Cidadeverde.com

FMS confirma dois casos de chikungunya em Teresina

A confirmação foi divulgada agora há pouco pela Fundação Municipal de Saúde de Teresina. O resultado dos exames feitos pelo laboratório Evandro Chagas, em Belém-PA, deu positivo para dois pacientes que residem na zona sudeste da capital piauiense. Esse laboratório é referência no Brasil em análise laboratorial da referida doença. Os resultados dos exames retornaram na noite de ontem (22) para Teresina e são sinais de alerta para as autoridades de saúde e para a população. Uma equipe da Fundação Municipal de Saúde já visitou os pacientes e relata que eles estão bem. A Febre Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. Seu modo de transmissão é pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus. Seus sintomas são semelhantes aos da dengue: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço.Porém, a grande diferença da febre chikungunya está no seu acometimento das articulações: o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.

 

Mosquito aedes aegypti


De onde veio a doença?
O vírus CHIKV foi identificado em ilhas do Caribe e Guiana Francesa, país latino-americano que faz fronteira com o Estado do Amapá. Isso quer dizer que a febre chikungunya pode ter migrado por essa via ou devido aos grandes eventos esportivos que o Brasil sediou. Assim, os mosquitos Aedes aegypti e o Aedes albopictus têm todas as condições de espalhar esse novo vírus.