Cidadeverde.com

Prefeito Professor Ribinha intensifica obras de acesso as comunidades da zona Rural

O prefeito Professor Ribinha tem intensificado as ações da gestão municipal nesses últimos 30 dias para minimizar os efeitos das chuvas e garantir o acesso da população na Zona Rural na construção de estradas e passagens molhadas e tubulares. Quatro frentes de serviços estão em ação para concluir as obras com urgência.

Uma dessas ações está sendo feita na comunidade Velame, na região do Resolvido, onde o SAAE finaliza a construção de uma passagem com bueiro tubular, beneficiando as comunidades Bandarro, Resolvido, Nova Vida, Boa Saúde,  Passarinho, Bezerro, Curicacas, Passatempo e Bom Princípio.

A Passagem com bueiros tubulares também estão sendo construídos nas comunidades Baixa do Cajueiro, Boi Manso e Corredores.  “Sem falar que também estamos fazendo reparos em outras localidades. Tudo isso para facilitar o acesso das comunidades, mesmo com as chuvas”,revela o prefeito Professor Ribinha.

A Prefeitura de Campo Maior conclui também a construção de 12,5 novos quilômetros da estrada vicinal que liga a comunidade Buritizinho a PI 320 (Jatobá), interligando as comunidades Boi Manso, São Gonçalo, Santa Rosa e Assentamento Baixa do Cajueiro.

A construção da estrada era um sonho antigo que melhora a vida dos moradores que economizam tempo e dinheiro com nova rota de escoamento de produção.

O prefeito Professor Ribinha acompanhou de perto os trabalhos de máquinas e homens da Secretaria de Infraestrutura e do SAAE nas duas obras. “Estamos correndo contra o tempo,mas queremos garantir obras de qualidade que possa melhorar a vida da população na zona Rural”, finaliza Ribinha.  

Da Redação
[email protected]

Campo Maior recebeu representantes de 18 municípios para discutir Base Nacional Curricular

Gestores, técnicos e dirigentes de 18 municípios que desempenham função na educação pública se reuniram na manhã desta segunda-feira, (13.01) na Câmara Municipal de Campo Maior para uma capacitação sobre a Base Nacional Comum Curricular - BNCC. O cronograma nacional do MEC prevê que ela seja ensinada em salas de aulas até 2020. O encontro foi aberto pela secretária de Educação de Campo Maior Conceição Lima. O encontro foi importante porque possibilitou alguns questionamentos para o entendimento das novas regras.

A Base Nacional Comum Curricular documento normativo para as redes de ensino e suas instituições públicas e privadas, é referência obrigatória para elaboração dos currículos escolares e propostas pedagógicas para o ensino infantil e ensino fundamental no país. Segundo a coordenadora Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação - UNCME Maria Antônia da Silva Costa, “Lilica”. é determinação do MEC que as redes de ensino (re)elaborem os currículos, promovendo a formação de seus educadores e a revisão dos projetos pedagógicos das escolas.

“Estou realizando formação em polos durante o mês de janeiro”, disse a coordenadora que percorrerá vários municípios de norte a sul do Estado para capacitar os gestores sobre as novas as regras da Base Nacional Comum Curricular. 

A secretária de Educação Conceição Lima deu as boas vindas aos municípios em nome do prefeito Professor Ribinha e falou dos avanços na educação da rede municipal de Campo Maior, especialmente no crescimento nos índice de Desenvolvimento da Educação – IDEB referente aos anos  2017 e 2018 e as expectativas para novos resultados positivos em todas as escolas na avaliação de 2019 a 2020. 
 
Cronograma 

Em abril de 2017 – o MEC entregou a versão final da BNCC ao Conselho Nacional de Educação (CNE). O ministro da Educação è época era Mendonça Filho. Em 20 de dezembro de 2017 – a BNCC foi homologada por Mendonça Filho.

O que muda com as novas regras

Na área da Alfabetização agora as crianças devem estar alfabetizadas até o 2º ano do fundamental, na regra anterior era no 3º ano. A nova regra exige que o Inglês passe a ser o idioma estrangeiro obrigatório, antes cada colégio podia optar pela língua que achasse melhor. Outra exigência é de que o conteúdo de História passe a ser organizado segundo a cronologia dos fatos.

Da Redação
[email protected]

Estão abertas as matrículas para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

As matrículas para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) já estão abertas. O serviço tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentindo de vida coletiva.

As atividades estão previstas para iniciar no dia 03 de fevereiro e serão ofertadas aulas de balé, capoeira, música, educação física, leitura, oficina de culinária e acompanhamento psicológico.  

