Cidadeverde.com

Motociclista morre após perder o controle e cair na BR 343

Foto: Divulgação/PRF

Um homem de 41 anos, que não teve a identidade revelada,  morreu na madrugada desta sexta-feira (20) após perder o controle da motocicleta que pilotava. O acidente aconteceu por volta de 1h30, na BR 343 em Piracuruca, norte do Estado. 

Por conta dos ferimentos, o homem morreu ainda no local. 

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal realizou o atendimento. Não houve a necessidade de interdição da via e o trânsito continuou fluindo normalmente.  

"De acordo com informações preliminares, o condutor perdeu o controle da direção por motivos ainda incertos e caiu", informou a PRF. 


Natanael Souza
[email protected] 

Juiz proíbe atos de campanha em Piracuruca e mais dois municípios

Fotos: João Henrique/Noticiaovivo

Imagem aérea da cidade de Piracuruca

O juiz Stefan Oliveira Ladislau, da comarca de Piracuruca, proibiu atos de campanha  eleitoral como comício, caminhada, carreata, bandeiraço e outras atividades em três cidades da região como medida para evitar aglomerações e a propagação da covid-19. A decisão atinge os municípios de Piracuruca, São José do Divino e São João da Fronteira. 

Veja decisão aqui

A decisão do juiz já é uma das primeiras repercussões da recomendação expedida ontem (29) pelo procurador regional eleitoral do Piauí, Leonardo Cavalcante. O magistrado acatou integralmente a orientação do procurador.

Veja as proibições do magistrado:

Que todos os partidos políticos e candidatos se abstenham de promover  qualquer ato de campanha que gerem aglomerações, como comícios, carreatas, passearas, caminhadas, bandeiraços, reuniões e eventos em geral relacionados;

Candidato não seja acompanhado por mais de 5 apoiadores em eventos;

As visitas domiciliares ocorram sem a entrada dos candidatos e apoiadores no domicílio.

Todos deverão obrigatoriamente usar máscaras e álcool em gel;

Candidatos não deverão permitir que as visitas se tornem "caminhadas políticas", não devem ser acompanhados por mais de 5 apoiadores.  

 

O juiz proibiu a utilização de fogos de artifícios nos três municípios, alegando risco de incêndios e perturbação sonora para crianças e idosos. 

Foto da cidade de São José do Divino


Em São José do Divino, o prefeito Antônio Nonato Lima Gomes, conhecido como Antonio Felicia (PT), 57 anos, foi a primeira vítima por covid-19 no Piauí. 

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Filha de 4 anos pediu ao padastro que não matasse a sua mãe, dizem familiares

A criança de 4 anos, que presenciou o assassinato da mãe, pediu que o padrasto não cometesse o crime, ao presenciá-lo com uma faca na mão, diz os familiares da vítima. O crime ocorreu no dia 19 de julho, mas o suspeito, que é um empresário, proprietário de uma farmácia em Piracuruca, se entregou à polícia somente nesta semana. 

O empresário, identificado como Rocha Brito, está preso e confessou o homicídio da companheira na cidade de Piracuruca. O casal manteve uma relação amorosa por um ano, e
moravam na mesma casa há três meses.

De acordo com a investigação policial, durante uma discussão com a companheira, o empresário a golpeou seis vezes com uma faca. A vítima morreu no local. 

Na hora do crime,  o suspeito fugiu do cenário. Quando a polícia chegou a casa, após receber a informação do homicídio, a criança estava sozinha com a mãe e disse que o "pai Rocha" teria matado a mãe dela. 

A polícia fez diligência e chegou a localizar o empresário na zona rural do município, mas ele abandonou o carro e empreendeu fuga pela mata. Dias depois, ele se entregou na Delegacia Regional de Piracuruca, onde recebeu voz de prisão. 

