Cidadeverde.com

Morte de traficante em São Paulo motivou assassinatos em São Raimundo Nonato

Foto: Adriana Magalhães/Cidadeverde.com

Por Adriana Magalhães

A morte do traficante Flex Pereira Lacerda, de 41 anos, em São Paulo, foi o pano de fundo para o duplo homicídio ocorrido em São Raimundo Nonato, a 521 km de Teresina, no dia 6 de fevereiro deste ano. Três pessoas foram presas e dois estão foragidos.

Segundo a Polícia Civil, Flex chefiava a família Branco, que atua em uma facção criminosa na região Sul do Piauí. Ele foi morto em dezembro de 2023, em um salão de beleza na cidade Osasco (SP). Ele era condenado por assalto a banco e chegou a cumprir pena no Piauí, mas conseguiu fugir e estava escondido em São Paulo. As famílias Branco e Marotos (ou Ciganos) disputam o comando de uma facção no Sul do Piauí.

Durante coletiva realizada nesta segunda-feira (19), a polícia informou que após o assassinato de Flex, uma investigação interna da facção descobriu que a localização dele foi revelada por outro membro da organização, identificado como Netinho. Para vingar a morte de Flex, os Brancos tramaram a morte de Netinho. 

Ele então teria sido atraído para São Raimundo Nonato, sobre o pretexto de efetuar a venda de uma arma. Netinho viajou até São Raimundo Nonato na companhia de Mauro e de uma adolescente (17 anos). A adolescente, segundo a polícia, seria utilizada como portadora da arma caso a dupla fosse flagrada com a pistola pela polícia. 

Em São Raimundo Nonato os três foram recepcionados pelos irmãos de facção e hospedados em um hotel. No dia seguinte foram conduzidos por um homem identificado como Pilty, até a residência de Nenê, onde foram rendidos e amarrados.

"A intenção deles era fazer uma execução utilizando faca, que é o costume da facção. Uma execução com tortura e requinte de crueldade", explicou o delegado Eduardo Aquino, do Draco, que coordenou a investigação. 

Segundo o delegado, Netinho e Mauro foram então assassinados, e a menor foi poupada. Na ocasião, Nenê foi baleado acidentalmente e ao pedir ajuda em uma Unidade de Pronto Atendimento, disse o local onde ocorreu o disparo e lá a polícia encontrou os corpos.

Na investigação foram apontadas cinco pessoas como participantes dos crimes. Três delas já estão presas. São elas:

  • Deilton dos Santos Dias (Nenê). Ele levou as vítimas até a casa em São Raimundo Nonato
  • Everaldo Ferreira (Caçador). Executou as vítimas, responsável por degolar uma das vítimas. O homem é natural de Canto do Buriti e é apontado como "Disciplina da facção". Estava foragido do Sistema Prisional desde 2017
  • Melba Kaliane Ribeiro Damasceno Lima, 20 anos, é apontada como companheira de Pilty e responsável por dar apoio logístico ao crime. 

Outros dois homens estão sendo procurados pela policial. São eles:

  • Pedro Nonato Ferreira da Cruz Júnior (Pilty), que é apontado como mentor e executor do crime; segundo a Polícia Civil Pilty é perigoso e é apontado como executor de outros homicídios e teria, ainda, participação em roubo a bancos. 
  • João Victor Borges de Oliveira, 23 anos, conhecido como Baianinho ou Maguin, é apontado como executor do crime. Ele é procurado por participação em um homicídio ocorrido em Canto do Buriti.

Foto: SSP

Suspeitos que estão foragidos

Homicídios de São Raimundo Nonato e Avelino Lopes estão relacionados

Para a polícia, os crimes ocorridos no dia 06 de fevereiro em São Raimundo Nonato tem relação com os assassinatos registrados em Avelino Lopes, entre os dias 16 e 18 de fevereiro, e expõe uma disputa interna dentro da facção. 

