Cidadeverde.com

Investimentos da Sesapi ajudam a combater a pandemia em Parnaíba

Foto: Sesapi

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) vem realizando uma séria de investimentos na saúde de Parnaíba para combater a pandemia da Covid-19. A cidade conta com três hospitais exclusivos para o atendimento de pacientes acometidos pela doença. 

Os moradores do município e das demais cidades da Planície Litorânea contam com 79 leitos clínicos e 27 UTI’s instaladas no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, que desde o início da pandemia foi o centro de referência no combate à doença. 

“Sempre estivemos atentos a situação da doença na cidade, procurando formas de levar mais estrutura, implantando uma rede de atendimento de alta complexidade para prestar um serviço de excelência à população”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto. 

Preocupado com o crescimento dos casos na doença no primeiro pico da pandemia, em julho 2020, o secretário Florentino Neto articulou a abertura da clínica Promédica, que se tornou o anexo I do HEDA, na unidade, que continua em pleno funcionamento, estão implantados 59 leitos clínicos e mais três leitos de estabilização. 

“Desde o começo da pandemia o Governo do Estado vem fazendo diversas ações de enfrentamento à doença em Parnaíba. A Promédica desde o ano passado está ajudando a desafogar os leito do HEDA, e trazer um atendimento célere para os pacientes acometidos com a Covid-19”, lembra o gestor. 

Com o novo pico da pandemia enfrentado pelo país desde o início deste ano, a Sesapi, atenta à situação da doença na região litorânea, inaugurou mais uma unidade de saúde para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19, se trata do Hospital Nossa Senhora de Fátima, anexo II do HEDA ,que conta com dez leitos de unidade de terapia intensiva e 20 leitos clínicos. 

“Para a abertura do Hospital Nossa Senhora de Fátima, a Sesapi também realizou a instalação de um tanque de oxigênio que permite um reforço na estrutura e um atendimento com mais eficiência”, lembra Florentino Neto. 

Além do reforço na rede hospitalar da cidade de Parnaíba a Secretaria de Estado da Saúde também reforçou equipes do programa Busca Ativa e barreiras sanitárias, que ajudam no controle da doença na região. “Estamos com equipes trabalhando de forma intensificada, para evitar a propagação de casos. Nosso intuito é proporcionar um maior combate a proliferação da Covid-19”,  disse o secretário.

 

Da Redação
[email protected] 

Vídeo mostra homens arremessando objetos para dentro de presídio

Vídeo de circuito de segurança mostra homens arremessando objetos para dentro da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba, na manhã desta quarta-fera(21). O flagrante foi denunciado pelo Sindicato dos Policiais Penais do Piauí- Sinpoljuspi. 

Nas imagens é possível ver os homens jogando objetos para dentro da penitenciária e em seguida eles fogem em uma motocicleta.  "Desde que as visitas foram suspensas devido à pandemia o acesso ao material ilícito por parte dos presos ficou muito dificil e eles ficam tentando dar um jeito de burlar a segurança. O material ilícito às vezes cai sobre o teto e as vezes no patio passando pelo telamento", informou o sindicato. 

Nesta semana os Policiais Penais da unidade apreenderam celulares, carregadores e fumo. 

Em nota, a  Gerência da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina informa que apreendeu uma moto de cor preta, modelo Honda CG 125 Fan, de placa ODW 0165, que era utilizada por criminosos que fugiram após serem flagrados por Policiais Penais, tentando jogar ilícitos para dentro da unidade penal. "A Gerência reitera que a unidade vem, a cada dia, avançando em seus protocolos de segurança e vigilância, a fim de seguir mantendo o sistema prisional em ordem e disciplina", diz a nota. Os suspeitos entraram em um matagal e não foram localizados. 


Izabella Pimentel
[email protected]

 

Homem é assassinado na porta de casa no norte do Piauí

A vítima foi identificada como Elias Araújo Cardoso, de 35 anos de idade. De acordo com testemunhas que não quiseram ter os nomes divulgados, Elias foi perseguido pelos suspeitos e atingido com cerca de sete disparos de pistola.

O  crime ocorreu na porta da casa da vitima na noite desse domingo (18), no bairro Planalto Montserrat, em Parnaíba, norte do Piauí.

Elias morreu no local do crime. A Polícia Militar foi comunicada e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que constatou o óbito. 

