Cidadeverde.com

Voluntários realizam limpeza de praias e alertam para descarte incorreto de lixo

Em comemoração ao dia mundial de limpeza de praia (15/09) o Instituto Tartarugas do Delta através do projeto Rotas da Conservação, participou de uma limpeza em parceria com alunos de uma faculdade e de funcionários de uma pousada percorrendo os trechos de praia do Arrombado (PI). Ao todo foram coletados 65 sacos de 100 litros, na praia do Arrombado em Luís Correia, PI.

"Durante a atividade os participantes puderam experimentar novas vivências com relação ao meio ambiente e a reflexão sobre o lixo descartado de forma inadequada, a quantidade de garrafas Pet e demais plásticos encontrados na praia o que gerou incômodo. Principalmente pelo fato de sabermos, que o litoral piauiense é um berçário de tartarugas marinhas" relatou Werlanne Magalhães, coordenadora do Projeto Rotas da Conservação.

Com o objetivo de uma melhor compreensão sobre a cadeia produtiva do lixo e o papel do homem no processo de gerenciamento de resíduos sólidos foi realizada uma roda de conversa. A pratica dos 3’R (reduzir, reutilizar e reciclar), assim como a coleta seletiva,  destinando os resíduos para pessoas (grupos)  que trabalham com a comercialização do “lixo” foram abordados, além da saúde ambiental,  que gera qualidade de vida.

O material coletado na limpeza foi encaminhado para o grupo de catadores de materiais recicláveis que trabalham no lixão do município de Luís Correia. Atualmente 18 famílias vivem da comercialização do lixo no município. 

No próximo dia 22 será  realizado limpeza na praia do Pontal, município de Ilha Grande, PI e no dia 29 na praia do Coqueiro, Luís Correia. As praias do litoral piauiense fazem parte do Território da região da  APA Delta do Parnaíba, uma Unidade de conservação Federal de uso sustentável.


cidades@cidadeverde.com

Polícia Civil deflagra operação no litoral e cumpre 8 mandados de busca e apreensão

Foto: Policia Civil

A Polícia Civil, através da Delegacia de Luís Correia e Delegacia de Combate ao Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba - DHTL, realizou operação onde deu cumprimento a oito mandados de busca e apreensão na cidade de Luís Correia.

A operação foi resultado de investigações da Polícia Civil que identificaram pontos de vendas de droga, depósitos de produtos de furto/roubo, bem como pessoas envolvidas com estes crimes em Luis Correia.

Durante a operação foram presos Lucas Henis Carvalho Silva (28 anos); Rafael Araújo De Jesus (35 anos); João Batista Do Nascimento (24 anos); Karoline De Assunção Silva (25 anos) e Samia Priscila Santana Araújo (26 anos), além do adolescente de iniciais A.F.B.J, 17 anos. Eles foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e corrupção de menores. Também foram apreendidos 55 micropontos de substância análoga à LSD, meio tijolo de substância análoga à maconha, pequena quantidade de substância análoga ao crack, mais de 700 reais em dinheiro, além de televisores e diversos outros produtos de furto/roubo.

A operação contou com o apoio com de policiais da Delegacia Regional, Delegacia do Patrimônio de Parnaíba, Delegacia da Mulher de Parnaíba e Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Centro Integrado registra um furto nas primeiras horas de operação

Neste primeiro dia  da “Operação Veraneio” não foi registrado nenhuma ocorrência grave no litoral piauiense. 

“ Intensificamos ação policial em todos os pontos turísticos, mas nenhuma ocorrência de maior dano, tudo dentro da normalidade” , disse o coronel Márcio Oliveira, coordenador geral de operações da Polícia Militar. 

Foram registrados no Centro Integrado de Segurança Pública um furto à residência e três colisões, com apenas danos materiais.  Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros, Emídio Oliveira, o movimento nas praias também é considerado tranquilo. 

“Nas praias, mesmo com o aumento do número de banhistas no final de semana não tivemos nenhum pedido de urgência”, finalizou.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

 

Segurança lança “Operação Veraneio” no litoral do Piauí

Foto: SSP

Os turistas que visitam o litoral terão a segurança reforçada com a instalação do Centro Integrado na cidade de Luís Correia. O lançamento aconteceu na manhã deste sábado(20) e segue até o final do mês julho, época em que registra um maior movimento nas praias piauienses. 

