Cidadeverde.com

Homem é morto dentro de casa e suspeito foge de bicicleta

Foto enviada ao Cidadeverde.com 

Um homem identificado como Benjamin foi morto dentro da própria casa na cidade de Luís Correia. O crime ocorreu por volta das 18h30 de terça-feira (20). Benjamin morreu na sala. Familiares relatam que escutaram pelo menos uns cinco disparos. Não há confirmação de quantos tiros atingiram a vítima. 

O suspeito do crime chegou até a casa da vítima, localizada no bairro Nossa Senhora da Conceição, de bicicleta. Até o momento, ele não foi localizado. A Polícia Civil de Parnaíba investiga o caso. 

A Companhia Independente de Policiamento de Turismo (CIPTUR) informou ao Cidadeverde.com que, “segundo a família, um rapaz chegou de bicicleta e chamou a vítima. Ele foi atender a pessoa. O suspeito entrou e realizou esses disparos. Fugiu de bicicleta”.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado e constatou o óbito. O Instituto de Medicina Legal (IML) e a Perícia Criminal estiveram no local.


Carlienne Carpaso
[email protected] 

PM e Vigilâncias Sanitárias reforçam fiscalização no litoral; praias fechadas até 04 de abril

Foto: Policia Militar/CIPTUR

 

A Polícia Militar e as equipes das Vigilâncias Sanitárias vão reforçar ainda mais a fiscalização no litoral piauiense a partir desta quinta-feira (1º) para cumprimento dos decretos sanitários. O decreto estadual N.º 19.550 proibiu o uso de praias, balneários, cachoeiras e parques até o próximo domingo (4), período em que será fechado o acesso aos mesmos.  Barreiras sanitárias serão instaladas em Parnaíba, Cajueiro da Praia e Luís Correia. 

O major Danilo Palhano, comandante da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR), informou ao Cidadeverde.com que as equipes de Luís Correia e Cajueiro da Praia receberam reforço policial de Teresina nesta semana.

O major destaca que as equipes já lavraram cinco Termos Circunstanciados de Ocorrência envolvendo o transporte de passageiro intermunicipal, que, no momento, também está proibido por decreto. 

“Desde sábado estamos nessa fiscalização. Nós recebemos reforço de Teresina e estamos com barreiras nas entradas de Luís Correia e de Barra Grande. Temos alguns descumprimentos de medidas sanitárias por estabelecimento comercial”.

Decreto Governo do Piauí

Decreto Luís Correia 

Major Palhano ressalta que as equipes estão nas praias fiscalizando o cumprimento do decreto. “No momento, nas praias o decreto está sendo respeitado, vez e outra aparece uma pessoa, mas nada de aglomeração”. Ele cita que até agora não constatou a presença de excursões. 

Foto: Policia Militar/CIPTUR




Já o comandante do GPM de Cajueiro da Praia, sargento Egildo Brito, acrescenta que equipes estarão de quinta (1º) até domingo (4) em barreiras pela cidade. Ele cita que apenas moradores e turistas com comprovação de estadia nas pousadas em Barra Grande poderão passar pelas barreiras. 

Os policiais vão acompanhar as equipes das vigilâncias sanitárias do estado e dois municípios (Luís Correia e Cajueiro da Praia).  “Os  visitantes que quiserem só passear não vão passar. Só entra quem é da cidade ou comprovação de estadia em pousada. As praias estão fechadas”. 

A Prefeitura de Cajueiro da Praia informou em suas redes sociais que segue “todas as medidas de restrições determinadas, através do Decreto Estadual Nº 19.550”.

“Desta forma,esclarecemos que, a partir do dia 29/03, teremos barreiras sanitárias e de fiscalização nas estradas de acesso a Cajueiro da Praia. Somente terão acesso os moradores do município. Os turistas terão que comprovar reserva em hotéis e pousadas. Ressalta-se que os acessos às praias estão fechados e serão fiscalizados pela Polícia Militar do Piauí e pela Vigilância Sanitária”.