"A facção está rachada. Isso está ocorrendo aqui e em outros estados do país. É uma disputa interna por pontos de venda de drogas, que é a principal receita financeira das facções criminosas", explicou o Eduardo Aquino. 

Um dos mortos em Avelino Lopes Emerson de Sousa Santos, conhecido como Paçoca, é apontado como o número três na hierarquia da facção. 

"Todos os casos estão interligados devido a essa guerra interna instaurada na facção. Depois da morte do Flex foi identificado que o Netinho teria dado a localização dele. O Pilty era muito ligado ao Flex e organizou a morte do Netinho. Após a morte do Netinho, o outro lado resolveu retaliar matando o terceiro na hierarquia dos Brancos, que seria o Paçoca, que foi morto em Avelino Lopes e, posteriormente, vieram mortes no outro lado. Essas mortes são sempre motivadas por retaliação entre os dois grupos", finalizou o delegado.

 

Procon apreende 620 botijões de gás irregulares em São Raimundo Nonato

Foto: MPPI

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), por meio da 4ª promotoria de Justiça de São Raimundo Nonato e com apoio do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), realizou entre os dias 5 e 9 de fevereiro, a Operação Gás GLP Legal. Um total de 620 botijões de gás armazenados de forma irregular foram apreendidos.

O trabalho de fiscalização da comercialização do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) percorreu os municípios de São Raimundo Nonato, São Lourenço do Piauí e Caracol. Dezoito pontos de revendas de Gás-GLP foram fiscalizados e dez estabelecimentos, sem autorização para comercialização junto à Agência Nacional de Petróleo (ANP), foram autuados.

Todos os autos serão remetidos às Promotorias de Justiça de cada comarca para procedimento administrativo. Participaram da Operação: a promotora de Justiça Gabriela Almeida de Santana, titular da 4ª promotoria de Justiça de São Raimundo Nonato; o coordenador de fiscalização do Procon, Arimatea Arêa Leão e agentes fiscais do MPPI.

“Por não ter a autorização de comercialização junto à ANP, os estabelecimentos autuados foram considerados clandestinos. A revenda legalizada tem que ter todos os itens de segurança, além do registro da ANP”, explica Arimatea Arêa Leão.

Os estabelecimentos autuados terão um prazo de 15 dias úteis para defesa.

Da Redação

Vítimas de violência doméstica ou situação de risco podem pedir medida protetiva via WhatsApp

Foto: arquivo Cidadeverde.com

Por Graciane Araújo, com informações TJ-PI

O Tribunal de Justiça do Piauí iniciou, durante o carnaval, a implantação de um projeto-piloto que permite a solicitação de medidas protetivas pelo WhatsApp, em caso de violência doméstica ou situação de risco. A medida inovadora foi adotada na cidade de São Raimundo Nonato, no interior do Piauí. O contato disponibilizado é o 86-98141-9280 e funciona 24 horas. 

“Após interagir de qualquer forma com o WhatsApp da Primeira Vara, vinculado exclusivamente ao programa, a requerente será instada a fornecer seu nome completo, endereço e dados da parte requerente, e a escolher as medidas protetivas desejadas. Para garantir a veracidade quanto a identidade da parte e dar maior autenticidade ao pedido, ao final, é solicitada uma selfie da requerente”, detalha o juiz Carlos Alberto Bezerra Chagas, titular da 1ª Vara da comarca de São Raimundo. 

O magistrado frisa que o programa Requerimento Direto de Medidas Protetivas de Urgência “consiste em política judiciária destinada a garantir o efetivo exercício do direito ao acesso à justiça por mulheres vítimas de violência doméstica ou em situação de risco”. 

Após a solicitação pelo WhatsApp, um servidor da unidade autua o processo no PJE e o faz concluso ao juiz, que o decidirá, remetendo uma cópia da decisão à requerente e intimando o requerido e o Ministério Público Estadual.

“Com o programa, espera-se facilitar o acesso à justiça das mulheres vítimas de violência doméstica ou em situação de risco, e alcançar todo o território da comarca, que compreende os municípios de São Raimundo Nonato, Bonfim do Piauí, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí, São Lourenço do Piauí, São Braz do Piauí, Várzea Branca”, enumera o juiz Carlos Alberto Bezerra Chagas.

São Raimundo registra duplo homicídio; um degolado e segundo amarrado e morto a tiros

Foto: divulgação CCOM

Por Graciane Araújo

Dois homens foram assassinados em uma casa na cidade de São Raimundo Nonato, no interior do Piauí. Segundo, o tenente-coronel Richarle França, comandante da Polícia Militar no município, um deles foi degolado e o segundo executado a tiros. Além dos mortos, os criminosos deixaram um ferido. 

"A guarnição foi informada que na UPA estaria sendo atendido um elemento com ferimento a bala. Nós o identificamos e ele disse o local onde havia sido alvejado. Lá encontramos dois corpos dentro de uma casa. Isolamos o local e aguardamos a perícia", informou o tenente-coronel França. 

A vítima morta a tiros foi deixada com os pés e mãos amarrados com uma algema de plástico. 

Segundo o comandante, os dois já foram identificados e são da cidade de Morro Cabeça no Tempo. Um deles havia sido conduzido pela Polícia Militar na semana passada. 

"Estavam em São Raimundo Nonato há poucos dias e teriam envolvimento com o tráfico de drogas.  Um deles foi detido para averiguação no dia 03 de fevereiro, mas como não tinha mandado em aberto ou restrição judicial, foi liberado", informou o comandante da PM em São Raimundo Nonato. 

O caso é investigado pela Polícia Civil do Piauí e a motivação ainda desconhecida. 

MP investiga UPA por falta de servidores que foram cedidos ou exonerados

Foto: Reprodução Redes Sociais

Uma audiência extrajudicial nesta sexta-feira (2) discutiu a falta de servidores efetivos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Raimundo Nonato, município que fica localizado a 520 km de Teresina.

A iniciativa do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) surgiu a partir de uma investigação que apontou um esvaziamento do quadro de servidores efetivos da unidade diante de pedidos de exoneração.

Conforme a promotora de Justiça Gabriela Almeida de Santana, informações obtidas em 2022 evidenciam que apenas um profissional médico estava cadastrado na unidade, porém estava cedido para a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina.

Ela explicou, ainda, que a participação de representantes das esferas municipal e estadual de saúde aconteceu porque parte dos servidores da UPA-SRN é composto por servidores efetivos do Município de São Raimundo Nonato e que foram cedidos ao Governo do Estado, a quem caberia o custeio das remunerações. Os demais profissionais que atuam no estabelecimento são prestadores de serviços contratados pelo Estado do Piauí.

Além dos cargos vagos já existentes, também ficou evidenciada a necessidade de contratação de psicólogo e nutricionista para a unidade. Uma nova audiência deverá ser realizada para apresentação de um cronograma para realização de concurso público pelo Estado do Piauí.

Com informações do Ministério Público do Piauí

Niède Guidon recebe homenagem do TCE por trabalho de preservação da Serra da Capivara

Foto: Ascom/TCE-PI

Por Breno Moreno (com informações do TCE-PI)

A arqueóloga Niède Guidon foi homenageada, nesta quinta-feira (25), pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) com o Colar do Mérito “Conselheiro Jesualdo Cavalcanti”. A entrega da condecoração foi realizada na casa da pesquisadora, em São Raimundo Nonato, município onde acontece a 6ª Jornada do Conhecimento.

A honraria à Niéde Guidon foi proposta pelo Plenário do TCE-PI no ano passado. Por conta de problemas de saúde e de mobilidade, a professora não pode receber durante solenidade realizada em Teresina. A medalha foi entregue pela conselheira Flora Izabel, representante da Corte de Contas piauiense, que destacou o reconhecimento ao trabalho da pesquisadora. 