Para a renovação da matrícula, os pais ou responsáveis devem comparecer a sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Aqueles que querem ingressar no SCVF em 2020 devem realizar a matrícula. Para isso, é necessário passar pela Assistente Social que atende no CRAS do seu bairro, levando os seguintes documentos: RG, CPF, Cartão do Bolsa Família, Certidão de Nascimento da Criança e Comprovante de Residência.  Após receberem a ficha de encaminhamento no CRAS, devem comparecer na sede do Serviço de Convivência para a realização do cadastro.

De acordo com as informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social, a renovação e as novas matrículas podem  ser realizadas de segunda à quinta-feira, das 8h às 11h30.

Da Redação
[email protected]

Polícia prende suspeito de dopar as vítimas para estuprar e fazer assaltos


A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de invadir residências, dopar as vítimas para praticar furtos e chegava a estuprar mulheres. O suspeito foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (14) após danificar a cerca elétrica de uma residência em Campo Maior, a 85 km ao Norte de Teresina.  Uma das vítimas relatou que foi estuprada enquanto dormia.

“Desde o ano passado a polícia vem investigando esse fato e ela sempre trabalhou com a tese de que a pessoa que entrava era alguém que frequentava o residencial. Ele adentrava nas casas, algumas vezes de madrugada, colocava medicação clonazepam nas garrafas de água nas casas das vítimas, deixando as vítimas dopadas, e subtraia pertences, dinheiro das casas e depois saía, sem arrebentar qualquer fechadura.”, a delegada de Polícia Civil de Campo Maior, Camila Miranda.

De acordo com a polícia, vítimas relataram que perceberam que dinheiro e joias estavam sumindo dentro da própria casa. Outra mulher chegou a relatar que acordou com um homem tocando em suas partes íntimas e que o mesmo teria fugido após ela pedir socorro. 

Foto: Polícia Civil

“Após a prisão, o criminoso confessou que tinha entrado na casa das duas vítimas, e que colocava clonazepam na água para dopar as vítimas e facilitar sua ação.Na casa do criminoso foram apreendidos por voltas das 5:30h 1 pulseira, dois anéis e um colar de uma das vítimas, além do frasco de clonazepam”, informou a investigação da Polícia Civil.

Anticonvulsivo, o clonazepam é um remédio utilizado para tratamento de ansiedade e distúrbios do sono. Especialistas em farmacologia explicaram ao Cidadeverde.com que o remédio tem efeito sedativo-hipnótico e só pode ser adquirido com retenção de receita médica. 

Os policiais realizaram cerca de seis campanhas, juntamente com policiais militares, no intuito de flagrar a ação do criminoso. 

Valmir Macêdo
[email protected]

Marido suspeito de feminicídio é preso 14 horas após o crime

Foto: Divulgação PMPI

O suspeito de feminicídio contra a esposa Maria Carolina Macena da Costa, de 38 anos, em Campo Maior (a 80 km de Teresina) foi preso no final da tarde de ontem(12) em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar. José Roberto Costa dos Anjos foi pego entre Altos e Coivaras, cerca de 14 horas após o crime. 

De acordo com o major Etevaldo Alves, comandante do 15º BPM, ele foi preso às 18h e não resistiu.

O crime teria acontecido por volta das 4h na casa da vítima. Ela foi morta com um tiro de espingarda no pescoço. 

“Desde o momento que soubemos do crime, começamos as diligências em vários locais. Às 15h recebemos a informação de que ele estava em fuga e mandamos equipes para a região, numa ação conjunta entre polícia militar e civil e conseguimos prendê-lo na pista de rolamento”, explicou o comandante do Batalhão de Campo Maior. 

Segundo o major Etevaldo, José Roberto estava em liberdade condicional por um homicídio que teria praticado em 2007 no Maranhão. 

“Ele já tinha histórico de agressão contra a mulher, mas ela nunca deixou ninguém denunciar. Os próprios pais e os dois filhos dela, de outro relacionamento, quiseram, mas ela sempre negava. Infelizmente ainda acontece isso”, lamenta o comandante. 

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Campo Maior onde está preso à disposição da Justiça. 


Caroline Oliveira
[email protected]

Mulher é morta com tiro no pescoço em Campo Maior; marido é o principal suspeito

Uma mulher identificada como Maria Carolina Macena da Costa, de 38 anos, foi encontrada morta no início da manhã deste domingo (12) em casa, no município de Campo Maior, a 81 km ao Norte de Teresina. Segundo a Polícia Militar, a vítima tinha uma perfuração por arma de fogo abaixo do pescoço. O principal suspeito do crime é o companheiro dela, que está foragido.

