Cidadeverde.com

Funcionários do setor funerário querem prioridade na vacinação em São Raimundo Nonato

Foto: reprodução

Representantes do setor funerário no município de São Raimundo Nonato querem  prioridade na vacinação contra a Covid-19. Os representantes da classe realizaram uma manifestação no final da tarde de ontem (13),  em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) reivindicando a vacina contra a Covid-19,  e contra a gripe para todos os profissionais do setor funerário. "Os profissionais do setor estão muito expostos ao vírus, mesmo com todos os protocolos de prevenção adotados. Parte do trabalho é retirar os corpos em hospitais e residências ou estar em contato com famílias vítimas da Covid-19, que muitas vezes podem estar contaminadas”, disse um dos representantes do setor.

"Superlotação do sistema de saúde preocupa", diz secretário de Saúde

A superlotação do sistema de saúde tem preocupado autoridades em saúde de cidades no interior do Piauí. Em São Raimundo Nonato, município piauiense que faz divisa com a Bahia, o atendimento covid está sendo exclusivo para pacientes do próprio estado. Mesmo assim, a ocupação de UTIs é de 100%.

"Infelizmente é uma realidade que estamos vivenciando agora dentro do Território Serra da Capivara que é composto por 20 municípios. A UPA está estruturada com 15 leitos de UTIs, mas 100% estão ocupadas. A nossa preocupação é que esses leitos estão disponíveis para a regulação do estado. Temos alguns pacientes da própria cidade e também de algumas cidades do Território Serra da Capivara. O que mais vem nos preocupando é essa superlotação do sistema de saúde, não somente em São Raimundo Nonato, mas em todo o Piauí", disse Jussival Júnior.

A situação da pandemia da Covid-19 chegou ao limite em todo o estado. Nos próximos dias, o governador Wellington Dias deve anunciar medidas ainda mais restritivas em um pacto com outros estados da federação. Atualmente, o Piauí tem quase um óbito por hora em um dia; já são 3.545 mortes pela covid.

 

Graciane Sousa
[email protected]

São Raimundo Nonato lança campanha reforçando medidas contra a Covid-19

Foto: Ascom

No início da noite desta quinta-feira (25) a Prefeitura de São Raimundo Nonato, em parceria com órgãos municipais e estaduais da saúde deu início a campanha "Quem Ama Cuida".

De acordo com a prefeita Carmelita Castro a campanha visa conscientizar a população para que todos se cuidem contra o novo coronavírus. “O nome da campanha se deve ao fato de que muitas pessoas não entendem e desdenham do vírus, mas a realidade é que aqueles que passaram pela situação de contrair a Covid-19, tiveram familiares que contraíram a doença ou até mesmo perderam um ente querido sabem da gravidade da situação. O que precisamos é que as pessoas se conscientizem que essa doença mata. Que estamos lidando com vidas e  que quem ama cuida. Então, se faz necessário que cuidemos uns dos outros para que esse vírus não prolifere, para prevenir que mais vidas sejam perdidas”, disse a gestora.

Fazendo Alusão a campanha, a Prefeita Carmelita juntamente com o Coordenador da 12ª Regional de Saúde, João Eudes Castro; a Diretora do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, Nilvânia Nascimento; o Secretário Municipal da Saúde, Jussival Júnior; Policiais Militares e Agentes da Fiscalização Sanitária foram até bares e restaurantes da cidade para  orientar os donos dos estabelecimentos para reforçar as medidas de segurança adotadas contra a Covid-19.

No momento em que visitavam os estabelecimentos, os gestores pediam a ajuda e compreensão dos proprietários dos estabelecimentos e dos clientes para que ajudassem o município a cumprir as medidas do Decreto 

Da Redação
(com informações ascom)

Hospital de São Raimundo Nonato inicia atendimentos e cirurgias urológicas

O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato, iniciou, no dia 29 de janeiro, atendimentos ambulatoriais para a especialidade de urologia. Na unidade, também estão sendo realizadas cirurgias na área.

“Nosso atendimento começou na sexta-feira (29) e algumas cirurgias foram realizadas no sábado (30). O que nos deixa muito felizes em poder proporcionar mais uma especialidade para nossa população”, explica a diretora da unidade de saúde, Nilvânia Nascimento.