O Instituto Médico Legal e a Perícia Criminal realizaram procedimentos  relacionados ao homicídio. Até o momento não há informações do paradeiro dos suspeitos da realização do crime.

João Bandeira
[email protected]

Vídeo: suspeitos de matar empresário de Parnaíba chegam ao Piauí

Vídeo enviado ao Whatsapp do Cidadeverde.com 

 

O secretário estadual de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, confirmou que quatro suspeitos presos em outros estados por envolvimento na morte do empresário Janes Cavalcante de Castro foram recambiados para Parnaíba na tarde desta quinta-feira (15). Eles foram presos nos estados de Alagoas e Pernambuco. O crime, segundo investigação policial, está ligado a uma organização criminosa com atuação de pistolagem nos estados do Nordeste.

“Eles chegaram por volta das 14 horas, passaram pela Delegacia Regional de Parnaíba e foram encaminhados para a penitenciária. Eles também passaram por perícia médica para serem encaminhados ao sistema prisional. As investigações desse crime continuam”, disse o secretário.

O empresário Janes Cavalcante foi morto a tiros no dia 18 de setembro de 2020; ele estava sozinho dentro de um carro, em via pública, na cidade de Parnaíba, quando foi surpreendido pelos disparos. Ele morreu no local. A vítima era proprietário de uma imobiliária, advogado e também atuava no ramo farmacêutico em Parnaíba e Teresina. 

A investigação policial até o momento identificou os suspeitos de serem os executores e os que prestaram apoio logístico. Em operação nos estados do Piauí, Alagoas e Pernambuco, as policiais Civis e Rodoviária Federal – em parceria – cumpriram 20 mandados judiciais. Seis pessoas foram presas. Os demais mandados eram de busca e apreensão. 

Veja aqui a dinâmica do crime, apresentada pela Delegacia Regional de Parnaíba; Delegacia de Homicídios, Tráfico e Latrocínio de Parnaíba; e Diretoria de Inteligência da Polícia Civil do Piauí. 



Carlienne Carpaso
[email protected]

 

Secretário diz que morte de empresário tem ligação com crime de pistolagem no Nordeste

 

O secretário estadual de Segurança Pública, Rubens Pereira, confirmou que o suspeito de matar o empresário Janes Cavalcante de Castro, de 53 anos, preso nesta quarta-feira (14), é envolvido em uma organização criminosa com atuação de pistolagem nos estados do Nordeste. O crime aconteceu em setembro de 2020 na cidade de Parnaíba. O empresário foi morto a tiros; ele estava dentro de um carro, em via pública, quando foi surpreendido pelos disparos. 

“Essa pessoa que executou já tinha três mandados de prisão em aberto das Justiças do Nordeste, de Pernambuco, de Alagoas. Com certeza se trata, pelas informações superficialmente, de uma organização criminosa com atuação de pistolagem nos estados do Nordeste”, disse o secretário em entrevista ao Jornal do Piauí. 

Em operação conjunta, as Policiais Civis e Polícias Rodoviárias Federais nos estados do Piauí, Pernambuco e Alagoas cumpriram 20 mandados judiciais. Seis pessoas foram presas, sendo uma mulher em Luís Correia-PI, um homem em Arapiraca-AL e quatro em cidades de Pernambuco. Os demais mandados foram de busca e apreensão nas cidades de Luís Correia e Parnaíba (Piauí); Pedra, Arcoverde, Venturosa e Olinda (Pernambuco) e Arapiraca (Alagoas).

Os presos nos outros estados serão recambiados para o Piauí. A previsão é deles chegarem ao município de Parnaíba na quinta-feira (15). “Diante da gravidade e da complexidade das investigações, nós chegamos aos executores. O que nós estamos sabendo é que são pessoas envolvidas com pistolagem nos estados do Nordeste. São pessoas que só foram contratadas para fazer isso. A investigação é complexa, não é somente o homicídio. Com certeza, vai gerar outras investigações e outros inquéritos policiais”.

O secretário esclarece que a investigação continua. “Agora, com essas primeiras prisões autorizadas pelo Poder Judiciário com homologação do Ministério Público vão desencadear outras prisões ou outras investigações. Ainda não sabemos quem é o mandante”.

