Cidadeverde.com

PRF cumpre mandado e prende idoso por tráfico de drogas no PI

Foto: Divulgação/PRF

 

Um idoso de 62 anos, que não teve a identidade revelada, natural de Fortaleza (CE), foi preso nessa última terça-feira (21), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município de Piripiri, após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

 

Segundo informações da PRF, o homem estava foragido da Justiça do estado do Ceará e possuía um mandado de prisão expedido em maio de 2018 pelo crime de tráfico de drogas.

 

Ainda de acordo com a Polícia, a prisão ocorreu após uma abordagem ao carro que o acusado estava dirigindo. Após conferirem a documentação do idoso, os policiais constataram o mandado em seu desfavor e efetuaram a prisão.

 

O idoso foi encaminhado à Polícia Civil do município de Piripiri para os procedimentos cabíveis.


Rebeca Lima com informações da PRF
redaç[email protected]

Piripiri receberá nova unidade operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Foto: Divulgação/PRF

O município de Piripiri, distante 157 quilômetros de Teresina, receberá uma unidade operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na próxima terça-feira (28). Segundo a PRF, a implantação do local busca oferecer ao efetivo policial condições de atendimento durante as atividades de policiamento ordinário e extraordinário.

Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária, o posto também conta com área coberta a qual é destinada também às atividades de fiscalização de veículos e pessoas.

Com a nova unidade operacional, a PRF visa implementar instalações modernas, seguras, representativas e funcionais para o desenvolvimento das atividades policiais, integrando com as outras unidades espalhadas pela Federação.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o evento de inauguração ocorrerá a partir das 10h e contará com a presença do Diretor geral da PRF Silvinei Vasques e outras autoridades.

Rebeca Lima com informações da PRF
[email protected]

Onze anos após crime, radialista vai cumprir pena por matar garçom

Foto: arquivo pessoal

"A nossa luta não foi em vão. A gente não desistiu nunca!". Esse é o desabafo de Georliton Alves, filho do garçom João Antônio dos Santos, conhecido como João Fidelis, 68 anos, morto por atropelamento pelo radialista Ivan Carlos Carvalho Panichi, que estava sob efeito de alcóol. O crime ocorreu em 2010 e resultou em condenação de seis anos de reclusão em regime semiaberto. Após inúmeros recursos, em julho deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão, mas o mandado de prisão só foi expedido nesta segunda-feira (13). 

"A nossa luta não foi em vão.  A gente não desistiu nunca! sempre deixamos claro que nosso advogado era Deus. Desde a morte do meu pai que passamos por um período conturbado. Hoje, o sangue de nosso pai foi honrado. Não é como tê-lo de volta. Mas é como imortalizar sua alma, sua história, seu exemplo, coisas que vão além da vida e viram referência para a posteridade. Enfim, fez-se Justiça. E, podemos dizer isso pela luta que todos testemunharam que travamos. Fizemos Justiça", disse o filho. 

O radialista Ivan Carlos Carvalho Panichi aguardava o julgamento dos recursos em liberdade. Do crime até agora, ele tinha ficado pouco mais de um mês preso. Com o mandado de prisão expedido pelo juiz Sandro Franciso Rodrigues, da 1ª Vara da Comarca de Piripiri, cidade onde ocorreu o crime, ele deve ser recolhido para a Colônia Agrícola Major César de Oliveira, em Teresina. 

CRIME

O crime ocorreu em 11 de setembro de 2010.O radialista dirigia uma caminhonete  acompanhado de uma mulher quando colidiu violentamente com a moto que era pilotada pelo garçom, no entroncamento das BR's 222 e 343, na cidade de Piripiri, no interior do estado.

O caso teve repercussão nacional e o caso gerou comoção na cidade. Logo após o acidente, o radialista foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em um bar.O caso do garçom João Fidelis foi o primeiro júri popular por homicídio doloso de trânsito do Piauí.

