Cidadeverde.com

Pesquisa: Transmissor da Doença de Chagas também come vegetais

O que era mito pode ser verdade quando o assunto é afirmar que um barbeiro foi visto se alimentando em um vegetal. O barbeiro é o inseto transmissor da Doença de Chagas. O pesquisador do laboratório de Bioquímica e Fisiologia de Insetos do Instituto Oswaldo Cruz, Fernando Genta, utilizou tomates no experimento. Barbeiros Rhodnius prolixus foram o escolhidos para o experimento.

Os insetos foram divididos em 3 grupos. Os bichos que tiveram contato com o tomate de fato se alimentaram dele. Os pesquisadores encontraram DNA do tomate no estômago dos insetos. Como consequência, eles viveram 16,5% a mais que o grupo de controle. Isso não havia convencido a revista especializada "Parasites and Vectors", que exigiu mais uma prova. E assim foi feito! 

Os pesquisadores provaram que os barbeiros teriam capacidade de se aimentarem artificialmente de açúcar. Por meio de um algodão, foi oferecida uma porção de sacarose (açúcar de cana) misturada com corante azul de bromofenol. Resultado: Insetos ficaram azuis e o trabalho foi aceito na revista científica. 

 

SOBRE A DOENÇA DE CHAGAS:

Doença de Chagas é uma inflamação causada por um parasita encontrado em fezes de insetos. É bastante comum em países da América do Sul, América Central e no México. Alguns casos da doença já foram identificados nos Estados Unidos também.


OS SINTOMAS:

A doença de Chagas tem dois estágios: agudo e crônico. A fase aguda pode apresentar sintomas moderados ou nenhum sintoma. Entre os principais sintomas estão:

Febre
Mal-estar
Inchaço de um olho
Inchaço e vermelhidão no local da picada do inseto
Fadiga
Irritação sobre a pele
Dores no corpo
Dor de cabeça
Náusea, diarreia ou vômito
Surgimento de nódulos
Aumento do tamanho do fígado e do baço.