Cidadeverde.com

Municípios recebem palestras sobre oncologia e biossegurança

Para celebrar o Dia Internacional do Farmacêutico, que foi no 25 de setembro, o Conselho Regional de Farmácia do Piauí (CRF-PI) realiza dois eventos esta semana alusivos a data. Em Teresina, dias 28 e 29 (sexta e sábado), o I Simpósio Piauiense de Farmácia em Oncologia, com palestras nacionais de Fabiana Pugliese (RJ) e Sandra Hazin (PE). No sábado, o CRF promove na cidade de Picos, no auditório do Sebrae, a palestra "Gerenciamento dos Resíduos de Serviço de Saúde: Biossegurança", também com Pugliese.

No simpósio em Teresina, que acontecerá no auditório do CRF, serão apresentadas os temas: Biossegurança: gerenciamento dos resíduos de saúde, Atuação do farmacêutico em oncologia, Biossimilares: o papel do farmacêutico, e Extravasamento de drogas antineoplásicas. 

Os eventos, realizados em parceria com o Conselho Federal de Farmácia, buscam destacam a importância do profissional farmacêutico na oncologia, assim como a segurança do paciente, sob a ótica da Farmácia.

Para o presidente do CRF-PI, Luiz Junior, o farmacêutico sempre foi indispensável e fundamental nas equipes multidisciplinares no tratamento do paciente. "O farmacêutico é o único responsável por dispensação de medicamentos e o principal conhecer dos efeitos, dosagem e interações entre fármacos, se tornando assim, peça crucial no tratamento de qualquer enfermidade".

Luiz ressalta ainda a importância de exigir o profissional nos balcões das farmácias. "O Brasil tem um dos maiores índices de intoxicação por medicamentos no mundo, por isso trabalhamos no sentido de alertar a população para os riscos da automedicação, que feita de forma incorreta pode camuflar problemas de saúde mais graves ou até piorar o estado do paciente. No balcão da farmácia, sempre chame o farmacêutico", fala.

Ele completa ressaltando a importância dos profissionais e acadêmicos  concludentes investirem em capacitação. "Todo dia surgem novos fármacos e novas tecnologias, além de novas técnicas de tratamento, daí a necessidade dos profissionais, não só farmacêuticos, de estarem sempre se atualizando e adquirindo novos conhecimentos. Quem ganha é a população, que terá um atendimento melhor e informações mais acessíveis", conta.

Cirurgia plástica na terceira idade necessita de cuidados especiais

Com o aumento da expectativa de vida do brasileiro, o número de pessoas com mais de 65 anos tem crescido e esta parcela da população está cada vez mais preocupada com a saúde, o bem-estar e a aparência física. Homens e mulheres idosos estão procurando os consultórios médicos também para realizar procedimentos estéticos e cirurgias plásticas buscando, principalmente, métodos de rejuvenescimento.

Os últimos dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica apontam que 15,8% dos pacientes que aderiram à cirurgia plástica em 2016 tinham entre 51 a 64 anos. De acordo com o cirurgião plástico, William Machado, os procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos requerem maiores cuidados ao serem realizados em pessoas com mais de 60 anos. “Esta parcela da população necessita de cuidados especiais como a avaliação cardíaca. Doenças crônicas como a hipertensão e a tireoide devem ser controladas antes da realização dos procedimentos”, explica.

O cirurgião plástico aponta que os procedimentos mais procurados pela população da terceira idade são o lifting facial, a cirurgia na pálpebra ou blefaroplastia e a abdominoplastia. “A flacidez e as rugas provocadas pelo envelhecimento natural da pele do rosto podem ser amenizadas com o lifting facial, que é um procedimento de reparação, bem como a blefaroplastia, que proporciona a elevação da região superior dos supercílios, melhorando a aparência da pele na região”, explica o especialista.

O excesso de gordura e pele e a flacidez na região do abdômen também costumam incomodar homens e mulheres mais velhos. A abdominoplastia remove este excesso e pode recompor músculos enfraquecidos. 

Teresina: Projeto Tio Francisco na Estrada - A Festa!

Vai acontecer na próxima sexta-feira (28/09), na boate Nordx, a 1ª edição do "Tio Francisco na Estrada - A Festa!". Uma das atrações é a Aretuza Lovi, que tem a irreverência e o carisma como marcas do sucesso. E mais! Na pista os DJ Aroucha Neto, DJ Miltex, Laélyo Mesquisa e a ex-participante do programa The Voice, Torii Hourany. O evento é parte de ação do projeto "Tio Francisco na Estrada", criado pelo jornalista Francisco Garcia, do Maranhão. A balada tem o objetivo de reforçar o trabalho do jovem, que leva palestras gratuitas sobre a prevenção do vírus HIV para escolas, auditórios, praças, shoppings, etc.

Quem é o Tio Francisco? Como funciona esse projeto?

Francisco Garcia atualmente é Coordenador do SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo do Premevi (que atende mais de 100 crianças). Ele conquistou grande admiração do público por sua humildade e por divulgar muitos valores... Valores humanos! O jovem ganhou grande visibilidade ao realizar grandes ações sociais durante o ano inteiro.

