Cidadeverde.com

Caminhonete é achada sem peças dentro do mar, em Parnaíba

Foto:reprodução

A Polícia Civil de Luís Correia, distante 346 Km de Teresina, está investigando o suposto roubo de um caminhonete que teria acontecido na última sexta-feira (7) na Praia de Macapá. O carro foi encontrado no início desta semana atolado no mar da Praia da Pedra do Sal, na cidade de Parnaíba, a quase 57 Km do local onde foi roubado. 

O delegado Maicon Kaestner informou ao Cidadeverde.com que o proprietário do veículo registrou Boletim de Ocorrência informando  o roubo.  

"Ele disse que um homem de moto parou e levou o cordão de ouro dele e o carro dele na Praia de Macapá, em Luís Correia. Algo até atípico aqui na região. Na segunda-feira veio na delegacia e disse que o carro tinha sido encontrado em Parnaíba", conta o delegado. 

A caminhonete foi encontrada sem as principais peças, como as rodas e .  O proprietário disse à Polícia Civil que acionou a seguradora para fazer a retirada do veículo do mar.

O delegado Maicon disse que inquérito será instaurado para apurar o caso. O dono do carro é de Teresina e deve ser ouvido por carta precatória. 

 

Izabella Pimentel
[email protected] 

Parnaíba registra 5.704 casos de Covid-19 com 3.878 recuperados

O município de Parnaíba, distante 326 quilômetros de Teresina conta com 5.704 casos confirmados de covid-19, e 3.878 pessoas recuperadas da doença. Os números foram divulgados na noite de domingo, (9) no boletim diário que a Prefeitura fornece. 

Do total de pessoas infectadas de acordo com o boletim,  1693 cumprem medidas de isolamento domiciliar com tratamento.  Em comparação ao boletim anterior ao da noite de domingo,  apenas 10 novos casos foram registrados na cidade.

Parnaíba em números de infectados fica atrás apenas de Teresina que tem 19.816 casos. Parnaíba  já registrou até agora 120 mortes. 

Em todo o Piauí de acordo com informações da Secretaria de Estado da Saúde( Sesapi) o número de mortes provocadas pela doença já é de 1503 pessoas, com 60.178 pessoas  que contraíram o vírus e 58.002 curados. 

João Bandeira
[email protected]

11 são conduzidos na operação Profícuo no litoral; alvo transportava drogas com camarões

Fotos: Divulgação Depre

Pelo menos 11 pessoas foram conduzidas à Central de Flagrantes em Parnaíba (a 340 km de Teresina) suspeitas de participar de um esquema de tráfico de drogas no litoral do estado. Destas, oito já foram autuadas em flagrante, entre elas, o alvo da ação policial, um homem de 30 anos, suspeito de usar a venda de camarões para disfarçar o transporte da droga. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão. 

B.E.S. foi preso em sua residência em Luís Correia, na manhã desta sexta-feira(31). Ao fazer buscas no veículo dele, a polícia encontrou a cocaína no compartimento do air bag. Cerca de R$ 14 mil em drogas. 

“A investigação tem um mês e meio, depois que soubemos que esse empresário do ramo de camarão, começou a trabalhar com sistema delivery de drogas. Ele me disse informalmente que a pandemia o forçou a tomar essa atitude, porque teve escassez de drogas. Ele levava os camarões para Teresina e na volta trazia a droga para o litoral e distribuía em Luís Correia e Parnaíba”, explicou o coordenador do Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Luciano Alcântara. 

Ele disse ainda que as outras pessoas presas são ligadas ao empresário. “Nós chegamos a conduzir as pessoas que estavam na casa com ele, mas só ficou preso ele. As outras pessoas presas têm relação com ele ou estaria vendendo para ele, mas não parentesco”, ressaltou o delegado. 

Foi autuada uma família, a mulher, o esposo e os filhos que também atuavam no tráfico de drogas em Parnaíba. "Possivelmente os 11 conduzidos serão autuados", acredita o delegado.