Veja dinâmica do crime, apresentada pela Polícia; clique aqui

Prisões 

Os presos Edson Carlos Veríssimo da Silva, José Robervan de Araújo e Marcos Aurélio de Paiva Leal tiveram os nomes divulgados pela Polícia Civil do Piauí. Os outros foram identificados apenas pelas iniciais: I.S.S.; A.P.L.; A.A.

De acordo com a polícia, José Robervan fez monitoramento, deu suporte e contratou o suposto executor - Edson Carlos Veríssimo - que tem três mandados de prisão em aberto em Alagoas e Pernambuco. Já Marcos Aurélio de Paiva Leal seria o pilotou da moto usado pelo executor do crime. 

“Foram presas pessoas de Pernambuco, Alagoas e no litoral do Piauí.  O importante é que nesse momento com a prisão dessas pessoas as investigações irão continuar porque ainda muita coisa precisa ser esclarecida, mas o executar, aquele que atirou e diretamente participou do homicídio foi preso”.

As pessoas que deram apoio logístico também foram presas durante a operação. “A pessoa presa no Piauí foi a que depositou dinheiro em Teresina para a execução desse crime. Temos certeza que o caminho que nós estamos seguindo é o mais certo nessa investigação”.

O secretário relembra a importância da atuação conjunta das policiais para resolver o crime e a criação da Câmara Temática da Segurança Pública do Nordeste. 

“Por isso, a necessidade dessa Câmara Temática da Segurança Pública do Nordeste que instalamos e já tivemos reunião para integrar essas ações, com apoio do Poder Judiciário, do Ministério Público”. 




Morte

O empresário Janes Cavalcante de Castro, de 53 anos, foi morto a tiros no dia 18 de setembro de 2020 na cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí.  O empresário estava em um carro trafegando próximo a sua residência quando foi atingido, dentro do veículo, pelos disparos de arma de fogo. Na época, populares informaram que uma dupla em uma moto se aproximou do veículo do empresário e disparou contra ele, fugindo do local em seguida. O empresário estava sozinho no carro.

Janes Cavalcante de Castro era dono de imobiliária, advogado e atuava também no ramo farmacêutico em Parnaíba e Teresina. 

 

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 
 

Parnaíba: PPP do Aeroporto deve ser licitada ainda no primeiro semestre de 2021

Empresários e representantes do setor de turismo da região de Parnaíba participaram da audiência pública da Parceria Público Privada (PPP) do Aeroporto de Parnaíba, na manhã desta terça (13). A empresa vencedora da licitação, que está prevista para maio deste ano, ficará responsável pela administração, conservação, implantação de melhorias e operação aeroportuária no aeroporto. A concessão será de 32 anos e tem valor estimado de investimento de cerca de R$ 112 milhões.

A audiência teve o objetivo de apresentar à sociedade os resultados dos estudos do projeto, a fim de fechar um modelo de contrato que tenha a cara da população e contemple as suas demandas. “Esse projeto vem sendo estruturado pela Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e acompanhado pela Secretaria da Aviação Civil do Governo Federal, e é extremamente importante para o turismo nessa região. Estamos focando na modernização da infraestrutura do aeroporto e promover melhorias na prestação dos serviços sobretudo para o usuário, desenvolvendo várias cadeias produtivas e fomentar o crescimento da economia local”, comentou a superintendente da Suparc, Viviane Moura.

Parnaíba é a segunda maior cidade do estado do Piauí, com diversos polos geradores de viagem como universidades, hospitais, centros de tecnologia e área de produção agrícola e industrial. A cidade se destaca pelo potencial turístico: é uma das paradas da Rota das Emoções, passeio que inclui Jericoacoara (CE) e Lençóis Maranhenses (MA), que recebe cerca de um milhão de visitantes por ano. Além disso, é a base para conhecer o Delta do Parnaíba, único delta em mar aberto das Américas. Esse é o aeroporto mais próximo da Europa.

Nos últimos quatro anos, o Aeroporto de Parnaíba movimentou uma média de oito mil passageiros por ano. Em 2014 e 2015, com as obras de obras de ampliação da pista e entrada da Azul no aeroporto, a movimentação atingiu o pico de 14,8 mil passageiros. “Parnaíba tem uma infraestrutura privilegiada levando em consideração aeroportos regionais. A cidade é um ponto turístico que se destaca no cenário internacional, sendo um destino bastante procurado para inclusive o turismo do esporte, principalmente com relação ao kitesurf”, ressaltou Carina Câmara, superintendente de Turismo da Setur.