Há 2 meses, Francisco Garcia descobriu ser portador do vírus HIV. Mas, como ele mesmo diz, fez do limão a limonada! Adesivou o próprio carro e criou o projeto "Tio Francisco na Estrada", oportunidade em que percorre várias cidades, de diferentes estados brasileiros, proferindo palestras gratuitas sobre a prevenção do vírus. As únicas contribuições que ele aceita receber são de hospedagem, alimentação e combustível.

Milhares de pessoas já assistiram suas palestras e, aos poucos, Francisco Garcia ganha projeção nacional. São mais de 200 mil seguidores em suas redes sociais e convites para entrevistas em programas regionais e nacionais de televisão.

Lar da Esperança recebe doações para o Bazar do Natal

O Lar da Esperança, que atende pessoas portadoras de HIV, é mantido exclusivamente por doações da comunidade. E uma das ações para arrecadar dinheiro é o Bazar de Natal, que acontrece em dezembro. Mas, para que o evento aconteça, as doações de roupas e calçados acontecem com antecedência e vários voluntários já estão recebendo as doações. Os materiais devem estar em perfeito estado de uso. 

As doações podem ser entregues na sede do Lar da Esperança, que fica na Av. Geovane Prado, 130-310 - Samapi, zona leste de Teresina. O artista plástico, Tupy Neto, é um dos voluntários. Ele pode pegar as doações em local combinado. Basta entrar em contato pelo telefone/whatsaap: (86) 99829 0889.

Médico do esporte dá 7 dicas para a prática de corrida

Todo mundo hoje vive correndo, não é verdade? Mas não aquela corrida que faz bem ao corpo e sim o corre corre da vida que muitas vezes nos afasta das atividades físicas essenciais para a nossa saúde. Correr faz bem em todas as idades, traz benefícios desde as crianças a idosos, mas correr sob o sol escaldante de Teresina requer mais cuidados. O blog VIDA conversou com o endocrinologista e Médico do Esporte, Dr. Júlio Sampaio. Ele nos passou importantes dicas sobre a corrida nos seguintes aspectos: correr para perder peso e correr para viver melhor. Confira:

1 – Ajuda a emagrecer
Correr proporciona uma aceleração do metabolismo, que gera uma queima de calorias eficaz. Por conta do aumento do metabolismo, mesmo após horas após o exercício, seu organismo ainda estará queimando gorduras.


2 – Previne e trata a osteoporose
A osteoporose é a perda da massa óssea, que geralmente está associada com a idade e com a deficiência de cálcio. Com a corrida, há um estímulo à formação da massa óssea, prevenindo lesões. Isso acontece por ser um esporte de impacto.


3 – Melhora a resistência muscular
A corrida é uma atividade excelente para aumentar a quantidade de contrações por um período maior, principalmente, por movimentar quase todos os membros inferiores, como é o caso dos quadríceps, glúteos, panturrilha, entre outros.


4 – Reduz os níveis de colesterol no sangue
Esta vantagem é uma consequência do emagrecimento que a corrida oferece ao praticante. Este benefício está altamente relacionado com o próximo e surpreendente item.


5 – Melhora a capacidade cardiovascular
Assim como a redução do colesterol, a corrida fortalece o miocárdio, auxilia no controle da hipertensão arterial e melhora a circulação sanguínea. Ao correr, você estará oferecendo ao seu organismo um aumento na quantidade de sangue e, como consequência, uma quantidade maior de nutrientes e oxigênio para as células. Sabe o que essas melhorias também previnem? O risco de doenças cardíacas!


6 – Desenvolve a capacidade respiratória
Não menos importante, correr auxilia no fortalecimento do diafragma e dos músculos intercostais. Isso faz com que a absorção do oxigênio pelos brônquios aconteça de uma melhor forma, controlando o ritmo de sua respiração.


7 – Alivia o estresse e a tensão
Não só de benefícios físicos a corrida vive. O emocional também é afetado positivamente por essa atividade física – correr libera endorfina, aquele hormônio importante para nosso bem-estar. É claro que a endorfina não é exclusiva da corrida: qualquer outra atividade física pode liberar este hormônio e causar esta sensação favorável. Mas o médico Júlio Sampaio lembra também que toda atividade física deve ser acompanhada por um especialista. Lembrando que o médico traz o primeiro laboratório esportivo da capital. Pra saber como anda seu metabolismo e a sua resistência para as atividades físicas.

Dra. Daniela Facci e Dr. Júlio Sampaio

ATENÇÃO!
E em Teresina, onde a prática da corrida se tornou comum, a dermatologista Daniela Facci, lembra que, em função das altas temperaturas mesmo no início da manhã e no final do dia, é necessária a devida proteção solar. “Para evitar manchas e lesões de pele, os corredores, sejam atletas ou profissionais, devem usar fotoprotetores de forma contínua. Além disso, a utilização de roupas e acessórios com proteção UVA e UVB é essencial para proteger de forma segura a pele”, orienta a médica.

Posts anteriores