De acordo com o Major Etevaldo Alves, comandante do 15º Batalhão da PM em Campo Maior, a morte aconteceu por volta das 4h da madrugada, no entanto, a polícia só foi acionada às 7h30 deste domingo.

“O crime aconteceu às 4h, mas só fomos avisados por volta das 7h30 quando uma pessoa da família tomou conhecimento. Nesse horário de 4h da manhã quem ouviu um disparo de arma de fogo foi a vizinha, mas ela não avisou a polícia. O pai da vítima foi à residência e encontrou o corpo”, relatou o major ao Cidadeverde.com.

Segundo a PM, o casal vivia junto há 5 anos e o marido, de acordo com informações repassadas por familiares à polícia, tinha histórico de agressões.

“A família nos disse que o relacionamento, que durava 5 anos, era bastante conturbado onde ele agredia. Ela era vítima de violência o tempo inteiro, mas nunca registrou um boletim de ocorrência e nem deixava nenhum familiar registrar, segundo a família relatou à PM hoje de manhã”, disse o comandante.

Ainda segundo a polícia, o suspeito já responde por um homicídio no estado do Maranhão. Uma espingarda foi encontrada no telhado da casa.

“Estamos na zona Rural fazendo as diligências. Ele fugiu de moto, sem capacete, moto de cor vermelha”, declarou o major.

A perícia da Polícia Civil está no local, assim como o Instituto Médico Legal (IML).

Hérlon Moraes
[email protected]

 

Ônibus da Guanabara e caminhão colidem na BR-343; motorista fica ferido

Atualizada às 11h22

Em nota enviada ao Cidadeverde.com,  a empresa  Guanabara lamentou o acidente  e ressaltou que nenhum passageiro ficou ferido.

A empresa informou que o ônibus fazia linha Cajueiro da Praia - Teresina e havia partido da cidade de origem às 22h. 

"O ônibus colidiu contra um caminhão parado na pista de rolamento sem qualquer tipo de sinalização. O motorista do caminhão fugiu do local. No momento do acidente, o ônibus da Guanabara transportava 39 passageiros. Ninguém ficou ferido. O motorista do ônibus teve escoriações leves', diz a nota.

O trecho onde aconteceu o acidente já foi desinterditado. 

Matéria original

Na madrugada dessa sexta-feira (10) um ônibus da empresa Guanabara se envolveu em um acidente na BR-343, no município de Campo Maior, distante 81km de Teresina.

O ônibus e um caminhão carregado de madeira tiveram uma colisão traseira seguida de saída de pista. A Polícia Rodoviária Federal informou que o motorista do ônibus Guanabara sofreu leves escoriações.

O condutor do caminhão fugiu do local. A PRF informa que  o KM 245 da BR-343 está parcialmente  interditado e  trânsito está fluindo com lentidão.

A PRF ainda está no local e faz levantamento sobre o acidente.

O Cidadeverde.com entrou em contato com a empresa Guanabara. A assessoria de comunicação da empresa ainda não tem informações sobre o número de passageiros que estavam no ônibus, mas afirma que nenhum deles ficou ferido.

A Guanabara também ainda está apurando qual linha o ônibus fazia.

 

 

Izabella Pimentel
[email protected] 

Após reforma Escola Milton Soldani funcionará este ano com mais de 700 alunos em espaço moderno

A secretária municipal de Educação Conceição Lima visitou na manhã desta terça-feira (07.01) representando o prefeito Professor Ribinha, as obras de reforma da Fundação Milton Soldani Afonso, no Bairro Cidade Nova, em fase de conclusão para o início do 1º período letivo do ano de 2020. Segundo a secretária, mais de 700 alunos vão estudar este ano na escola.

A procura de matrículas por pais e responsáveis de alunos é constante. Na reforma mais salas de aulas foram construídas para atender a demanda que cresce, na mesma proporção que os Índices de Desenvolvimento Educacional da Escola - IDEB, que apresentou nos dois últimos anos o melhor resultado na avaliação segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

A Escola Milton Afonso estava projetada para 2021 alcançar a nota de 4.8, saiu de 3.06 e deu um salto quantitativo e qualitativo para 6.0, atingindo um índice de qualidade dos países desenvolvidos que é de 6.0", comemoraram o prefeito Professor Ribinha e a secretária Conceição Lima, deixando a gratidão a Deus em primeiro lugar, a todos que trabalham na escola e à equipe da SEMED, aos pais, responsáveis e alunos, pelo resultado.