“O estado do Piauí tem e sempre terá uma dívida eterna com a professora Niède, não só pelos grandiosos estudos acerca do processo de povoamento das Américas, mas, também, pela incansável luta pela preservação do Parque Nacional Serra da Capivara”, disse a conselheira.

Nascida no dia 12 de março de 1933 na cidade de Jaú, São Paulo, Niède Guidon é membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC), grande oficial da Ordem Nacional do Mérito Científico. A arqueóloga é conhecida mundialmente pela defesa de sua hipótese sobre o processo de povoamento das Américas e por sua luta pela preservação do Parque Nacional Serra da Capivara, no Piauí.

“Vocês me deram essa honraria, mas simplesmente fiz o meu dever. Aquilo que vim para cá fazer, e conseguimos fazer com ajuda da população local. Vendo a importância disso, que foi reconhecida pela Unesco e pelo Governo Francês, nós então conseguimos criar os dois museus, trazendo assim mais desenvolvimento para a região”, destacou a pesquisadora.

O Colar do Mérito do TCE-PI foi instituído em junho de 2003, mas recebeu o nome Conselheiro Jesualdo Cavalcanti através da Resolução Nº 07/2019, de 28 de fevereiro de 2019, em homenagem ao ex-conselheiro. A honraria é concedida à personalidades em razão dos relevantes serviços prestados à administração pública e ao controle externo.

Ruas ficam alagadas e carros 'ilhados' após forte chuva em São Raimundo Nonato

Foto: Redes Sociais

Por Breno Moreno

Uma chuva volumosa deixou diversas ruas alagas e carros "ilhados" em São Raimundo Nonato, nesta terça-feira (23). De acordo com relatos de populares ao Cidadeverde.com, a situação afetou principalmente o centro comercial da cidade.

Proprietário de uma farmácia, Evaristo Jose de Farias Neto relatou que a chuva começou por volta das 9h e se estendeu durante toda manhã, às 11h. Segundo o empresário, a situação é bastante comum nos períodos chuvosos. 

“Todo mundo ficou ilhado até meio-dia. Em frente a minha farmácia ficou bem alagado. É sempre assim, basta chover. Só não fica assim o ano inteiro, porque não chove o ano inteiro”, afirmou o comerciante. 

Mais cedo, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja para o perigo potencial de chuvas intensas em São Raimundo Nonato, com volume de até 50 mm/dia e ventos podendo chegar aos 60 km/h.

Devido às ruas alagadas, o movimento no comércio ficou comprometido na parte da manhã. “Afeta infelizmente as vendas, porque o acesso fica fechado e as pessoas ficam impossibilitadas de entrar. É praticamente um dia de vendas perdido”, disse Evaristo Jose.

O Cidadeverde.com tentou contato com assessoria de imprensa da Prefeitura de São Raimundo Nonato, para informações acercas de eventuais estragos causados pela chuva, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. 

A previsão do Inmet é que municípios do Piauí, sobretudo da região Sul, registrem chuvas volumosas com acumulados superiores a 100 milímetros até a próxima sexta-feira (26).

O Inmet leva em conta alguns dos principais sistemas meteorológicos típicos de verão para a região, como a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) e a provável formação de um canal de umidade, organizada pela presença de um sistema de baixa pressão.

Apesar disso, Evaristo Jose que as chuvas estão bastante irregulares em São Raimundo Nonato. “Bem pouca. Geralmente as chuvas começavam no mês de novembro, mas esse ano o começo está sendo tardio”, pontuou o empresário. 

Mesmo com a possibilidade de causar transtornos, o Inmet ressalta que as chuvas intensas também devem mudar o cenário quente e seco registrado nesta semana, especialmente no semiárido, aumentando a umidade no solo e aporte hídrico dos reservatórios de água.