De acordo com o secretário de Segurança, Rubens Pereira,  o trabalho de integração entre as polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros tem se consolidado como o grande diferencial para realização de grandes operações.  “ É uma marca registrada da nossa gestão este trabalho integrado das forças policiais, a nossa meta é que os turistas possam levar do estado do Piauí a melhor imagem. E que as famílias e os cidadãos que estiverem por aqui possam ter dias tranquilos”, destacou Pereira. 

Para garantir o reforço da segurança, um efetivo de 250 agentes policiais estarão concentrados em pontos estratégicos. Para realização de rondas ostensivas, somente a Polícia Militar, disponibiliza de 23 viaturas, 19 motocicletas, quatro quadriciclos e uma aeronave, além da cavalaria e do policiamento de trânsito. “ Vamos fazer operações desde a praia Pedra do Sal, Porto das Barcas, Beira Rio de Parnaíba, como também nas praias do Coqueiro, Atalaia e Maramar”, explica coronel Márcio Oliveira, coordenador geral de operações. 

Ainda no Centro Integrado, policiais do corpo  e civis estarão de plantão para atendimento à população. “ Contaremos com apoio de policiais das cidades de Parnaíba e Luís Correia, além de uma equipe da Polinter que realizarão blitz”, esclareceu o delegado Emir Martins. 

O Centro Integrado de Segurança funcionará 24 horas por dia e está instalado ao lado do Sesc Praia.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Vídeo: motorista flagra radar com velocidade maior que velocímetro

Condutores que trafegam pela PI-116, em Luís Correia, no litoral do Piauí, estariam sendo multados irregularmente. Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra um motorista trafegando no limite da via, que é de 40 km/h, enquanto o radar fixo de velocidade marca 45 km/h. 

As imagens foram gravadas neste domingo (15). O motorista, que prefere não ser identificado, conta que resolveu fazer o vídeo porque acredita que outros condutores também tenham sido multados irregularmente. 

"Acredito que todos os redutores em Luís Correia estão sem manutenção. Na via há vários redutores de velocidade e todos podem estar com problema. Resolvi divulgar porque isso já aconteceu comigo há uns três anos na avenida na João XXIII, em Teresina. Entrei com recurso que não deu em nada", reclama o motorista. 

Em entrevista ao Cidadeverde.com, o secretário de Estado dos Transportes, Guilhermano Pires, disse que será enviada uma equipe para verificar a denúncia. 

"Com essa reclamação, já solicitei que a empresa que faz a manutenção vá ao local fazer aferição dos fotosensores dessa PI. Como é um equipamento eletrônico, pode ser que uma queda de energia tenha descalibrado o radar. Outra hispótese é que o carro também não esteja marcando a velocidade correta", explica Pires. 

O secretário orienta ainda que, comprovado o problema no fotosensor, a multa será anulada. O motorista lesado pode entrar em contato através do 86 3215 4527. 

Nota de esclarecimento:

A Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans) esclarece que o Inmetro está realizando teste no referido equipamento. Portanto, as capturas feitas pelo citado radar, não estão sendo processadas em infrações, até nova aferição, marcada para o dia 19 de julho.
Todavia, levando-se em consideração o caso do vídeo, para a captura do equipamento se tonar infração, há por lei uma tolerância de 7 km/h entre a velocidade permitida na via e a medida no equipamento. Essa tolerância é exatamente para cobrir a diferença entre o velocímetro e o Radar.
Na própria aferição a tolerância máxima admitida pelo Inmetro é de 5 km/h, tanto para mais quanto para menos.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

A SPU demoliu barracas irregulares na Praia do Coqueiro, em Luís Correia

A Superintendência do Patrimônio da União no Piauí (SPU-PI), com apoio da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), realizou na manhã desta terça-feira (12) a demolição de duas barracas localizadas na Praia do Coqueiro, município de Luís Correia, litoral do Piauí, em cumprimento à decisão da Justiça Federal.

As barracas estavam instaladas em área de praia, caracterizada como bem de uso comum do povo, sem autorização da Secretaria do Patrimônio da União. Foram removidas as estruturas da Barraca do Citônio e da Barraca do Roberto.