A implantação da especialidade, pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), no Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, ajudou a reduzir a transferência de pacientes para outras unidades de saúde e desafogar o atendimento. “Foi muito importante a implementação desse atendimento em nosso hospital, que ajudou a desafogar a fila de espera e também não precisamos fazer transferência para outros hospitais”, enfatiza a gestora.

Para ter acesso ao atendimento de urologia e outras especialidades, os pacientes precisam ser regulados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Além de urologista, o hospital também possui consultas e cirurgias nas áreas de cirurgia geral, dermatologia, ortopedia, ginecologia e de proctologia. “Fora os atendimentos eletivos, nossos especialistas também realizam procedimentos de urgência, para qualquer cidadão que procure nossa unidade de saúde”, lembra Nilvânia Nascimento.

Da Redação
[email protected]

Hospital Regional de São Raimundo Nonato volta a ter 100% de UTIs ocupadas

Fotos: Divulgação CCOM

O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato, a 523 Km de Teresina, voltou a ter taxa de 100% de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) Covid. 

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), divulgados na noite dessa terça-feira (8), todos os 20 leitos de UTI do hospital estão com pacientes.  Quanto à situação dos leitos clínicos, 12 dos 20 disponíveis estão ocupados. A cidade de São Raimundo Nonato já contabiliza 2436 casos confirmados de coronavírus e 21 óbitos causados pela Covid-19.

No Sul do Estado também chama atenção a ocupação dos leitos clínicos do Hospital Regional Dr João Pacheco Cavalcante, na cidade de Corrente. De acordo com a Sesapi, todas as cinco vagas disponíveis estão ocupadas. Há apenas dois leitos de estabilização sem pacientes. O município já registrou  883 casos de coronavírus.

No Norte do Estado o Hospital Regional de Campo Maior está com a ocupação de leitos clínicos no limite. Das 19 vagas, 18 estão ocupadas, que representa lotação de 94,7%. 

Na rede estadual de saúde a ocupação dos leitos de UTI está em 46,5%. Quanto aos leitos clínicos, a lotação é de 41,3%. 

Os casos  confirmasdos de coronavírus no Piauí chegam a 132.718.  A mortes somam 2.695 notificadas em 198 municípios. 


Izabella Pimentel
[email protected] 

Hospital de São Raimundo Nonato ganha novas UTIs

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), ampliou de 15 para 20 o número de leitos de UTI do Hospital Regional Senador José Cândido Ferraz, no município de São Raimundo Nonato. Os novos leitos chegam para aumentar a capacidade de atendimento da unidade de saúde por conta da lotação da terapia intensiva do Hospital.

Para o secretário Florentino Neto, o aumento no número de leitos de UTI no HRSJCF é uma resposta rápida do Governo à necessidade pontual da região, onde os leitos estão todos ocupados. “Vamos ampliar a estrutura de enfrentamento à Covid-19 sempre que houver necessidade. Estamos monitorando não só a situação em São Raimundo Nonato como também em todo o Piauí”, diz o secretário.

“Sempre que houver necessidade de uma atenção maior em qualquer região do Estado estaremos atuando prontamente, através do Pró Saúde e o Pró Piauí. Nosso objetivo é garantir a assistência adequada à população, principalmente neste período crítico da pandemia”, enfatiza Florentino.

De acordo com a avaliação do secretário, tudo o que foi feito até agora tem demonstrado nossa capacidade de reação no enfrentamento à Covid. “A estrutura continua montada e, em alguns locais, está sendo é ampliada, dependendo da necessidade. É preciso ter ações preventivas, articulação com os municípios e organização da rede de assistência à saúde para conseguirmos vencer a pandemia. Juntos, vamos conseguir”, finaliza o secretário.

Da Redação
[email protected]

Governador anuncia reforços para o Hospital de São Raimundo Nonato

O governador Wellington Dias anunciou neste sábado (07) reforços para o município de São Raimundo Nonato. A cidade receberá novos monitores, respiradores e ambulâncias equipadas para atender pacientes diagnosticados com covid-19.  Os equipamentos irão para o Hospital Regional Senador Cândido Ferraz.