Todos os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Parnaíba, Luís Correia e Teresina. As equipes continuam em campo em busca de mais provas para consolidar os flagrantes realizados. 

“Nosso alvo era o empresário, que já foi preso pela gente outras vezes. Estamos ouvindo eles e já foram autuados em flagrante por tráfico de drogas”, afirmou Luciano Alcântara. 

Foram aprendidos a droga, um carro e uma moto, além de dinheiro, balança de precisão, uma prensa hidráulica, papel filme para embalar.  

A operação foi batizada de Profícuo por ser um negócio lucrativo, proveitoso para os bandidos.

 

Caroline Oliveira
[email protected]

MPPI abre procedimento para fiscalizar eventos de Kitesurf

Foto: reprodução

O Ministério Público Estadual, por meio da 1ª promotoria de Justiça de Parnaíba, abriu um procedimento com a finalidade de fiscalizar a realização de eventos de Kitesurf, no âmbito do Delta do Parnaíba, na extensão do Município de Parnaíba. O despacho foi assinado pelo promotor de Justiça Antenor Filgueiras.

Diante do cenário de pandemia, o promotor considerou a publicação do Decreto Estadual Nº. 19.085, de 07 de julho de 2020, que aprovou o calendário de retomada gradual das atividades econômicas e sociais, fixando a data de 08 de setembro de 2020, para retomada de atividades esportivas. Ainda, conforme decisão judicial da Ação Civil Pública nº. 0800930-16.2020.8.18.0031, com tramitação na 4ª Vara Cível da Comarca de Parnaíba, a reabertura das atividades comerciais e eventos deverá observar as disposições de decretos do Estado do Piauí, inclusive devendo ser realizada fiscalização quanto ao seu cumprimento.

Com isso, o órgão pede a determinação de algumas providências iniciais: o município de Parnaíba deve ser oficiado, para que informe se possui conhecimento acerca da eventual organização de eventos dessa prática esportiva a serem realizados no Delta do Parnaíba. A Vigilância Sanitária do município também deve ser oficiada afim de informar se existe pedido de alvará ou permissão para realização dos referidos eventos, bem como, se existe disposição divergente aos decretos do Estado do Piauí acerca da proibição de aglomeração de pessoas em eventos esportivos.

Por fim, os organizadores de eventos de Kitesurf que atuam no litoral do estado, mais precisamente no município de Parnaíba, devem apresentar informações por escrito, sobre a eventual organização de eventos dessa natureza, informando datas e se possuem alvará ou permissão do município para realização dos mesmos. Os prazos fixados para respostas ao procedimento serão estabelecidos nos termos do Ato PGJ Nº. 931/2019.

Da Redação
[email protected]

Incêndio atinge ala Covid do hospital regional de Parnaíba e pacientes são transferidos

Um incêndio causou pânico em pacientes internados na ala Covid-19 do Hospital do Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, no litoral do Piauí. O fogo teve início por volta das 22h, dessa terça-feira (14), e foi provocado por um curto-circuito. 

Com o incêndio, os pacientes foram isolados no pronto-socorro do próprio hospital, sala vermelha, anexo do HEDA  e Hospital Nossa Senhora de Fátima, sem danos para a continuidade do tratamento. Os demais setores continuaram funcionando normalmente. 

Por meio de nota, a direção do HEDA informou que o plano de contingência foi rapidamente acionado. O hospital ficou cerca de 1 hora sem energia com troca de fiação elétrica. O Corpo de Bombeiros também foi acionado. 

 

Graciane Sousa
[email protected]

TCE/PI vistoria hospital de campanha da covid-19 em Parnaíba

Foto: TCE-PI

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE/PI) visitou nesta terça-feira (08), o Hospital de Campanha Nossa Senhora de Fátima, em Parnaíba, município localizado a 340 quilômetros ao norte de Teresina. O hospital, aberto pela Prefeitura de Parnaíba, conta com 20 leitos de enfermaria e 10 de UTI para atendimento exclusivo de pacientes com insuficiência respiratória aguda grave em casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

A Comissão Covid-19 do TCE/PI está visitando hospitais de atendimento à vítimas da covid-19 em todo o Piauí. Em Parnaíba, a comissão foi formada pela coordenadora da Comissão Covid-19 do TCE/PI, Geysa Elane Sá, os integrantes Fábio Oliveira e Rafaella Luz, além dos auditores Moisés Santos e Raimundo Neto, da DFENG (Diretoria de Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia).

Os auditores de controle externo do Tribunal visitaram tanto a parte ambulatorial quanto a UTI, observando a estrutura, equipamentos, materiais, medicamentos e os fluxos de atendimento. Conversaram com os profissionais do hospital sobre todas as etapas de atendimento, triagem e testagem e visitaram ainda o laboratório de testes da covid-19.

O Hospital Nossa Senhora de Fátima, de propriedade particular, foi reaberto e reformado para tornar-se o hospital municipal de campanha contra a covid-19.

A Comissão Covid-19 do TCE/PI é formada por diversos auditores de controle externo de diferentes setores, criada com o objetivo de fazer a análise concomitante da aplicação dos recursos públicos, pelos municípios piauienses e pelo governo do estado, nas medidas de combate ao novo coronavírus. A comissão foi instituída no dia 14 de abril, através da portaria 190/2020.

O Tribunal está fazendo visitas sistemáticas aos hospitais, inclusive hospital de campanha, para averiguar instalações e funcionamento.

Da Redação
[email protected]

Barreira sanitária em Parnaíba orienta motoristas no combate à Covid-19

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), realizou, nesse fim de semana, uma barreira sanitária em Parnaíba, com o objetivo de orientar a população sobre medidas de prevenção ao novo coronavírus e identificar pessoas com possíveis sintomas da Covid-19.

Durante a ação, a equipe, composta por 12 profissionais da saúde, orientou motoristas e passageiros quanto ao comportamento do vírus, transmissibilidade, uso de equipamentos de proteção e a importância do distanciamento social. Na ocasião, a equipe também aferiu a temperatura e distribuiu máscaras.

Em Parnaíba, muitas pessoas passaram pela barreira sanitária, mas a orientação é que todos ainda se mantenham em isolamento social. “Nós atendemos a todos e trabalhamos com muita responsabilidade para ajudar na contenção dos casos de Covid-19, mas estamos alertando à população que os casos no município estão aumentando e não é hora de passear, nem tirar férias nas praias. Quem puder, deve ficar em casa”, atentou Dília.

Além da barreira sanitária, estão sendo realizadas em Parnaíba as ações do programa Busca Ativa, que identifica as pessoas com Covid-19. A equipe está no município há uma semana e cerca de 300 testes foram aplicados. Atualmente, Parnaíba tem 3.456 casos confirmados da doença e 70 óbitos.

Da Redação
[email protected]

Homem de Brasília é preso por tráfico de drogas no Piauí

Foto: reprodução

Um homem identificado como Alexandre Santos de Castro, de  38 anos de idade, natural de Brasília-DF, foi preso em flagrante  delito na tarde deste sábado(04/07) acusado de tráfico de drogas.  A prisão foi realizada por uma equipe da Rocam. 

Alexandre foi preso no  bairro Pindorama em Parnaíba no cruzamento da Rua Guaporé com a Passajarina. Com ele os policiais militares apreenderam um frasco contendo 19 pedras de crack e  R$ 35,50 em dinheiro.

O preso foi autuado por tráfico de drogas pelo delegado Fábio Behring após ser encaminhado para a central de flagrantes de Parnaíba.

João Bandeira
[email protected]

Vigilância fiscaliza rodoviária de Parnaíba e orienta passageiros

Foto: Ccom

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), enviou uma equipe de fiscais da Vigilância Sanitária do Piauí (Divisa) para Parnaíba para reforçar as fiscalizações das medidas preventivas para reduzir a disseminação do novo Coronavírus no município. A ação está sendo realizada com o apoio do Centro Regional de Saúde do Trabalhador de Parnaíba (Cerest Regional) e da Regional de Saúde.

Os fiscais estiveram na manhã de hoje (02), no terminal rodoviário do Município, para alertar a direção do local sobre os cuidados e medidas que deverão ser adotadas quanto ao distanciamento social e o uso obrigatório das máscaras nas dependências do terminal. “Nós fizemos a notificação à direção e solicitamos a demarcação de distanciamento nos boxes e caixas eletrônicos e ainda a disponibilização de álcool em gel para os usuários”, explicou o fiscal da Divisa, Orlando Negreiros.

No momento da inspeção, a equipe adentrou os ônibus que se preparavam para seguir viagem, afim de intensificar os alertas aos motoristas e passageiros, sobre o uso obrigatório de máscaras durante todo o trajeto de deslocamento.

“São orientações importantes e necessárias que tratam a respeito ao cumprimento do decreto estadual e as medidas de higiene durante a viagem, principalmente após o uso dos banheiros”, destacou o fiscal sanitário.
A equipe da Divisa fez ainda a distribuição de cartazes sobre a higienização correta das mãos.

Após a ação no Terminal Rodoviário de Parnaíba, os fiscais se articularam para dar continuidade às atividades, com a formação de barreiras sanitárias nas entradas do município. As barreiras deverão acontecer na tarde desta quinta-feira (02), amanhã (03) e sábado (04).

Da Redação
[email protected]

MPPI obtém decisão para Vigilância Estadual atuar em Parnaíba

O Ministério Público do Piauí, por meio do Grupo Regional de Promotorias de Justiça Integradas de Parnaíba, obteve decisão favorável em uma ação civil pública ingressada contra o Estado para o envio de equipe da Vigilância Sanitária Estadual – DIVISA, para realizar fiscalizações e acompanhamento das medidas de prevenção ao novo coronavírus em Parnaíba. A decisão liminar saiu na noite dessa segunda-feira (29).

 A juíza Anna Victória Mulylaert atendeu aos pedidos feitos pelo Ministério Público do Piauí e determinou que o estado e o município de Parnaíba, através de suas respectivas vigilâncias sanitárias, procedam com a fiscalização e acompanhamento das medidas de prevenção ao novo coronavírus no terminal rodoviário de Parnaíba, principalmente, no fluxo de passageiros que passam pelo local. Estado e prefeitura devem ainda fiscalizar se as empresas as empresas de transporte coletivo de passageiros, a fim de verificarem se estão cumprindo as normas impostas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da Diretoria de Vigilância Sanitária do Piauí (DIVISA) para a prevenção e combate ao coronavírus.

Outras ações que também devem ser executadas são a fiscalização do cumprimento do isolamento social pelos cidadãos de Parnaíba e a realização de barreiras sanitárias nos limites de Parnaíba com os municípios Luís Correia, Bom Princípio do Piauí, Buriti dos Lopes, no embarque e desembarque de passageiros vindos de outros estados.

Por último, a magistrada determina que o estado e o município de Ilha Grande, juntamente, com as forças de segurança realizem barreiras na cidade, na região do Porto dos Tatus e no embarque e desembarque de passageiros vindos de outros estados.

A Ação Civil Pública foi embasada em um procedimento administrativo instaurado pelo Ministério Público para acompanhar e fiscalizar o serviço de transporte rodoviário interestadual nos municípios abrangidos pela atuação do Grupo Regional de Promotorias Integradas de Parnaíba.

Em caso de descumprimento da ordem liminar cada ente federativo poderá pagar multa diária no valor de R$ 15 mil, podendo chegar a R$ 300 mil.

Da Redação
[email protected]

 

Posts anteriores