Carlienne Carpaso
[email protected] 

 

Procurador faz apelos para turistas não irem para o litoral; maior hospital da região está 100% lotado

O procurador geral do município de Luís Correia, localizado a 344 Km de Teresina, Alexandre Lopes, fez um apelo para que turistas não visitem o litoral piauiense nos próximos dias. 

Assim como em todo Brasil, os municípios do litoral do Estado também sofrem com aumento de casos de Covid-19. Além disso,  de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde, o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), o maior da região, está com todos os leitos de UTI e clínicos lotados. 

"O turismo é nossa principal economia,  mas nesse momento fazemos um apelo aos nossos amigos que não venham para nossa cidade nesse momento. São medidas duras, de restrição, mas que são importantes. Estamos vivendo o pior momento da pandemia, precisamos enfrentá-la  de forma mais dura”, disse o procurador.

O procurador informou, ainda, que as praias terão barreiras educativas e pede que a população colabore com o respeito às medidas restritivas anunciadas pelo Governo do Estado. Decreto ainda será publicado estabelecendo os dias em que os acessos serão fechados.

As fiscalizações serão feitas pela Vigilância Sanitária e a Polícia Militar. 

“Esperamos contar com a compreensão de todos. Se cada um fizer sua parte será muito importante. Espero que não tenhamos nenhum problema, que tenha que se levar pessoas a distrito policial, por exemplo. Não queremos multar também, mas contamos com a compressão de todos”, finalizou o procurador. 


Izabella Pimentel
[email protected]

Crime ambiental: "Árvore Penteada" tem raízes cortadas e passará por perícia

Foto: Divulgação/Setur

A famosa Árvore Penteada, tradicional ponto turístico na cidade de Luís Correia, teve partes das suas raízes cortadas. O ato de vandalismo chegou ao conhecimento das autoridades locais na segunda-feira (1º). Um boletim de ocorrência já foi registrado e uma perícia criminal será realizada no local. A árvore é um tamarindeiro centenário e chama a atenção por ter a copa virada para um dos lados, devido a ação dos ventos na região. Ela está localizada na praia de Macapá. 

A gerente de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Luís Correia, Liliana Souza, disse ao Cidadeverde.com que o caso se trata de um crime ambiental. Ao ver a situação, ela relata que a pessoa que fez isso, possivelmente, tinha a intenção de matar a árvore. A perícia deverá acontecer até a próxima sexta-feira (05).

Liliana Souza esteve no local acompanhada da secretaria de Turismo de Luís Correia, Marília Passos, e de um líder comunitário, o senhor Coré. 

“Essa árvore é referência no nosso litoral. Recebemos denuncias do ocorrido e fomos até o local. A árvore é um patrimônio do nosso município, o nosso ponto turístico. Ela está com algumas raízes cortadas; ela retira o seu alimento do solo, queriam criar um bloqueio. Registramos um boletim de ocorrência e solicitamos uma perícia para iniciar um inquérito. Pelo formato dos cortes queriam matar a planta. Vamos aguardar os laudos”, diz Liliana Souza. 

Liliana Souza conta que a situação pegou a todos de surpresa. Ela cita que usaram uma faca grande para atingir a árvore. “Estamos recebendo o apoio da comunidade, que ajudaram a denunciar a situação”. 

Foto: Prefeitura de Luís Correia 



O secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira Júnior, lamentou o ocorrido e disse que os responsáveis deverão ser punidos. 

“Infelizmente, em meio a uma situação crítica que estamos vivenciando devido à pandemia (da Covid-19), ainda nos deparamos com situações como essa, em que nosso patrimônio natural é depredado, alvo de vandalismo. Uma ação sem propósito algum a não ser destruir. Não podemos permitir que isso aconteça”, diz o secretário.

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) informou que acionou a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) para o envio de equipes ao local. A equipe da Semar deve averiguar os danos e adotar as providências cabíveis. 

Foto: Prefeitura de Luís Correia 



Obras de urbanização 

O secretário de Turismo, Flávio Júnior, ressalta que o espaço no qual está localizada a Árvore Penteada passará por obras de urbanização. As obras deverão ser iniciadas no primeiro semestre de 2021, com o objetivo de melhorar o turismo no local. 

