Cidadeverde.com

Municípios receberão Oficina Itinerante de Próteses e Órteses do CEIR

Pessoas com deficiência que moram fora da capital agora não precisam mais se deslocar para o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) para terem acesso aos serviços da Oficina Ortopédica do local. A novidade trata-se do Programa Passo à Frente, uma ação do Ministério da Saúde, através da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), e com administração da Associação Reabilitar, organização social sem fins lucrativos que administra o Ceir.

 

 

A Oficina Ortopédica Itinerante funcionará com uma carreta para a produção de órteses e próteses, além de coletes, botas, palmilhas, sapatos para pé diabético e pé congênito; um micro-ônibus para o transporte de uma equipe técnica do Ceir (formada uma terapeuta ocupacional, dois sapateiros, um projetista e um técnico em ortopedia) e um caminhão para o transporte de meios auxiliares de locomoção, como cadeiras de rodas e de banho, muletas, bengalas e andadores, entregues pelo serviço através do Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade móvel tem capacidade para realizar 100 atendimentos por dia, que consistem em prescrição, medida e confecção de moldes, provas e entregas.

 


Os primeiros atendimentos serão realizados de 9 a 13 de maio, em Floriano, na APAE do local, contemplando ainda os municípios de Jerumenha, Francisco Ayres, São Francisco do Piauí, Nazaré do Piauí e Guadalupe. Para ter acesso aos serviços da Oficina Itinerante, a pessoa deve ir até a unidade móvel com RG e CPF, cartão do SUS, comprovante de residência com CEP e informar, pelo menos, um número para contato. Ou, ela pode procurar a Secretaria de Saúde do município.
 

 

Fonte: CEIR
Edição de texto: Marcelo Fontenele