Cidadeverde.com

Limma apresenta projeto de lei de preservação de sementes e mudas crioulas

Foto: Ascom

Durante o Encontro Estadual de Sementes do Programa Sementes do Semiárido, que acontece em Pedro II, o deputado Francisco Limma apresentou o projeto de lei, de sua autoria, que institui a Política de Incentivo aos Bancos Comunitários de Sementes e Mudas tradicionais no Piauí.

“O objetivo do projeto é proteger a biodiversidade e conhecimentos acumulados ao longo dos séculos pelas comunidades de agricultores familiares, assentados da reforma agrária, quilombolas ou indígenas”, explica o deputado.

O projeto prevê instrumentos de incentivo à agricultura familiar e de fortalecimento da agroecologia, como a garantia de que pelo menos 30% das sementes distribuídas pelo governo sejam de sementes crioulas ou nativas, promovendo a preservação das espécies locais e a produção de alimentos saudáveis para a população.

O Encontro, que reuniu representantes de vários municípios do Piauí, é uma ação da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA Brasil), coordenado pelo Centro Regional de Assessoria e Capacitação (Cerac), com o objetivo de avaliar o funcionamento das casas e bancos comunitários de sementes do Estado, apresentar resultados de testes de transgenia e discutir com as organizações parceiras, agricultores e agricultoras, sobre políticas públicas de sementes como estratégias do fortalecimento da Rede de Sementes no Piauí.

Atualmente, existem no estado mais de 200 casas de sementes tradicionais no Piauí para comercialização, com estoque de 2000 kg de sementes, por meio do apoio de entidades como a Fetag, Cáritas e Cerac.

O projeto de lei do banco de sementes e mudas crioulas prevê ainda a criação do selo "Sementes e Mudas da Fartura", legitimando os produtos da agricultura familiar a partir de sementes crioulas e da produção agroecológica.

O projeto do deputado Francisco Limma está em tramitação na Assembleia Legislativa do Piauí, e encontra-se disponível para leitura através do link: http://bit.ly/PLSementesdaFartura.

 

redacao@cidadeverde.com

Em Pedro II, vice-presidente se emociona ao visitar casarão da família

  • Mourao-PedroII-fotos-fontepericles-3.jpg Direitos reservados
  • Mourao-PedroII-fotos-fontepericles-2.jpg Direitos reservados
  • Mourao-PedroII-fotos-fontepericles-1.jpg Direitos reservados
  • Mourao-PedroII-fotos-fontepericles.jpg Direitos reservados
  • Mourao-PedroII-fotos-editadas.jpg Direitos reservados

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), continua com agenda no Piauí neste sábado(27). Ele seguiu de carro a Pedro II (a 195 km da capital) onde visitou o casarão que pertenceu à sua família e participa de almoço com familiares.

Mourão também foi agraciado com o Título de Cidadania de Pedro II. Ao sair do casarão, ele discursou na rua para a população local que acompanhava o trajeto na cidade. Ele disse que estava muito emocionado em estar na terra natal de seus ancestrais e que era muito alegria e felicidade. 

Ele também esteve na Rádio Imperial, de propriedade de Gerson Mourão e no Memorial Milton Brandão, o Museu da Cidade. 

Segundo apurou o Cidadeverde.com, em todos os momentos se emocionou a ponto de não segurar o choro.

A ida à cidade interiorana foi realizada com reforço de segurança e escoltada por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal, Polícia Militar, além de ambulância e do resgate do Corpo de Bombeiros.

 


Caroline Oliveira e Péricles Mendel
redacao@cidadeverde.com

Mulher fica ferida após raio atingir casa em Pedro II

Uma mulher ficou ferida após sua casa ser atingida por um raio no inicio da noite da última terça feira (12) na localidade Roça dos Pereira, a cerca de 07 km da sede da cidade de Pedro II.

A vítima, Luiza Nascimento Lopes, informou que estava em casa por volta das 18h, acompanhada do marido e seus três filhos quando viu o clarão e o ouviu o barulho do raio que teria atingido a parede da casa.

