Cidadeverde.com

Menores são apreendidos após roubar moto em Campo Maior

Fotos: PM

Dois menores de idade residentes na cidade de Altos foram apreendidos pela Polícia Militar depois que roubaram uma motocicleta e a bolsa de uma mulher na tarde desse sábado (13) em Campo Maior. 

O assalto ocorreu próximo ao terminal rodoviário da cidade. Logo após serem informados da ocorrência, os policiais da Força Tática do Batalhão de Campo Maior iniciaram as buscas e localizaram os dois menores próximo a região conhecida como "lixão", nas imediações do conjunto Renascer. 

Com eles foi encontrada a moto roubada, modelo Honda Biz, e o celular da vítima. Também foi apreendida a arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, com uma munição deflagrada. Os dois menores foram encaminhados para a delegacia de Campo Maior.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Tentativa de assalto termina com duas pessoas feridas no Matadouro

Uma tentativa de roubo, terminou em uma briga violenta deixando duas pessoas feridas no Bairro Matadouro, em Campo Maior, nessa tarde de segunda-feira, dia 08. Um homem identificado como Sebastião Vieira de Sousa, de 33 anos, foi ferido a faca no pescoço, enquanto outro identificado como Antônio Francisco da Silva, de 41 anos, foi ferido no rosto com uma paulada.

Sebastião Vieira de Sousa, mais conhecido como Bastião, foi levado para o Hospital Regional de Campo Maior em estado grave. Ele levou uma facada no pescoço e ainda teve os lábios cortados durante a briga.

De acordo com as informações colhidas, Bastião bebia no mesmo local que Tonho e a confusão começou quando Bastião tentou tirar o celular das mãos de Tonho, que sacou uma faca e aplicou os golpes no rival.

Bastião, que foi atingido nos lábios e no pescoço, reagiu a agressão e conseguiu aplicar uma paulada no rosto de Tonho, que caiu no chão desmaiado. O SAMU foi acionado e os dois feridos foram levados para o Hospital Regional de Campo Maior. O estado de saúde dos dois é grave.

Fonte: portaldecampomaior

Máquinas e homens preparam PI-215 para receber terraplanagem

Está em ritmo acelerado a obra de pavimentação da PI-215 que liga Campo Maior a Coivaras. As máquinas e homens do Consórcio Coivaras (responsável pela obra) trabalham para preparar a pista que vai receber aterro e começar a terraplanagem.

Em apenas três dias de serviços, o ritmo está sendo considerado acelerado pelos técnicos do DER (Departamento Estadual de Estradas e Rodagens).A obra de pavimentação da PI-215 tem um total de 29 quilômetros e está custando aos cofres do Estado cerca de R$ 11 milhões.

O prefeito Professor Ribinha visitou o local da obra e destaca que a pavimentação asfáltica da PI-215 era um sonho de quase 40 anos e que o serviço vai beneficiar milhares de pessoas que moram na região ou que trafegam diariamente pela via.

Fonte: portaldecampomaior

Corpo é encontrado dentro de saco em rio de Campo Maior

Populares encontram no início da tarde desta terça-feira (25/09), dentro do Rio Longá em Campo Maior (82 km ao norte de Teresina), um corpo que aparenta ser do sexo masculino. O corpo está dentro de um saco.

A polícia militar foi acionada e isolou o local, além de acionar a perícia criminal para recolher o cadáver e identificar de quem se trata. Segundo o major Etevaldo Alves, comandante do 15º Batalhão de Campo Maior, familiares estiveram no local acreditando se tratar de um rapaz que está desaparecido desde o fim de semana.

Trata-se de Francisco Anderson da Silva Ribeiro, morador do bairro Paulo VI. Familiares identificaram uma tatuagem na perna e as vestimentas que seriam de Anderson. A família já havia registrado um Boletim de Ocorrência pelo desaparecimento do mesmo.

Segundo a polícia, ainda não é possível afirmar se tratar do desaparecido.

Anderson já foi preso por roubo, entre eles de uma motocicleta, onde saiu empurrando o veiculo na frente de várias pessoas e disse que tinha faltado combustivel. Já foi preso também acusado de tráfico de drogas.

