Cidadeverde.com

Estudo mostra que 40% dos bebês com microcefalia têm lesão ocular

A cada dia especialistas descobrem mais complicações provocadas pela microcefalia. É mais do que necessária a compreensão de toda a comunidade para ajudar a combater a proliferação do mosquito aedes aegypti. Estudo realizado pela Fundação Altino Ventura, em Pernambuco, mostra que lesões oculares em bebês podem estar relacionadas à microcefalia, transmitida pelo Zika vírus. De 40 bebês analisados na pesquisa, 40% deles apresentaram problemas de visão. O vírus ataca principalmente o nervo óptico e a retina. a doença provoca redução e até a ausência da camada da retina.

 

 

ENTENDA:
Retina é uma parte do olho dos vertebrados responsável pela formação de imagens, ou seja, pelo sentido da visão. É como uma tela onde se projetam as imagens: retém as imagens e as traduz para o cérebro através de impulsos elétricos enviados pelo nervo óptico.

O nervo óptico é o segundo dos doze pares cranianos presentes em nosso cérebro. De função sensitiva, este nervo capta as informações através dos cones e bastonetes presentes na retina que são estimulados pela luz projetada em objetos.