Luiza disse ainda que a cerâmica da parede foi arrancada pelo raio, jogando estilhaços que atingiram a mesma, que sofreu vários cortes pelo corpo.

Dona Luiza teve que ser levada para o hospital municipal Josefina Gentirana, onde recebeu atendimento, retornando na manhã dessa quarta (13) para fazer um raio X, para saber se houve alguma fratura.

Ela disse que vizinhos informaram ter visto o raio atingindo uma cerca próximo a residência e que teria percorrido até chegar a casa.

 Fonte: FM Imperial

Governador autoriza implantação de projeto de horticultura inédito em Pedro II

O governador Wellington Dias autorizou, nesta segunda-feira (11), a retomada do Vida no Sertão no município de Pedro II, um projeto piloto inédito no país referente ao cultivo de hortaliças. O projeto chegará à comunidade Tapera dos Vital para utilizar a técnica de aeroponia, que permite o melhor aproveitamento de espaço e a economia de água.

Na aeroponia as plantas são cultivadas suspensas no ar, tendo como sustentação canos de PVC que podem ser dispostos no sentido horizontal ou vertical. Isso permite um melhor aproveitamento de áreas e a instalação de um número maior de plantas por metro quadrado de superfície da estufa, obtendo-se, assim, um aumento direto de produtividade.

O projeto será desenvolvido de forma conjunta pela Associação Tapera em parceria com a Modena Terzo Mondo (Modena Terceiro Mundo), Prefeitura de Pedro II e Governo do Estado do Piauí. “Assino hoje a retomada de um projeto importante para colocar o Piauí numa nova vertente, que é a de produtos orgânicos. A aeroponia facilita o manejo e amplia a produtividade. Por meio desse sistema conseguiremos gerar emprego e renda na zona rural e proporcionar a melhoria da qualidade de vida dos agricultores”, destacou Wellington Dias.

O objetivo é oportunizar o acesso à tecnologia de produção de alimentos, por meio da aeroponia para a produção de frutas, verduras, legumes e ervas através da gestão de recursos hídricos, uso de energia renovável e autogestão coletiva do sistema de produção. “Umas das maiores vantagens do projeto é a possibilidade de economizar a água que que seria usada em sistemas comuns. Outro ponto é que muitas hortaliças e verduras vem de fora do Piauí e agora poderão ser produzidas aqui. É mais qualidade no consumo de alimentos”, atentou o presidente da Associação Moderna Terceiro Mundo, Luca Mucci.

Já estão destinados para o Vida no Sertão emendas do deputado Assis Carvalho e da vice-governadora, Regina Sousa. Mais de R$2 milhões serão investidos no projeto para beneficiar 200 famílias de agricultores do município de Pedro II e região. “Com a geração de emprego e renda será possível a permanência do homem jovem no campo, evitando o êxodo rural. Isso traz o desenvolvimento e fortalecimento da agricultura familiar”, disse a presidente da Associação Tapera dos Vital, Roseane Jetirane.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Conselho Municipal de Meio Ambiente com dos donos de postos de lavagem

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAPE) realizou uma segunda reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Pedro II em 2019. O principal ponto em discussão foi sobre os cuidados com a infraestrutura dos postos de lavagem de veículos, para garantir que não haja poluição ao meio ambiente.

Participaram o secretário de Meio Ambiente, João Batista Martins Júnior; conselheiros municipais de meio ambiente, instituições e populares.

O secretário João Batista reforçou que o município vai sempre procurar esse diálogo com a sociedade, empresários, comerciantes e empreendedores em geral, a fim de manter o equilíbrio econômico e ecológico. "Vamos nos manter firmes e fortes cumprindo a legislação ambiental, mas, claro, sempre buscando o diálogo e a compreensão com os empreendimentos e empresários. Porque todos têm o direito de trabalhar em seus negócios, desde que respeitem o meio ambiente”, ressalta.

Durante o encontro foram colocadas as principais informações pertinentes à legislação local no tocante às normas ambientais que devem ser orientadas e obedecidas pelos estabelecimentos que gerem efluentes, de forma que não haja poluição ao meio ambiente.

“Como cabe ao SOS Rio Corrente e sabendo que nosso município tem leis que combatem a devastação ao meio ambiente, propomos sempre ao Conselho reuniões sobre esse fato para que possamos notificar essas pessoas, chamá-las para conversar, para que elas se adequem à lei e construam instrumentos para que possam cuidar do meio ambiente e seguir as resoluções”, explica a representante do Conselho Municipal e membro da entidade SOS Rio Corrente, professora Daniele Nascimento.

Entre as exigências na resolução, a professora Daniele Nascimento também pontuou a construção de caixas de separação de óleo e água para que o tratamento desses resíduos seja mais completo e causem menos danos ambientais. 

 

cidades@cidadeverde.com

Enfermagem de Hospital Maternidade de Pedro II realiza capacitação

 Fotos: Eudes Martins 

Para garantir um melhor atendimento, a segurança dos profissionais de saúde e de todos os pacientes, o setor de Enfermagem do Hospital Maternidade Josefina Getirana Netta (HMJGN) realizou, nesse sábado (12), a primeira capacitação do ano para enfermeiros e técnicos de Enfermagem da instituição.

A capacitação teve como objetivo reforçar a importância da higienização das mãos, principalmente durante a execução dos trabalhos, com a divulgação dos protocolos de saúde que são recomendados pelo Núcleo de Segurança do Paciente e material informativo.

Para o gerente do setor de Enfermagem do Hospital Maternidade Josefina Getirana Netta, Fernando Leopoldo, o encontro foi fundamental, pois a capacitação é a melhor forma de aprimorar a assistência na saúde.

“O encontro com os profissionais de saúde do Hospital Josefina Getirana foi fundamental para uma melhor interação entre todos e, consequentemente, para aprimorar o conhecimento dos mesmos. Dessa forma, qualifica o trabalho em equipe e a assistência na saúde”, acrescenta Fernando Leopoldo.

No próximo mês, em fevereiro, acontecerá capacitação abordando outros temas da Saúde, com a finalidade de qualificar os profissionais e aperfeiçoar o serviço na saúde pública de Pedro II.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Tesoureiro é rendido por quadrilha e família levada refém em assalto ao Bradesco

(Foto: Reprodução/ FM Imperial)

O tesoureiro do Bradesco da cidade de Pedro II, a 195 km de Teresina, foi vítima da ação de criminosos na manhã desta sexta-feira (16). Ele, a esposa e os dois filhos de 4 e 7 anos de idade foram abordados por três bandidos que se dividiram com a família. Um deles ficou com a mulher e as crianças e o restante foi com o tesoureiro até o banco para obrigá-lo a entregar o dinheiro. 

"Por volta das 7h30, ele saiu de casa com a família para deixar os filhos no colégio e foi interceptado. Levaram a esposa e os filhos dele para um matagal e seguiram com ele para o banco. A modalidade é conhecida como sapatinho que se caracteriza quando o bando pega a família para obrigar a pessoa do banco a tirar o dinheiro", explica o tenente-coronel Erisvaldo Viana, comandante da Polícia Militar de Piripiri.

Sob a mira de revólver e ameaças, o tesoureiro foi obrigado a abrir um dos cofres do banco e entregar R$ 50 mil para os assaltantes. 

"Quatro pessoas participaram da ação. Todos os assaltantes estavam armados, mas não dispararam. Em seguida eles fugiram em um carro Honda Fit de cor chumbo”, completa o coronel Raimundo Sousa, gerente de Policiamento do Norte ao Cidadeverde.com. 

Após a entrega do dinheiro, o tesoureiro foi liberado em Pedro II e a família na cidade de Piripiri, a cerca de 50 km do município.

"A mulher contou que disseram pra manter a calma, que não iam fazer nada com ninguém e que quando conseguisse o dinheiro seriam liberados", acrescenta o comandante de Piripiri. 

A PM acredita que os criminosos sejam do estado do Ceará. 

 

Izabella Pimentel e Graciane Sousa
redacao@cidadeverde.com

Mulher é morta a facadas na frente dos filhos em Pedro II

Foto: FMImperial

A mulher identificada como Maria Maura Pereira de Sousa, de 27 anos, foi morta com três facadas pelo companheiro em Pedro II, município a 195 km de  Teresina. Segundo o delegado Adalberto Paulo de Castro, o crime foi cometido no início da tarde desta sexta-feira (5) na frente dos nove filhos.

"O companheiro matou ela por volta das 13h na frente dos nove filhos. Eles brigaram e ele pegou a faca e desferiu três facadas sendo uma única mortal no abdômen da mulher", relatou o delegado.

O crime ocorreu na zona Urbana da cidade e o suspeito, conhecido na região apenas como "mudinho", fugiu logo após o crime. Os vizinhos chegaram a acionar o Samu e Maura foi levada para o hospital  Josefina Getirana Neta, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Ainda segundo o delegado, há cerca de um mês, Maura havia denunciado o crime de violência doméstica e tinha conseguido uma medida protetiva contra o companheiro que estava proibido de se aproximar e de manter contato com ela.

"Abrimos um inquérito após a denúncia, mas segundo informações ele descumpriu a medida inúmeras vezes", completou o delegado.

O filho mais felho de Maura tem somente 14 anos e todos estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar do município.

 

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

No Piauí, 17 pessoas morreram em acidentes de trabalho em 2018

A auditoria fiscal do trabalho registrou 17 mortes em 16 acidentes de trabalho no Piauí em 2018. Os casos mais recentes ocorreram nesta semana em uma olaria na cidade de Pedro II, no interior do estado, que deve ser interditada.

"Nós temos essa competência de fiscalizar quando acontece um acidente de trabalho para que diante disso sejam tomadas as devidas providências. Geralmente, quando acontecem acidentes graves e fatais, o estabelecimento é interditado para que não volte acontecer um acidente de trabalho", explica Flávia Lorena, auditora fiscal do trabalho.

Dos óbitos registrados este ano, até o momento, três foram decorrentes de queda de altura, dois com máquina automotriz, um por explosão e cinco por choque elétrico, uma por violência física em vigilância, três em acidentes de trânsito e dois em soterramentos, estes últimos, vitimaram Antônio Eliésio Barbosa de Sousa e Cileide Cavalcante de Oliveira, que estavam fazendo a limpeza na olaria quando ocorreu um desmoronamento e os dois morreram por asfixia.

 

Graciane Sousa
Com informações Notícia da Manhã
redacao@cidadeverde.com

MPT vai investigar soterramento de trabalhadores em olaria de Pedro II

Foto: FM Imperial

O Ministério Público do Trabalho (MPT) no Piauí informou, na tarde desta terça-feira (18), que vai investigar o soterramento de duas pessoas em uma olaria na cidade de Pedro II, na tarde de segunda-feira. O órgão vai solicitar ao SAMU e ao Hospital Josefina Geritana, informações sobre as vítimas.

"Após obter os nomes dos trabalhadores vitimados, a coordenadora Regional da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat), Maria Elena Rêgo, irá instaurar um Inquérito Civil para apurar as responsabilidades", informou o MPT em nota.

O soterramento ocorreu na localidade Corrente, em Pedro II. Segundo o delegado Adalberto Paulo de Castro, titular do município, a estrutura da olaria era antiga. Ele solicitou uma perícia de engenharia para identificar as causas do desmoronamento.  A perícia constatou que as mortes ocorreram por asfixia no soterramento. 

As duas vítimas foram identificadas como Antonio Eliesio Barbosa de Sousa e Cileide Cavalcante de Olivera, que estariam fazendo uma limpeza no local. 

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Posts anteriores