“Diariamente, dezenas de pessoas passam por lá, fazem seus registros nesse cartão postal natural.  Não permitiremos que ações de vandalismo como essas continuem acontecendo. Nem lá nem em qualquer outro ponto turístico do nosso Estado. Peço a colaboração de todos para preservarmos o patrimônio que é nosso, dos piauienses”, diz. 

A gerência de Meio Ambiente também informou que a Secretaria Municipal de Turismo está com projeto para revitalizar o acesso à árvore penteada. 

Foto: Prefeitura de Luís Correia 

 

Pichação

Em 2017, a Árvore Penteada foi alvo de pichação com as siglas de duas facções criminosas que atuam nos presídios brasileiros. Escreveram na árvore a inscrição FDN, abreviação de Família do Norte, e, no banco ao lado dela, a sigla do PCC, que significa Primeiro Comando da Capital.

Foto: arquivo pessoal

 

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

 

Luís Correia restringe veículos de turismo às praias nos fins de semana

Foto: Google maps

A Prefeitura de Luís Correia publicou decreto proibindo a entrada de ônibus e vans de excursão nos fins de semana e feriados para tentar evitar a disseminação da Covid-19. A prefeitura também seguiu integralmente as determinações do Decreto Estadual nº 19.478, publicado na última segunda-feira (22), com medidas restritivas de funcionamento em diversas áreas.

O Decreto Municipal nº 09/2021 já está em vigor e as medidas vão até o dia 4 de março. Com elas ficam proibidos circulação, parada e estacionamento de ônibus de turismo ou excursão, micro-ônibus, vans e similares nas modalidades day use e city tour aos sábados, domingos e feriados.

“A intenção do município é ordenar o fluxo de pessoas nos passeios públicos e nas praias do município, a fim de evitar aglomeração. Nossa prioridade é a vida e vimos a urgência de ampliar as restrições para proteger a vida da nossa população. Sabemos que são medidas duras, mas, neste momento, vivemos em uma grave crise de saúde pública e não podemos ignorar que a situação pode piorar”, destaca a prefeita Maninha Fontenele.

O serviço de transfer Aeroporto-Hotel/Pousada segue permitido, desde que o veículo trafegue com a relação de passageiros, o destino e a confirmação de reserva de cada passageiro e contado do hotel/pousada para caso de necessidade de confirmação.

O município também adotou outras medidas como a intensificação das ações de sanitização de locais de maior circulação de pessoas, como as praias, calçadões, parques, e pátios, passeios públicos próximos aos bancos e lotéricas.

João Bandeira
(com informações ascom)

Busca Ativa identifica 25 pessoas com Covid em barreia sanitária

Fotos: Divulgação Sesapi

Pelo menos 25 pessoas testaram positivo durante abordagem das equipes do Programa Busca Ativa em barreiras sanitárias no litoral do Piauí, devido ao período de Carnaval. Apesar de não poder haver festas, devido a pandemia e decretos proibindo aglomerações, turistas se deslocaram até às praias.

A informação foi repassada pela coordenadora do Programa, Dília Falcão, que também é gerente de Atenção Básica da Secretaria da Saúde do Piauí (Sesapi). 

As barreiras acontecem em conjunto com a Vigilância Sanitária, com o objetivo de combater a disseminação do novo coronavírus com o trânsito de pessoas entre municípios.

As equipes do Busca Ativa estão atuando em barreiras sanitárias montadas na Rodoviária de Teresina; Rodoviária de Parnaíba; Cajueiro da Praia; Barra Grande e Luís Correia. “Os locais foram escolhidos devido ao fluxo de pessoas que geralmente transitam por esses destinos durante este período”, informou a Sesapi.

As pessoas com o novo coronavírus ativo foram identificadas em uma ação que está sendo realizada em Luís Correia e foram orientadas a se isolarem e procurarem assistência médica para evitarem a contaminação de outras pessoas e terem a saúde agravada pela doença. 

