Cidadeverde.com

Novamente um padre disputa eleição de prefeitura no Piauí

Foto: reprodução

Novamente uma cidade piauiense conta com um padre na disputa ao cargo de prefeito. Em 2020 o município de Matias Olímpio localizado a 237 quilômetros de Teresina terá um sacerdote candidato a prefeitura. Trata-se do padre Luís Gomes de Oliveira(PT), ele é natural de Pedro II e mora em Matias Olímpio a pouco mais de seis anos. Padre Luís se afastou da igreja em virtude da eleição. Além de Padre Luís,  Matias Olímpio conta com outros 04 candidatos na disputa. Um deles é o ex-prefeito Antônio Cinda(MDB), outro nome é o do popular Binu(PSB), o terceiro nome é de Geno (PTB), e Professor Junior (Solidariedade). Matias Olímpio tem um total de 8.394 eleitores. Atualmente o município é administrado pelo prefeito Edisio Alves Maia(PSD)

 

Água Branca: Justiça indefere registro de candidatura do ex-prefeito Zito

O ex-prefeito de Água Branca, João Luiz Lopes de Sousa, o Zito, teve o pedido de registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral – 052ª Zona Eleitoral de Água Branca. A sentença foi proferida pelo juiz eleitoral José Eduardo Couto de Oliveira nesta segunda-feira (26) – último dia para a Justiça Eleitoral dar os pareceres sobre registros de candidaturas.

 O pedido de impugnação do registro de candidatura de Zito foi protocolado pelo Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Água Branca, argumentando que Zito teve as contas de sua última gestão como prefeito reprovadas por irregularidades na aplicação de recursos do FUNDEB, referentes ao exercício de 2011.

 As contas de Zito foram reprovadas em julgamento, com trânsito em julgado, pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), e confirmada pela Câmara de Vereadores de Água Branca. Zito, portanto, foi condenado por ato doloso de improbidade administrativa e, de acordo com a Lei da Ficha Limpa (64/1990), tornou-se inelegível.

 “As irregularidades apontadas, quais sejam: não aplicação do mínimo de 60% em gastos com profissionais do magistério, irregularidade em licitações que se somadas chegam a R$ 199.355, ausência de comprovantes de despesas relativas a obras e serviços de engenharia (construção e reforma de escola), no valor de R$ 458.801,92 e pagamento sem regulamentação de abono aos Profissionais do Magistério, no valor de R$ 169.563,69, sem a devida regulamentação, se somadas e devidamente atualizadas, ultrapassam a marca de um milhão de reais”, observa o texto da decisão.

O ex-prefeito Zito indicou como substituta e candidata na campanha pela prefeitura de Àgua Branca, a esposa Margareth Lopes. Seguem na campanha pelo cargo os candidatos JL Parabólica(PSOL), Júnior Ribeiro(PSD), e Tiririca Cover(Cidadania). 

Irmãos tem candidaturas deferidas para prefeito de Cajueiro da Praia

Foto: reprodução

O Juiz Georges Cobiniano Sousa de Melo da 91ª zona eleitoral, deferiu o pedido de candidatura a prefeito de Candido Inácio da Silva Júnior (PRTB), a prefeitura de Cajueiro da Praia. O  candidato é irmão do atual prefeito do município Girvaldo Albuquerque(PP) que disputa a reeleição. No parecer o juiz cita que foram preenchidas todas as condições legais para o registro pleiteado e não houve impugnação, o  pedido veio instruído com a documentação exigida pela legislação pertinente e publicado o edital, transcorreu o prazo sem impugnação, ainda segundo o magistrado as condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informações de causa de inelegibilidade. Além dos dois candidatos citados, em Cajueiro da Praia ainda concorrem a prefeitura, Decarts Brito(PL), Miguel Barroso (Podemos)e Felipe Ribeiro(Republicanos). O deferimento chamou a atenção dos eleitores do município pelo fato do parentesco de 2º grau entre o prefeito que tenta a reeleição, e um irmão que disputa o mesmo cargo. 

 

Prefeito tem candidatura indeferida em Buriti dos Lopes

Foto: facebook/Percy Junior

O prefeito de Buriti dos Lopes Junior Percy(PP) teve a candidatura a reeleição indeferida na justiça. O Magistrado afirma na sentença que o prefeito recebeu recursos federais e não executou a prestação de serviços, e acúmulo de cargos na prefeitura. O magistrado José Carlos da Fonseca Lima Amorim da 33ª Zona Eleitoral/PI diz na sentença: "O requerido não atende às condições legais estabelecidas de elegibilidade, uma vez que fora demitido da Prefeitura Municipal de Buriti dos Lopes/PI, em decorrência de processo administrativo, requerendo assim o indeferimento do registro de candidatura do requerente, ora impugnado. Ainda na sentença o magistrado diz : "Claro na fundamentação que ficou devidamente provado e confessado que o servidor acumulou mais de dois cargos públicos e recebeu verbas públicas federais, sem a prestação do serviço entre setembro de 2009 a dezembro de 2012, no valor de R$71.515,47.  O candidato Junior Percy(PP) disse que respeita a decisão judicial, mas segundo ele o processo administrativo citado na sentença está anulado. Percy disse que segue com a campanha normalmente e que irá recorrer a todas a instâncias possíveis para manter a candidatura. Tanto os candidatos a vice da chapa de Junior Percy quanto da oposição tiveram deferimento de candidaturas,  juntamente com o candidato de oposição Bernildo Val.