Com as melhorias e ampliações propostas, a estimativa da movimentação de passageiros em 2050 é de 500 mil. Ainda nessa projeção, a receita anual para o aeroporto em 2050 está estimada em R$ 16,69 milhões. “A PPP do aeroporto de Parnaíba é uma solução integrada para melhorar o polo turístico, criar um centro de negócios, ser um ponto de desenvolvimento social e fomentar a aviação regional”, destacou Rodolpho Oliveira Santos, responsável pelos estudos do projeto.

O aeroporto tem ainda potencial de ser um centro de distribuição de cargas, considerando sua localização central em relação a outras grandes cidades do Nordeste. Também está próximo de uma zona de processamento de exportação (ZPE) e pode ser utilizado na importação de insumos, assim como na exportação da produção, e algumas cargas poderiam ser movimentadas até o aeroporto, como farmacêuticos e outros produtos com valor agregado elevado.

O presidente da Investe Piauí, Victor Hugo, fez uma apresentação geral dos projetos e ações da instituição, como a ZPE e o Porto de Luís Correia, além de dar apoio na PPP do aeroporto de Parnaíba. “Buscamos atrair investimentos privados para o estado, aumentando as perspectivas de novos negócios. O Governo criou essa empresa de economia mista para dar suporte e ao mesmo tempo compreender como todos esses equipamentos se conectam em uma plataforma logística no norte do estado do Piauí”, disse.

Esta foi a segunda audiência pública da PPP do aeroporto. A primeira aconteceu em Teresina na última segunda-feira (12), e está disponível para ser assistida no canal do Governo do Piauí no Youtube e no Facebook da PPP Piauí.

Da Redação
[email protected]

Polícia cumpre 20 mandados no PI/PE e Alagoas por morte do empresário em Parnaíba

  • operacaosicaria.jpg Policia Civil
  • operacaosicaria1.jpg Policia Civil
  • pernambuco-pc-sicaria.jpg Policia Civil
  • prf.jpg Policia Civil

 Atualizada às 12h

Policiais Civis e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em três estados do Nordeste cumprem 20 mandados judiciais contra suspeitos de participação no homicídio do empresário Janes Cavalcante de Castro, de 53 anos, em Parnaíba (a 340 km de Teresina), no mês de setembro de 2020. Seis pessoas foram presas no Piauí, Pernambuco e Alagoas, sendo uma mulher em Luís Correia-PI, um homem em Arapiraca-AL e quatro em cidades de Pernambuco. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Luís Correia e Parnaíba (Piauí), Pedra, Arcoverde, Venturosa e Olinda (Pernambuco) e Arapiraca (Alagoas). 

Os presos que tiveram os nomes divulgados foram: Edson Carlos Veríssimo da Silva, José Robervan de Araújo e Marcos Aurélio de Paiva Leal. Os outros três não tiveram os nomes revelados, apenas as iniciais, I.S.S.; A.P.L.; A.A.

De acordo com a polícia, José Robervan foi quem fez monitoramento, deu suporte e contratou o susposto executor - Edson Carlos Veríssimo - que tem três mandados de prisão em aberto em Alagoas e Pernambuco. Já Marcos Aurélio de Paiva Leal seria o pilotou da moto usado pela executor do crime. 

Veja aqui a dinâmica do crime, apresentada pela Polícia  

Foi encontrada uma arma de fogo na casa do Edson que é semelhante a utilizada no crime e que foi apreendida e passará por perícia. 

O nome da operação - Sicário - faz alusão a matador de aluguel ou quem é contratado para matar alguém.

Segundoo delegado Willame Moraes, que participou da operação, dois homens foram presos em Alagoas, três em Pernambuco e a mulher em Luís Correia. Os mandantes do crime ainda estão sendo investigados. 

O empresário Janes Cavalcante foi morto na tarde do dia 18 de setembro, quando estava trafegando em um carro, próximo à sua residência, quando foi atingido, dentro do veículo, pelos disparos de arma de fogo. A polícia ainda está investigando o caso, mas há características de crime de pistolagem.  