O delegado Hugo de Alcântara relata que o "suspeito, companheiro da vítima, se apresentou na presença de um advogado. Foi dado cumprimento ao seu mandado e feito o interrogatório".

"Durante o interrogatório, o indiciado se defendeu alegando legítima defesa ou questão de acidente, dizendo que a vítima era ciumenta e estaria correndo atrás dele com uma faca. O laudo pericial já foi emitido para a delegacia; já temos o laudo pericial, tanto o cadavérico como o de local de crime, falta apenas uma diligência".

O delegado ressalta que o crime foi praticado na presença de uma criança, e isso agrava a pena. "O preso já se encontra recolhido e à disposição da Justiça". 

Relação Abusiva

Os familiares de Francisca Soares questiona a defesa do empresário e afirmam que a vítima vivia uma relação abusiva.

Eles também relatam o depoimento da criança, que contou aos parentes  que ela estava no quarto quando o empresário pegou uma faca na cozinha. "Ela disse 'pai Rocha não mata a minha mãe. Ele começou a esfaquear ela, E ele diz que foi legítima defesa", diz a irmã da vítima, Fátima Alves.

A irmã também relata uma discussão do casal em que o empresário disse para a mãe de Francisca que iria matá-la. 

"Ele começou a falar que ela não valia nada, que ela era uma mulher indecente, que ele era um empresário. Nesse exato momento, a (nossa) mãe ainda tava lá.  Ela pediu: 'olha, não xinga a minha filha, ela não merece isso". Ele mandou ela sair da frente porque não estava 'cabendo na história porque eu quero que a sua filha diga o que está aprontando', sendo que ela era uma prisioneira dentro de casa. Ele disse: 'vou dar três tiros na cara da sua filha', sendo que um mês atrás ele já tinha prometido de dar um tiro (na companheira)". 

 

Carlienne Carpaso
[email protected]

Mulher é morta na frente da filha de 4 anos; marido está foragido

Fotos:reprodução

Uma jovem de 29 anos  foi assassinada a facadas na noite desse domingo (19) na cidade de Picarucuca, distante 208 quilômetros de Teresina, na frente da própria filha. 

De acordo com a polícia, o suspeito do crime é o marido da jovem, dono de uma farmácia na cidade, identificado apenas pelas iniciais R.de B.G, de 40 anos. Ele está foragido e diligências estão sendo feitas para tentar localizá-lo. 

O delegado Hugo Alcântara disse ao Cidadeverde.com que familiares da jovem relataram que o marido tinha muitos ciúmes dela. Ainda ontem, antes da morte, testemunhas contaram que viram os dois tendo uma briga motivada por ciúme. 

Segundo  o delegado, o crime foi praticado na frente da filha da jovem, uma menina de apenas 4 anos. O casal residia em uma casa localizada nos fundos da farmácia de propriedade dos dois. 

A vítima e o marido

"Uma testemunha relatou que ao chegar na farmácia para comprar um remédio, viu a filha do casal batendo em uma porta de vidro que se encontrava trancada, ajudando a criança a abrir a porta. Quando a porta foi aberta a criança contou que o pai havia matado a mãe . Quando a testemunha entrou no local viu a mulher com sangue deitada no chão", contou o delegado.

A polícia foi acionada por volta das 20h. O local foi isolado e a arma usada no crime apreendida. 

Ainda de acordo com o delegado, a mulher sofreu pelo menos seis facadas, sendo duas na coxa e quatro no tórax. 

O corpo da jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Parnaíba. 

Denúncias anônimas sobre o paradeiro do suspeito podem ser feitas por meio do link  https://bit.ly/dppiracurucadenuncia


Izabella Pimentel
[email protected] 

Falso policial civil do Piauí é preso com pistola de brinquedo na BR-343

Foto: divulgação PRF-PI

Um falso policial civil foi preso na BR-343 durante a abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PI) na cidade de Piracuruca, no interior do Piauí. Segundo Alexsandro Lima, assessor de comunicação da PRF-PI, o suspeito- que tem 24 anos- teria confessado que falsificou o documento e se passava por agente da Polícia Civil do Piauí há cerca de oito meses. 

