Cidadeverde.com

Advogada esfaqueada é internada em UTI de Teresina; ex-namorado é preso

Foto: Arquivo Pessoal

Atualizada às 12h

Uma tentativa de feminicídio deixou a advogada Antônia Marlúcia Brito Escórcio gravemente ferida após ser atingida por golpes de faca na região do peito, no município de Piracuruca, a 196 km de Teresina nessa segunda-feira (11). O suspeito do crime seria o ex-namorado da advogada que segundo a Polícia Civil, já se encontra preso. 

O filho de Antônia Marlúcia, Gilberto Escórcio, informou ao Cidadeverde.com que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima e que teria escondido a faca debaixo da blusa com a intenção de ferir a mãe.

“Ela terminou com ele há mais ou menos um mês, mas ele não aceitava o fim do relacionamento e todo dia mandava mensagem para ela. Ontem, ele tinha ido em casa conversar com ela de manhã, mas depois foi embora. Quando ele voltou de tarde, ele chamou ela para conversar quando de repente eu escuto os gritos dela pedindo ajuda. Ele levou a faca debaixo da blusa, já estava com a intenção”, conta o filho da vítima.

Ainda de acordo com os familiares, o estado de saúde da advogada é bastante grave. Ela foi trazida à Teresina e no momento se encontra internada na UTI do Hospital São Marcos.  

“Ela perdeu muito sangue, perfurou alguns órgãos internos dela e a situação dela é gravíssima”, explica Gilberto Escórcio.

Segundo informações da Polícia Militar, as equipes foram acionadas por volta das 13h40 à residência da vítima.

“Por volta das 13h40 alguns populares ligaram para a polícia informando que havia ocorrido esse crime e de imediato a gente se deslocou à residência”, explica o soldado Jefferson Carvalho da Polícia Militar de Piracuruca.

De acordo com a PM, o caso foi encaminhado a Polícia Civil do município que deverá ficar responsável pelo inquérito.  

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí (OAB-PI) e Subseção de Piripiri também emitiram uma nota relatando que está acompanhando o caso e cobrando das autoridades competentes as devidas providências. 

Confira nota: 

A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECCIONAL DO PIAUÍ, SUBSEÇÃO DE PIRIPIRI, por sua Diretoria e pela Subcomissão da mulher advogada vêm a público manifestar repúdio de forma veemente à tentativa de feminicídio praticado contra a Advogada, Dra Antônia Marlucia Brito Escórcio, ocorrido nesta segunda feira (11.10.2021), na cidade de Piracuruca, tendo como acusado o seu companheiro.  

É inadmissível e injustificável a escalada de violência contra a mulher em razão de seu gênero. Neste caso específico, uma mulher advogada, reconhecida pelos relevantes serviços prestados à sociedade de Piracuruca e região.

A Lei Maria da Penha é uma importante conquista das mulheres brasileiras e foi criada para coibir a violência doméstica e familiar contra as mulheres. Mas ainda requer aprimoramentos. É preciso considerar os indicadores que levam à situação de violência e que mantêm as mulheres em relações abusivas, entre eles, a estrutura patriarcal e machista que naturaliza as relações desiguais de gênero. Segundo a Organização Mundial de Saúde, as mulheres levam em média 10 anos para denunciar a violência sofrida.

A Subseção de Piripiri e a OAB/PI acompanham de perto esse fato lamentável, cobrando das autoridades competentes uma reposta rápida no sentido de capturar e prender o acusado.  

 

 

Rebeca Lima
[email protected]

PF prende suspeito com R$ 2 mil em dinheiro falso em agência dos Correios

Foto: divulgação PF

Um suspeito foi preso com R$ 2 mil em cédulas falsas durante operação 'Rebote Fakes 2' deflagrada no Piauí, na cidade de Piracuruca, no interior do estado. Ele- que não teve a identidade revelada- recebia dinheiro falso pelos Correios e foi preso dentro da agência. 

"A Polícia Federal procedeu acompanhamento com o objetivo de identificar o recebedor dos objetos postais, logrando apreender dois invólucros contendo, em cada um, R$ 1 mil em cédulas falsas", informou a PF. 

