Cidadeverde.com
Últimas

Do Sul ao Leste: Calor e demora no final da tarde

Imprimir
  • IMG_4124.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4115.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4111.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4100.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4064.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4061.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4039.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4036.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4031.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4029.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4025.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4022.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4018.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4016.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4010.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4007.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4005.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_4001.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3999.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3988.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3986.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3985.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3967.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3961.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3953.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3951.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3950.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3946.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3943.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3941.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3939.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3935.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3929.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3925.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3921.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3919.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3912.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3911.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3900.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3899.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3894.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3879.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3870.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3866.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3860.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3858.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3853.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3850.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3845.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3844.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3839.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3831.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3816.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3809.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3797.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3796.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3795.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3790.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3781.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3773.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3765.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3755.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3753.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3749.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3747.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3738.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3737.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3733.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3726.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3715.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3709.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3706.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3702.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3696.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3694.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3692.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3690.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3687.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3685.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3684.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3681.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3678.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3677.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3673.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com
  • IMG_3669.jpg Wilson Filho\CidadeVerde.com

Em meio às mudanças para estabelecer um novo sistema de transporte coletivo urbano, os teresinenses continuam se deparando com os problemas tradicionais que fazem parte da rotina de quem depende do serviço para se locomover. O Cidadeverde.com embarcou em uma viagem usando algumas linhas que integram o sistema em Teresina para saber o que os usuários acham das mudanças e como eles avaliam o serviço.

Nossa viagem começou no bairro Cerâmica Cil, zona sul de Teresina, a 26 km do centro da capital. O terminal de ônibus do bairro fica na PI 130, no local existem apenas algumas residências e a paisagem que prevalece é o verde das árvores que compõem a mata nativa.

O terminal não tem estrutura própria, uma das casas dá apoio aos funcionários das linhas que atendem ao bairro. No local, não existe sinalização indicando que se trata de um ponto de ônibus.

 


Terminal tem apoio em uma casa

 

Ao chegar, tivemos a notícia de que teríamos que esperar por meia hora até o próximo ônibus para o centro, porque o último havia saído há alguns minutos. Durante a espera, o fiscal de plantão Eliano Pereira explicou que o movimento no terminal não é grande e que, apesar de afastado, o local não é perigoso.

Passados os 30 minutos, às 17h, o ônibus que faz a linha 620 - Cerâmica Cil - Miguel Rosa chega ao terminal. Somos os primeiros e únicos passageiros a embarcar em direção ao centro. A primeira impressão que tivemos foi de que o veículo já estava consideravelmente danificado para estar circulando.

 


Primeiros a subir no ônibus

 

Conforme fomos passando por outros pontos, outros passageiros começaram a subir. Como o atendente Felipe Ferreira, que pega o ônibus todos os dias para ir ao trabalho. "Como eu trabalho na zona Leste, eu pego esse aqui para o centro e do centro pego um pra lá", informou o jovem.

Felipe é um dos muitos teresinenses que utilizam a integração para chegar ao local de trabalho. “Agora ficou melhor, porque antes eu tinha que pagar quatro passagens por dia. Mas ainda é um pouco confuso; às vezes parece não funcionar, espero que com essas mudanças melhorem isso”, relatou.

Durante o percurso, a operária Ydiara Sousa Ribeiro relatou que o maior problema para os usuários da linha 620 é a pouca quantidade de veículos. “São poucos os ônibus que atendem aqui. Às vezes, a gente fica esperando por quase uma hora e se perder o ônibus é pior ainda, porque a gente nunca sabe quando é que vai passar outro”, disse a jovem.

A estudante de enfermagem Marlene da Silva também reclamou da demora na espera do ônibus e disse agradecer por não precisar utilizar a integração. “Eu já tentei fazer e não deu certo. Tem que ser em um determinado espaço de tempo, mas como fazer isso, se a gente nunca sabe quanto tempo o ônibus vai demorar?”, questiona.

 


Marlene: "A gente nunca sabe quanto tempo o ônibus vai demorar"

 

Chegamos ao centro de Teresina aproximadamente às 18h; o trânsito já começava a dar indícios de engarrafamento. Descemos na parada próxima ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI). Então seguimos para outra parada de ônibus, na praça Demóstenes Avelino, conhecida como Praça do Fripisa. No local, as obras da estação de transbordo ainda estão em andamento e por isso alguns passageiros têm que esperar o ônibus no acostamento da rua Arlindo Nogueira.

Nossa intenção era pegar um segundo ônibus para fazer a integração e chegar à zona leste. Quinze minutos depois, embarcamos na linha 522 - Vale do Gavião via São Cristóvão. Logo nas cadeiras da frente, encontramos uma passageira se queixando do calor e improvisando um abano com uma folha de papel.

 


Francisca Portela improvisa para se refrescar

 

“Se botasse um ar condicionado seria bem melhor, porque com essa demora toda pelo menos aliviava o calor”, disse a aposentada Francisca Portela. O ônibus começa a encher e a temperatura só aumenta. Após percorremos o centro e chegarmos à avenida Frei Serafim o trânsito estava praticamente parado.

 

 

Segundo a vendedora Sandra Oliveira, a situação é habitual. “Todo dia é assim. Aqui sempre está engarrafado nesse horário; a gente passa quase uma hora só aqui. E o pior de tudo é que o ônibus está sempre lotado, é muito cansativo. A gente só aguenta mesmo porque é o jeito”, lamentou.

O percurso da linha 522 é demorado, apesar da distância do centro para o Vale do Gavião ser de apenas 14 km. A demora é tanta que a empregada doméstica Fátima Portela dormiu e acabou passando do ponto em que ia descer. “A gente pega o ônibus tão cansada e demora tanto que acaba pegando no sono. Agora vou ter que esperar o ônibus ir até a parada final e voltar para poder descer”, desabafou.

Conforme foi passando pelos pontos dentro do bairro, o ônibus foi ficando mais vago, até que restaram apenas o motorista, o cobrador, nossa equipe, a vendedora Sandra Oliveira e a empregada doméstica Fátima Portela.

Chegamos ao destino final às 20h15, o terminal do bairro já estava fechado, mas o motorista, o cobrador e a Dona Fátima se preparavam para começar outra viagem enquanto a vendedora Sandra Oliveira se despediu e, finalmente, depois de uma viagem de 14 quilômetros, em duas horas, seguiu o caminho para casa.

 

 

“Essa é a hora que eu mais espero todo dia, a de chegar a minha casa. Fico triste só de pensar que amanhã vou acordar cedo, esperar um tempão para pegar um ônibus lotado, ainda assim chegar atrasada no trabalho e depois de um dia cansativo pegar outro ônibus lotado e demorar para chegar em casa e finalmente descansar, mas é o jeito”, desabafou a vendedora. 

 

 

 

Veja aqui todas as matérias do especial

 

 

Lucas Marreiros (Especial para o CidadeVerde.com)
redacao@cidadeverde.com

Imprimir