"Os policiais fizeram as devidas averigações e verificaram que a documentação apresentada tinha fortes indícios de falsificação e que o homem não pertencia aos quadros da Polícia Civil do Piauí. Na delegacia, já preso, ele confessou que falsificou o documento e fazia uso para se passar por policial civil da delegacia de Piripiri há cerca de oito meses", explica Lima. 

O suspeito estava em um carro de passeio e, de acordo com a PRF, estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde 2019. No veículo, os policiais encontraram uma pistola de brinquedo usada em jogos desportivos. 

A prisão ocorreu nessa quinta-feira (25). O suspeito foi levado para a sede da Polícia Federal em Parnaíba e deve responder por uso de documento falso

 

Graciane Sousa

[email protected]

Prefeitura de Piracuruca publica nota de determinação judicial sobre isolamento

Segue Nota Informativa referente decisão judicial em Ação Civil Pública (Processo nº 0800237-21.2020.8.18.0067), ajuizada pelo Ministério Público Estadual, na pessoa do Promotor Márcio Giorgi Carcará Rocha, que determina ao Município manter, até o dia 30 de abril de 2020, todas as medidas de prevenção e restrição de funcionamento dos serviços e atividades em geral, definidas no Decreto Municipal Nº 016/2020 e Decreto Estadual Nº 18.902/2020, devendo ser respeitadas todas as medidas sanitárias apontadas pela Secretaria Estadual de Saúde.

A decisão exarada pelo Juiz da Comarca de Piracuruca, Dr. Stefan Oliveira Ladislau, fixa multa diária no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), por hora de descumprimento da liminar ao Município de Piracuruca, e multa no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) aos empresários individuais ou sociedades empresariais que descumprirem a referida decisão judicial, incidindo esse valor também por hora de descumprimento.

Leia abaixo nota da Prefeitura de Piracuruca:

A PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRACURUCA informa que foi intimado de decisão judicial em Ação Civil Pública (Processo nº 0800237-21.2020.8.18.0067), ajuizada pelo Ministério Público Estadual, na pessoa do Promotor Márcio Giorgi Carcará Rocha, que determina ao Município manter, até o dia 30 de abril de 2020, todas as medidas de prevenção e restrição de funcionamento dos serviços e
atividades em geral, definidas no Decreto Municipal Nº 016/2020 e Decreto Estadual Nº 18.902/2020, devendo ser respeitadas todas as medidas sanitárias apontadas pela Secretaria Estadual de Saúde.

Informamos ainda que a decisão exarada pelo Juiz da Comarca de Piracuruca, Dr. Stefan Oliveira Ladislau, fixa multa diária no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), por hora dedescumprimento da liminar ao Município de Piracuruca, e multa no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) aos empresários individuais ou sociedades empresariais que descumprirem a referida decisão judicial, incidindo esse valor também por hora de descumprimento.
Dessa forma, o Município de Piracuruca cumpre a Ordem Judicial e solicita de todos os piracuruquenses que continuem em isolamento social, evitando aglomerações e irmanados no combate ao Coronavírus em nosso meio

Da Redação

[email protected]

Peixeiro morre eletrocutado em estrada na zona rural de Piracuruca

Foto: Blog do Coveiro

Um vendedor de peixes identificado como Raimundo Machado da Conceição, de 44 anos, morreu após ser eletrocutado  depois de tocar em um fio de alta tensão, neste domingo (26), na cidade de Piracurura ao Norte do Piauí.

 Segundo o delegado Hugo Alcântara, de Piracuruca, estava chovendo e ventando bastante no momento em que ocorreu o acidente. 

