Cidadeverde.com

Preso pede para ir ao banheiro e foge durante audiência

Foto: Clique Piripiri

O preso identificado como Luiz Fernando de Brito Silva, conhecido como “Bateria”, fugiu do fórum enquanto participava de audiências de instrução dos processos aos quais responde. O fato ocorreu em Piripiri, município a 157 km de Teresina, na última quinta-feira (19).

O detento estava na Casa de Detenção de Altos e foi levado para Piripiri onde participaria da audiência. Ele já estava preso há dois meses quando foi intimado a participar do procedimento.

De acordo com o delegado Jorge Terceiro, no momento em qua ficou sozinho o preso fugiu. "Foi durante as audiências, ele pediu p usar o banheiro, e foi acompanhado pelos agentes penitenciários, num momento de desatenção desses, ele correu, saltou o muro do fórum e fugiu", descreveu o delegado Regional de Piripiri, Jorge Terceiro.

Luiz Fernando foi recapturado horas depois ainda no município e levado para a delegadia. Ele deve ser transferido para o Presídio de Campo Maior ainda nesta segunda-feira (23).

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Hospital Chagas Rodrigues em Piripiri é entregue à população após reforma

O governador Wellington Dias entregou, nesta quinta-feira (05), a reforma e ampliação do Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri. Com a reforma, a unidade de saúde passa a contar com sala de tomografia, sala de teste da linguinha e coraçãozinho, novo gerador, nova autoclave, novos instrumentais cirúrgicos e modernização do serviço de pronto atendimento.

“A reforma e modernização do Hospital Chagas Rodrigues vai atender à demanda de toda a população da cidade e região. Entregamos aqui equipamentos modernos para dar melhores condições de atendimento. Com as melhorias, as mulheres agora têm a garantia de um parto humanizado, teste do pezinho e coraçãozinho e a população terá acesso a um serviço moderno e de qualidade, sem a necessidade de se deslocar até a capital”, destacou o governador.

Com recursos oriundos do Tesouro Estadual, foram investidos R$ 181 mil na reforma do Serviço de Pronto Atendimento, que ganhou teto, paredes e pintura novos; canalização dos gases e nova instalação de toda a parte elétrica. O espaço agora contará com dois consultórios, onde antes era apenas um. Também irá dispor de sala de medicação, sala de nebulização e mobiliário novo e adequado às normas da Vigilância Sanitária.

O hospital também recebe um novo transformador, garantindo a instalação dos novos equipamentos e evitando sobrecarga ou oscilação de energia.

Para a diretora do hospital, Nádia Rodrigues, a reforma vai transformar o Hospital Regional Chagas Rodrigues em uma referência para diversos serviços, como o parto humanizado. “Estamos muito felizes com a visita do governador, hoje, aqui em Piripiri. Há pouco mais de um ano, um sonho foi realizado e hoje temos nossa maternidade funcionando como referência em parto humanizado”, destacou a gestora.

O senador Ciro Nogueira acompanhou o governador durante a visita e ressaltou a importância da reforma e modernização do Hospital Chagas Rodrigues. “É uma felicidade voltar a uma cidade que tenho carinho e que vejo que está se desenvolvendo. Ver a humanização do atendimento do Hospital Chagas Rodrigues é muito importante. Com muito trabalho e investimentos, o governo consegue oferecer serviços de qualidade com melhor estrutura para toda essa região”, destacou o parlamentar.

Visita e autorização de obras

Ainda em Piripiri, o governador visitou as obras de reforma e ampliação do polo têxtil da região que deve ficar pronto em 60 dias. A obra está sendo realizada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet) onde estão sendo investidos cerca de R$ 1,5 milhão.

Na oportunidade, Wellington também autorizou obras de mobilidade urbana para Piripiri para a execução dos serviços de urbanização e recapeamento asfáltico em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) da Avenida Aderson Ferreira, com uma extensão de 1.296 metros. Serão investidos R$ 2.396.303,11 do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans).

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Vazamento de gás em botijão provoca incêndio em casa de Piripiri

Um vazamento de gás povocou um incêndio que destruiu uma residência no residencial Parque Recreio em Piripiri, município a 157 km de Teresina. Três pessoas estavam na residência no momento em que o fogo se espalhou e a vizinhança ajudou a conter as chamas.

Em entrevista a um portal local a dona da casa afirmou que tinha botado água para ferver.  Segundo um técnico que esteve no local a mangueira do botijão estava vencida desde 2014. 

Por conta do foto, os moradores precisaram retirar o que foi possível da residências e agora estão recebendo ajudas através de campanhas de doações.Para ajudar ligue para o telefone de contato - 86 999211783.

Com informações de PiripiriRepórter
cidades@cidadeverde.com

Ruas são recuperadas após implantação de rede de esgoto em Piripiri

O presidente da Agespisa, Genival Sales, visitou, nesse fim de semana, as obras do esgotamento sanitário da cidade de Piripiri, que continuam aceleradas, agora no trabalho de implantação da rede coletora de esgotos.

"Podemos constatar que o reparo das ruas após as obras tem seguido o padrão de qualidade exigido por nós, com vias limpas e calçamento recuperado, o que tem deixado a população satisfeita depois do período necessário para fixação das tubulações da rede", explica o presidente.

O esgotamento sanitário de Piripiri tem um investimento de R$ 21 milhões com recursos do governo federal, via Caixa Econômica, e promoverá saúde, bem-estar e qualidade de vida para a população da cidade. 

A rede coletora de esgotos cobrirá inicialmente 60% da cidade. A obra de implantação do sistema de esgotamento sanitário de Piripiri compreende a construção de uma estação de tratamento com capacidade para tratar 60 litros por segundo, a construção de três estações elevatórias, a implantação de 72,6 mil metros de rede coletora em tubos de PVC e de 6.598 ligações domiciliares.

O projeto prevê ainda a construção de 50 módulos sanitários (banheiros), 700 ligações intradomiciliares e 180 fossas sumidouros para famílias carentes.

Fonte: Ascom

Ministério da Saúde credencia 10 novos leitos do Hospital de Piripiri

O Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri, recebeu o credenciamento de 10 novos leitos junto ao Ministério da Saúde. Com isso, o hospital passa a receber mais de R$ 1,3 milhão anualmente do ministério, para custeio de serviços. A portaria foi publicada nesta sexta-feira (01) no Diário Oficial da União.

O despacho saiu após uma reunião do presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares, Rafael Neiva, articulada pelo senador Ciro Nogueira, com o ministro Gilberto Occhi, dia 15 de maio. Na ocasião, também participaram da comitiva que levou uma lista de solicitações ao ministro, a deputada Iracema Portela, o deputado estadual Pablo Santos, e a diretora do Hospital Getúlio Vargas, Fátima Garcêz. Ciro e Iracema já haviam conduzido uma visita técnica do secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Rogério Abdalla, à Teresina, para conhecer 'inloco' a realidade física dos hospitais geridos pela Fundação Hospitalar do Estado, no final de abril.

Para o presidente da Fundação, Rafael Neiva, os recursos que chegam ao hospital representam uma relevante conquista para o sistema público de saúde piauiense. "A habilitação dos leitos vai ampliar os atendimentos, melhorar a qualidade no acolhimento dos pacientes, e trazer mais agilidade nos serviços prestados. É um êxito para todos nós, mas em especial para população de toda região de Piripiri, onde existe uma grande demanda. Sabemos da necessidade de obter cada vez mais investimentos para área de Saúde e gratulo o governador Wellington Dias, por todo suporte e atenção que tem nos dado à frente da Fepiserh, e em todos os feitos que temos pleiteados e alcançados", destaca Neiva.

Rafael pontua ainda, que continua empenhado em assegurar junto ao Ministério, outras verbas para os demais hospitais da rede. "Continuamos dedicados em conseguir outros pleitos. A curto prazo, os recursos para aquisição de equipamentos para realização de cirurgias cardíacas no Hospital Getúlio Vargas (HGV), agilidade no processo de liberação de verbas já garantidas para reforma e ampliação do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato, além da compra de equipamentos para os 20 leitos da UTI daquele hospital que estão em fase de construção", completa. 

O senador Ciro Nogueira destacou a habilitação dos novos leitos como uma grande conquista para Piauí. "Mais uma vitória para saúde no nosso estado. Estivemos com o ministro Gilberto Occhi há algumas semanas para fazer essa solicitação, que foi plenamente atendida. Agradeço o ministro pelo carinho e agilidade com que tratou a pauta", fala Nogueira.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Jovem de 19 anos cai em poço e é resgatada pela Força Tática

Uma jovem de 19 anos, identificada cono Wellida, caiu em um poço no bairro São João, em Piripiri. Foram momentos de bastante desespero e  graças a uma ação rápida e eficiente da Força Tática, ela foi resgatada. O fato ocorreu na noite desse domingo (20/05).

Segundo informações da PM, apesar de  aparentemente  não estar em uso, o poço tinha água. A profundidade  era de sete metros e a vítima estava se afogando quando a guarnição chegou. Foi realizado um contato visual e aplicado o método rapel de resgate de profundidade, com a ajuda da vizinhança, que trouxe uma corda. Com a colaboração dos vizinhos do local do acidente os policiais puxaram a vítima.

Apesar da dificuldade de materiais no suporte logístico que a Polícia Militar de Piripiri enfrenta, a guarnição da Força Tática conseguiu salvar a jovem. Na cidade de Piripiri, não existe Corpo de Bombeiros e  a Unidade  mais próxima fica na cidade de Parnaíba.

Fonte: piripirireporter

Hospital de Piripiri é referência em parto humanizado

Em 2017, o Ministério da Saúde lançou diretrizes sobre os partos normal e humanizado, orientando profissionais de saúde para o atendimento qualificado de mães e bebês. Segundo o Ministério, o parto não deve ser visto como um conjunto de procedimentos e técnicas, mas um momento fundamental para a relação entre mãe e filho. Dessa forma, a mãe é que decide como deve acontecer todo o processo de nascimento.

Desde o lançamento das orientações, maternidades, casas de parto e centros de parto normal devem incorporar medidas para tornar esse atendimento mais humanizado, tais como: liberdade de posição, dieta livre, presença de doulas e/ou acompanhante, respeito da presença da família e intimidade da gestante, métodos de alívio da dor, direito ao uso da anestesia, contato pele a pele imediato da mãe com a criança após o nascimento, e evitar a separação mãe-filho na primeira hora após o nascimento para procedimentos de rotina, como pesar, medir e dar banho. As diretrizes também visam reduzir as altas taxas de intervenções desnecessárias, que deveriam ser utilizadas apenas em momento de necessidade, mas acabam que são muito comuns.

O Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri, se tornou referência na realização do parto humanizado, seguindo as principais instruções do Ministério da Saúde. A diretora-geral do hospital, Nádia Costa, explica que humanizar o parto é seguir um conjunto de condutas e procedimentos que promovem um nascimento saudável e mais confortável. "O parto humanizado respeita o processo natural e evita condutas desnecessárias ou de risco para a mãe e o bebê. É um direito da mulher algumas escolhas, como o apoio com a presença de um acompanhante que ela deseje, a fim de promover o bem estar físico e emocional durante todo o processo, desde a gestação até o nascimento, assim como aceitar a sua recusa a certas condutas que lhe causem dor ou constrangimento", conta.

A coordenadora médica da maternidade do Chagas Rodrigues, Katiúscia Andrade, esclarece que o parto humanizado não deve ser entendido como um tipo de parto, mas como uma assistência. "Humanizar o parto é acolher e respeitar a paciente e o bebê, independente de ser normal ou cesária com indicação médica".

Katiúscia revela que algumas mães relataram que após partos via cesariana, se mostraram frustadas por estarem sozinhas, com pessoas desconhecidas, e que após o nascimento, retiravam seu bebe e que os via somente na enfermaria, muito tempo depois. "Mesmo o parto cesariano deve respeitar o protagonismo da mulher. É o que estamos fazendo aqui no hospital. O acompanhante está presente durante todo o decurso, para acalmar e dar apoio emocional. O bebê é levado para a mãe logo após o nascimento, fortalecendo o vínculo. Não precisamos ter alta tecnologia para isso, apenas respeitar e valorizar esse momento tão vulnerável e emocionante para a mãe e seu filho", completa.