 

Graciane Sousa
[email protected]

Dupla é presa R$ 1,2 milhão em drogas em fundo falso de carro

Foto: divulgação PRF-PI

Dois jovens, com 29 e 33 anos, foram presos durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na cidade de Piripiri, no interior do estado. A cocaína avaliada em R$ 1,2 milhão só foi encontrada nesta segunda-feira (09), um dia após a prisão, durante vistoria minunciosa no interior do veículo em que trafegavam. A droga estava escondida em fundos falsos do carro. 

De acordo com a PRF, primeiramente, os dois jovens foram enquadrados nos crimes de apropriação indébita e uso de documento falso, na noite do domingo (08). Já a constatação do tráfico de drogas ocorreu hoje. 

Foto: divulgação PRF-PI

"Ao realizar as devidas consultas aos sistemas, foi verificado que o veículo possuía registro de Apropriação Indébita com boletim de ocorrência registrado na cidade de Manaus. Já o passageiro apresentou documentação falsa que afirmou ter comprado por R$ 200, pois possuía um mandado de prisão em aberto por tráfico de Drogas, em Campos Sales-CE", contou a PRF. 

"Já na manhã, ao fazerem uma verificação minuciosa no interior do veículo, os policiais encontraram a droga escondida em fundos falsos totalizando 6,90 kg de cloridrato de cocaína avaliada em R$ 1.242 milhão", completou a PRF.

 

Graciane Sousa
[email protected]

Homem é preso na BR-343 conduzindo moto sob efeito de álcool

Foto: PRF

Policiais Rodoviários Federais efetuaram na noite de ontem (6), a prisão de um homem de 43 anos por conduzir uma moto sob efeito de álcool. A ação foi desencadeada após uma abordagem na BR-343 no município de Piripiri.

Segundo a PRF, os policiais realizavam fiscalização de rotina quando flagraram o homem conduzindo, sem capacete de segurança, a motocicleta, que estava sem placa.

O condutor informou aos policiais que não possuía CNH e, além disso, apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica. Os policiais realizaram o teste de alcoolemia, resultando o índice de 1,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, portanto, mais de 33 vezes o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor.

A motocicleta foi recolhida ao pátio contratado em razão de débitos pendentes e os policiais conduziram o homem até à Polícia Civil do município de Piripiri.

O homem responderá pelo crime de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool.

Da Redação
[email protected]

Motorista fica ferido em colisão seguida de incêndio na BR-222

Fotos: PRF

Na madrugada deste sábado (7) aconteceu um grave acidente no quilômetro 67, na BR-222, em Piripiri. Duas carretas colidiram e pegaram fogo em seguida. O motorista de um dos veículos, de 39 anos, sofreu lesões graves foi encaminhado para o Hospital Regional Chagas Rodrigues. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu por volta de 4h da madrugada. A colisão foi do tipo traseira seguida de Incêndio envolvendo o veículo Scania/R124, cujo condutor ainda não foi identificado, e uma  SCANIA/R124 GA4X2NZ 360, onde estava o motorista de  39 anos.

Os Policiais Rodoviários Federais estão no local do acidente.  De acordo com a PRF, a via segue parcialmente interditada no sentido crescente, sem congestionamento e sem previsão de liberação. Trânsito fluindo por meio de "pare e siga". 

A ocorrência ainda está em andamento.


Izabella Pimentel
[email protected]

Motociclista morre após colidir com caminhão em Piripiri

Foto: Divulgação/PRF

 

Um motociclista de 32 anos morreu no início da manhã desta terça-feira (20) após colidir frontalmente a moto que conduzia com um caminhão. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a colisão aconteceu por volta das 6h40, após o motociclista realizar uma ultrapassagem em local proibido.

A PRF informou ainda que o homem não possuía carteira de habilitação.

O motorista do caminhão, um homem de 55 anos não teve ferimentos e saiu ileso do acidente.

Equipes da PRF estiveram no local para coletar as informações sobre a colisão. A Polícia Civil também esteve presente para realizar levantamentos.