Mudança de candidatura em Passagem Franca do Piauí

O candidato a prefeito de Passagem Franca do Piauí, pelo PSDB, Trajano Paulo, renunciou à candidatura dia 20 de outubro. A renúncia se tornou pública na noite desta quarta-feira (21/10), quando ex-candidato, apresentou o filho, Saulo Rodrigues Saturnino como substituto para concorrer às eleições. Em Passagem Franca o segundo nome da disputa a prefeito é o de Ramires Farias do PP. Em Passagem Franca 30 candidatos disputam as 09 vagas da câmara de vereadores. Passagem Franca do Piauí tem 3.836 eleitores, fica localizado apenas a 104 quilômetros de Teresina, e tem um total de 4.546 moradores. 

Município de José de Freitas tem 143 candidatos a vereador

José de Freitas fica localizado apenas a 48 quilômetros de Teresina.  Tem um total de 39.072 moradores. Em José de Freitas 04 candidatos disputam a prefeitura da cidade dia 15 novembro.  Um deles é Alfredo Holanda(PSD). Outro candidato é Frango Rei(Patriota). Concorre ainda o ex-prefeito Robert Freitas(MDB), e busca a reeleição Roger Linhares(PP), que no pleito  passado  venceu a eleição com 57,5% dos votos. José de Freitas foi fundado em 1878, festejando agora em 2020 142 anos de existência. Os 31.605 eleitores de José de Freitas,  tem nessa eleição 143 candidatos a Câmara de Vereadores, composta por 13 vagas. 

Município de Regeneração tem três candidatos a prefeito

Foto: reprodução

Regeneração é um dos mais antigos municípios piauienses. Foi fundado em 1772, contando atualmente com 248 anos de existência. Em Regeneração três candidatos concorrem ao cargo de prefeito.  Um deles é o Dr Pedro Gato(solidariedade). O segundo candidato é o ex-prefeito Seu Dua(PSD). O terceiro nome da disputa em Regeneração é de Zé Marton(PSDB). Em Regeneração, 56 candidatos disputam 11 vagas da Câmara de Vereadores. Regeneração  tem 17.978 moradores que esperam do futuro prefeito, novos e melhores serviços na saúde, saneamento, geração de empregos, e  mais infra-estrutura urbana. O atual prefeito de Regeneração é Hermes Teixeira Nunes(PR). Ele não disputa a reeleição. Em Regeneração votam  13.592 eleitores. No município as campanhas eleitorais tem ampla participação da população. Mas torcemos que o momento de pandemia seja respeitado por candidatos e correligionários.

Campanha política movimenta o município de Amarante

Foto: reprodução

Amarante é um dos mais antigos municípios do Piauí. Foi emancipado em 1871. Agora em 2020 completou 149 anos de existência. Fica distante 169 quilômetros de Teresina, e nas eleições de novembro terá três candidatos na disputa ao cargo de prefeito. Um deles é Dida Brandão(PV). O segundo candidato é o atual prefeito Diego Teixeira(PP). O terceiro candidato é o ex-prefeito Luiz Neto (PSD). Em Amarante 86 candidatos disputam as 11 vagas da câmara de vereadores. O município tem um total de 14.598 eleitores aptos a votar. Um dos desafios do futuro prefeito do município,  é a busca por parcerias e elaboração de projetos para execução de obras na mobilidade urbana, saúde, educação, moradia e geração de empregos. Uma expectativa que pode melhorar a qualidade de vida dos 17.141 moradores locais.

Candidatos de Campo Alegre do Fidalgo e Lagoa do Barro suspendem eventos

A Promotoria de Justiça Eleitoral da 69ª Zona e os candidatos às eleições majoritárias dos municípios de Campo Alegre do Fidalgo e Lagoa do Barro realizaram, na tarde de hoje, 19 de outubro, reuniões que resultaram na celebração de Termo de Ajuste de Conduta, para suspender atos de campanha coletivos, como comícios, carreatas, caminhadas e reuniões agendadas pelos candidatos até o dia 06 de novembro de 2020.

Cientes da situação que se agrava no crescimento do número de casos de Covid-19 e preocupados com o bem-estar da população de seus municípios, os candidatos, de comum acordo, resolveram concordar com as cláusulas estabelecidas no Termo de Ajustamento de Conduta proposto pela Promotoria de Justiça da 69ª Zona Eleitoral.

O documento foi construído de forma coletiva pelos candidatos e o MP com foco no respeito e observância das questões sanitárias, contribuindo para que a situação do avanço da Covid-19 não venha a se agravar em nosso Estado. As reuniões foram realizadas por videoconferências. Os termos estão sendo redigidos para as assinaturas dos candidatos do compromisso firmado.

Com informações MPPI

Corrente: três candidatos disputam a prefeitura do município

Corrente fica distante 864 quilômetros de Teresina, foi emancipada politicamente em 1873, festejando agora em 2020,  147 anos de existência. O município tem um total de 26.084 moradores, tendo uma população maior do que Bom Jesus, cidade da mesma região que tem somente 23.826 habitantes. Em Corrente,  três candidatos disputam a prefeitura. Um  deles é Filemon Paranaguá(PSD) ex-prefeito do município. Outro candidato é Gladson Murilo Ribeiro(PP), atual prefeito da cidade, que tenta o 2º mandato. O terceiro candidato é Natan Santana(Republicanos). Em Corrente,  67 candidatos disputam as 11 vagas do legislativo. Em Corrente votam 19.306 eleitores. O futuro prefeito de Corrente terá como principais missões buscar parcerias para solucionar a questão do abastecimento de água para a comunidade, incentivar a geração de emprego e renda, trabalhar a mobilidade urbana e o acesso a saúde da população.

Posts anteriores