Cidadeverde.com

Entenda o tratamento estético dentário com laminados de porcelana

Tratamento estético com laminados de porcelana. Qual a durabilidade?

O amplo conceito de saúde aborda aspectos que vão muito além da ausência de doença, tais como psicológicos e sociais que influenciam diretamente a qualidade de vida. Dessa forma, destaca-se a importância de uma boa aparência estética, onde o sorriso assume um papel relevante. O sorriso é uma das mais importantes expressões faciais e é essencial para externar diversas emoções. A presença de um belo sorriso, que alia o aspecto saudável de tecidos orais (dentes e gengiva), função e a sua relação harmônica com a face, pode promover um papel fundamental na melhora da autoimagem, umento da autoestima e uma maior interação social. 

A odontologia tem evoluído muito no sentido de proporcionar a construção de sorrisos cada vez mais naturais e estéticos, em grande parte, devido aos avanços das cerâmicas odontológicas (porcelana). A cerâmica é um material biologicamente compatível com os tecidos orais e presenta características visuais idênticas aos dentes naturais. Diversas opções de tratamento podem ser realizadas com esse material, dentre elas,  podemos destacar os laminados cerâmicos, popularmente conhecido como facetas ou lentes de contato dental. O tratamento consiste no recobrimento da superfície externa do dente, com uma restauração cerâmica após um mínimo desgaste. Esse procedimento está indicado para modificação na forma, posição, cor e pequenas imperfeições dos dentes, além do fechamento de diastemas (espaço entre os dentes).

Estudos recentes relatam um índice de sucesso de quase 95% em tratamentos com laminados cerâmicos realizados há 10 anos. A durabilidade desse tipo de tratamento está intimamente relacionada com a higiene, frequência de visitas preventivas ao dentista e hábitos não funcionais, como roer as unhas e morder objetos. Além disso, condutas clínicas realizadas pelo cirurgião-dentista podem influenciar no sucesso a longo prazo desse tipo de
tratamento. Visando proporcionar tratamentos cada vez mais duradouros e alcançar melhores resultados estéticos, um grupo de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Federal do Piauí tem conduzido estudos que podem indicar alterações na conduta clínica durante a realização de tratamentos com cerâmicas odontológicas e promover índices de sucesso ainda maiores.

 

 

Daniel Fernandes Falcão
Aluno do Programa de Pós-Graduação em Odontologia - UFPI

 

Carmem Dolores Vilarinho Soares de Moura

Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia – UFPI