O corpo do motociclista foi recolhido pelo Instituto de Medicina Legal (IML).

 


Natanael Souza
[email protected] 

 

 

Motociclista é preso por embriaguez 28 vezes acima do permitido

Foto: Divulgação/PRF

Um homem de 49 anos foi preso na manhã deste domingo(11) na BR 343, no município de Piripiri, após ser flagrado conduzindo uma motocicleta com um índice de embriaguez 28 vezes acima do permitido. A ação foi realizada pela PRF durante uma fiscalização de rotina.

“Os policiais realizavam fiscalização de rotina quando flagraram o homem conduzindo a motocicleta HONDA/POP 100 sem capacete e sem retrovisores. O homem, que é residente em Piripiri/PI, informou aos policiais que não possuía CNH e apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica. Os policiais realizaram o teste de alcoolemia, resultando o índice de 1,15 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, portanto mais de 28 vezes o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor”, informou a PRF. 

Diante da situação, os policiais conduziram o homem e o veículo até a delegacia da Polícia Civil do município de Piripiri para os procedimentos cabíveis. Ele homem responderá pelo crime de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool.

 

 

Com informações da PRF
[email protected] 

Homem com carro alugado no Paraná é preso na BR 343 por apropriação indébita

Foto: PRF-PI

Policiais Rodoviários Federais prenderam na tarde de hoje(07) um homem de 47 anos acusado do crime de Apropriação Indébita. A ação foi desencadeada quando os policiais o abordaram na rodovia BR 343 no município de Piripiri/PI.

No momento da abordagem, os policiais verificaram junto aos sistemas que a placa do veículo possuía registro de Apropriação Indébita datado de 29/04/2021 na cidade de Teresina/PI. De acordo com a denúncia o veículo havia sido alugado em uma empresa de locação na cidade de Foz do Iguaçu/PR e não tinha mais sido devolvido.

De acordo com o condutor do veículo, o bem foi locado para estar a disposição de uma empresa cujo dono seria seu genro, mas que não sabia da situação atual do veículo.

Desta forma, os policiais encaminharam o homem e o veículo até à Polícia Civil no município de Piripiri para os procedimentos necessários. Ele poderá responder pelo crime de Apropriação Indébita.

Da Redação
[email protected]

STF mantém condenação de 6 anos de prisão a radialista que matou garçom

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins, manteve a sentença que condenou a 6 anos e 11 meses o radialista Ivan Carlos Carvalho Panichi. Ele é considerado culpado na morte do garçom João Antônio dos Santos, conhecido como João Fidelis, de Piripiri. O caso gerou grande comoção e repercussão na imprensa nacional mostrando filmagem do acusado que  após o crime foi beber em um bar próximo ao local do acidente. Ele respondia o crime em liberdade. 

O caso ocorreu na cidade de Piripiri, ao Norte do estado no dia 11 de setembro de 2010. 

Acusado foi preso em flagrante e julgado somente oito anos após  crime

 

O processo foi longo e cheio de recursos. O réu foi julgado pelo Tribunal do Júri e condenado a sete anos de prisão no semi aberto. Não aceitando a condenação, o acusado recorreu da decisão, que não foi aceita, mas conseguiu reduzir a pena para 6 anos e 11 meses. 

Inconformado com decisão do Tribunal de Justiça do Piauí, o réu recorreu ao STJ e hoje foi indeferido e mantido a decisão do Piauí.

 

Vítima era muito querida na cidade (foto: arquivo pessoal)

O radialista Ivan Panichi conduzia um veículo quando atropelou o garçom, na BR-343, em Piripiri. 

O filho de João Fidelis, Georliton Alves, informou ao portal Cidadeverde.com que recebeu com certo alívio a decisão. "Isso mostra que a luta não foi em vão. Isso mostra como as leis são frágeis. A justiça foi feita, que sirva de alerta e que outras famílias não passe o que a gente passou”, disse Georliton Alves. 

 

Flash Yala Sena e Tiago Melo
[email protected]

Posts anteriores