As diligências foram realizadas sob coordenação da Unidade Especial de Repressão à Falsificação de Moedas da Polícia Federal, em ação conjunta com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios, dentro da operação nacional denominada 'Rebote Fakes 2'.

O suspeito deve responder pelo crime de falsificação de moeda.


Graciane Sousa
[email protected]

Escola estadual de Piracuruca recebe obras e climatização

Foto: Ccom

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciou, na última segunda-feira (15), a instalação de aparelhos condicionadores de ar modelo split e a conclusão de quadra poliesportiva do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Inês Maria de Sousa Rocha, localizado no município de Piracuruca. A iniciativa tem como propósito garantir um ensino de qualidade e contribuir para o desenvolvimento dos estudantes.

O projeto de climatização da escola inclui também a instalação de subestação de energia. Os trinta e seis splits instalados para climatizar a escola contemplam 11 salas de aula, três laboratórios (dois de informática e um de ciências naturais), um refeitório e auditório, além de biblioteca e ambientes administrativos.

Em 2021, o Ceti oferta o Ensino Médio de Tempo Integral para 240 estudantes e a aquisição dos equipamentos contempla os distintos ambientes de circulação dos alunos e funcionários, como informou o diretor do Ceti, Gilvan Fontenele.

Ele ressalta que desde o início da sua gestão, no ano de 2015, a climatização do espaço escolar foi uma reivindicação muito esperada pela comunidade assistida na escola. “Vi essa realidade se tornar mais próxima quando nos tornarmos integral e a reforma e ampliação foram aprovadas. Com a vinda do secretário, em janeiro deste ano, e com ele, a entrega de 36 máquinas, então nosso sonho se concretizou. Antes disso, foi instalada na escola uma subestação, pois não seria possível o funcionamento dos aparelhos Split sem a instalação deste equipamento”, pontuou.

No início do ano, o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, acompanhou a evolução do trabalho no canteiro de obras. O centro de tempo integral recebe reformas e ampliações da estrutura física, sendo investidos R$ 1.212.759,16, recursos empregados em Laboratório de Ciências e Informática, refeitório, quadra, auditório e novas salas.

“Sabemos que para termos bons resultados na educação precisamos de um ambiente propício pra isso, e acredito que, assim que possível o retorno, nossa escola estará mais aconchegante e preparada para receber todos os nossos alunos, colaboradores, professores e comunidade em geral”, pontuou Gilvan Fontenele.

 A obra faz parte dos investimentos do PRO Piauí, um conjunto de obras que estão sendo geridas pela equipe da Seduc com o objetivo de modernizar as estruturas físicas das unidades da Rede.

Da Redação
[email protected]

Prefeitura de Piracuruca decreta lockdown parcial a partir das 13h desta quarta

Foto: Google Maps

Depois de perder mais um habitante para Covid, o prefeito de Piracuruca (a 196 km de Teresina) Francisco de Assis Melo, o Assis Mãozinha (PSD), resolveu endurecer ainda mais as medidas restritivas em vigor desde a última segunda-feira(08). A partir das 13h desta quarta(10) apenas serviços essenciais funcionam no lockdown parcial. O toque de recolher acontece às 21h. 

De acordo com o prefeito, são 298 casos ativos e muitos aguardando vagas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em outras cidades. 

“Perdemos uma pessoa ontem que estava aguardando uma vaga em UTI em Piripiri, Parnaíba ou Teresina porque aqui não temos, e nessas cidades também não. Temos outros pacientes em estado crítico. Estamos assustados, chegamos ao limite dos limites e não conseguimos mais comprar oxigênio, não por falta de recursos, mas porque não tem onde comprar”, destaca Assis Mãozinha.  

Veja decreto

No lockdown parcial, apenas farmácias, borracharias, postos de combustíveis, comércios de gêneros alimentícios funcionam. “O comércio em geral que estava aberto até as 17h, só podem funcionar até as 13h. Bares e restaurantes depois deste horário só em sistema delivery, até as 21h. As feiras também estão proibidas. Até a grande feira livre que acontece às segundas, infelizmente não vai poder acontecer”, ressalta o gestor. 