“Deslocamos para região mais respiradores e monitores. São cinco novos leitos com seis monitores, sete ventiladores e uma torre de videolaparoscopia, além do suporte de profissionais e ambulâncias equipadas. Estamos unindo esforços, Estado e Município para poder dar todo suporte aos piauienses da região sul”, garantiu o chefe do executivo estadual.

Wellington Dias informou ainda que equipes de profissionais de Floriano com fisioterapeutas e médicos intensivistas também serão deslocados. “Eles vão somar trabalho junto aos heróis e heroínas da saúde do Hospital de São Raimundo Nonato e da UPA do município. Tudo é resultado de um trabalho liderado pelo secretário de Saúde, Florentino Neto e da prefeita Carmelita Castro, que faz um intenso esforço pelo município”, disse.

O governador destacou ainda a importância da continuidade do enfrentamento ao coronavírus. “Precisamos continuar com as medidas de higiene, distanciamento para reduzirmos a transmissibilidade, reduzir o adoecimento. O programa Busca Ativa tem nos ajudado nesse importante trabalho de identificação de novos casos com a testagem para garantir o cuidado e tratamento cedo, isso é fundamental”, comentou.

O superintendente de Atenção da Rede de Média e Alta Complexidade, Alderico Tavares, explicou que os equipamentos são de última geração e que farão grande diferença na qualidade de atendimento da população. “Iremos a São Raimundo Nonato com um olhar técnico para ajudar a unidade, além de começar o suporte de médicos intensivos, que já foi autorizado pelo secretário Florentino Neto, que irão auxiliar os profissionais da região”, explicou o superintendente.

Da Redação
[email protected]

Com 90% dos leitos ocupados, governo manda médicos e equipamentos para São Raimundo

O governador Wellington Dias (PT) anunciou neste sábado (07) reforço na saúde de São Raimundo Nonato. O município enfrenta constante lotação dos leitos de  UTI para tratamento de pacientes com a covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), dos 15 leitos ofertados no Hospital Regional Senador Candido Ferraz, 13 estão ocupados. Dos 20 leitos clínicos, 11 estão com pacientes.

Wellington Dias autorizou novos monitores, respiradores e ambulâncias equipadas para atender pacientes diagnosticados com covid-19. Todos os equipamentos irão para o Hospital Regional Senador Cândido Ferraz.

“Deslocamos para região mais respiradores e monitores. São cinco novos leitos com seis monitores, sete ventiladores e uma torre de videolaparoscopia, além do suporte de profissionais e ambulâncias equipadas. Estamos unindo esforços, Estado e Município para poder dar todo suporte aos piauienses da região sul”, garantiu o chefe do executivo estadual.

Segundo o governador, equipes de profissionais de Floriano como fisioterapeutas e médicos intensivistas também serão deslocados para São Raimundo. “Eles vão somar trabalho junto aos heróis e heroínas da saúde do Hospital de São Raimundo Nonato e da UPA do município. Tudo é resultado de um trabalho liderado pelo secretário de Saúde, Florentino Neto e da prefeita Carmelita Castro, que faz um intenso esforço pelo município”, disse.

Foto: Roberta Aline

O governador destacou ainda a importância da continuidade do enfrentamento ao coronavírus. “Precisamos continuar com as medidas de higiene, distanciamento para reduzirmos a transmissibilidade, reduzir o adoecimento. O programa Busca Ativa tem nos ajudado nesse importante trabalho de identificação de novos casos com a testagem para garantir o cuidado e tratamento cedo, isso é fundamental”, comentou.

O superintendente de Atenção da Rede de Média e Alta Complexidade, Alderico Tavares, explicou que os equipamentos são de última geração e que farão grande diferença na qualidade de atendimento da população. “Iremos a São Raimundo Nonato com um olhar técnico para ajudar a unidade, além de começar o suporte de médicos intensivos, que já foi autorizado pelo secretário Florentino Neto, que irão auxiliar os profissionais da região”, explicou o superintendente.

Hérlon Moraes (Com informações da Ccom)
[email protected]

Sesapi reforça infraestrutura do hospital de São Raimundo Nonato

Foto:Governo do Piauí



A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) está incrementando a infraestrutura do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato. O município também vai receber reforços das  equipes do programa Busca Ativa. 

