Cidadeverde.com

Varizes atingem 35,5% da população brasileira

De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, 35,5% da população brasileira sofre com varizes, que pode causar ainda outras doenças como, por exemplo, trombose. Inimigas das mulheres, as varizes são resultado da insuficiência venosa crônica que é causada por diversos fatores, entre eles hormônios e é caracterizada por veias que sofrem dilatação em suas paredes impedindo a circulação normal da corrente sanguínea.

O blog VIDA conversou com o médico Giordano Matos. Ele afirma que a doença é mais frequente nas mulheres. “O fator hormonal é um fator desencadeante para a doença venosa e ela é sim mais presente em mulheres devido a essas variações hormonais ao longo da vida como uso de anticoncepcionais e a gravidez, por exemplo”, afirma o especialista.

Dr. Giordano Matos

Embora seja menos frequente, elas também pode se apresentar em homens, que devem ter os mesmos cuidados, como explica o médico. “Devido ao fator hrmonaal, os homens ficam menos sucessíveis a doença. No entanto, eles tem que tomar os mesmos cuidados que as mulheres para não vir a ter a  doença”, acrescenta Dr Giordano. Para evitar as varizes o médico recomenda, por exemplo, exercícios regulares, alimentação saudável e fazer acompanhamento médico para saber como anda a saúde vascular.

Giordano Matos afirma que as varizes são um problema sério e devem ser tratadas adequadamente com a realização de exames e acompanhamento feito pelo médico angiologista. O tratamento é feito por meio de meias elásticas, laser, escleroterapia e por meio de cirurgias nos casos mais graves para controlar os sintomas da Insuficiência Venosa Crônica. Sem o tratamento adequado elas se multiplicam e podem causar a falta de circulação sanguínea nas pernas. “É muito importante o tratamento, com eles os pacientes com varizes podem ter uma vida mais duradoura e saudável”, concluí o angiologista.