Segundo Dília Falcão, as ações são essenciais para ajudar a controlar a pandemia no estado e evitar o aumento de casos. 

“Nossas equipes estão atuando nas barreiras e precisamos que a população colabore com nosso trabalho. Sigam as medidas higiênicas, respeitem o distanciamento social e evitem aglomerações, tudo isso ajuda o estado como um todo no enfrentamento à pandemia”, disse a gestora.


Caroline Oliveira
Com informações da Sesapi
[email protected]

Luís Correia proíbe carnaval no município e restringe horário de atividades

Foto: Reprodução Facebook Maninha Fontenele

A Prefeitura Municipal de Luís Correia (a 340 km de Teresina) resolveu seguir inteiramente o decreto estadual de medidas restritivas até o dia 21 de fevereiro para conter o avanço da Covid-19. A prefeita Maninha Fontenele (PL) suspendeu todos os eventos carnavalesco municipais e determinou que eventos privados também sejam suspensos. O município era um dos principais destinos de turistas na festa do Rei Momo em anos anteriores. 

A decisão vale para eventos em ambientes abertos ou fechados de iniciativa pública ou privada que envolvam aglomeração, tais como eventos culturais, sociais e esportivos, bem como o funcionamento de boates, casas de shows e quaisquer tipos de estabelecimentos que promovam atividades festivas.

A medida também restringe o funcionamento de bares e restaurantes até às 23h, sendo vedada a utilização de som ambiente, música ao vivo, som mecânico ou instrumental. 

Em espaços públicos foi proibido o consumo de bebida neste fim de semana e nos dias 06, 07, 13, 14, 20 e 21 de fevereiro. O comércio em geral só poderá funcionar até às 17h e os Shoppings poderão funcionar de 12h às 21h.

Praias

Em relação a espaços como praias, que neste início de ano costuma receber turistas, a prefeitura determinou que podem permanecer abertas, mas somente será permitida a permanência com obediência aos protocolos sanitários das Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal, especialmente quanto ao uso obrigatório de máscaras. A mesma decisão vale para parques e praças. 

Outra ação adotada foi a suspensão do feriado e de ponto facultativo na administração pública na segunda e na quarta-feira de cinzas. A iniciativa é uma reação da administração pública ao crescimento dos números de casos em todo o país. A intenção é evitar aglomerações tradicionais para este período.

“Com a suspensão do feriado de carnaval, buscamos conter o avanço da doença em um período que tem por características as grandes aglomerações, que, neste momento, se constitui um grave risco à saúde da população. É uma decisão necessária e urgente, pois entendemos que a proteção da vida dos nossos cidadãos está acima de tudo”, justifica a prefeita Maninha Fontenele.

A fiscalização será feita pela Vigilância Sanitária municipal, em articulação com os serviços de vigilância sanitária estadual, federal, e com o apoio da Polícia. Os órgãos envolvidos na fiscalização das medidas sanitárias deverão solicitar a colaboração da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e do Ministério Público Estadual, se houver necessidade.

Luís Correia já registrou 446 casos de covid com 14 mortes. A cidade possui cerca de 30.440 habitantes. 

 

Caroline Oliveira
Com informações da Prefeitura de Luís Correia
[email protected]

Desobstrução de rodovia invadida por dunas deve durar 15 dias

Foto: Polícia Militar

A desobstrução da rodovia PI 116, no litoral do Piauí, invadida pelas dunas nos últimos dias deve levar cerca de  dias. O prazo foi estimado pelo Departamento de Estradas e Rodagens(DER) que anunciou o envio de máquinas para realizarem o serviço. 

A rodovia dá acesso ao município de Cajueiro da Praia e o avanço das dunas vem dificultando o acesso de moradores e turistas, provocando engarrafamentos nos trechos cobertos pela areia.

De acordo com Francisco Filho, diretor da Unidade de Conservação e Manutenção (DUCM), há uma empresa contratada para fazer o trabalho de controle do avanço da areia constantemente, mas esse trabalho não pôde ser realizado neste final de ano.

“Temos um contrato com uma empresa de locação de máquinas exclusivamente para fazer esse serviço, mas os dois proprietários estão hospitalizados com Covid, por isso não tiveram condições de realizar o trabalho neste final de ano. Já conseguimos outros equipamentos para fazer a desobstrução da via, permitindo o tráfego parcial de veículos”, afirmou o diretor.

Francisco acrescentou que, por conta da grande quantidade de areia que interditou a rodovia, a liberação total levará de 10 a 15 dias. “Vamos começar a tirar a areia, mas é muita areia, por isso irá demorar um pouco”, disse.

A Polícia Militar também está no local para controlar o tráfego, orientar os turistas e fazer o trânsito fluir.


Natanael Souza
[email protected] 

 

Dunas avançam e deixam tráfego lento na PI-116 no litoral do Piauí

Foto: PM

Dunas de areia invadiram na manhã deste sábado (2) um trecho da PI-116, rodovia que dá acesso ao município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí. A Polícia Militar esteve no local para controlar o tráfego de veículos.

"Tivemos um problema ali nesse trecho da PI-116 em virtude de que as dunas avançaram na pista e, momentaneamente, o fluxo de veículos foi interditado naquele local", informou o tenente-coronel Erisvaldo.

Segundo ele, os turistas foram orientados a ter paciência em virtude da situação. O próprio Comando de Policiamento do Litoral providenciou um trator para retirar parte da areia.

"A PM se antecipou juntamente com o BPRE e orientou os condutores de veículos que tivessem paciência, haja vista que a incidência de areia e ventos no local estava muito grande", disse ao Cidadeverde.com.

O fluxo de veículo ainda era lento na tarde deste sábado. "O fluxo está sendo controlado, está ainda lento, pois já tomou toda uma pista e haveria necessidade de mais dias para deixar o trânsito fluir normalmente naquele local", declarou.

Hérlon Moraes
[email protected]

PM usa helicóptero e reforça contingente no litoral até domingo (3) com a Operação Réveillon

Foto: Ccom

A operação Réveillon no Litoral, executada pela Polícia Militar do Piauí, segue mantendo a tranquilidade entre aqueles que decidiram passar a virada de ano na costa piauiense. A PM reforçou o contingente com 88 policiais, para garantir a segurança da região. Até esta quinta-feira (31), segundo a Coordenação-Geral de Operações da corporação, nenhuma ocorrência relevante foi registrada. Por enquanto, os chamados atendidos com maior frequência, estão relacionados a poluição sonora (som alto).

“Trouxemos a Polícia Ambiental justamente para atuar nessas situações e cessar a perturbação do sossego”, explica o coordenador-geral de operações da PM, coronel Raimundo Rodrigues.

O efetivo extra está distribuído entre as cidades de Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia, na localidade Barra Grande. Além da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), estão atuando BPRE, CIPTran, Rocam, BPAM e Batalhão Tático Aéreo (BTAP). O helicóptero permite um patrulhamento mais ágil da orla, além de salvamento.

Do alto, a policia tem fiscalizado também, a invasão de veículos às praias. “Quando há descumprimento, a aeronave se aproxima e o tripulante determina a retirada do veículo da área proibida. Se não for atendido, a equipe por terra é acionada para dar suporte”, acrescenta Rodrigues.

Festas

Segundo o comando de operações especiais, a tropa está preparada para garantir o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção ao contágio pelo coronavírus. Por determinação da prefeitura de Luís Correia, cidade que concentra o maior número de visitantes, os bares e similares fecharão às 18 horas desta quinta-feira (31). A orientação é que o turista se proteja com máscara, álcool em gel e mantenha o distanciamento recomendado.

“É ordem do comando que a PM possa agir de forma urbana com todo cidadão, mas aplicaremos o rigor necessário com aqueles que infringirem a lei”, finalizou Rodrigues.

A Operação Réveillon no Litoral segue até o próximo domingo (3).

Da Redação
[email protected]

Posts anteriores