Cidadeverde.com

Nutrição esportiva acelera os resultados dos exercícios

As férias de julho estão chegando e entrar em forma em busca do corpo perfeito para o verão se torna meta de muita gente. Para alcançar o resultado desejado, é necessário alinhar a prática de exercícios à boa alimentação, com o acompanhamento de um profissional da área. De acordo com a nutricionista Larissa Matos Oliveira, a beleza é consequência, o importante é praticar esportes e ter alimentação regulada. O acompanhamento do nutricionista é feito para definir estratégias nutricionais para cada tipo de pessoa. “Quando se procura um nutricionista, e principalmente especifico na área do esporte, é mais fácil alcançar os resultados desejados e manter-se saudável. A dieta certa e acompanhada de um profissional traz benefícios como a melhoria da energia para os treinos, evitando assim um atraso da fadiga muscular e provável abandono dos treinos”, destaca Larissa.

A nutricionista ressalta ainda que é muito comum as pessoas seguirem dietas indicadas na internet, ou modismos, acarretando na insuficiência de algum nutriente, que acaba prejudicando o organismo. “As dietas restritivas não fazem bem a saúde, as pessoas precisam entender que o processo de engordar ou emagrecer não acontece da noite para o dia, mas sim lentamente, então criar metas rígidas de emagrecimento com o desejo de perder 10 a 20 kg em poucas semanas pode ser listado como um dos principais fatores que impedem os resultados positivos”, pontua Larissa Matos Oliveira.

Outro hábito muito comum para quem deseja resultados rápidos é o uso de suplementos alimentares. Eles são preparações destinadas a complementar a dieta, usados por praticantes de esporte, mais comum em praticantes de musculação que desejam melhorar o desempenho e encurtar o tempo de recuperação muscular proporcionando nutrientes essenciais, como as vitaminas, os minerais, as fibras, os aminoácidos, assim como os ácidos graxos, que podem estar faltando na alimentação ou podem não estar sendo consumidos na quantidade suficiente. Larissa Matos Oliveira destaca que é importante lembrar que os suplementos não substituem a alimentação normal. Eles participam como coadjuvantes para suprir as necessidades nutricionais do atleta ou esportista. O uso inadequado do suplemento, sem orientação de um profissional, pode levar a queda do rendimento ou mesmo gerar uma patologia.  O indicado é que haja um acompanhamento e monitoramento dos profissionais da área da saúde para que se tenha os resultados desejados.


Fonte: Assessoria de Imprensa