Carga de 300kg de peixes, transportada ilegalmente, é apreendida no Piauí

Foto: Reprodução/Polícia Militar 

Por Rebeca Lima 

Uma carga de 300 kg de peixes nativos, transportada em um carro, foi apreendida na noite desta sexta-feira (19) na PI-140, em São Raimundo Nonato (a 517 km de Teresina).

Segundo informações da 1ª Companhia Independente de Policiamento Ambiental, a carga estava sendo transportada ilegalmente, considerando o período de defeso (piracema).

Durante a abordagem ao veículo, que estava em atitude suspeita, a condutora afirmou ter adquirido os peixes na cidade de Remanso (BA) e estava levando para Eliseu Martins (PI) para comercialização.

"No entanto, não apresentou nenhuma documentação que comprovasse a origem do produto e a disposição para comercialização", informou a Polícia Militar.

Ainda de acordo com a PM, a carga apreendida foi encaminhada para o IBAMA, e foi elaborado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra a condutora. A 1ª Companhia acrescentou também que os peixes foram doados para a população da zona rural de São Raimundo Nonato, evitando perdas.

Suspeito colide carro em cerca e polícia encontra vários sacos com maconha em São Raimundo Nonato

  • WhatsApp_Image_2024-01-14_at_18_35_10_(1).jpeg PM-PI
  • WhatsApp_Image_2024-01-14_at_18_35_11.jpeg PM-PI
  • WhatsApp_Image_2024-01-14_at_18_35_11_(1).jpeg PM-PI
  • rghtrhjtyj.jpg PM-PI
  • bdjkbwekfbe.jpg PM-PI
  • wdwnefoçp.jpg PM-PI
  • ewrgrth.jpg PM-PI

Por Bárbara Rodrigues

A Polícia Militar encontrou 13 sacos de maconha em um veículo após um motorista se envolver em um acidente no domingo (14) no município de São Raimundo Nonato, a 521 km de Teresina. O motorista acabou fugindo.

O capitão Ivanaldo, da PM de São Raimundo Nonato, informou que o caso ocorreu no povoado Novo Zabelê, por volta das 12h.

“Recebi uma ligação de um popular do assentamento Novo Zabelê, informando que um carro teria chegado rápido e colidido em cerca, e que o motorista teria abandonado o veículo e fugido carregando uma saca”, informou.

Quando a equipe da PM chegou ao local, não encontrou o motorista, mas o veículo estava repleto de sacos com maconha.

“Chegando ao local se verificou que o carro possuía em seu interior 13 sacas cheias de substância análoga maconha e um tablete de similar maconha prensada. A Força Tática chegou ao local juntamente com os policiais da companhia ambiental e foram realizadas rondas e barreiras nas proximidades com o intuito de localizar o motorista, mas não foi obtido sucesso”, informou o capitão Ivanaldo.

A perícia foi acionada e toda a droga foi apreendida. A Polícia Civil vai ficar responsável pela investigação.

 

Criança de 12 anos que engravidou após estupro será submetida a aborto legal

Foto: divulgação Sesapi

Por Graciane Araújo

Uma menina de 12 anos, que engravidou após estupro em São Raimundo Nonato, no interior do Piauí, será submetida a aborto legal. A interrupção da gestação de 12 semanas foi autorizada pela família e é um dos casos permitidos pela legislação brasileira. 

O aborto será realizado na nova maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina. A Polícia Civil de São Raimundo Nonato informou ao Cidadeverde.com que, após a descoberta da gravidez decorrente do estupro, a vítima ficou bem fragilizada psicologicamente.

A violência sexual contra a criança ocorreu dentro da casa onde morava com a família. O suspeito é apontado como o padrasto que, até o momento, não foi localizado. 

Além da avó paterna, a criança e a família está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar e equipe multiprofissional. 

Posts anteriores