A justificativa para a decisão relativa à Barraca do Citônio deu-se em razão da mesma encontrar-se fechada e em estado de abandono. Quanto à barraca do Roberto, atual “Vista del Mar”, há informações no processo que o responsável pelo estabelecimento reside em Brasília e apenas o arrenda para funcionamento durante finais de semana, férias e feriados. Desta feita, além de não cumprir uma função socioeconômica, entendeu-se que a atividade comercial desenvolvida não é imprescindível para o sustento do responsável, servindo somente como fonte de exploração ilegal do patrimônio público.

Já a Barraca do Caibil, também incluída no processo, em cumprimento à ordem judicial, realizou o desfazimento das ampliações realizadas, ficando suspensa a ordem de demolição anteriormente expedida.

Na mesma ação, a SPU removerá as construções de madeira e palha erguidas na orla do coqueiro sem a autorização do órgão. Apesar das referidas construções servirem de apoio aos pescadores da região, é necessário que haja autorização da SPU.

Fonte: Jornal da Parnaíba

Veículo colide com poste em Luís Correia e deixa pai e filho feridos

Um acidente tipo colisão ocorrido por volta das 9h40 da manhã deste domingo (10), na Avenida Piauí, próximo ao café do Chico trecho da PI 116 que interliga  Luís Correia a praia do Coqueiro, deixou uma vítima presa às ferragens. 

Um celta de placas LVV 4690 - Luís Correia-PI, foi o veículo envolvido no acidente. O condutor do  identificado como Gilmar de Oliveira Lima, de 28 anos, residente em Parnaíba, trafegava pela rodovia na  companhia de um filho com a idade de 07 anos, quando perdeu o controle do veículo e foi de encontro a um poste da Eletrobras que ficou danificado deixando parte do bairro Coqueiro da Praia sem energia.

Em consequência do acidente, pai e filho ficaram feridos. O corpo de Bombeiros de Parnaíba foi acionado e retirou o motorista do veículo preso às ferragens tendo que fazer uso de tesoura para desencarcerar.  Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também prestou socorro em conjunto com uma ambulância dos Bombeiros.

Uma guarnição da CIPTur (Companhia Independente de Policiamento Turístico) sob comando do sargento Egildo Brito, foi acionada para fazer o levantamento do acidente. 

Segundo informou o cabo Barros, da Ciptur, o pai voltava com o filho de uma festa de aniversário e perdeu o controle da direção. “Ele bateu o carro no poste. Estava meio embriagado e sofreu uma pequena lesão. Acreditamos que ele teve um pequeno sono na direção e perdeu o controle. Tivemos informações de que ele estava comemorando o aniversário e  ao voltar, bateu no poste”, disse.

Fonte: portaldocatita

Mecânico se entrega e é preso suspeito de matar esposa a facadas

O mecânico Raimundo Neto Pereira, 32 anos, se entregou à Delegacia de Luís Correia (a 360 km de Teresina) na tarde de ontem (06). Ele confessou ter matado a esposa, a professora Selene Veras Roque, 28 anos, com 26 facadas no último sábado(03)  na casa do casal no povoado Brejinho, na zona rural da cidade. 

De acordo com o delegado Maikon Kaestner, o suspeito confessou o crime e disse que não lembra do momento que desferiu as 26 facadas, mas que isso aconteceu depois de várias discussões durante o retorno para casa, onde a vítima havia novamente pedido a separação, alegando que não o amava mais. No entanto, o mecânico disse que não concordava.  

Arquivo Pessoal


Selene e o marido, Raimundo Neto, que confessou ter matado a esposa

“O casal já havia se separado momentaneamente em outras oportunidades. No dia 3 de junho o acusado levou a vítima, pela manhã, até a pós-graduação e foi beber em um bar até que ela terminasse seu compromisso. Por volta do meio dia almoçaram na casa de parentes dela e no final da tarde retornaram para a casa no povoado Brejinho, em Luis Correia. No caminho continuaram discutindo e, já em casa, a vítima pediu a separação novamente alegando não amar mais o acusado, momento em que ele pegou uma faca na cozinha e desferiu os golpes”, descreveu o delegado em nota enviada à imprensa. 

O suspeito disse ainda que quando percebeu o que havia feito saiu de casa “desorientado” e que no dia seguinte havia procurado um advogado para se entregar. 

A Polícia Militar, comandada pelo Major Palhano, já havia localizado no domingo(04) o veículo utilizado na fuga, que foi encaminhado à perícia. Um cunhado e um amigo do mecânico que supostamente teriam ajudado na fuga também serão indiciados. 

Raimundo Neto chegou à delegacia acompanhado do advogado, por volta das 15 horas. Ele prestou depoimento, em seguida o delegado Maikon Kaestner, titular de Luís Correia, apresentou o mandado de prisão preventiva que havia solicitado na segunda-feira(05) e deu cumprimento. O mecânico foi então transferido para a Penitenciária Mista de Parnaíba, onde está à disposição da justiça. O crime está elucidado e o delegado tem dez dias para concluir o inquérito.

“A Polícia Civil pede para que as mulheres não tenham medo de denunciar as agressões e façam valer os seus direitos resguardados pela Lei Maria da Penha (11.340)”, destacou o delegado Maikon.

Ele também pede que a população continue ajudando com informações que possam auxiliar nas investigações de crimes ocorridos em toda região através das denúncias anônimas realizadas no formulário de denúncias da Delegacia Regional de Parnaíba que pode ser acessado no seguinte link: bit.ly/denunciapcphb.


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Permissionários da Atalaia terão que cumprir normas do MPF

O Ministério Público Federal (MPF) no Município de Parnaíba promoverá reunião na próxima quinta-feira (7), com representantes da Secretaria de Turismo do estado do Piauí (Setur-PI), da Superintendência de Patrimônio da União (SPU), do Comitê Gestor da Orla de Atalaia (Cogesoa) e com permissionários da Orla de Atalaia. A reunião será às 8h30, no Fórum da Comarca do Município de Luís Correia, localizado na Rua Coronel Jonas Corrêa, nº 296.

Na pauta, os procuradores da República Kelston Pinheiro Lages e Saulo Linhares da Rocha tratarão sobre o não cumprimento, por parte de alguns permissionários, das leis, normas, regulamentos e obrigações assumidas por ocasião do recebimento do Termo de Permissão, que embasam o funcionamento da Orla de Atalaia, e que tem ocasionado sérios prejuízos à Administração Pública Federal e Estadual, e, consequentemente, o desenvolvimento turístico da região.

Para o procurador da República Kelston Lages, "a implementação do projeto Orla de Atalaia com a construção de quiosques e outras melhorias na praia de Atalaia foi um processo muito difícil e oneroso para o Estado e para a população. Infelizmente, temos notícia de descumprimento das obrigações assumidas por alguns permissionários, descaracterizando o projeto original. Não vamos admitir, tal retrocesso, quem não tiver condições de cumprir o que foi acordado, tem que sair e o Estado fazer licitação para quem oferece”, frisou. 

Fonte: Com informações Ascom/MPF

Cunhado e amigo de suspeito de matar esposa no Piauí são presos

Foto: PM-PI

PM diz que suspeito fugia nesse carro  com um amigo

Um cunhado e um amigo do mecânico suspeito de assassinar a esposa, na zona rural de Luís Correia, litoral do Piauí, foram presos nesta segunda feira (04). Segundo o major Danilo Palhano, comandante da Companhia Independente de Turismo da Polícia Militar (CIPTur), os dois teriam auxiliado na fuga do suspeito. Selene Veras Roque, 28 anos, foi morta com 26 facadas, em casa no último fim de semana. 

"O suspeito estava fugindo com um amigo, mas no meio da estrada, bateram o carro que não funcionou mais. Então, tivemos paradeiro do carro que foi localizado em um sítio. Assim, conseguimos ter informações sobre a participação de um cunhado e de um amigo. De lá, o suspeito contou com a ajuda de um outro amigo para continuar a fuga", explica o comandante. 

O cunhado e o amigo não tiveram os nomes revelados. Os dois foram ouvidos, liberados e devem responder pelo crime de favorecimento pessoal. 

A Polícia Militar acredita que o mecânico tenha empreendido fuga em direção ao estado do Ceará. 

Foto: Reprodução/ Facebook

Selene Veras era professora e estava como diretora de uma escola municipal. Ela foi assassinada, provavelmente, por ciúmes. Este é o sexto caso de feminicídio registrado este ano no Piauí.

 

Velório

O corpo de Selene foi velado na Unidade Escolar Rita Miranda Brito onde dedicou parte da vida. Emoção e homenagens marcaram o velório. 

 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores