Cidadeverde.com

Ministério Público exige reforma urgente no Centro de Zoonoses

O Ministério Público do Piauí, por meio dos promotores de justiça Sávio Eduardo de Carvalho e Denise Aguiar, deu prazo de oito dias para que a Prefeitura de Teresina entregue a cópia da ordem de serviço da reforma do Centro de Zoonoses de Teresina. A reunião contou com a participação da vereadora Teresa Britto (PV). “Esperamos que, dentro do prazo de oito dias, a Fundação Municipal de Saúde nos entregue a cópia da ordem de serviço para a reforma do Centro de Zoonoses. Atualmente, o Centro abriga os animais de forma inadequada e com estrutura precária. A Prefeitura deve regularizar essa situação o quanto antes”, frisa o promotor Sávio Eduardo de Carvalho, que faz parte do Núcleo de Cidadania e Meio Ambiente do Ministério Público. Durante a reunião, a vereadora Teresa Britto - que em outra reunião realizada em março para discutir o assunto chegou a pedir a interdição do Centro de Zoonoses – se comprometeu em destinar parte de suas emendas parlamentares para compra de uma unidade móvel de castração de animais, no intuito de auxiliar no trabalho realizado pelo Centro de Zoonoses. “Vamos disponibilizar R$ 150 mil nas emendas de 2016 para aquisição de um castramóvel. Veículos do tipo estão sendo utilizados em outras cidades brasileiras e têm tido bons resultados no controle da natalidade de vários animais”, comenta.

 

 

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Luciano Nunes, informa que a principal melhoria com a reforma será a reestruturação das áreas reservadas aos canis e eutanásia. Serão trocadas grades, piso, realizado o retelhamento, pintura e outras mudanças para melhorar a estrutura do espaço reservado aos animais. A sala de eutanásia será reorganizada, com uma ala de espera. “A prioridade é melhorar as condições do local, levando em conta o bem-estar dos animais e os protocolos do Conselho Federal de Medicina Veterinária. Sem dúvida, a cópia da ordem de serviço estará no Ministério Público dentro do prazo estipulado”, conclui Luciano Nunes.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação