Cidadeverde.com

Segurança instala gabinete de gestão no litoral nesta sexta para combater crimes

Foto: divulgação PC-PI

Forças de Segurança do Piauí iniciam nesta sexta-feira (24) uma operação integrada que visa combater a criminalidade no litoral do Piauí. Um gabinete de gestão será instalado com participação de efetivos da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Penal, Polícia Civil e Guarda Municipal de Parnaíba.

De acordo com a Secretaria de Segurança, haverá o reforço de viaturas e policiais, além da atuação do Serviço de Inteligência da SSP. O gabinete vai permanecer no litoral até o final do ano.

“A PM vai fortalecer sua ação com mais viaturas em pontos estratégicos, percorrendo os bairros e patrulhando os lugares onde houver mancha vermelha indicando a questão do crime. A Polícia Civil vai intensificar as investigações, pedir mandados de prisões, busca e apreensões. A PRF vai nos ajudar com o bloqueio das rodovias, cada qual reforçando aqui que lhe cabe”, disse o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho.

A operação, segundo a SSP, visa combater a atuação de organizações criminosas na região. Forças de segurança do Ceará e Maranhão serão comunicadas do trabalho na região. O gabinete de gestão integrada estará sob a coordenação do tenente-coronel Pacífico e do delegado regional Eduardo Ferreira.

Na manhã de ontem, em entrevista à TV Cidade Verde, o secretário de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, afirmou que as autoridades já têm a identificação dos membros das organizações criminosas que atuam no litoral do Piauí. 

“Já sabemos quem são, já estão identificados. Inclusive, muitos deles já estão no sistema prisional. Estamos nessa fase de procedimentos e temos certeza que, com essa articulação, teremos resultados positivos”, destacou o secretário. 

Há dois dias, o prefeito de Parnaíba, Mão Santa (DEM), e o governador Wellington Dias (PT), fecharam uma parceria para enfrentar as facções criminosas. 

Crimes

De janeiro até o dia 17 de setembro, a Delegacia de Homicídios/Tráfico de Drogas/Latrocínio (DHTL) registrou 62 homicídios tentados e consumados em 2021. Número maior que todo o ano passado, quando foram registrados 56.

O delegado regional de Parnaíba, João Rodrigo Luna, disse que o aumento expressivo de crimes se deve à atuação de organizações criminosas no litoral do estado.

 

 

Hérlon Moraes
[email protected]

Mão Santa e governo do estado vão criar “frente contra facções” em Parnaíba

Foto: Ascom/prefeitura

Última reunião entre Mão Santa e Wellington Dias sobre crise nos leitos de UTIs

 

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa (DEM) e o governador Wellington Dias (PT) fecharam uma parceria para enfrentar um inimigo em comum: as facções criminosas. 

Na tarde de hoje, o governador ligou, pessoalmente, para Mão Santa e firmaram um pacto de trabalho para reduzir a criminalidade em Parnaíba, uma das principais cidades turísticas do estado. 

Mão Santa, que é ferrenho adversário do governo, solicitou ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) Força Nacional para intervir nas ações criminosas que amedrontam a população do litoral.   

Hoje, ocorreu uma reunião com a presença da cúpula da segurança em que será criada uma força-tarefa com a presença das Policiais Militar, Civil, Rodoviária Federal, Polícia Federal e Ministério Público Estadual. 

A ideia é montar um gabinete de gestão para criar uma “frente contra as facções” na cidade de Parnaíba. 

O secretário Municipal de Governo, Fábio Barros, confirmou que a conversa entre Mão Santa e o governador foi bastante proveitosa.

“Foi uma conversa boa. A prefeitura vai fazer uma parceria com o governo do estado que prometeu enviar efetivo, viaturas e a prefeitura dará toda estrutura necessária, inclusive cedendo um prédio, para funcionar a força-tarefa”, disse Fábio Barros.

Sobre o pedido da Força Nacional, Mão Santa foi informado que a solicitação foi encaminhada ao Ministério da Justiça e a Casa Civil. 

“Vamos aguardar uma resposta do governo federal”, disse Fábio Barros. 

A ação emergencial ocorreu após o crescimento alarmante de mortes violentas na região e tem como objetivo diminuir as estatísticas de criminalidade até o final do ano. 

O secretário estadual de Segurança, Rubens Pereira, confirmou a criação da força-tarefa e descartou a necessidade de Força Nacional. 

“Participaram da reunião os representantes da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal e foi unanimidade entre eles que no momento não é necessário. Vamos agir para resolver o problema com essa força-tarefa e com o gabinete que criamos. Se até dezembro não for resolvido, vamos ver como procedemos”, declarou. 

Rubens Pereira explicou que oito viaturas da Polícia Militar de Teresina serão deslocadas para Parnaíba até a próxima sexta-feira (24). Em seguida, um contingente da Polícia Civil também seguirá para o município. Eles vão trabalhar em conjunto com a PRF-PI, PF-PI e Inteligência da Secretaria de Segurança (SSP-PI).

Segundo o secretário, os agentes vão agir em dois eixos: ostensivo e investigativo e serão coordenados por um gabinete gerenciado pelo comandante do 2º Batalhão da PM de Parnaíba, Antônio Pacífico, e pelo delegado Eduardo Ferreira. 

“A Polícia Civil participará com o Greco e com a Delegacia Especializada em entorpecentes, investigando e a PM fará esse trabalho ostensivo, com apoio das polícias federais. Todo esse trabalho vai acontecer de forma integrada e terá um balanço a cada 15 dias”, frisou. 

Rubens Pereira evitou adiantar as informações que já foram levantadas sobre as facções, segundo ele, para não prejudicar as investigações. No entanto, revelou que elas fazem parte de um movimento de “migração” de grupos vindos do Sudeste, Ceará e do Maranhão.

 

Da Redação
[email protected]

Ministério Público apura demora na liberação de corpos no IML de Parnaíba

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

Rômulo Cordão, promotor de Justiça

O Ministério Público do Piauí instaurou um procedimento administrativo para apurar a situação do Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí. Recentemente, o MP recebeu denúncias de demora para realização de necropsias, procedimento médico que objetiva evidenciar a causa da morte de um indivíduo. 

Na última terça-feira, familiares das duas pessoas que morreram após um grave acidente na PI 116, em Luís Correia, também reclamaram da demora para a realização dos procedimentos para liberação dos corpos. 

O promotor de Justiça Rômulo Cordão, titular da promotoria de Parnaíba, esteve no local e constatou deficiências no atendimento prestado. Foram verificadas irregularidades como: falta de motoristas e de auxiliares de necropsia, descumprimento injustificado da escala de plantão por legistas e precariedade estrutural.

“Trata-se de serviço essencial, que não pode sofrer interrupção. Nada justifica que o cidadão procure a repartição e não consiga atendimento em tempo razoável. Nossa missão é fiscalizar e verificar como o IML está funcionando, e responsabilizar quem eventualmente está provocando falhas, pois constatamos que decorreram longos períodos de tempo para liberação de corpos, em prejuízo das famílias atendidas”, pontuou o promotor de Justiça.

 

Natanael Souza (Com informações do Ministério Público)
[email protected] 

Mão Santa pede envio da Força Nacional após mais de 60 crimes por facções criminosas

Foto: prefeitura de Parnaíba

O prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis de Moraes Souza, o Mão Santa, enviou ofício ao Governo Federal pedindo o envio de tropas da Força Nacional de Segurança Pública diante da crescente onda de violência e assassinatos na cidade. Dados da Delegacia de Homicídios/Tráfico de Drogas/Latrocínio (DHTL) apontam que os homicídios tentados e consumados em 2021, até o momento, contabilizam 62, sendo que em todo o ano anterior, foram 56.

O ofício foi direcionado ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Justiça e Segurança, Anderson Gustavo Torres. 

“Nós travamos uma das mais difíceis lutas de todos os governos que aqui já passaram, que foi contra esse inimigo invisível chamado coronavírus. Tivemos ajuda do presidente Bolsonaro, trabalhamos em conjunto com o governo do estado para abertura do hospital Nossa Senhora de Fátima e, apesar de muitas perdas, hoje nós estamos vencendo a guerra, mas, não podemos ter mais mortes, dessa vez causada pela criminalidade que se alastra pelas ruas de nossa cidade. Parnaíba sempre foi uma cidade segura, precisamos tomar uma atitude para que volte a ser”, disse o prefeito Mão Santa. 

Foto: prefeitura de Parnaíba

Nesta quinta-feira (16), em caráter de urgência, o prefeito se reuniu com representantes das forças de segurança em Parnaíba (Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil), o presidente da Câmara Municipal de Parnaíba, o procurador geral do município de Parnaíba e, secretários municipais, para discutir uma solução contra a crescente onda de violência e assassinatos na cidade de Parnaíba.

A reunião durou mais de 2 horas quando foram expostas as problemáticas enfrentadas pela falta de aparelhamento das polícias Civil e Militar e anunciado o pedido de reforço da Força Nacional. 

ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS

O delegado regional de Parnaíba, João Rodrigo Luna, esclarece  que o aumento expressivo de casos se deve à atuação de organizações criminosas no litoral do estado, mas que nenhuma das unidades policiais de Parnaíba têm atribuição para investigá-los, o que cabe ao Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). 

Foto: prefeitura de Parnaíba

"A Polícia Civil de Parnaíba tem atribuição para investigar os crimes praticados por essas organizações, que são os homicídios e o tráfico de drogas, e não as organizações em si. O que cabe a nós, estamos fazendo. Um relatório de investigação foi enviado à Delegacia Geral ainda no primeiro semestre. Sobre a Força Nacional, toda ajuda é bem vinda", disse o delegado João Rodrigo Luna. 

A Força Nacional foi criada através do decreto nº 5.289, de 29 de novembro de 2004, sendo instituída para atuação nos estados e executar atividades de policiamento ostensivo, em casos de perturbação da ordem pública, segurança das pessoas e do patrimônio. 


Graciane Sousa
[email protected]

Suspeita de receptação de veículo é presa pela PRF em Parnaíba

Foto: PRF

Equipes da Polícia Rodoviária Federal prenderam na tarde desta sexta-feira(10) uma mulher de 27 anos suspeita do crime de receptação. A ação foi realizada durante uma abordagem na BR 343, em Parnaíba.

Durante fiscalização, os policiais  constataram, através de averiguação detalhada, que o veículo possuía seus elementos de identificação adulterados. Foi possível identificar o veículo original, o qual possui restrição de Roubo/Furto registrada em abril deste ano, na cidade de Fortaleza. Além disso, a condutora apresentou documentação do veículo com indícios de falsificação.

A mulher alegou que o veículo foi emprestado por um conhecido.

Os policiais encaminharam a mulher e o veículo até à Polícia Civil na cidade de Parnaíba para os procedimentos necessários. Ela responderá pelo crime de Receptação De Veículo.

 

Natanael Souza
Com informações da PRF
[email protected] 

Ciclista de 51 anos morre após sofrer mau súbito na BR 343

Foto: Divulgação/PRF-PI

Um ciclista de 51 anos veio a óbito após sofrer um mal súbito na noite dessa terça-feira (07), no KM 17, da BR 343, no município de Parnaíba, distante 318 quilômetros de Teresina.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os policiais foram acionados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que informou sobre um ciclista que havia falecido na rodovia.

Ao chegar no local, a PRF constatou que se tratava da ocorrência de um mal súbito. Uma equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) também foi acionada e realizou a remoção do corpo.

Ainda de acordo com a PRF, a bicicleta do ciclista foi levada por um conhecido que estava no local.

Rebeca Lima com informações da PRF
[email protected]

Funcionário de prefeitura é preso em UBS suspeito de tráfico de drogas

Foto: divulgação PC-PI

Um funcionário comissionado da Prefeitura de Parnaíba, no litoral do Piauí, foi preso flagrante por tráfico  de entorpecentes. A prisão ocorreu nesta sexta-feira (03), na Unidade Básica de Saúde (UBS), onde ele trabalhava marcando consultas. 

"A operação era para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar em investigação que envolvia tráfico de drogas. Na residência do alvo, localizada no conjunto Caminho da Alvorada, apreendemos vários papelotes com drogas prontas para comercialização", disse o delegado regional de Parnaíba, João Rodrigo Luna. 

A investigação indicou que a venda de drogas ocorria na própria residência.  R.A.C.D foi encaminhado para a Central de Flagrantes. 

O Cidadeverde.com entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Parnaíba que informou que o funcionário será exonerado. 

Participaram da investigação, equipes da Delegacia Regional de Parnaíba, Delegacia de Combate a Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba (DHTL), com a apoio da Delegacia da Mulher (DEAM). 

Para denúncias anônimas, a  Polícia Civil disponibiliza o seguinte link: bit.ly/denunciapcphb


Graciane Sousa
[email protected]

Prefeita Maninha e Mão Santa firmam parceria para construção de estrada entre Luís Correia e Parnaíba

Foto: Ascom

Nessa quarta-feira (25), aconteceu um encontro para tratar da realização da obra da estrada que interligará Luís Correia e Parnaíba, uma das reivindicações feitas pela população nos últimos anos.

Na ocasião, com as presenças do vice-prefeito de Luís Correia, Mirialdo Mota; do prefeito de Parnaíba, Mão Santa; e do vereador licenciado de Luís Correia, Pedro do Leite; o secretário de Finanças de Luís Correia, Pedro Júnior, representou a prefeita Maninha Fontenele.

Para a realização da obra, será construído um acesso entre a comunidade Portinho e o bairro Cearazinho, em Luís Correia. Para o secretário de Finanças de Luís Correia, a parceria com a Prefeitura de Parnaíba é fundamental para   a realização dos serviços.

"Em nome da prefeita Maninha, agradeço a disponibilidade do prefeito Mão Santa. Esse é um sonho antigo da população e agora será realizado. Com a parceria, a Prefeitura de Parnaíba fará a parte da estrada de responsabilidade desse município. O prefeito nos assegurou que se for necessário, os engenheiros da SEINFRA de Parnaíba estarão à disposição da Prefeitura de Luís Correia para nos ajudar  na parte técnica da obra" explica Pedro Júnior.

Da Redação
[email protected]

Delegado suspeito de estuprar adolescente é preso em Parnaíba

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 
 
O delegado  Fábio Bhering foi preso preventivamente nesta terça-feira (17) em Parnaíba por equipes da Corregedoria da Polícia Civil e da Divisão de Capturas (Dicap). Ele é suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos em dezembro do ano passado, quando era lotado na delegacia do município de Buriti dos Lopes, no norte do estado
 
O mandado de prisão preventiva foi cumprido no momento em que ele chegava para trabalhar na delegacia onde estava lotado atualmente, em Parnaíba.  
 
O delegado Jetan Pinheiro, da Corregedoria da Polícia Civil, explicou que Fábio Bhering foi indiciado após a conclusão do inquérito que investiga a denúncia de estupro e teve o mandado de prisão expedido após pedido do Ministério Público.  
 
A família da adolescente de 14 anos procurou a polícia para denunciar o caso em dezembro de 2020. Segundo a denúncia, o suposto estupro teria acontecido na casa do delegado, na cidade Parnaíba, durante seu horário de plantão. 
 
Ainda em dezembro, equipes da Corregedoria cumpriram mandados de busca e apreensão na residência do delegado , em Parnaíba, quando uma arma foi apreendida.
 
O delegado Jetan Pinheiro também informou que o caso está sendo apurado também administrativamente pela Polícia Civil. "Foi aberto um processo administrativo disciplinar em desfavor do Fabio Bhering para gente apurar essa conduta dele também administrativamente", destacou. 
 
O Cidadeverde.com não conseguiu localizar a defesa do delegado. O espaço permanece aberto para o posicionamento. 
 
Outro caso
 
Em maio desse ano, o delegado foi denunciado por violência doméstica por sua então namorada, uma empresária que teve medidas protetivas deferidas pela justiça.  Na ocasião, Fábio Bhering negou ao Cidadeverde.com que tenha agredido a mulher. 
 
 
 
Natanael Souza
 

Suspeito de matar próprio irmão é preso durante operação em Parnaíba

Foto: Divulgação/Polícia Civil 

Um homem identificado apenas pelas iniciais J.V.A.C foi preso nesta quarta-feira (04), durante cumprimento de mandados de prisão da Operação Volta às Aulas, deflagrada pela Polícia Civil no município de Parnaíba, distante 318 quilômetros de Teresina.

O homem é suspeito de matar o próprio irmão, identificado como Jhon Maycon Araújo de Carvalho durante crime ocorrido em junho deste ano.

Na residência de J.V.A.C foram apreendidos drogas, dinheiro e celulares. A Polícia também informou que o homem deve ser autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas.

A Operação Volta às Aulas, deflagrada em conjunto com a Delegacia Regional de Parnaíba, Delegacia de Homicídios Tráfico e Latrocínio – DHLT e 1º Distrito Policial, segue durante toda esta quarta-feira (04) no município de Parnaíba.

De acordo com o delegado João Rodrigo, da Delegacia Regional de Parnaíba, novas prisões ainda devem ser efetuadas durante o dia.

 

Rebeca Lima
[email protected]

Posts anteriores