De acordo com a Polícia Civil, além das prisões, a operação visa arrecadar provas da participação dos autores imediatos, partícipes e quem prestou auxílio material. 

“Diante disso, por se tratar de uma questão de interesse público, a Polícia Civil divulgará a identidade de alguns dos envolvidos, para que a população possa, através de denúncias, informar quaisquer fatos que liguem os presos aos mandantes, bem como qualquer outra informação relevante, por intermédio do link: bit.ly/denunciapcphb , www.pc.pi.gov.br ou disque denúncia 181”, informa a PC em nota.

Participam da operação cerca de 60 policiais da Delegacia Regional de Parnaíba, Delegacia de Homicídios, Tráfico e Latrocínio – DHTL e Diretoria de Inteligência – DINT/SSP, com apoio da DICAP, DEPATRI, DPLC (PC/PI), com apoio da Polícia Civil de Pernambuco, Polícia Civil de Alagoas e Polícia Rodoviária Federal. 

O nome da operação é Sicário. Maiores informações serão prestadas em coletiva à imprensa na sede da Delegacia Regional de Parnaíba às 10h.

Janes Cavalcante de Castro era dono de imobiliária, advogado e atuava também no ramo farmacêutico em Parnaíba e Teresina. 

Foto enviada ao Cidadeverde.com via Whatsapp


 

 

Caroline Oliveira e Yala Sena 
[email protected]

 

Obras da PPP do Aeroporto de Parnaíba devem iniciar ainda este ano

Foto: Ccom

 

Melhorar a qualidade dos serviços aeroportuários e fomentar o turismo e desenvolvimento na região do litoral piauiense. Esse é o objetivo da Parceria Público Privada (PPP) do Aeroporto de Parnaíba, cuja audiência pública foi realizada na manhã desta segunda-feira (5). Os milhares de habitantes, além dos visitantes, serão beneficiados com as reformas e ampliações do aeroporto. Parnaíba é a segunda maior cidade do Piauí, com diversos polos geradores de viagem, sendo universidades, hospitais, centros de tecnologia, e áreas de produção agrícola e industrial.

Segundo a superintendente de Parcerias e Concessões do Piauí, Viviane Moura, o projeto foi desenvolvido pensando nos ganhos econômicos e sociais que as melhorias no aeroporto de Parnaíba trarão para o estado. “Analisamos as áreas de influência considerando o bem-estar e a qualidade de vida da população dentro do processo, por exemplo, como podemos gerar emprego e valorizar ainda mais o nosso litoral. É uma PPP de infraestrutura que vai transformar a realidade não só de Parnaíba, mas também Luís Correia, Ilha Grande e região”, comenta.

Parnaíba se destaca pelo potencial turístico. A cidade é uma das paradas da Rota das Emoções, passeio que inclui Jericoacoara (CE) e Lençóis Maranhenses (MA), que recebe cerca de um milhão de visitantes por ano. Além disso, é a base para conhecer o Delta do Parnaíba, único delta em mar aberto das Américas. Parnaíba é considerada pelo Ministério do Turismo como ponto turístico com alto número de empregos no setor, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem e potencial de fluxo de turistas internacionais. É o aeroporto mais próximo da Europa.

“Parnaíba é o coração da Rota das Emoções e o aeroporto é um dos mais bem localizados, tanto na integração com os estados vizinhos, como com a ligação com a demanda internacional. Além do turismo de lazer, temos o turismo de esporte, com o kitesurf. Temos muita movimentação estrangeira nessa área. Esse projeto será importante para fortalecer o turismo de forma sustentável na região”, ressalta a superintendente do Turismo da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), Carina Câmara.

O aeroporto de Parnaíba tem potencial para se firmar como o segundo mais importante do estado do Piauí. Ligações internas entre Teresina, Parnaíba, Picos, São Raimundo Nonato, Piripiri, Campo Maior, Uruçuí e Bom Jesus podem ser promovidas com aeronaves menores através de incentivos à aviação regional. O bloco central de aeroportos leiloado na Bolsa de Valores recentemente, que incluía o de Teresina, foi bastante disputado, com outorga de R$ 754 milhões. A malha aérea do Piauí é conectada e com ambos os aeroportos de Teresina e Parnaíba sendo operados por PPP, vai melhorar a quantidade de voos e o fluxo de pessoas.

