioterapeutas. A denúncia foi realizada por meio da promotora de Justiça Graça Monte, titular da 32ª Promotoria de Justiça de Teresina, que atua no Núcleo do Consumidor do MPPI. De acordo com o Conselho, alguns planos têm se recusado a custear as solicitações alegando que não existe regulamentação pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), mesmo esta não sendo uma competência do CRM, já que que esse tipo de requisição não se trata de ato médico.

A solicitação de laudos técnicos e exames complementares é uma prerrogativa legal prevista pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO), por meio da Resolução nº 80, publicada em 9 de maio de 1987 e é utilizada pelos profissionais de modo a embasar o diagnóstico fisioterapêutico e para reajustes ou alterações das condutas terapêuticas empregadas. “Na verdade, os profissionais da fisioterapia têm habilidade e competência adquirida para requerer esse tipo de exames. Faz parte das diretrizes curriculares dos cursos de fisioterapia a solicitação de exames complementares, portanto, não há motivos para a recusa”, explica a assessora jurídica do Crefito 14, Giovana Nunes. Para a advogada, a prática se caracteriza como uma violação ao Direito do Consumidor do plano de saúde e precisa da intervenção do Ministério Público, especificamente do Núcleo do Direito do Consumidor e da Saúde.

Feira de Saúde receberá especialistas nacionais e internacionais em Teresina

O Piauí tem um segmento de saúde considerado como referência na região, sendo a capital Teresina um polo de saúde bastante procurado. Além de receber pacientes do interior, a cidade recebe também pessoas vindas de estados vizinhos, como Maranhão, Ceará e Pará. O aumento no número de hospitais, clínicas, farmácias, laboratórios e de lojas especializados em produtos médico-hospitalares, contribuem para manter esse mercado em aquecimento. Diante disso, será realizada a sétima edição da Feira Hospitalar do Piauí, a Hospmed. O evento, que é considerado a maior feira de negócios em saúde do estado e um dos maiores da região Nordeste, acontece nos dias 24, 25 e 26 de agosto no Centro de Convenções Atlantic City. Com um espaço amplo, contará com mais de 600m² de área expositiva subdivididos em estandes organizados que serão destinados para as empresas do setor que estarão apoiando institucionalmente o evento. Dentre os parceiros da feira que já estão confirmados está uma clínica referência no tratamento de câncer em Teresina, renovando a parceria com mais uma participação ativa.

Entre os nomes nacionais, já estão confirmados os dois palestrantes da abertura. O Pós-Doutor pela Universidade de Porto, José Roberto Leite, trará a palestra “Cannabis: Perspectivas e desafios na Biotecnologia Brasileira”. Já a segunda palestra de abertura será ministrada pelo Doutor em Oncologia pela Universidade de São Paulo, Jacó Mattos, e abordará o tema “Saúde 4.0: inovar é preciso”. Na edição deste ano, a feira ainda contará com quatro eventos científicos na sua programação: o VII Congresso Norte-Nordeste de Medicina Laboratorial; o II Congresso Internacional de Farmácia Clínica do Piauí ; o III Congresso de Saúde Estética do Piauí e o II Simpósio de Terapia Intensiva do Piauí. Também será realizada durante o evento a 1ª Maratona de Soluções Inovadoras em Saúde do Piauí, onde os participantes podem concorrer a prêmios e terem seus projetos de soluções tecnológicas para a comunidade da área de saúde desenvolvidos.

O coordenador da feira, Starley Candeira, promete novidades para a edição deste ano. Estão sendo pensadas ações tanto para os gerenciadores de negócios da saúde, como para os estudantes das áreas envolvidas que estarão presentes durante os três dias de evento.

 

Posts anteriores