A Unidade de saúde contará com serviço de hemodiálise, automatização do laboratório de análises clínicas e uma nova ambulância. “Estamos trazendo mais investimentos para o hospital, que já tem uma estrutura de 15 leitos de UTI, para o combate a Covid-19, e agora vamos aprimorar a assistência à saúde de toda a população da Serra da Capivara”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto. 

Para ajudar também no combate ao avanço da Covid-19 no município, a Sesapi está reforçando as equipes do programa Busca Ativa, que tem como objetivo identificar casos da Covid-19 ainda não registrados, permitindo um acompanhamento e tratamento imediato de cada caso. 

“Essa ajuda da Sesapi é de fundamental importância para a nossa cidade, que está recebendo esse reforço do Busca Ativa, além da melhoria do hospital e da chegada de uma nova ambulância. Com isso vamos unir nossas forças no combate a essa pandemia”, enfatiza o Diretor da Regional de Saúde, João Eudson. 


O município de São Raimundo Nonato já registrou 1933 casos de coronavírus e nove mortes pela doença. Atualmente, dos 20 leitos clínicos, instalados pela Sesapi, para o enfrentamento à doença, 11 estão ocupados e todos os  15 leitos de UTI estão com pacientes. 


“ Após percebermos um novo aumento no número de internações nas UPA e hospital do município, buscamos ajuda da Sesapi e fomos prontamente atendidos pelo secretário Florentino Neto, que trouxe esse reforço para a nossa parte clínica e equipe profissional, que vai nos ajudar a diminuir a incidência da Covid-19”, ressalta a diretora do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, Nilvânia Nascimento.


Foto: Sesapi


 

Da Redação
[email protected] 

Moradores denunciam onda de assaltos em São Raimundo Nonato

Foto: Yala Sena/cidadeverde.com 


Moradores de São Raimundo Nonato procuraram o Cidadeverde.com para denunciar o aumento do número de casos de assaltos no município, localizado a 600 Km de Teresina. De acordo com a denúncia, somente nos últimos dois dias foram mais de 20 casos registrados. 

Ainda de acordo com os moradores, a maioria das vítimas é do sexo feminino e acaba tendo pertences como celulares, bolsas e jóias levados pelos criminosos. Também existem registros de roubos a veículos, principalmente motocicletas. 

"Os bandidos sempre pegam as mulheres. No meu caso, eu estava vindo de moto sozinha, os bandidos parearam a moto com a minha, o de trás desceu apontando a arma e levou minha bolsa, meu celular e a moto. Ontem já teve outros casos, hoje novamente. São mais de 20 casos aqui na cidade", relatou uma vítima, que preferiu não ser identificada. 

Os moradores afirmam que a onda de assaltos não acontece pela primeira vez e cobram mais policiamento nas ruas de São Raimundo Nonato. "A gente cobra, porque deveria ter mais policiais nas ruas. São Raimundo é uma cidade grande e bastante desenvolvida", disse a vítima. 

Procurado pelo cidadeverde.com, o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, major França, negou a quantidade ocorrências denunciadas. Segundo ele, de acordo com um levantamento realizado pelo Batalhão junto à Delegacia do município, apenas uma ocorrência de assalto foi registrada nos últimos dois dias. O comandante também orientou que as vítimas a formalizem o registro das ocorrência junto à Delegacia. 

O comandante também esclareceu que, atualmente, quatro viaturas e 12 homens realizam o policiamento da cidade de São Raimundo Nonato, simultaneamente.

"São quatro viaturas, cada uma com três homens em cada serviço. Uma do policiamento ambiental, uma da força tática, e duas do policiamento ostensivo. A Polícia está nas ruas para tentar identificar e prender esses meliantes", explicou o comandante do 11º BPM.

O 11º Batalhão da Polícia Militar, em São Raimundo Nonato, possui um número para recebimento de denúncias:

cidadeverde.com também tentou contato com a Delegacia Regional de São Raimundo Nonato, mas sem sucesso. 

 
 
Natanael Souza
[email protected] 

Posts anteriores