Cidadeverde.com

Incêndio atinge loja de material de construções no centro

Fotos: Realidade em Foco

Uma loja de material de construção em José de Freitas sofreu com um incêndio na manhã nesta terça-feira(15). As chamas começaram por volta das 7h no térreo da loja e foi percebida pelo proprietário do local no momento que abria o estabelecimento.

De acordo com o comandante de socorro do Corpo de Bombeiro, tenente Ivan Feitosa, a loja de tintas tinham produtos inflamáveis e por isso foi preciso utilizar líquido gerador de espuma (LGE). 

"O incêndio na São Francisco Construções começou às 7h no pavimento térreo e queimou um pouco, no segundo pavimento e fizemos um combate direto com espuma e resfriamento das paredes para impedir a propagação das chamas. Fizemos a contenção e extinção", explicou o oficial dos bombeiros. 

Ele disse que o combate durou cerca de 40 minutos e tiveram apoio do caminhão pipa da Prefeitura que ajudou com água, no entanto, também era necessária a espuma por causa do líquido inflamável. 

As causas do incêndio ainda devem ser apuradas e também o prejuízo do material perdido. 


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Dupla é presa em José de Freitas com moto furtada, arma, dinheiro e drogas

Uma equipe da Guarda Municipal de José de Freitas, apreendeu em uma residência na Rua Filomeno Melo, no bairro cidade Nova na última terça-feira (1º de janeiro de 2019), uma quantidade de drogas (maconha e crack), mais de 3 mil reais em dinheiro, além de uma balança de precisão, caderno de anotações referente à venda da droga e duas armas de fogo tipo garrucha e ainda duas motocicletas, sendo que uma havia sido furtada por volta das 4 horas da manhã do dia 1º de janeiro deste ano.Dois suspeitos foram presos durante a operação.

Durante a apreensão da droga, dinheiro, e da balança de precisão na residência, os guardas municipais prenderam os jovens identificados como Matheus Elias Costa Cardoso e Jackson José da Costa Silva, que foram entregues na Delegacia da Polícia Civil de José de Freitas-PI, junto com a droga e os outros objetos apreendidos, onde foram feitos os procedimentos legais.

Os guardas apreenderam ainda na operação, 3 mil e 7 reais em dinheiro, dois celulares sendo um LG k10 e outro Samsung SM G53, um Notebook de marca CCE, um cano de escapamento de motocicleta, um urso de pelúcia onde foi encontrado os mais de 3 mil reais e a droga. Os guardas municipais apreenderam ainda um estojo com carteira, chave de fenda e documento de identidade.

De acordo com informações divulgadas em rede social pelo comandante da Guarda Municipal, Lancaster Ferreira, a equipe da Guarda de José de Freitas estava fazendo rondas ostensivas pela cidade, quando se deparou com Matheus e Jackson em atitudes suspeitas na Rua Filomeno Melo, próximo ao Caic, no bairro Cidade Nova, sendo que Matheus estava pilotando uma moto Pop de cor preta placa DVM-7092, e Jackson José da Costa Silva conduzia outra moto Pop de cor vermelha, sem placa no momento, cuja moto estava com restrição de furto, o que foi confirmado minutos depois pelos guardas que o veículo havia sido roubado, na madrugada do dia 1º de janeiro deste ano.

Fonte: realidadeemfoco

Sapinho de pelúcia recheado de dinheiro é achado em casa de suspeito de tráfico


Fotos: Guarda Municipal de José de Freitas

Um sapinho de pelúcia recheado de dinheiro foi encontrado na residência de um suspeito de comercializar drogas em José de Freitas. O inesperado achado foi feito pela Guarda Municipal na madrugada do dia 01 de janeiro de 2019, e chamou a atenção dos guardas.  O ursinho estava escondido entre as roupas do suspeito, dentro de uma mala. A ocorrência teve início às 21h do dia 31 de dezembro

O comandante da Guarda Municipal, George Lancaster, informou ao Cidadeverde.com que o urso de pelúcia continha R$2.094,00. O objeto era usado como um cofrinho para esconder o dinheiro do suspeito, identificado como Matheus Elias Costa Cardoso. 

