Cidadeverde.com

5 hábitos que ajudam a prevenir a depressão

1. Tenha uma alimentação saudável
Ter uma alimentação saudável é essencial para manter o seu bem-estar mental e evitar a depressão. Alimentos com baixo teor de gordura, ricos em ômega 3, como peixes, vegetais, frutas, grãos integrais, nozes e ácido fólico ajudam a melhorar o seu humor e combatem a depressão. Evitar o consumo de álcool e diminuir as doses diárias de cafeína também auxiliam na prevenção dessa doença. Uma alimentação equilibrada proporciona ao seu organismo todos os nutrientes essenciais para que ele possa se desenvolver adequadamente.

2. Pratique exercícios regularmente
As atividades físicas são um dos melhores remédios no combate à depressão. Os exercícios aumentam a temperatura do corpo, proporcionando um efeito calmante no sistema nervoso central. Além disso, eles liberam substâncias químicas, como as endorfinas, as quais são responsáveis pela melhora do seu humor. Por isso, é de suma importância que você realize qualquer tipo de atividade física. Você pode andar de bicicleta, fazer caminhadas, aulas de dança, ioga, praticar algum esporte etc.

3. Durma bem
Ter boas noites de sono é essencial para melhorar a qualidade da sua saúde mental e, consequentemente, evitar essa doença. As chances de desencadear uma depressão diminuem quando as noites são bem-dormidas. O ideal para um adulto é dormir de de 6 a 9 horas por dia. As pessoas que dormem bem têm o risco de depressão diminuído quando comparado àquelas com problemas de insônia e distúrbios do sono.

4. Faça boas amizades
Para evitar a depressão, é importante ter boas amizades. Ter com quem contar em momentos difíceis é de suma importância para conseguir superar os problemas e ter motivação para continuar em busca de seus sonhos. Os amigos vão afastar você da solidão, aconselhando sempre que necessário. O acolhimento fará você se sentir importante e, ao compartilhar as suas dificuldades, os fardos se tornarão menores, diminuindo a sobrecarga emocional.

5. Medite diariamente
Segundo uma pesquisa publicada na revista Veja, meditar pode aliviar a depressão. Ao meditar, o seu corpo libera um hormônio chamado serotonina, o qual está relacionado à felicidade e, portanto, auxilia na prevenção da doença, equilibrando as suas emoções. A prática da meditação também reduz a ansiedade, distúrbio que atrapalha o dia a dia das pessoas, proporcionando muito sofrimento.