Cidadeverde.com

Polêmica no HUT com a redução de fisioterapeutas

Circula nas redes sociais os desabafos de vários profissionais da fisioterapia questionando a redução do número de fisioterapeutas que trabalham no Hospital de Urgência de Teresina - HUT. Pelo menos 14 deles, de empresas terceirizadas, teriam sido demitidos. O diretor do hospital, Gilberto Albuquerque, explicou que os profissionais apenas foram realocados para outros setores de maior necessidade e que a UTI permanece com fisioterapeutas durante 24 horas e apenas as enfermarias ficaram sem os profissionais durante à noite.

No entanto, a categoria contesta a informação alegando sobrecarga de trabalho e que a quantidade de fisioterapeutas já não era suficiente para atender a demanda, o que pode piorar com a redução do quadro. "Várias pessoas entram na escala extra de plantão para conseguir suprir as necessidades assistenciais do HUT. Agora o hospital perde 14 profissionais e a gestão vem dizer que a população não será prejudicada", desabafa o fisioterapeuta David Reis, no seu perfil do facebook. Os profissionais lembraram, ainda, que os aprovados e classificados do último concurso aguardam a convocação.