O prefeito lamenta ter que tomar essas medidas e diz ter consciência do prejuízo financeiro que causa aos empresários e à própria Prefeitura, mas não pode deixar de agir. 

“Estou em estado de desespero. Falta insumos. Eu sei que são medidas duras, mas seria irresponsável se não adotasse. É ruim para os comerciantes, a Prefeitura também deixa de arrecadar, mas estamos perdendo vidas”. 

Ele afirma ainda que já recorreu à Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) na solicitação de cilindros de oxigênio para o município que possui 20 leitos clínicos e de estabilização para Covid e estão quase todos lotados.   

Piracuruca tem 30 mil habitantes e já contabiliza 29 mortes. 

O decreto vale até a próxima segunda-feira(15), quando acontece uma nova avaliação para saber se será ou não prorrogado.


Caroline Oliveira
[email protected]

Jovem morre após sofrer descarga elétrica enquanto usava celular na tomada

Foto: Redes sociais 

Um jovem de 24 anos, identificado como Mário Alves Magalhães Filho, morreu na noite deste domingo (24) após sofrer uma descarga elétrica enquanto utilizava um aparelho conectado ao carregador. O caso foi registrado por volta das 20h, no município de Piracuruca, distante cerca de 210 km ao norte de Teresina. 

De acordo com relatos de familiares, os pais ouviram um forte barulho no quarto e quando chegaram ao local já encontraram o jovem sem vida. Chovia no momento do acidente. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, mas também já encontrou o jovem sem vida ao chegar na residência. 

A morte de Mário Filho, como era conhecido, gerou comoção entre os moradores de Piracuruca. Amigos e familiares manifestaram pesar através de publicações nas redes sociais. 

Mário era formado em Administração e trabalhava em uma empresa da família. 

Não há informações sobre o velório e o sepultamento. 


Natanael Souza
[email protected] 

Desembargador derruba decisão e vereadora é diplomada em Piracuruca

Foto: Arquivo Pessoal

A candidata a vereadora mais votada em Piracuruca, Maurilânia Rocha, do Republicanos, foi diplomada nesta terça-feira (22). Ela havia sido impedida de participar da solenidade junto com os demais eleitos por decisão do juiz da 21ª zona eleitoral, Stefan Oliveira Ladislau. O magistrado alegou que "a suspensão da diplomação da candidata era a medida mais adequada, haja vista que a prova produzida nos autos apontava para a provável prática de ilícitos eleitorais".

O juiz disse ainda que a suspensão da diplomação teve que ocorrer, já que a audiência de instrução marcada para o dia 15 de dezembro não foi realizada em virtude de o advogado da candidata ter contraído a covid-19.

A decisão que liberou a diplomação da candidata é do desembergador do Tribunal de Justiça do Piauí, Erivan José da Silva Lopes. O magistrado deferiu o mandado de segurança da vereadora alegando que o afastamento de pessoa eleita para um mandato eletivo só deve ser tomado após exauridas todas as provas.

"Não encontrando respaldo, portanto, a decisão que suspendeu a diplomação da ora Impetrante antes mesmo de concluída a devida instrução do feito, sob pena de violação ao devido processo legal e os princípios constitucionais do contraditório e da ampla defesa", afirmou o desembargador.

O caso

Um dia antes da eleição, segundo a denúncia, um suposto cabo eleitoral de Maurilânia foi preso em flagrante com santinhos da canditada em seu carro, e uma listagem manuscrita de nomes e valores, bem como R$ 840 em dinheiro trocado que seriam usados para a compra de votos. Ela negou as acusações e gravou um vídeo e postou nas redes sociais afirmando que a pessoa presa não tinha ligação com a candidata.

Ao todo, 11 vereadores foram eleitos para a Câmara Municipal de Piracuruca.

Hérlon Moraes
[email protected]

Juiz suspende diplomação da vereadora mais votada em Piracuruca

Foto: Arquivo Pessoal (Facebook)

A Justiça Eleitoral de Piracuruca, a 196km ao Norte de Teresina, suspendeu a diplomação da vereadora eleita Maurilânia Rocha, do Republicanos. Mais votada no municipio, a candidata é suspeita de captação ilícita de sufrágio. A solenidade aconteceu nesta sexta-feira (18). Ao todo, 11 vereadores foram eleitos para a Câmara Municipal.  Veja a decisão

Um dia antes da eleição, segundo a denúncia, um suposto cabo eleitoral de Maurilânia foi preso em flagrante com santinhos da canditada em seu carro, e uma listagem manuscrita de nomes e valores, bem como R$ 840 em dinheiro trocado que seriam usados para a compra de votos. Ela nega as acusações.