A professora Adriana Matos, diretora da escola que  existe há 16 anos em Campo Maior, contou que o trabalho da equipe é pautado na ação colaborativa, na aplicação de metodologias significativas e na objetividade pedagógica. "Nos últimos anos a nossa escola tem se constituído como uma instituição que caminha para a excelência, para a organização e para a qualidade desejada por todos na educação. Certamente temos muitas dificuldades, mas não as usamos como elemento moderador, ao contrário, buscamos desenvolver estratégias e tecnologias para contornar as dificuldades", mostrou Adriana Matos.

A Escola Milton Soldani trabalha com diversos projetos: Mais Educação, Mais Alfabetização, Acompanhamento do PNAIC, e parceria com a Fundação Banco do Brasil que promove aulas especiais de sanfona, violão, flauta, canto, esporte, português e matemática, para melhorar ainda maia a qualidade da educação ofertada e da aprendizagem adquirida. Na festa de comemoração dos resultados do IDEB no ano passado, a Fundação BB enviou uma representante, Adélia, para participar da confraternização.

"Somos hoje, uma escola que acolhe, que planeja, que executa, que avalia e principalmente transforma. Não queremos ser mais especial que os demais estabelecimentos de ensino, mas uma organização que honra seu trabalho e cumpri seu papel social para a construção de uma mundo melhor", colocou a diretora Adriana. 

Da Redação
[email protected]

Prefeito Ribinha irá aos bairros com todos os serviços da Gestão Municipal

O prefeito Professor Ribinha anunciou que a Prefeitura de Campo Maior realizará, nesse ano de 2020, Ações Integradas nos Bairros e Comunidades de Campo Maior. Essas atividades, que reunirão todos os serviços prestados pelo Poder Municipal, serão coordenadas pela Secretaria de Assistência Social, sob a orientação da secretária Nilzana Gomes.  

O anuncio desse ‘mutirão da gestão municipal’ foi feito durante reunião com a equipe de coordenadores da Secretaria de Assistência Social, (SEMAS), que estava reunida para planejar as metas de 2020.

O prefeito Professor Ribinha explica que as ações de assistência social e de saúde serão o foco dos atendimentos comunitários. “Todos os serviços prestados pela Gestão Municipal estarão à disposição de uma determinada população, em um ponto da cidade o dia todo. O prefeito, secretários e toda a equipe da gestão estarão lá para atender”, disse o gestor.

A secretária Nilzana Gomes disse que os mutirões nos bairros e comunidades é uma ação necessária e que vai levar a Gestão Municipal para mais próximo da população.  

Da Redação
[email protected]

Escola Zenita Pires se destaca com projeto de reutilização de água

A Escola Zenita Pires Ferreira na localidade São Joaquim que possui 231 alunos (segundo dados do Censo Escolar de 2018) em Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, e EJA conseguiu destaca-se na gestão do prefeito Professor Ribinha e da secretária de Educação Conceição Lima pelo incentivo dos alunos em feiras científicas como a Estadual de Ciências e Tecnologia do Piauí - PIAUITEC – 2017 e outras. Ela foi premiada com mais três do Estado pela apresentação do Projeto Científico de reutilização de águas cinza na escola.

Depois de triplicar o número de alunos as mudanças foram necessárias na escola e veio nesta gestão. "As condições que se encontrava a antiga sede não oferecia conforto. A nova estrutura além de conforto favoreceu melhoria no ensino e na aprendizagem dos alunos", disse a diretora Ramára Silva.

O antigo prédio existia há mais de 50 anos com paredes de adobo, e sem segurança. A nova estrutura, padrão MEC/FNDE, funciona com todas as garantias para ter um ensino de qualidade. O prefeito Professor Ribinha fez uma retrospectiva de quando começou a pensar o projeto da escola. Ele disse que não pode inaugurá-la quando secretário, mais Deus lhe deu a oportunidade de inaugurá-la como prefeito.

"Nós estamos conseguindo vencer e vamos fazer da educação de Campo Maior a educação dos nossos sonhos. Porque nós somos do tamanho dos nossos sonhos já dizia Fernando Pessoa", falou a secretária de Educação Conceição Lima, comemorando os avanços na educação nos últimos anos, na gestão do Professor Ribinha como secretário e como prefeito.

Da Redação
[email protected]

Posts anteriores