'' Os ventos acabaram fazendo uma árvore cair sobre os fios de um poste que estava próximo, o fio ficou energizado e gerou eletricidade. Com a queda da árvore a estrada acabou  ficando bloqueada e a vítima quando passou pelo local ,ao encontrar o caminho fechado desceu da motocicleta e quando foi dar a volta encostou no fio e sofreu a descarga elétrica'', afirmou o delegado.

Raimundo era vendedor de peixes e segundo informações ele estava indo para Jacaraí, que fica na zona rural  de Pirauruca.  

O IML de Parnaíba removeu o corpo e a perícia foi acionada, até o momento a polícia civil de Piracuruca  está aguardando as informações para concluir o caso.

Yasmim Cunha (Especial para o Cidadeverde.com)
[email protected]

 

Irmã de empresário morto contesta versão da polícia e acredita que há mais dois envolvidos

Foto: Yasmim Cunha/Cidadeverde.com

A família do proprietário de uma fábrica de petas caseiras, encontrado morto no dia 1° de janeiro na zona rural da cidade de Piracuruca, acredita que há pelo menos três envolvidos no assassinato do empresário. Além do vendedor preso no dia 3 de janeiro, a irmã da vítima, Alzenira de Brito Aguiar, aponta que há mais duas pessoas envolvidas no homicídio qualificado. Para a polícia, o suspeito detido, até o momento, é o único investigado com fatos que apontam para a autoria.

Em entrevista ao Cidadeverde.com, a irmã da vítima, Alzenira Aguiar, assegurou que a família tem convicção da autoria do crime. “Além de ter a fábrica de petas, meu irmão era construtor, e esse elemento (suspeito preso) vendia casas para o meu irmão, ele fingia ser amigo do meu irmão e tramou a morte dele, ele realmente é o responsável pela morte do meu irmão”, disse a familiar.

O corpo de Adefranço de Brito Aguiar, 48 anos, foi encontrado com cinco perfurações de faca nos braços e no tórax. A irmã de Adefranço relata que o suspeito esteve com ele dias antes de ser morto. “Domingo ele passou o dia bebendo com o meu irmão e na semana seguinte matou ele porque devia dinheiro ao meu irmão.  Ele disse que ia pagar em 2020. A gente suspeita de mais duas pessoas, mas esperamos que a justiça possa descobrir”, relatou a familiar que acredita que o investigado detido não matou o empresário sozinho.

A dívida, segundo a irmã da vítima, era de cerca de R$ 300 mil  em venda de imóveis.

Foto: Enviada pela família

O delegado Hugo de Alcântara, responsável pelo inquérito, reafirmou que a polícia trabalha apenas com um suspeito. “A motivação, possivelmente, foi de interesse financeiro, o que não significa que foi um crime patrimonial, que seria o latrocínio. Então a motivação, talvez, seria por interesse financeiro. A vítima e o suspeito realizavam negócios, alguns desses negócios estavam pendentes”, informou.

O delegado também nega que haja provas da quantia exata da dívida. “Não há nos autos até o momento nenhuma informação concreta se o suspeito deveria realmente dinheiro para a vítima”, ressaltou.

Investigação em conclusão

A Polícia Civil reuniu imagens de câmeras de segurança da cidade para entender o percurso percorrido de o carro da vítima foi localizado ao local onde o corpo foi encontrado. O corpo foi localizado na tarde do dia 1° de janeiro em um povoado. O veículo do empresário foi localizado no dia 2 de janeiro, em um loteamento da cidade. A perícia esteve nos locais onde buscou materiais genéticos.

“Até então nós só coletamos as imagens, nós não analisamos ainda então não tem como confirmar ou afirmar nada. As imagens ainda serão analisadas, novas pessoas serão ouvidas. O inquérito ainda será concluído. O inquérito está avançado, mas ainda não está concluído”, afirmou o delegado.