Segundo o juiz da 21ª zona eleitoral, Stefan Oliveira Ladislau, "a suspensão da diplomação da candidata é a medida mais adequada, haja vista que a prova produzida nos autos aponta para a provável prática de ilícitos eleitorais que podem trazer consequências irremediáveis para seus autores, afetando também a esfera jurídica de terceiros".

O juiz disse ainda que a suspensão da diplomação teve que ocorrer, já que a audiência de instrução marcada para o dia 15 de dezembro não foi realizada em virtude de o advogado da candidata ter contraído a covid-19.

"A prestação jurisdicional do presente caso apenas não foi concluída no primeiro grau, em razão de pedido de adiamento da audiência de instrução e julgamento (dia 15 do mês corrente)
feito pela própria representada (covid/19 de seu advogado), fazendo com que a instrução fosse postergada para o dia 26 de janeiro do ano 2021", explica.

O magistrado destacou ainda que não há que se falar em prejuízo algum para a candidata, já que a prestação jurisdicional será dada assim que findar a instrução processual do feito. 

"Além disto, a suspensão em questão apenas corrobora a preservação de uma série de princípios constitucionais, tais como a moralidade, isonomia na disputa eleitoral e segurança jurídica, já que, por meio de cognição exauriente, estar-se-á apurando com exatidão a configuração de eventual ilícito eleitoral. Desprezar as provas produzidas até então, afronta aos princípios acima elencados, bem como coloca em descrédito a própria justiça eleitoral", finalizou.

Candidata se defendeu nas redes sociais

Maurilânia Rocha gravou um vídeo e publicou nas redes sociais. A vereadora eleita disse que a pessoa presa não tem ligação com ela. "Esse rapaz andava com duas filhas de uma outra candidata. Como é que ele andava comprando voto para mim? É uma injustiça", afirmou.

Assista ao vídeo:

Hérlon Moraes
[email protected]

Famílias de Piracuruca recebem cestas básicas, kits de higiene e máscaras

Foto: Ccom

O governador Wellington Dias participou, nesta terça-feira (15), da entrega de cestas básicas, kits de higiene e limpeza, além de máscaras descartáveis a duas mil famílias de Piracuruca. A ação social é realizada pela CELEO Group, empresa de geração e transmissão de energia que possui duas unidades no Piauí. A solicitação das doações e a articulação foram feitas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis (Seminper).

Além de Piracuruca, também serão beneficiados os municípios de Pedro II, Capitão de Campos, Domingos Mourão e Lagoa do São Francisco. Ao todo, estão sendo doadas dez mil cestas básicas, kits de higiene e limpeza, além de dez mil máscaras cirúrgicas descartáveis. O investimento é de R$ 1,2 milhão, como apoio à subsistência alimentar e sanitária a dois mil munícipes em cada cidade.

Para Maria do Carmo, uma das beneficiadas, a iniciativa é importante, principalmente, para a população mais carente. “Fiquei surpresa quando me ligaram fazendo o convite para vir receber a cesta básica. Além disso, todo material que nos proteja da covid-19 é bem-vindo e é importante, especialmente para idosos como eu e para os mais desassistidos. Estou satisfeita e agradeço a todos pela iniciativa”, disse.

Segundo Wellington Dias, as ações sociais precisam continuar fortalecidas, pois o combate à covid-19 continua. “Temos, aqui, uma integração perfeita na área da solidariedade, da ação social. Quando as empresas chegam ao Piauí, nós fazemos um pacto para que elas tenham essa responsabilidade social e a CELEO é um exemplo a ser seguido. Vamos garantir as parcerias para a continuidade de auxílio financeiro e apoio à população, pois a pandemia ainda não acabou”, afirmou o governador.

