Cidadeverde.com

Sesapi registra 74 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave no Estado

Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde e preocupam. Dos 74 casos notificados por Síndrome Respiratória Aguda Grave - SRAG, 02 (2,7%) estão com classificação final de SRAG por Influenza A (H1N1). Outros 14 (18,9%) com SRAG não especificada e apenas 01 (1,3%) caso foi isolado o Adenovírus. Os 57 (77%) restantes aguardam ainda resultados laboratoriais para o seu encerramento.

 

 

O que é SRAG?

É uma doença respiratória grave que afligiu o mundo no ano de 2003, cuja causa não foi ainda determinada (provavelmente causada por um coronavírus) mas se trata de uma grave pneumonia atípica. Hoje, o problema voltou a aparecer com mais incidência e apresentando diferentes possibilidades de contaminação, conforme o demonstrativo divulgado acima pela Secretaria Estadual de Saúde do Piauí.