A vítima

Adefranço de Brito Aguiar era construtor e proprietário das Petas Coutinho, considerado um dos maiores empresários da cidade de Piracuruca. De acordo com a família, a fábrica possui mais de 65 empregados somados aos cerca de 80 funcionários ligados a obras do empresário. Adefranço Aguiar deixa cinco filhos.

Foto: Enviada pela família

Latrocínio descartado

A Polícia trabalha com a hipótese de homicídio qualificado e não de latrocínio tendo em vista que não há indícios de que o empresário transportava alta quantia em dinheiro ou objetos de valor. “As diligências não identificaram que a vítima portava grande quantia de dinheiro”, disse o delegado.

Valmir Macêdo
[email protected]

Crime foi planejado e por motivação financeira, diz delegado sobre morte de empresário

Ampliada às 11h45

O  delegado Hugo de Alcântara, titular da Delegacia da Polícia Civil de Piracuruca, confirmou a prisão de um vendedor como o principal suspeito de assassinar o  empresário Adefranço de Brito Aguiar. 

Ele- que não teve o nome divulgado- se apresentou com um advogado, mas o delegado já havia representado pela prisão e a Justiça concedido a preventiva. 

"Ele estava muito abalado, alegou inocência, mas depois se reservou ao direito de ficar em silêncio. O procedimento está em curso e vamos continuar as diligências para amarrar direitinho o inquérito policial", disse o delegado. 

Ao fim da investigação, o autor do crime deve responder por homicídio qualificado. 

 

Foto: Reprodução Facebook

 

Publicada às 10h09

O delegado de Piracuruca, Hugo Alcântara, afirmou nesta sexta-feira (3) ao Cidadeverde.com que há indícios de que o empresário Adefranço de Brito Aguiar, 48 anos, foi assassinado em crime planejado e por motivação financeira.

Adefranço Aguiar, conhecido como "Coutinho das Petas" foi encontrado morto com cinco facadas em um matagal a 8 km de Piracuruca ( cidade a 196 km de Teresina). 

Circulou informação de que o empresário estava sendo ameaçada de morte. O delegado disse que Adefranço não fez registro na Polícia e no dia 5 de dezembro do ano passado registrou um BO por perda de documentos.

"A investigação ainda está em andamento e somos curiosos e abertos para qualquer possibilidade, mas até agora há indícios de que foi um crime planejado por motivação financeira e não patrimonial", disse o delegado.

A família do empresário relatou a Polícia que a vítima estava cobrando uma dívida de R$ 85 mil a outro empresário do ramo de construção de casas. Adefranço vendeu um dos seus imóveis e não tinha recebido o dinheiro. Há suspeita que a motivação do assassinato foi essa dívida.  

Desde o dia do crime, a Polícia já ouviu oito pessoas entre familiares e testemunhas. Hoje, o delegado disse que faria novas diligências sobre o caso.

O delegado garantiu que já tem um suspeito, mas que aguarda resultado de laudos da vítima, do local do crime e do veículo localizado, que pertence ao empresário.  Hugo Alcântara informou ainda que tem 10 dias para concluir o inquérito e que irá encerrar no prazo.


Yala Sena e Graciane Sousa
[email protected]

Prefeitura de Piracuruca e parceiros investem em cursos profissionalizantes

 

O Sindicato Rural Patronal  de Piracuruca, com apoio da Prefeitura  e do SENAR, disponibiliza cursos profissionalizantes para  a formação profissional da população. 

No total são mais de 80 cursos em  áreas como  gestão de negócios, corte e costura, operação de máquinas, produção gastronômica, desenvolvimento de diversas técnicas agrícolas e operacionais. Todos os cursos são gratuitos, e com entrega de certificado.

Para realizar  inscrição os interessados devem procurar o Sindicato Rural, na  Coronel Joaquim Onofre de Cerqueira,351, em frente a Câmara Municipal, ou entrar  em contato pelo endereço de  instagram @sind.ruralpiracuruca.

Ascom

Posts anteriores