A Investe Piauí é uma agência de investimentos estratégicos criada pelo Governo para atrair capital ao Piauí que será aplicado em doze diferentes setores econômicos, entre eles o turismo. “Entre nossos primeiros projetos, temos três voltados para investimento em Parnaíba, devido ao grande potencial da região. Especialmente o projeto do aeroporto, por exemplo, que abrange 300m de extensão da pista que pode ser usada como aeroporto de carga. Ceará e Maranhão não têm aeroporto próximo a ZPE, então o Piauí já se destaca nesse ponto”, destaca o presidente da empresa, Victor Hugo.

O parceiro privado vencedor da licitação da PPP do Aeroporto de Parnaíba ficará responsável pela administração, conservação, implantação de melhorias e operação aeroportuária. A concessão será de 32 anos e tem valor estimado de investimento de cerca de R$ 112 milhões. Com as melhorias e ampliações propostas, a estimativa da movimentação de passageiros em 2050 é de 500 mil. Ainda nessa projeção, a receita anual para o aeroporto em 2050 está estimada em R$ 16,69 milhões.

Rodolpho Oliveira Santos explicou um pouco do projeto, destacando as potencialidades observadas nos estudos. “Infraestrutura do futuro envolve uma boa conexão aeroportuária. O aeroporto já operou voos internacionais no passado e tem hoje estrutura que suporta o crescimento da movimentação de passageiros, com as devidas reformas. Será feita uma melhoria na infraestrutura básica, além da construção de um novo terminal de passageiros e um terminal de cargas”, diz o advogado.

Atualmente o aeroporto já tem infraestrutura para operar aeronaves de médio porte, que ligam o município à Campinas e Teresina. Grande parte das reformas e construções serão feitas em área já edificada ou regiões do sítio aeroportuário sem presença de vegetação, o que minimiza o impacto ambiental. Além disso, as áreas não edificadas poderão ser utilizadas para a condução de ações de conservação ambiental.

A audiência pública em Teresina contou com transmissão ao vivo pelo Youtube do Governo do estado e no Facebook da PPP Piauí. Nesta terça-feira (13), acontece a audiência da PPP na cidade de Parnaíba, às 9h no auditório do Sebrae.

Da Redação
[email protected]

Hospital para atender Covid em Parnaíba é reaberto com 30 leitos

  • hospital5.jpg Ascom/prefeituradeParnaiba
  • hospital4.jpg Ascom/prefeituradeParnaiba
  • hospital3.jpg Ascom/prefeituradeParnaiba
  • hospital2.jpg Ascom/prefeituradeParnaiba
  • hospital1.jpg Ascom/prefeituradeParnaiba

Um mês depois da assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre o governo do Estado e a prefeitura de Parnaíba, o Hospital de Campanha Nossa Senhora de Fátima é reaberto para atendimento exclusivo contra a Covid-19. São 30 leitos que funcionarão como anexo do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). Os primeiros pacientes já começaram a chegar na noite deste domingo(11). 

Foram instalados pela Sesapi, 20 leitos clínicos e 10 UTIs exclusivas para o tratamento da doença. A reabertura aconteceu após a instalação de um tanque de oxigênio para que o insumo não faltasse aos pacientes e que permite um reforço na estrutura do hospital. 

"Estamos estabelecendo as parcerias necessárias, como essa com a Prefeitura de Parnaíba, para que possamos avançar cada vez mais no enfrentamento da Covid-19. Uma de nossas primeiras preocupações foi em relação ao oxigênio, visto que em alguns lugares houveram crises por falta do mesmo, então para podermos abrir tomamos a providência de instalação desse tanque", afirmou o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

De acordo com o secretário, o governo desde o início da pandemia vem fazendo diversas ações de enfrentamento à doença em Parnaíba. 

“Implantamos o programa Busca Ativa, instalamos barreiras sanitárias, reforçamos os leitos no HEDA, e abrimos a Promédica. Agora a população conta com mais 30 leitos no Hospital Nossa Senhora de Fátima. A transferência de pacientes para a unidade de saúde já começou na noite deste domingo(11)", destaca Florentino Neto. 

