Cidadeverde.com

Solidariedade gera mais saúde

Ninguém discute a importância de parar uns instantes e ajudar o próximo. Mas o atropelo das tarefas diárias nem sempre abre espaço para isso - a correria ganha cara de egoísmo e a possibilidade de dedicar um pouco mais de atenção a quem precisa fica para trás. "A solidariedade precisa ser mais estimulada, ela desencadeia um novo padrão de comportamento entre as pessoas", afirma a psicóloga Sâmia Maluf, especialista em dependência, depressão e síndrome do pânico, além de trabalhar com aromaterapia. "Quando recebe um gesto de carinho, você tende a agir da mesma forma e despertar a tolerância em quem está por perto". Mas o bem-estar não se limita à condição emocional. Quando você se engaja numa causa saudável para apoiar alguém próximo, não resta dúvida: seu corpo também sente os efeitos dessa postura mais gentil e responde com mais disposição.