"Nós achamos pouco mais de R$ 2 mil no urso e o Matheus estava com uns R$ 737. Ele foi preso por posse ilegal de arma de fogo e munição, e tráfico de drogas. A casa em que ele estava era alugada por ele. Foi encontrado também um apanhado de maconha e crack", disse o comandante, que questionou a origem do dinheiro, mas que o suspeito não informou. A Guarda também apreendeu uma balança de precisão 

No momento do flagrante, Matheus estava na companhia de Jackson José da Costa Silva, preso por receptação de veículo furtado. O Jackson estava com uma moto roubada

"Eles foram encontrados juntos, os guardas fizeram a abordagem no veículo em que eles estavam e constataram que tinha restrição de roubo/furto. Fizemos uma busca pessoal e o Matheus não soube falar da origem do dinheiro, mas já tínhamos conhecimento dele.  Tivemos a autorização por escrito para entrar dentro da casa porque soubemos da informação que lá era um ponto de venda de drogas, fizemos uma vistoria na casa e encontramos o restante do material".




Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

 

Suspeitos de homicídio na Barragem do Bezerro são presos em Teresina

Fotos: Divulgação Greco/PCPI

Dois suspeitos do assassinato de Leonardo de Sousa Barreto foram presos nesta quinta-feira(27) por policiais civis do 17º Distrito Policial e do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). O crime aconteceu no dia 09 de setembro na Barragem do Bezerro, em José de Freitas (a 48 km de Teresina).

Foram cumprido dois mandados de prisão contra Thiago de Carvalho Pereira, conhecido como Thiago Chaprão e Brunno Felipe Soares. 

Segundo a polícia, Leonardo de Sousa Barreto foi morto ao colidir com a carrocinha de som de Thiago Chaprão e, durante uma discussão, terem sido supostamente efetuados dois disparos de arma de fogo e um deles atingido a vítima que morreu ainda no local.

As prisões ocorreram na manhã desta quinta(27) e no momento foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro cartuchos na casa de Thiago. "Muito provavelmente, tal arma seja a usada no crime considerando (Thiago) Chaprão teria sido o autor dos disparos", afirmou o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes.

Thiago e Brunno foram presos no bairro Pedra Mole, zona Leste de Teresina, onde residem. No dia do crime, os suspeitos estavam em José de Freitas com uma carrocinha de som que teria sido danificada por Leonardo, em uma colisão, quando este conduzia uma moto. 

Eles estão sendo interrogados e serão conduzidos a José de Freitas. Thiago ainda será autuado por posse irregular de arma de fogo.


Caroline Oliveira
Com informações do Greco
cidades@cidadeverde.com

Suspeito de assalto a banco é preso dentro de agência do BB

O jovem Paulo Henrique Rêgo Rodrigues,28 anos,  foi preso na tarde de ontem (17) pela Polícia Militar na  cidade de José de Freitas, distante 43 quilômetros de Teresina . O rapaz estava foragido do sistema prisional desde 2016 e havia quatro mandados de prisão em aberto contra ele. 

Paulo é suspeito de assalto a banco, homicídio, formação de quadrilha e roubo majorado. Ele foi encontrado pela PM dentro de uma agência do Banco do Brasil acompanhado de sua esposa. O comandante do 16º BPM, major Valter Pinto, informou que,  no momento da prisão, o jovem apresentou documentação falsa. 

Paulo é considerado perigoso pela polícia. Ele foi encaminhado ainda ontem para o presídio de São Raimundo Nonato. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

 

Bloqueio na PI-113 completa 28 horas e manifestantes fazem barricada

Foto: Divulgação/PM-PI

Já dura mais de 28 horas o protesto contra o reajuste da tarifa de transporte intermunicipal entre José de Freitas e Teresina. A passagem aumentou para R$ 7 e desde as primeiras horas de ontem (17)  manifestantes fazem barricadas e bloqueiam a PI-113 no quilômetro próximo à cidade. O tráfego na área é lento.

Na manhã de hoje cerca de 30 pessoas participam da manifestação. O comandante do 16° BPM, major Valter Pinto, informou ao Cidadeverde.com que o bloqueio da PI é feito com pneus, pedras e galhos. 

“Só está passando carros de passeio e veículos de emergência. A Polícia Militar está no local para evitar briga e confusão. Se houver alguma ordem da Justiça vamos tentar conversar com os manifestantes para que a PI seja liberada”, conta o comandante. Algumas pessoas estão usando via alternativa pela cidade União. 

Por conta do protesto os ônibus da empresa Concept não estão circulando. Todos estão parados em garagem. 

O comandante informou que ontem, por intermédio do Ministério Público Estadual, representantes da empresa e manifestantes se reuniram, mas não chegaram a um acordo. 

O cidadeverde.com tentou contato com a empresa Concept, mas, após a reportagem se identificar, o celular do empresário ficou fora de área. 

