Cidadeverde.com

Teresina vai sediar o I Congresso Piauiense de Dor

Teresina vai sediar o I Congresso Piauiense de Dor, que vai acontecer nos dias 20 e 21 de novembro no buffet Cardinalle. O evento, realizado pela Sociedade Brasileira de Fisioterapia - SBF, é direcionado a vários profissionais de saúde, entre eles: Fisioterapeutas, educadores físicos, psicólogos, odontólogos, anestesiologistas, neurologistas, ortopedistas, reumatologistas, acupunturistas, etc. O tema é de extrema importância porque a dor indica quando algo não vai bem no organismo. Ela é a segunda causa de internamento e o segundo sintoma mais frequente em doentes com Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (SIDA). As inscrições estão abertas pelo site www.compreoseu.com.br com desconto especial para estudantes. Confira a programação dos palestrantes, alguns convidados de outros Estados, com os respectivos temas:


O que é a dor

A dor é um fenómeno complexo e com variantes multidimensionais (biofisiológicas, bioquímicas, psicossociais, comportamentais e morais). São inúmeras as causas que podem influenciar a existência e a intensidade da dor no decurso do tempo, a primeira das quais é a que se identifica como presumível resultado duma agressão ou lesão. A dor é um sintoma que acompanha, de forma transversal, a generalidade das situações patológicas que requerem cuidados de saúde.


Dor aguda - É a dor de início recente e de duração provavelmente limitada. Normalmente há uma definição temporal e/ou causal para a dor aguda.

A dor peri-operatória – dor presente num doente cirúrgico, de qualquer idade, em regime de internamento ou ambulatório, causada por doença preexistente, devida à intervenção cirúrgica ou à conjugação de ambas – insere-se no conceito de dor aguda.

 

Dor crónica - É uma dor prolongada no tempo, normalmente com difícil identificação temporal e/ou causal, que causa sofrimento, podendo manifestar-se com várias características e gerar diversos estádios patológicos.