Cidadeverde.com

Dicas para evitar perder o controle com provocações

Mude seu ponto de vista. Muitas vezes, podemos prever a possível reação de alguém a uma provocação observando a forma como essa pessoa age sob pressão. Portanto, é provável que um valentão decida tirar sarro de suas peculiaridades se você fica irritado com as provocações. No entanto, se tentar encarar a provocação com indiferença, talvez essa mesma pessoa não o considere um alvo tão divertido e decida deixá-lo em paz.


Responda com uma frase perspicaz. Em vez de dar bola para a outra pessoa e começar a provocá-la de volta, espere até que ela tenha terminado de falar e, então, responda com um comentário breve e inteligente. Depois de fazer seu comentário, vire-se para a direção contrária e vá embora caminhando calmamente. Isso mostrará que você não se irrita facilmente, o que o transformará em um alvo tedioso. Experimente algumas das seguintes respostas:
"Obrigado por me dizer isso".
"Ah, que pena, sempre pensei que eu fosse tão legal".
"Então, onde você quer chegar?".
Mantenha um tom de voz sincero em vez de soar sarcástico ou irritado, já que demonstrar irritação poderá incentivar ainda mais as provocações.


Use um tom de voz firme. Use um tom confiante que deixe claro que você se recusa a baixar a cabeça diante de provocações. Não soe como se estivesse prestes a chorar, com raiva ou chateado — e não reclame. Em vez disso, levante a voz para ser ouvido e use um tom firme e consistente (mesmo que você seja tímido).

 

Assuma uma postura assertiva. Exibir uma aparência tão imponente quanto sua voz também é importante. Você pode transmitir confiança — ou agir como se tivesse autoconfiança, mesmo que não tenha — se usar a linguagem corporal em benefício próprio. Gesticular enquanto fala e manter uma postura adequada vai ajudar seu corpo a ocupar mais espaço, tornando-o genuinamente mais confiante.

 

Reaja de forma indiferente. As provocações costumam piorar quando causam reações raivosas, portanto, reagir de forma tranquila e indiferente é uma boa ideia. Em vez de começar a chorar ou gritar com a outra pessoa, tente reagir da forma mais discreta possível, isso vai mostrar que você não está com medo e não liga para o que está sendo dito.