Cidadeverde.com

Alepi aprova piso salarial do farmacêutico

O Piauí deixa de ser o único estado brasileiro que não tinha piso salarial de farmacêutico estabelecido por lei. O projeto que institui o piso no âmbito do estado do Piauí foi aprovado em primeira votação, no plenário da Assembléia e teve votação favorável por unanimidade. Agora a pasta segue para segunda votação e sanção do governador Wellington Dias. O PL foi uma proposta do Conselho Regional de Farmácia junto ao Karnak.

A tramitação começou dia 6 de novembro de 2017, quando os diretores do CRF, na época presidido por Ítalo Rodrigues, e o conselheiro federal Osvaldo Bonfim, levaram o texto-base para o governador, que assinou o projeto e enviou para Assembléia. O PL prevê remuneração de R$ 1.600 mensais para jornada de 4 horas diárias e/ou 20 horas semanais, R$ 2.600 para jornada de 6 horas diárias e/ou 30 horas semanais, e R$ 3.200 para 8 horas diárias e/ou 40 horas semanais.