Cidadeverde.com

PI 116 em Luiz Correia apresenta perigo para usuários devido as chuvas

Foto: Blog do Tiago Mendes

A rodovia PI 116 localizada no trecho urbano de Luiz Correia entre as praias de Atalaia e Coqueiro, a cada nova chuva se torna ainda mais intrafegável. São buracos que aumentam e impedem que veículos transitem em segurança pelo local.

Especificamente no trecho que antecede o SESC Praia, além dos buracos, existe um agravante, a pista tornou-se uma espécie de passagem molhada. É que o acúmulo de águas já atravessou os dois sentidos da pista, com isso, os veículos que passam por lá correm o risco de não concluir a travessia com sucesso.

Foto: Blog do Tiago Mendes

Além dos condutores de veículos, os pedestres também estão sujeitos ao risco, já que precisam colocar os pés na água acumulada, para chegarem a seus destinos.

Nesses locais considerados críticos, não há nenhuma sinalização de que obras estão sendo tocadas para amenizar o problema, nem mesmo as obras paliativas, que diminuiriam os transtornos para a população que passa pelo trecho diariamente.

As praias de Atalaia e Coqueiro são consideradas duas das principais no roteiro turístico do estado do Piauí.

A recuperação da pista é de responsabilidade do DER – PI (Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí), que informou  que o trecho da PI 116 teve sua obra de recuperação autorizada, mas que aguarda o fim do período chuvoso para iniciar.

Foto: Blog do Tiago Mendes

Fonte: Blog do Tiago Mendes

Litoral piauiense tem ressaca e mar fica impróprio para banho, diz Corpo de Bombeiros

O Comandante do Corpo de Bombeiros de Parnaíba, major Rivelino Moura, alerta que o litoral piauiense está impróprio para banho. Nessa quinta-feira (18) ondas atingiram quase todas as barracas da praia da Pedra do Sal, na região Norte do Estado. 

De acordo com o comandante, estão sendo registradas ressacas no mar e, por isso, as marés e as ondas estão mais altas. “A maré está subindo até três metros a mais do que já sobe normalmente. A ressaca está acontecendo em praticamente todo litoral do Estado e o mar está impróprio para banho”, alerta o major. 

Apesar dos riscos para os banhistas, até a manhã desta sexta-feira (19) o Corpo de Bombeiros não registrou episódios de afogamento no litoral. 

Fotos: Corpo de Bombeiros Parnaíba

O comandante alerta que as ondas irão continuar fortes e mais altas durante o feriadão da Semana Santa e é preciso tomar cuidados. 

“O orientação é não entrar no mar nesse dias”, orienta o major Rivelino.  


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Orla da Praia de Atalaia alaga e carros ficam atolados em buracos

As volumosas chuvas que estão sendo registradas em Luís Correia, litoral do Piauí, continuam causando estragos. Nesse domingo (14) a Avenida Teresina, na orla da Praia de Atalaia, ficou alagada e carros ficaram atolados na via. 

Imagens enviadas ao Cidadeverde.com mostram dois carros presos em buracos da Avenida Teresina. Por conta da lama acumulada no trecho, os veículos tiveram que ser removidos do buraco com ajuda de guincho. 

Regina Dourado, moradora da região, conta que a situação da orla “está horrível” e a Avenida Teresina “toda esburacada”. “A orla está abandonada. Toda hora carros caem no buraco”,conta. 

Nas imagens gravadas pelo filho de Regina, vários homens tentam retirar dois carros de um buraco. O autor das imagens chega a ironizar a situação a diz na Avenida Teresina os “carros são como as lanchas”. 

Fotos: João Filho Veloso

O major Rivelino Moura, comandante do Corpo de Bombeiros em Parnaíba, conta que ontem choveu muito em Luís Correia e que as áreas “baixas” da cidade estão alagadas. 

“Vários pontos foram alagados. Ali na orla não tem para onde a água escoar e acaba alagando”, conta.

No início deste mês o município de Luís Correia decretou situação de emergência por conta dos alagamentos. O prefeito Kim do Carangueijo chegou a pedir ajuda dos deputados estaduais.


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Homem é morto com quatro tiros na orla da Atalaia

Um homem identificado por Iranildes Rodrigues da Silva, foi assassinado na noite desse domingo (7) com quatro disparos de arma de fogo na região da cabeça. O crime aconteceu na orla da Praia de Atalaia, em Luís Correia, litoral do Piauí. A vítima é filho do proprietário do Bar 70.