A Secretaria de Estado de Transportes (Setrans) divulgou uma nota de esclarecimento sobre o reajuste e esclareceu que o aumento foi concedido com base nos índices da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Veja nota


“Os índices apontam parâmetros para a regulamentação do transporte interestadual, norteados por indicadores socioeconômicos, composição dos custos com transporte e remuneração de funcionários, correções anuais para recompor o poder aquisitivo da moeda em razão de variações inflacionárias, dentre outros fatores que impactam diretamente nos gastos com a prestação do serviço. Esses dados são utilizados como referência pela Setrans para que seja fixado o percentual máximo de reajustamento tarifário no estado. No que se refere a não aceitação de vales transportes e carteiras estudantis, a Setrans esclarece que as empresas que operam no referido trecho não fazem parte do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), não existindo, portanto, base legal para a utilização destes benefícios. A Setrans ratifica que compete ao órgão definir o teto máximo de reajustamento das tarifas, cabendo às empresas a decisão de conceder, ou não, descontos e/ou benefícios, como parte da política empresarial de cada companhia. A Setrans reitera, ainda, que a pesar de concordar com as manifestações populares de protestos, típicos de um regime democrático, lamenta alguns excessos que tendem a prejudicar os usuários que precisam do livre direito de locomoção”.

 

Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Manifestantes continuam bloqueando PI-113 contra aumento de passagem

A manifestação na PI 113, que liga Teresina a José de Freitas, contra o aumento da passagem de ônibus intermunicipal continua, quase 14h após ter começado. O protesto acontece desde às 5h30 desta segunda-feira (17), próximo a entrada da cidade, que fica a 48 km da capital.

De acordo com a Polícia Militar de José de Freitas, agora a tarde no local permanecem cerca de 60 manifestantes, que continuam bloqueando o trânsito da BR e o tráfego é lento na região. A população protesta contra o aumento da passagem dos ônibus que fazem linha Teresina – José de Freitas – Teresina.

O valor da tarifa foi reajustado para R$ 7. Há duas informações sobre o preço anteriormente cobrado, que seria R$ 5 e R$ 6. 

“Eles continuam no local, mas não estão mais queimando pneus, estão apenas obstruindo a passagem com objetos no meio da pista”, contou o sargento Mourão, na PM de José de Freitas. 

O tenente Alberto, também da PM do município, informou que o tráfego continua lento no local nesta tarde, porque está sendo interditada uma das vias. "Eles estão interditando um via por vez. Uma hora liberam a pista para os veículos no sentido José de Freitas - Teresina e depois liberam no sentido contrário", contou.

As informações são que os presentes aguardam um representante da Secretaria de Transportes para tratar sobre o aumento da tarifa e que só irão liberar a pista depois que isso acontecer.

A Secretaria de Estado de Transportes (Setrans), por volta das 12h10, divulgou uma nota de esclarecimento sobre o reajuste. Veja a nota na íntegra a seguir:

Com relação ao reajuste no valor da tarifa do transporte intermunicipal Teresina/José de Freitas, a Secretaria de Estado dos Transportes do Piauí (Setrans) esclarece que o aumento foi concedido com base nos índices da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que apontam parâmetros para a regulamentação do transporte interestadual, norteados por indicadores socioeconômicos, composição dos custos com transporte e remuneração de funcionários, correções anuais para recompor o poder aquisitivo da moeda em razão de variações inflacionárias, dentre outros fatores que impactam diretamente nos gastos com a prestação do serviço. Esses dados são utilizados como referência pela Setrans para que seja fixado o percentual máximo de reajustamento tarifário no estado.

No que se refere a não aceitação de vales transportes e carteiras estudantis, a Setrans esclarece que as empresas que operam no referido trecho não fazem parte do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), não existindo, portanto, base legal para a utilização destes benefícios. A Setrans ratifica que compete ao órgão definir o teto máximo de reajustamento das tarifas, cabendo às empresas a decisão de conceder, ou não, descontos e/ou benefícios, como parte da política empresarial de cada companhia.

Já com relação à segurança e fiscalização no trecho onde estão ocorrendo manifestações, a Setrans esclarece que o serviço está sendo realizado pela Polícia Militar do Piauí, por meio do BPRE, que mantém Acordo de Cooperação Técnica para o desenvolvimento da atividade nas rodovias estaduais em todo o Piauí.

A Setrans reitera, ainda, que a pesar de concordar com as manifestações populares de protestos, típicos de um regime democrático, lamenta alguns excessos que tendem a prejudicar os usuários que precisam do livre direito de locomoção.

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Moradores bloqueiam PI-113 em protesto contra aumento de passagem

Atualizada às 12h30*

Os moradores do município de José de Freitas bloquearam a PI-113, próximo a entrada do município, na altura do povoado João Pereira, em protesto contra o aumento da passagem de ônibus intermunicipal, que faz linha Teresina-Jose de Freitas-Teresina.

O protesto iniciou por volta das 5h30 desta segunda (17). O Cidadeverde.com recebeu a informação que alguns moradores mantêm o bloqueio, que acontece parcialmente.

Sobre o reajuste, o valor da tarifa subiu para R$ 7. Há duas informações sobre o valor anterior cobrado, que seria R$ 5 ou R$ 6. 

“Os moradores estão por lá, mas está tudo tranqüilo, sem ocorrências. Eles ficam passando de uma pista para outra, e deixam os veículos de passeio passar. Até o momento, parece que nenhum ônibus da empresa que faz a linha passou por lá ou rodou na cidade”, comentou o tenente Alberto, da Polícia Militar.

*A Secretaria de Estado de Transportes (Setrans), por volta das 12h10, divulgou uma nota de esclarecimento sobre o reajuste. Veja a nota na íntegra a seguir:

Com relação ao reajuste no valor da tarifa do transporte intermunicipal Teresina/José de Freitas, a Secretaria de Estado dos Transportes do Piauí (Setrans) esclarece que o aumento foi concedido com base nos índices da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que apontam parâmetros para a regulamentação do transporte interestadual, norteados por indicadores socioeconômicos, composição dos custos com transporte e remuneração de funcionários, correções anuais para recompor o poder aquisitivo da moeda em razão de variações inflacionárias, dentre outros fatores que impactam diretamente nos gastos com a prestação do serviço. Esses dados são utilizados como referência pela Setrans para que seja fixado o percentual máximo de reajustamento tarifário no estado.

No que se refere a não aceitação de vales transportes e carteiras estudantis, a Setrans esclarece que as empresas que operam no referido trecho não fazem parte do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), não existindo, portanto, base legal para a utilização destes benefícios. A Setrans ratifica que compete ao órgão definir o teto máximo de reajustamento das tarifas, cabendo às empresas a decisão de conceder, ou não, descontos e/ou benefícios, como parte da política empresarial de cada companhia.

Já com relação à segurança e fiscalização no trecho onde estão ocorrendo manifestações, a Setrans esclarece que o serviço está sendo realizado pela Polícia Militar do Piauí, por meio do BPRE, que mantém Acordo de Cooperação Técnica para o desenvolvimento da atividade nas rodovias estaduais em todo o Piauí.

A Setrans reitera, ainda, que a pesar de concordar com as manifestações populares de protestos, típicos de um regime democrático, lamenta alguns excessos que tendem a prejudicar os usuários que precisam do livre direito de locomoção.

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Manifestantes contra o aumento de passagens bloqueiam a PI 113

Por  volta das 5h30min desta segunda-feira (17/12) a PI-113  foi bloqueada, por estudantes e trabalhadores que se deslocam diariamente de José de Freitas para Teresina utilizando a empresa Concept.  O bloqueio da PI-113 está acontecendo na entrada da comunidade João Pereira, que fica cerca de 6 km da cidade de José de Freitas.

A manifestação ocorreu logo após o aumento da passagem de ônibus  que subiu neste domingo (16) de R$ 6,00 para R$ 7,00.  A PI-113 é uma das principais rodovias que  liga Teresina ao norte do Estado, passando  várias cidades.

De acordo com o Presidente da Associação dos Trabalhadores e Estudantes Usuários dos Transportes Coletivos de José de Freitas- ATEUTC, Anaelton, a passagem pelo local está liberada apenas para ambulâncias e casos especiais.

Fonte e Fotos: realidade em foco

Irmãos são presos suspeitos de furtar material do estádio de José de Freitas

Os irmãos identificados como Deivid Rangel e Demison Rangel foram presos por uma equipe da Guarda Municipal de José de Freitas-PI, na última segunda-feira (10 de dezembro de 2018), suspeitos  de terem furtado parte da estrutura metálica usada em uma reforma do estádio de futebol Jacob Sampaio Almendra, o Jacozão, em José de Freitas-PI.

Deivid e Demison foram capturados após denúncias feitas por populares à Guarda Municipal de que eles teriam sido os autores do furto do material usado na reforma do estádio Jacozão.

A operação que resultou na prisão dos dois suspeitos e na recuperação do material furtado do estádio Jacob Sampaio Almendra, que fica na Rua Edgar Gaioso, no Centro de José de Freitas foi comandada pelo próprio comandante da Guarda Municipal, Lancaster Ferreira. A equipe da Guarda Municipal recuperou em poder dos dois irmãos todo o material furtado do Jacozão.

Deivid Rangel e Demison Rangel foram entregues na Delegacia da Polícia Civil de José de Freitas-PI, onde foram feitos os procedimentos legais e em seguida eles foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: realidade em foco

Posts anteriores