Cidadeverde.com

Injeção sem picada chega no mercado em 2017

Quem nunca teve medo de injeção? Esse receio de ser picado por uma agulha está com os dias contados. Pois está prevista para o próximo ano a chegada da injeção sem picada. Isso mesmo! Além de acabar com esse pavor à agulha, o novo produto promete aumentar a eficácia na aplicação das vacinas por meio de um adesivo. A novidade foi desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia da Georgia, em Atlanta, nos Estados Unidos. O adesivo abriga 100 microagulhas que são aplicadas no paciente de forma indolor. A técnica é revolucionária e também zera os riscos de transmissão de doenças por meio de agulhas contaminadas. O novo jeito de tomar medicações ou vacinas, até o momento, só apresenta vantagens. Inclusive financeiras! O custo para a produção dos adesivos é menor que o custo atual nas vacinas tradicionais. Como exemplo, os pesquisadores citam o adesivo para rubéola, no valor de R$ 3,90. A eficiência do efeito dos produtos é outro ponto positivo. 


SOBRE O ADESIVO
O adesivo é composto por agulhas microscópicas feitas de plástico biodegradável. Depois de ser utilizado, não deixa marcas na pele. Dentro dessas agulhas, que funcionam como uma espécie de cápsula, ficam microdoses da vacina. 
Depois da aplicação, essas agulhas penetram na pele e começam a se dissolver, liberando a vacina para o paciente. Em 20 minutos, a vacina já está toda no organismo e o adesivo pode ser retirado e jogado fora.