Segundo informações, os suspeitos andavam numa motocicleta Yamaha Factor de placa não anotada, os quais teriam praticado a execução. Após o crime, a dupla empreendeu fuga.

Instituto de Criminalística de Parnaíba realizou a perícia na cena do crime. O Instituto Medicina Legal foi acionado para fazer o recolhimento do corpo para realização da autópsia e posterior liberação para a família realizar os funerais.

A Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR) realiza diligências em busca dos meliantes.

Com informações Portal do Catita

Prefeito de Luís Correia decreta emergência e pede ajuda dos deputados

Foto: Assessoria de Imprensa – Assimp/PMLC.

O prefeito do município de Luís Correia, Kim do Caranguejo, visitou a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). Ele pediu a ajuda dos deputados para socorrer as famílias da cidade que estão desabrigadas. O prefeito decretou estado de emergência no dia 1 de abril. 

O gestor encaminhou ofício à Defesa Civil solicitando ajuda de emergência. "O deputado Themistocles Filho vai nos ajudar na conversa com a Defesa Civil. Pedimos fornecimento de alimentos, medicamentos e colchões. Tudo que possa minimizar o drama das famílias da nossa cidade", afirmou.

"É muito triste a situação de Luís Correia. As fortes chuvas causaram estragos. As famílias estão desabrigadas e a situação é triste. As crianças não podem sair de casa. O Corpo de Bombeiros teve que levar uma canoa para resgatar as famílias afetadas. Algumas famílias ainda resistem", disse. 

O prefeito afirma que um levantamento está sendo feito para anunciar oficialmente o número de famílias desabrigadas. 

"Vamos esperar o levantamento dos Bombeiros. Casas ameaçam desabar. De segunda-feira até hoje já choveu mais de 300 mm em comparação ao ano passado", destacou.


Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com 

Luís Correia deve decretar emergência por conta de alagamentos

Foto: Cidadeverde.com

O município de Luís Correia, a 365 km ao Norte de Teresina, deve decretar nesta quarta-feira (27) situação de emergência por conta das enchentes no litoral. A situação da cidade não está diferente de Parnaíba, muitas áreas como os bairros Cearazinho, Alto do Bonito e Rancho Alegre estão em situação de alagamento por conta das fortes chuvas que se somam ao nível da maré.

A diretora de Meio Ambiente do município, Roseane Galeno, informou ao Cidadeverde.com que a prefeitura está trabalhando com o maquinário municipal levando areia e desobstruindo ruas para auxiliar a população afetada. Em algumas áreas há casos de famílias ilhadas pela água.

 A situação de alagamento é mais grave nas áreas do subúrbio mais baixas próximas às lagoas e na margem do Rio Portinho, que corta a cidade e os bairros Santa Luzia e Nossa Senhora da Conceição.

“Fizemos uma limpeza nos bueiros e na drenagem antes do período chuvoso. Bastante lixo foi retirado dos canais de drenagem que já existiam. Durante a chuva eles estão drenando naturalmente mas quando a maré está alta encontra dificuldade”, explicou a diretora de Meio Ambiente

Ainda de acordo com a diretora municipal, a emissão do decreto auxilia o poder público na contratação de serviços em caráter emergencial. “Precisamos em caráter de urgência contratar carros-pipa e de serviços para amparar as famílias em risco. Com o decreto poderemos fazer as coisas mais rápido, dispensa de licitação”, informou Roseane. A prefeitura possui carros-pipa mas com destinação para transporte de água potável para localidades da cidade.

Valmir Macêdo (Especial para Cidadeverde.com)
redacao@cidadeverde.com

Homem é preso acusado de furtar quadriciclo em Luís Correia

Um jovem, residente no bairro Coqueiro da Praia em Luís Correia, litoral do Piauí, foi detido no final da noite deste domingo (17) suspeito de furtar um quadriciclo de casa de veraneio de Paulo de Tarso de Moraes Souza, irmão do prefeito de Parnaíba, Mão Santa.

Segundo informações, o suspeito entrou na casa que fica localizada no bairro Coqueiro e arrebentou o cadeado que segurava a corrente ao quadriciclo.

Ao notar o furto, o vigia da casa acionou a polícia, que saiu em diligência à procura do quadriciclo furtado. O suspeito foi visto pela equipe de motopatrulhamento da Ciptur em alta velocidade nas areias da praia do Coqueiro.

