Cidadeverde.com

São Raimundo Nonato conclui 1ª fase do Programa Nacional de Imunização

Fotos:PrefeituraSãoRaimundoNonato

A Prefeitura de São Raimundo Nonato, distante 523 Km de Teresina,  informou, nesta segunda-feira (7), que concluiu a 1ª fase da vacinação contra a Covid-19 do público-alvo definido pelo Programa Nacional de Imunização- PNI.

Com população de 34.877 habitantes, São Raimundo Nonato é a primeira cidade no Piauí a alcançar a marca. Os grupos prioritários vacinados foram: trabalhadores de saúde, pessoas de 90 anos ou mais, pessoas de 85 a 89 anos, pessoas de 80 a 84 anos, pessoas de 75 a 79 anos, povos e comunidades tradicionais quilombolas, pessoas de 70 a 74 anos, pessoas de 65 a 69 anos, pessoas de 60 a 64 anos, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC, pessoas com deficiência permanente (18 a 59 anos) sem cadastro no BPC, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, trabalhadores da educação do ensino básico e ensino superior, forças de segurança, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, trabalhadores de transporte aéreo, caminhoneiros e trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos.

São Raimundo Nonato contabiliza que 10.167 pessoas receberam a primeira dose de imunizantes contra a Covid-19, o que corresponde a porcentagem de 29,29%. As doses aplicas D1+D2 somam um total de 12.886. Os imunizantes administrados foi da AstraZeneca/Fiocruz , CoronaVac/Butantan e Pfizer/BioNTech.

De acordo com a coordenadora de Imunização de  São Raimundo Nonato, Vallérya Castro, a marca foi alcançada devido à logística adotada na cidade, com instalação de pontos de drive- trhu. O município  também foi o primeiro do Piauí a vacinar trabalhadores da educação.

“Além disso todas as nossas equipes estão à disposição para que essa logística seja ágil e a entrega das vacinas chegue de forma eficaz e segura nos braços do povo”, disse.

Aguardando a chegada de mais doses no município, a secretaria municipal de Saúde informou que vai iniciar a vacinação da população em geral, de 18 a 59 anos. “Estamos preparados para alinhar a logística estratégica e seguir avançando na vacinação  para o público de 18 a 59 anos”, pontuou o secretário de Saúde, Jussival Júnior.   

 

 


Izabella Pimentel
[email protected]

Preso homem que matou namorada a tiro em bordel em São Raimundo Nonato

Maria Isamara, vítima de feminicídio/ foto: Polícia Civil

As Polícias Militar e Civil prenderam ontem (2) Jefferson da Silva Oliveira, que estava foragido, e é suspeito de assassinar a namorada em uma casa de prostituição no centro de São Raimundo Nonato.

Maria Isamara de Sousa Gomes foi morta com um tiro no rosto no dia 24 de maio.

A delegada Cinthya Verena, da Delegacia da Mulher de São Raimundo Nonato, informou que Jefferson da Silva Oliveira teve um “breve relacionamento” com Maria Isamara e os dois estavam morando no bordel. De acordo com a delegada, Maria Isamara era garota de programa e estava vivendo com ele na casa de prostituição. 

“Ainda não sabemos a motivação do feminicídio. Ela acordou foi tomar café e ao retornar para o quarto ele atirou nela. Há testemunhas”, disse a delegada.

Ao atirar na namorada, Jefferson roubou uma moto e fugiu. Ontem, ele foi encontrado em Cristiano Castro numa casa de shows.

A delegada informou que Jefferson da Silva Oliveira responde por vários crimes como roubo, estupro de vulnerável e lesão corporal. Ele saiu do sistema prisional há três meses e estava tendo o relacionamento com Maria Isamara. 

Hoje, a Polícia vai pegar o depoimento do preso e encaminha-lo para um presídio.

A prisão, segundo a delegada, é uma resposta para as pessoas que achavam que por ser uma garota de programa a polícia não iria atrás.

“Toda mulher merece respeito e agora ele está preso e vai responder pelo crime”, disse Cinthya Verena. 

Preso Jefferson da Silva Oliveira/ foto: Polícia Civil

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Hospital de São Raimundo Nonato realiza primeira cirurgia por vídeo

Recebeu alta nesta sexta-feira (28) a paciente que passou por cirurgia laparoscópica no Hospital Regional Senador José Candido Ferraz, em São Raimundo Nonato. O procedimento de colecistomia, retirada da vesícula biliar, foi realizado pela primeira vez na unidade, na última quinta-feira (27). A novidade proporcionará o aumento da cobertura de cirurgias para a população usuária de 20 municípios da região da Serra da Capivara, além de Canto do Buriti, Brejo e Tamboril, a unidade também recebe demanda de  três municípios da Bahia, totalizando 26 municípios com média de 200 mil habitantes.

A diretora da unidade de saúde, Nilvânia Nascimento, explica que o equipamento permite que sejam feitas apenas quatro pequenas incisões, de apenas um centímetro de diâmetro, por onde passam a microcâmera e as pinças, assim, os riscos de complicações para o paciente são muito menores. “É um avanço muito importante para a saúde da região, onde os maiores beneficiados serão os nossos pacientes. Todos os nossos profissionais estão vibrando de alegria”, destacou ela.

A unidade de saúde realiza uma média de 14 mil atendimentos mensais e Internações Hospital/UPA 460 mês, além de realizar 60 cirurgias gerais, 45 procedimentos cirúrgicos ortopédicos, 45 partos normais e 85 cesarianas, mensal, número reduzido por conta da pandemia.

A videolaparoscopia é uma técnica que pode ser utilizada tanto para diagnóstico quanto para tratamento, sendo esta última modalidade denominada videolaparoscopia cirúrgica. Por se tratar de um procedimento menos invasivo, sem cortes, o tempo de ocupação do leito diminui e a recuperação é mais rápida. O secretário de saúde explica que as cirurgias fazem parte do início do processo de implantação do serviço.

 “Vamos estabelecer uma agenda de procedimentos por vídeo, e de qualificação das equipes, para que a população dos municípios que fazem parte da região da Serra da Capivara tenha acesso a este serviço”, pontuou Florentino Neto. Segundo ele, a torre de laparoscopia também está disponível em outros hospitais do interior.

Ao todo, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde , já distribuiu 17 torres de videolaparoscopia  para hospitais que compõem a rede estadual de saúde. Entre as unidades contempladas estão o Hospital Getúlio Vargas; Hospital da Policia Militar; Hospital Infantil Lucídio Portella; Hospital de Luzilândia; Hospital de Esperantina, Hospital de Parnaíba; Hospital de Barras, Hospital de Campo Maior, Hospital de  Piripiri, Hospital de Floriano; Hospital de Oeiras Hospital de Picos, Hospital de Bom Jesus e agora o Hospital de São Raimundo Nonato. 

“Essa é uma cirurgia minimamente invasiva e agora também iremos garantir o equipamento para nossas unidades de Valença e Corrente”, anuncia Florentino. Esse trabalho, segundo ele, garante a universalização da cirurgia por videolaparoscopia no nosso estado, melhorando assim a qualidade dos serviços prestados a toda a população piauiense.

O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz passou por uma adequação recente no setor de urgência e emergência, com a finalidade de melhorar o atendimento e trazer acessibilidade para quem precisa dos serviços. “A exemplo de outros hospitais, a unidade de saúde de São Raimundo Nonato tem recebido investimentos em equipamentos por parte da Secretaria de Estado da Saúde, destaca o secretário de saúde, Florentino Neto.

 

[email protected]

São Raimundo Nonato é o 1º município do Piauí a vacinar professores contra a Covid

Foto:Divulgação

São Raimundo Nonato é o primeiro município do Piauí a vacinar trabalhadores da Educação contra a Covid-19. A vacinação iniciou neste fim de semana e já imunizou mais de mil pessoas do público-alvo com a vacina da Astrazeneca.

O secretário municipal de Saúde, Jussival Júnior, afirma que todos os trabalhadores ativos da educação, do ensino básico ao superior, receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no município. Entre eles professores, vigias, copeiras, todos que fazem parte do ambiente escolar. A faixa etária definida foi a partir dos 18 anos.

“É um dia histórico. Foram vacinados trabalhadores da educação  de escolas estaduais, privadas, nível superior e profissionalizantes. O município já concluiu todos os outros grupos prioritários e avaçou a vacinação para os trabalhadores da educação. O último concluído foi de pessoas  com Comorbidades e Pessoa com deficiência. O município se organizou e realizou a imunização”, afirma. 

A professora Patrícia Costa recebeu a primeira dose do imunizante e disse que a vacinação “é um reconhecimento”. O município de São Raimundo Nonato já aplicou 9.399 doses dos imunizantes contra a Covid.

Apesar dos trabalhadores da educação estarem incluídos no grupo prioritário, a Secretaria de Estado da Saúde ainda não recomendou a vacinação deste público aos municípios. Por causa das doses insuficientes dos imunizantes, após a conclusão da vacina para idosos, a recomendação da pasta é a imunização de pessoas com comorbidades e deficiências. 

As campanhas têm como referência o Programa Nacional de Imunização e a vacinação dos professores depende da quantidade de doses que o Estado receberá nas próximas semanas.

 


Izabella Pimentel
[email protected]

Vazamento em adutora deixa sete cidades do Sul do Piauí sem água

Um vazamento registrado na Adutora do Garrincho, instalada em São Raimundo Nonato,  está provocando desabastecimento de água em cidades do Sul do Piauí. 

Pelo menos há dois dias os municípios de Dirceu Arcoverde, São Raimundo Nonato, São Lourenço do Piauí, Bonfim do Piauí, Várzea Branca, São Braz do Piauí, Coronel José Dias, além dos povoados Minador e Baixão dos Santos, em Anísio de Abreu sofrem com o desabastecimento.

Inicialmente houve um vazamento na bomba da Adutora e quando os técnicos locais da Agespisa foram consertar, houve um outro problema. Devido à complexidade, os equipamentos necessários para a intervenção foram encaminhados somente na tarde desta quinta-feira (20) de Teresina a São Raimundo Nonato

Equipamentos para conserto foram enviados nesta quinta. Foto:Agespisa

Por causa do atraso, ainda não há prazo para os reparos serem concluídos. A expectativa é que seja até amanhã (21). 

A Agespisa informa, ainda, que o trabalho é feito em caráter de urgência e reclamações podem ser feitas por meio da Ouvidoria- 0800 086 8888.

Veja nota da Agepisa

A Agespisa informa que a retomada do abastecimento de água nas cidades atendidas pela Adutora do Garrincho foi adiada em razão de incidente ocorrido no sistema de captação.

A equipe de técnicos da Agespisa está trabalhando em caráter de urgência para solucionar o problema. No momento, ainda não é possível definir previsão para o restabelecimento do serviço.

As cidades atingidas são Dirceu Arcoverde, São Raimundo Nonato, São Lourenço do Piauí, Bonfim do Piauí, Várzea Branca, São Braz do Piauí, Coronel José Dias, além dos povoados Minador e Baixão dos Santos, em Anísio de Abreu.

 

Izabella Pimentel
[email protected]

Autoridades discutem implantação de hemodiálise em São Raimundo Nonato

Foto: Ccom

Em reunião, nesta terça-feira (4), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) discutiu junto com parlamentares do território da Serra da Capivara e pacientes renais crônicos, a implantação de um centro de hemodiálise na cidade de São Raimundo Nonato.

Para possibilitar a instalação desse tratamento na cidade, a Sesapi precisou fazer um estudo para avaliar a qualidade da água da região, o que é de suma importância para a implantação de equipamentos de hemodiálise.

“Devido à necessidade de ter uma água de qualidade para estes pacientes, a secretaria realizou este estudo e constatou que houve melhorias neste elemento, o que nos possibilitou a realização de hemodiálise no hospital regional da cidade”, explica o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

A manutenção da qualidade da água usada nos tratamentos de hemodiálise é primordial para a segurança do paciente. Isso porque alguns compostos, como alumínio e flúor, além de toxinas geradas por bactérias (as endotoxinas), se presentes na água, podem debilitar o estado de saúde do paciente.

Para a implementação do tratamento dos pacientes renais, que necessitam de terapia substitutiva, a Sesapi abriu um procedimento para que as empresas interessadas possam se habilitar.

“Aquela empresa que obtiver todas as condições para a prestação do serviço, será credenciada e habilitada pela secretária. Nosso intuito é que esse processo seja finalizado o mais breve possível”, destaca o gestor.

Após os estudos sobre a qualidade da água, a Secretaria de Estado da Saúde implantou o serviço de hemodiálise para os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, que atende a toda população do território.

Da Redação
[email protected]

CAPS de São Raimundo Nonato é inspecionado pelo MPPI

O Ministério Público do Piauí, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de São Raimundo Nonato, com apoio do CAODS (Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde), realizou nesta sexta-feira (23) inspeção virtual no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) de São Raimundo Nonato. Em respeito às recomendações de contenção e prevenção à Covid-19, o trabalho de fiscalização foi feito por videoconferência. Os trabalhos foram coordenados pelos promotores de Justiça Gabriela Almeida e Jorge Pessoa.

O objetivo da inspeção, feita pelos representantes do Ministério Público, foi conhecer toda a estrutura física e o funcionamento do CAPS, para avaliar quais melhorias foram realizadas no local após os laudos técnicos emitidos pela Vigilância Sanitária Estadual e pelo CRM-PI (Conselho Regional de Medicina do Piauí). Apesar das orientações dos dois órgãos técnicos sobre quais melhorias deveriam ser efetuadas, para aperfeiçoar os serviços prestados pelo CAPS de São Raimundo Nonato, ainda foram constatadas várias deficiências. Entre os problemas encontrados estão: a falta de controle sobre a entrada e a saída de medicamentos e de ambiente adequado para sua conservação; consultório médico sem itens necessários para a realização de consulta; recepção sem quaisquer instruções sobre manutenção de distanciamento e sem itens para a segurança dos profissionais que ali trabalham; banheiros não adaptados para pessoas com deficiência, e outros.

Entre os encaminhamentos foi sugerida a realização de reunião com o secretário municipal de Saúde de São Raimundo Nonato e municípios circunvizinhos para verificar a possibilidade da celebração de um consórcio público com o intuito de oferecer um serviço de saúde mental de qualidade aos cidadãos da região. Outra medida a ser executada consiste na verificação da existência de algum procedimento licitatório em tramitação para melhorias do CAPS e, se houver, deve ser verificada qual a situação em que se encontra.

Por último, foi sugerido que seja realizada consulta junto à Secretaria Estadual de Saúde sobre a instalação do sistema Hórus, do Ministério da Saúde para o controle de medicação, no CAPS de São Raimundo, além do fornecimento de equipamentos para melhor controle na dispensação dos medicamentos.

Além dos promotores de Justiça, a equipe de vistoria foi integrada também pelos médicos do MPPI, Celso Pires Filho e Viviane Pompeo. Os dois profissionais vão elaborar relatórios técnicos sobre o trabalho de inspeção. Os documentos devem subsidiar a atuação dos promotores de Justiça para requerer junto ao estado e ao município as correções das irregularidades encontradas e o aperfeiçoamento do CAPS, principalmente nos aspectos estrutural e funcional. A vistoria contou também com a participação de representantes da Vigilância Sanitária Estadual, do CRM e da Coordenação de Saúde Mental da Sesapi.

Com informações Ascom

Funcionários do setor funerário querem prioridade na vacinação em São Raimundo Nonato

Foto: reprodução

Representantes do setor funerário no município de São Raimundo Nonato querem  prioridade na vacinação contra a Covid-19. Os representantes da classe realizaram uma manifestação no final da tarde de ontem (13),  em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) reivindicando a vacina contra a Covid-19,  e contra a gripe para todos os profissionais do setor funerário. "Os profissionais do setor estão muito expostos ao vírus, mesmo com todos os protocolos de prevenção adotados. Parte do trabalho é retirar os corpos em hospitais e residências ou estar em contato com famílias vítimas da Covid-19, que muitas vezes podem estar contaminadas”, disse um dos representantes do setor.

"Superlotação do sistema de saúde preocupa", diz secretário de Saúde

A superlotação do sistema de saúde tem preocupado autoridades em saúde de cidades no interior do Piauí. Em São Raimundo Nonato, município piauiense que faz divisa com a Bahia, o atendimento covid está sendo exclusivo para pacientes do próprio estado. Mesmo assim, a ocupação de UTIs é de 100%.

"Infelizmente é uma realidade que estamos vivenciando agora dentro do Território Serra da Capivara que é composto por 20 municípios. A UPA está estruturada com 15 leitos de UTIs, mas 100% estão ocupadas. A nossa preocupação é que esses leitos estão disponíveis para a regulação do estado. Temos alguns pacientes da própria cidade e também de algumas cidades do Território Serra da Capivara. O que mais vem nos preocupando é essa superlotação do sistema de saúde, não somente em São Raimundo Nonato, mas em todo o Piauí", disse Jussival Júnior.

A situação da pandemia da Covid-19 chegou ao limite em todo o estado. Nos próximos dias, o governador Wellington Dias deve anunciar medidas ainda mais restritivas em um pacto com outros estados da federação. Atualmente, o Piauí tem quase um óbito por hora em um dia; já são 3.545 mortes pela covid.

 

Graciane Sousa
[email protected]com

São Raimundo Nonato lança campanha reforçando medidas contra a Covid-19

Foto: Ascom

No início da noite desta quinta-feira (25) a Prefeitura de São Raimundo Nonato, em parceria com órgãos municipais e estaduais da saúde deu início a campanha "Quem Ama Cuida".

De acordo com a prefeita Carmelita Castro a campanha visa conscientizar a população para que todos se cuidem contra o novo coronavírus. “O nome da campanha se deve ao fato de que muitas pessoas não entendem e desdenham do vírus, mas a realidade é que aqueles que passaram pela situação de contrair a Covid-19, tiveram familiares que contraíram a doença ou até mesmo perderam um ente querido sabem da gravidade da situação. O que precisamos é que as pessoas se conscientizem que essa doença mata. Que estamos lidando com vidas e  que quem ama cuida. Então, se faz necessário que cuidemos uns dos outros para que esse vírus não prolifere, para prevenir que mais vidas sejam perdidas”, disse a gestora.

Fazendo Alusão a campanha, a Prefeita Carmelita juntamente com o Coordenador da 12ª Regional de Saúde, João Eudes Castro; a Diretora do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, Nilvânia Nascimento; o Secretário Municipal da Saúde, Jussival Júnior; Policiais Militares e Agentes da Fiscalização Sanitária foram até bares e restaurantes da cidade para  orientar os donos dos estabelecimentos para reforçar as medidas de segurança adotadas contra a Covid-19.

No momento em que visitavam os estabelecimentos, os gestores pediam a ajuda e compreensão dos proprietários dos estabelecimentos e dos clientes para que ajudassem o município a cumprir as medidas do Decreto 

Da Redação
(com informações ascom)

Posts anteriores