Fonte: Ccom

Para driblar calor, alunos levam ventiladores de casa para escola no Piauí

Os alunos da Escola Municipal Teodorico Júlio de Melo, na comunidade Furnas, localizada na zona rural de Piripiri, denunciaram em um vídeo divulgado nas redes sociais os problemas estruturais da unidade. Na gravação, eles apontam que é preciso levar ventiladores de casa para a sala de aula. 

Uma das alunas relata que o “Brasil que queremos” é o que a “educação seja prioridade”. Em outro momento, outra estudante pede que as escolas tenham mais estrutura e que os alunos não precisem levar os ventiladores para a escola. 

A Prefeitura de Piripiri, por meio da assessoria de comunicação, emitiu nota de esclarecimento. Veja na íntegra. 

Sobre um vídeo que circula nas redes sociais, a Secretaria Municipal de Educação de Piripiri vem prestar alguns esclarecimentos.

Primeiramente é preciso informar que a Escola de Furnas foi completamente reformada recentemente, inclusive a quadra esportiva, que estava completamente deteriorada. Em outubro de 2017 o prefeito Luiz Menezes visitou os alunos e acompanhou de perto o início da reforma.

Outra informação importante é que a escola é compartilhada com Governo do Estado, ou seja, o Secretaria Estadual de Educação utiliza a escola em outro turno, tendo obrigações iguais de manutenção na parte física, algo que não é feito.

Por fim, a Secretaria Municipal de Educação já realizou todo o procedimento licitatório para aquisição de diversos equipamentos como aparelhos de ar-condicionado e ventiladores, inclusive para escola em questão, aguardando somente a liberação. No início de 2017 apenas 8 de 70 escolas estavam aptas a receber os alunos para o período letivo e de lá para cá foram feitas inúmeras reformas e reposição de equipamentos.
 

Prefeitura de Piripiri
Assessoria de Comunicação 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com  

Homem é preso por aplicar golpe contra idosos em Piripiri

Um homem de iniciais L.D.C.B foi preso no município de Piripiri nesta sexta-feira (4), suspeito de aplicar golpes contra idosos na cidade. 

Segundo informações da Polícia Civil, as investigações apontaram que o sujeito, residente na cidade, enganava vítimas idosas se passando por funcionário de bancos ou operadoras de cartão de crédito. Após iludir as vítimas, já de posse do cartão, senha e CPF dos idosos, fazia compras de aparelhos eletrônicos como celulares e notebooks nas lojas da cidade. 

A Polícia Civil representou ao Poder Judiciário pela prisão do indivíduo e foi concedida a expedição de mandado de prisão preventiva contra ele. O homem foi preso hoje em frente a sua residência na cidade e já foi recambiado de Piripiri para custódia em unidade carcerária adequada, conforme a polícia.

 

Carliene Carpaso e Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Comerciante reage a assalto e atira contra suspeitos; um é baleado e preso

Um homem de 20 anos, identificado como Wanderson de Araújo terminou baleado na perna em uma tentativa de assalto a um comércio na Rua Santos Dumont, no centro de Piripiri, a 180 Km ao norte de Teresina, no final da manhã desta terça-feira (17/04). Ele agiu com um comparsa, que conseguiu fugir.

Segundo o comerciante Toin, da Loja Av. Cell, a dupla esteve na porta do comércio um dia antes e avisou à esposa do empresário que iria voltar à loja para realizar um assalto.  O comerciante recebeu a dupla a bala. Segundo ainda o comerciante, Wanderson ainda atirou contra ele mas não o atingiu.

Baleado e sangrando, Wanderson rendeu uma mulher que estava em uma moto e, usando a arma, obrigou a vítima a leva-lo para a região do Sesc Ler. Ele foi preso pela Força Tática em uma casa onde a PM encontrou papelotes de maconha e cocaína. Ele foi levado ao hospital e em seguida conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Com informações de piripirireporter

Posts anteriores