A população de Parnaíba e do território do Litoral, conta a partir de hoje com três unidades de saúde voltadas ao tratamento da Covid-19, são elas: Hospital Dirceu Arcoverde, contemplado com 59 leitos clínicos e 28 UTIs; Hospital Promédica, anexo I do HEDA, com 59 leitos clínicos e dois leitos de estabilização e o Hospital Nossa Senhora de Fátima com mais 20 leitos clínicos e 10 Unidades de Terapia Intensiva. 

No Piauí

O Estado do Piauí conta hoje com 471 leitos de Unidade de Terapia Intensiva. O número já superou o total de leitos de UTI existente no pico da primeira onda da pandemia, em agosto de 2020, quando haviam 460 unidades instaladas. Os leitos clínicos disponibilizados para pacientes com a doença são maiores, desde o início da pandemia. Atualmente, são 1.036 leitos, contra 1.034 na primeira onda, no ano passado. 

"Isso mostra que o Governo do Piauí vem tomando todas as providências para evitar mais danos ao sistema de saúde, já que o número de infectados aumentou muito no mês de março", lembra o secretário Florentino Neto.

 

 

Caroline Oliveira
Com informações da Sesapi
[email protected]

Audiências da PPP do Aeroporto de Parnaíba iniciam nesta segunda(12)

A Superintendência de Parcerias e Concessões do Estado (Suparc) realiza, na próxima semana, as audiências públicas da Parceria Público-Privada (PPP) do Aeroporto Prefeito Dr. João Silva Filho, em Parnaíba. Esse projeto tem por objetivo melhorar a qualidade dos serviços e fomentar o turismo e desenvolvimento na região do litoral piauiense. Na segunda-feira (12), será a audiência em Teresina, às 9h, no auditório da Piauí Conectado, e será híbrida, com transmissão pelo canal do Governo no YouTube (https://youtu.be/J9q4IRDSY2g). Já na terça-feira (13), é a vez da audiência em Parnaíba, às 9h, no auditório do Sebrae.

Parnaíba se destaca pelo potencial turístico, com número estimado de visitantes na ordem de 1 milhão de pessoas por ano. A cidade é uma das paradas da Rota das Emoções, passeio que inclui Jericoacoara (CE) e Lençóis Maranhenses (MA). Além disso, é a base para conhecer o Delta do Parnaíba, único delta em mar aberto das américas.

Parnaíba é considerada pelo Ministério do Turismo como ponto turístico com alto número de empregos no setor, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem e potencial de fluxo de turistas internacionais. “Esse é o aeroporto mais próximo da Europa. Ele já tem uma estrutura bastante adequada, que será modernizada. Isso vai trazer mais voos e mais turistas, além de viabilizar o transporte de cargas e melhorar a base de produção local. É uma PPP de infraestrutura que vai gerar emprego e movimentar a economia não só de Parnaíba, mas também de Luís Correia e Ilha Grande”, comenta a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura.

O aeroporto tem ainda potencial de ser um centro de distribuição de cargas, considerando sua localização central em relação a outras grandes cidades do Nordeste. Também está próximo de uma zona de processamento de exportação (ZPE) e pode ser utilizado na importação de insumos, assim como na exportação da produção, e algumas cargas poderiam ser movimentadas até o aeroporto, como farmacêuticos e outros produtos com valor agregado elevado.

A empresa vencedora da licitação ficará responsável pela administração, conservação, implantação de melhorias e operação aeroportuária no aeroporto. A concessão será de 32 anos e tem valor estimado de investimento de cerca de R$ 112 milhões. De acordo com as previsões dos estudos da PPP, a movimentação de passageiros em 2050, considerando a entrada de novas rotas comerciais domésticas e início das rotas internacionais, é de 500 mil. Ainda nesse cenário, a receita anual estimada para o aeroporto em 2050 seria de R$ 16,69 milhões.

Com a nova administração, os custos operacionais tendem a cair, como é observado na maioria dos aeroportos atualmente com contratos de concessão. “Vale ressaltar que tivemos recentemente na Bolsa de Valores o leilão do Aeroporto de Teresina e foi muito bem-sucedido. O bloco central de aeroportos, que incluía o de Teresina, foi extremamente disputado, com outorga de R$ 754 milhões. A nossa malha aérea é conectada e com o aeroporto de Teresina sendo operado por uma concessionária, facilita a conexão com o de Parnaíba, melhorando a quantidade de voos e o fluxo de pessoas”, comenta Viviane Moura.

 

[email protected]

Posts anteriores