Da Redação
[email protected]

Governador entrega de kits de higiene e máscaras em Piracuruca nesta terça-feira (15)

O governador Wellington Dias visita, nesta terça-feira (15), o município de Piracuruca para a entrega de cestas básicas de higiene, ação social realizada pela CELEO Group, empresa de geração e transmissão de energia que possui duas unidades no Piauí. A solicitação das doações e a articulação foram feitas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis (Seminper).

Esta e outras ações fazem parte da campanha de enfrentamento à Covid-19 da empresa e beneficiarão cinco municípios do estado: Pedro II, Piracuruca, Capitão de Campos, Domingos Mourão e Lagoa do São Francisco. Ao todo, estão sendo doadas 10 mil cestas básicas com kits de higiene e limpeza, além de 10 mil máscaras cirúrgicas descartáveis. O investimento é de R$1,2 milhões, como apoio a subsistência alimentar e sanitária à 2 mil munícipes em cada cidade.

Além dos kits, outras ações já foram realizadas, tais como o fornecimento de equipamentos, materiais e EPIs para instalar o segundo leito de estabilização no Hospital Mãe Elisa, em São João do Piauí. Com um investimento de R$400 mil, a CELEO está fornecendo 18 equipamentos, 68 acessórios, 185 EPIs e 8 mobiliários. Além dos moradores de São João, os vizinhos de mais de 8 municípios próximos poderão dispor de mais um leito hospitalar na região. Já em Teresina, o Hospital São Marcos foi contemplado com a doação de R$100 mil, através da Campanha Machfounding BNDES.

Para que estas ações sociais sejam realizadas com impacto local, transparência e com a maior conformidade possível, estabeleceu-se um procedimento padrão para todos os processos – a assinatura de termos de parcerias com Organizações da Sociedade Civil (OSCs) locais, indicação de beneficiários via Centros de Referências da Assistência Social (CRAS) locais e com as próprias organizações, sendo estas responsáveis pela distribuição, compra direta com fornecedores, articulação e negociação dos requisitos das doações com os parceiros e respectiva prestação de contas.

Da Redação
[email protected]

“Sou inocente”, diz empresária que se envolveu em crime motivado após mensagens no celular

Foto: MPE/PI


A empresária Maria Luiza Cardoso de Brito, 42 anos, que foi condenada pelo Tribunal Popular do Júri, de Piracuruca, por se envolver em um crime motivado por mensagens no celular, garantiu ao Cidadeverde.com que é inocente. 

Ontem (9), ela foi condenada a 13 anos de prisão, que responderá em liberdade, e o marido, o empresário  Francisco das Chagas Alves, a 20 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do vigilante Manoel Mário de Moura. 

Maria Luiza informou que já recorreu da decisão do Júri Popular. Ela, que é proprietária de um salão de beleza, disse que recebeu 31 ligações anônimas e várias mensagens lhe convidando para transar em um motel. Ela confirma que o marido deu uma paulada no Manoel Mário, e que o vigilante foi internado, mas fugiu do hospital sem licença médica. “Ele fugiu do hospital chegou em Piracuruca com dores de cabeça e por negligência dele voltou ao hospital e morreu. Eu cheguei a oferecer ajuda”, disse.

Segundo Maria Luíza não foi “um assassinato” foi uma lesão corporal seguida de morte. 

“Sou uma cidadã, que trabalho. Vou procurar todas as instâncias para provar minha inocência”, disse.   

Ela também confirmou que marcou encontro no motel com a pessoa que lhe enviava as mensagens. “Quando cheguei e vi a pessoa, chamei a Polícia, e eles não foram porque era véspera de eleição”.

Foto enviada pela empresária

A empresária reafirma que o autor das mensagens é o vigilante. No entanto, a Polícia concluiu o inquérito afirmando que a pessoa que enviou as mensagens para Maria Luiza é outra pessoa. “No depoimento o suposto dono do chip disse que comprou de um terceiro e não recordava de quem foi. Esse chip está registrado com o nome de um Raimundo Ribeiro que não sabemos seu paradeiro”, contou a empresária.

Ela garante que a pessoa que escrevia as mensagens lhe conhecia, pois chamava pelo seu nome.

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Posts anteriores