Cidadeverde.com

Testes em ratos evoluem para a cura do diabetes tipo 2

Uma equipa de investigadores da Universidade Autónoma de Barcelona (UAB) encontrou a cura para o diabetes tipo 2 em ratos através de um tratamento de terapia genética. O estudo foi apresentado pela equipa de investigação numa conferência de imprensa no campus da UAB em Bellaterra, onde o grupo de investigadores, liderado pela professora Fátima Bosch, esteve presente. Testes em humanos só devem começar dentro de cinco anos mas os resultados registados agora em ratos (o animal cuja diabetes tipo 2 é mais parecida com a nossa) provam que é possível curar a doença apenas com uma sessão de terapia genética.