Fonte: campomaioremfoco

Cantor morre em acidente de moto em cruzamento de Campo Maior

Foto: Reprodução / Facebook

O cantor Gerlan Fortes de 32 anos  morreu após sofrer acidente de moto na Avenida Nilo Oliveira, no bairro Fripisa em Campo Maior, 82 km ao norte de Teresina. De acordo com o cabo G.Mendes da Polícia Militar, ele seguia com direção ao bairro quando colidiu frontalmente com outra motocicleta com duas pessoas. Gerlan acabou morrendo no local. 

Outros dois homens que seguiam no outro veículo tiveram apenas ferimentos leves e foram atendidos no Hospital de Campo Maior. O SAMU chegou a ser acionado mas a vítima não resistiu ao impacto.

Gerlan cantava MPB e outros estilos musicais em bares e restaurantes de Campo Maior e na Região dos Carnaubais com o grupo Gerlan e Banda.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Dupla invade bar e dispara contra clientes; três ficam feridos


Foto: Portal de Campo Maior

Uma dupla armada invadiu um bar e atirou contra clientes no município de Campo Maior, a 78 km de Teresina.

De acordo com o major Etevaldo Alves, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar do município, três pessoas foram atingidas pelos disparos e encaminhadas para o hospital da região. A informação é de que as vítimas são dois homens e uma mulher. 

“Elas foram atingidas enquanto bebiam nesse bar. O fato ocorreu ontem por volta das 19 horas. As vitimas foram socorridas e passam bem”, informou o major.

Etevaldo Alves acrescentou que o “autor dos disparos foi identificado, mas apesar das diligências da PM ainda não foi localizado”.

O major destacou que o bar está localizado no Bairro de Flores “e fica em uma região conhecida pela rivalidade entre traficantes de drogas”.

Duas das vítimas baleadas são “envolvidas no mundo do crime e já foram presas por tráfico e roubo”, ressaltou o PM.

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

123 alunos participam da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática

Na tarde deste sábado, 123 alunos da rede municipal de ensino de Campo Maior participam da Segunda Fase da Olimpíada Brasileira de Matemática - OBMEP. Muitos foram acompanhados dos pais ao Patronato Nossa Senhora de Lourdes - onde as provas são realizadas.  A Secretaria Municipal de Educação vem preparando os alunos desde o ano passado, com o apoio de toda a equipe da Semed.

O grande apoio vem também dos professores de matemática, que no contra turno, estão voluntariamente dando aula de reforço preparando eles para esta Olimpíada. O município de Campo Maior pela primeira vez têm alcançado medalhas  nesta olimpíada, pela participação e empenho dos alunos como aconteceu no ano passado com medalhas de bronze.

Por conta destas participações alunos da rede municipal conquistou bolsa de estudo no valor de mais de R$ 1 mil reais mensal/ CNPQ, para estudar matemática e os projetos na área. A estudante Ingrid Gomes - da Escola Raio de Esperança (Briolanja Oliveira) conta que participou das revisões e está preparada.

Micaele Sousa do Nascimento - Escola Raio de Esperança - esta ansiosa para o início da prova. Para ela é estimulante participar. Jean Carlos dos Santos Rocha - Escola Hilson Bona. Desde o ano passado participa. Já conquistou a menção honrosa. Agora está na luta para conquistar uma medalha de bronze, prata ou ouro.

O prefeito Professor Ribinha e a secretária de Educação Conceição Lima estão dando apoio aos professores e aos alunos para alcançarem os melhores resultados na educação municipal. Eles acreditam que o futuro das crianças e jovens depende de uma educação de qualidade.

Na entrada da escola a SEMED um kit aos alunos contendo água, caneta, e chocolate. O prefeito e a secretária desejaram boa sorte a todos nesta segunda fase da Olimpíada. O município começou a conquistar medallhas da OBMEP desde o ano passado, sendo uma de bronze e menções honrosas.

O aluno campomaiorense Rogério Ricardo Oliveira da Silva, 13 anos de idade, (foto abaixo) da Escola Hilson Bona foi premiado com uma bolsa no Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) pelo bom desempenho que obteve na participação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas no ano passado. Em 13 anos que a OBMEP é realizada, essa é a primeira vez que um aluno de ensino fundamental do município conquista o prêmio.


cidades@cidadeverde.com

Carreta se desprende de cavalinho na BR de Campo Maior e pista fica interditada

Uma carreta Scania acabou se soltando do cavalinho na noite de ontem, na BR-343, no perímetro urbano de Campo Maior (82 km ao norte de Teresina). O incidente provocou um susto em quem passava pelo local e um pequeno transtorno, já que a rodovia ficou interditada em uma das faixas por mais de 4 horas.

O motorista seguia do sentido Fortaleza a Teresina, quando o cavalo se desprendeu da carreta se arrastando por alguns metros na pista. “Foi um barulho horrível” disse testemunhas ao Em Foco.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não houve maiores consequência, além da interdição de uma das faixas da rodovia, que foi liberada totalmente por volta das duas horas da manhã. Como o cavalo estava vazio, com a ajuda de macacos foi possível atrelar a outra carreta e ser retirado do local.

Com informações campomaioremfoco

MPPI cobra transferência de presos para evitar fugas em delegacias

 Foto: Arquivo/ Cidadeverde.com

O Ministério Público do Piauí, através da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca da cidade de Campo Maior, por meio do promotor Luciano Lopes Nogueira, ajuizou ação cobrando a transferência de detentos das delegacias para a Penitenciária da cidade. Foi ajuizado processo de incidente de excesso coletivo de execução contra o Estado do Piauí para evitar que ajam mais fugas das delegacias, consideradas "frágeis" pelo promotor.  

O promotor observou que em Campo Maior há uma penitenciária, e ainda assim não há a transferência imediata de presos após o auto de prisão em flagrante, pois o sistema prisional somente oferece duas vagas por semana para os presos pelas Delegacias de Polícia.

“Com isto, há o acúmulo de presos que não deveriam estar nas celas das Delegacias de Polícia de Campo Maior, que são frágeis: já houve inúmeros casos de fuga de presos, inclusive por meio de buracos nas paredes”, argumenta o Promotor de Justiça. “Apesar da fragilidade das celas, a Secretaria da Segurança do Estado do Piauí não as reforma para que se tornem seguras, mesmo com pedido do Ministério Público”, pontua Luciano Ramos.

De acordo com o MPPI, a Secretaria da Justiça do Estado do Piauí também não recebe os presos tão logo lavrado o auto de prisão em flagrante, quando não há mais necessidade da permanência do preso nas Delegacias de Campo Maior, sendo que as celas não representam o local adequado para a custódia de presos.

O órgão aguarda a manifestação do Poder Judiciário sobre o pedido de liminar, para que comece logo a transferência dos detentos ao sistema prisional.

Lyza Freitas (Com informações MPPI)
redacao@cidadeverde.com

Polícia prende suspeito de arrombar quatro igrejas em Campo Maior

Fotos

: Divulgação/Polícia Militar

Policiais militares de Campo Maior prenderam, em flagrante, Everaldo Ribeiro da Silva, mais conhecido como Madona, tentando furtar uma caixa de som e uma urna de ofertas de uma igreja evangélica, localizada no bairro de Lourdes. Segundo a polícia, ele é um dos arrombadores mais perigosos do município. 

A prisão ocorreu por volta das 3 horas da madrugada deste sábado (1º). Quando a polícia chegou ao local encontrou o telhado da igreja violado e a caixa de som já do lado de fora. Foi então que os PMs fizeram uma varredura e encontraram Madona se preparando para fugir. Os policiais informaram que o acusado estava armado de faca.

"Madona era um dos arrombadores que vinha tirando o sossego das pessoas em Campo Maior. Agia sempre pela madrugada. Arrombou recentemente quatro igrejas, três lojas maçônicas e prédios de associações. Esses eram os alvos prediletos dele. Há vários dias as forças  policiais de Campo Maior estavam trabalhando para prendê-lo, o que finalmente aconteceu", destacou o Major Etevaldo, Comandante do 15° Batalhão. 

Participaram da prisão de Madona o Sargento Nascimento, o Cabo Bosco e os Soldados Vinícius, Façanha e Warney. Na última segunda-feira (27), Valderi, outro acusado de arrombamentos havia sido preso na cidade.


Jordana Cury
jordanacury@cidadeverde.com

 

Posts anteriores