Houve perseguição e o suspeito acabou sendo alcançado pelas motos da Ciptur. Recebeu a ordem de prisão e foi conduzido à Central de Flagrantes em Parnaíba.

O suspeito contou ao delegado Maikon Kaestner, que arrebentou o cadeado da corrente que segurava o quadriciclo, fez a ligação direta e o furtou para dar uma volta, e que depois abandonaria o quadriciclo.

Fonte: Costa Norte

Crimes de furtos lideraram número de ocorrências durante o Carnaval em Luís Correia

(Foto: SSP: Divulgação)

Crimes de furto lideraram as ocorrências policiais em Luís Correia, cidade turística no litoral do Piauí, durante os quatro dias de Carnaval. No período foram registrados 86 boletins de ocorrência, sendo 45,35% relacionados a furtos de celulares, entre outros objetos. 

“Repetindo os anos anteriores, o Carnaval no litoral foi marcado pela ordem, seguiu de forma tranquila e pacífica. No ano passado não tivemos nenhuma morte e neste ano também não ocorreu nenhum registro de crime violento”, relatou o major Audivam Nunes, coordenador do Centro Integrado de Segurança Pública. 

Durante o Carnaval foram registradas 19 ocorrências por perda ou extravio de documento, oito boletins de ameaça, cinco colisão sem vítimas e dois roubos. Nas praias de Cajueiro da Praia e Coqueiro, 11 pessoas registraram queixa-crime por perturbação do sossego. 

O Centro Integrado de Segurança funcionou durante 24 horas, com apoio de 250 policiais militares, policiais civis e do Corpo de Bombeiros durante o período de festas, reforçando o efetivo de 100 PMs do 2º Batalhão e da Ciptur. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Bombeiros não registram ressacas do mar e orientam banhistas

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O Corpo de Bombeiros (CBM) informou que até o momento não registrou nenhuma intercorrência grave no litoral piauiense, como desaparecimento de crianças, mortes e ressaca no mar. De acordo com o Tenente do CBM, Everton Almeida, o trabalho nas praias tem sido de orientação aos banhistas. Na última semana, a Capitania dos Portos soltou um alerta para possíveis ondas de três metros de altura. A expectativa é de que a partir deste domingo o fluxo de turistas aumente no litoral.

A Secretaria Estadual de Segurança também informou, neste domingo (03), que o "Centro Integrado de Segurança Pública segue monitorando a orla das praias no litoral piauiense durante a Operação Carnaval 2019. Viaturas da Polícia Militar estão em patrulha permanente". 

“Estamos com nossas equipes preparadas da Pedra do Sal a Barra Grande, com plataformas elevadas e percorrendo a orla. O que temos até agora são pessoas que excedem um pouco a mais com a bebida alcoólica e se aventuram no mar. Monitoramos e pedimos para que retornem à segurança da praia”, declarou Almeida. 
 

Carlienne Carpaso
Com informações da SSP
carliene@cidadeverde.com 

1º dia de Carnaval é considerado tranquilo em Luís Correia

(Foto: Divulgação SSP-PI)

O primeiro dia de carnaval em Luís Correia, no litoral do Piauí, foi considerado tranquilo com apenas dois flagrantes por furto e roubo. Na cidade foi montado o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) com policiais civis e militares. 

Ao todo, 250 policiais foram deslocados para Luís Correia que conta ainda com 100 PMs do 2º Batalhão e da Companhia Independente de Policiamento Turístico(Ciptur). Blitzen educativas foram realizadas no trecho entre as praias de Atalaia e Coqueiro, além de outros pontos estratégicos. 

"É um momento em que orientamos sobre o trabalho do CICC e passamos dicas de segurança aos turistas, tanto no cuidado com o trânsito quanto a procedimentos que podem evitar problemas, como identificar as crianças com pulseiras (facilita localização em caso de desaparecimento) e evitar deixar objetos de valor muito à vista ou dentro de veículos", explica o major Audivam Nunes, coordenador do CICC. 

O CICC funciona 24 horas durante o carnaval. No local é possível registrar Boletim de Ocorrência. Abordagens e revistas, combate ao uso de álcool ao volante e crimes ambientais estão sendo realizados de forma preventiva e repressiva. O Corpo de Bombeiros está com bases desde a praia da Pedra do Sal até Barra Grande.

(Foto: Divulgação SSP-PI)

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores