Cidadeverde.com

Tesoureiro é rendido por quadrilha e família levada refém em assalto ao Bradesco

(Foto: Reprodução/ FM Imperial)

O tesoureiro do Bradesco da cidade de Pedro II, a 195 km de Teresina, foi vítima da ação de criminosos na manhã desta sexta-feira (16). Ele, a esposa e os dois filhos de 4 e 7 anos de idade foram abordados por três bandidos que se dividiram com a família. Um deles ficou com a mulher e as crianças e o restante foi com o tesoureiro até o banco para obrigá-lo a entregar o dinheiro. 

"Por volta das 7h30, ele saiu de casa com a família para deixar os filhos no colégio e foi interceptado. Levaram a esposa e os filhos dele para um matagal e seguiram com ele para o banco. A modalidade é conhecida como sapatinho que se caracteriza quando o bando pega a família para obrigar a pessoa do banco a tirar o dinheiro", explica o tenente-coronel Erisvaldo Viana, comandante da Polícia Militar de Piripiri.

Sob a mira de revólver e ameaças, o tesoureiro foi obrigado a abrir um dos cofres do banco e entregar R$ 50 mil para os assaltantes. 

"Quatro pessoas participaram da ação. Todos os assaltantes estavam armados, mas não dispararam. Em seguida eles fugiram em um carro Honda Fit de cor chumbo”, completa o coronel Raimundo Sousa, gerente de Policiamento do Norte ao Cidadeverde.com. 

Após a entrega do dinheiro, o tesoureiro foi liberado em Pedro II e a família na cidade de Piripiri, a cerca de 50 km do município.

"A mulher contou que disseram pra manter a calma, que não iam fazer nada com ninguém e que quando conseguisse o dinheiro seriam liberados", acrescenta o comandante de Piripiri. 

A PM acredita que os criminosos sejam do estado do Ceará. 

 

Izabella Pimentel e Graciane Sousa
redacao@cidadeverde.com

Mulher é morta a facadas na frente dos filhos em Pedro II

Foto: FMImperial

A mulher identificada como Maria Maura Pereira de Sousa, de 27 anos, foi morta com três facadas pelo companheiro em Pedro II, município a 195 km de  Teresina. Segundo o delegado Adalberto Paulo de Castro, o crime foi cometido no início da tarde desta sexta-feira (5) na frente dos nove filhos.

"O companheiro matou ela por volta das 13h na frente dos nove filhos. Eles brigaram e ele pegou a faca e desferiu três facadas sendo uma única mortal no abdômen da mulher", relatou o delegado.

O crime ocorreu na zona Urbana da cidade e o suspeito, conhecido na região apenas como "mudinho", fugiu logo após o crime. Os vizinhos chegaram a acionar o Samu e Maura foi levada para o hospital  Josefina Getirana Neta, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Ainda segundo o delegado, há cerca de um mês, Maura havia denunciado o crime de violência doméstica e tinha conseguido uma medida protetiva contra o companheiro que estava proibido de se aproximar e de manter contato com ela.

"Abrimos um inquérito após a denúncia, mas segundo informações ele descumpriu a medida inúmeras vezes", completou o delegado.

O filho mais felho de Maura tem somente 14 anos e todos estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar do município.

 

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

No Piauí, 17 pessoas morreram em acidentes de trabalho em 2018

A auditoria fiscal do trabalho registrou 17 mortes em 16 acidentes de trabalho no Piauí em 2018. Os casos mais recentes ocorreram nesta semana em uma olaria na cidade de Pedro II, no interior do estado, que deve ser interditada.

"Nós temos essa competência de fiscalizar quando acontece um acidente de trabalho para que diante disso sejam tomadas as devidas providências. Geralmente, quando acontecem acidentes graves e fatais, o estabelecimento é interditado para que não volte acontecer um acidente de trabalho", explica Flávia Lorena, auditora fiscal do trabalho.

Dos óbitos registrados este ano, até o momento, três foram decorrentes de queda de altura, dois com máquina automotriz, um por explosão e cinco por choque elétrico, uma por violência física em vigilância, três em acidentes de trânsito e dois em soterramentos, estes últimos, vitimaram Antônio Eliésio Barbosa de Sousa e Cileide Cavalcante de Oliveira, que estavam fazendo a limpeza na olaria quando ocorreu um desmoronamento e os dois morreram por asfixia.

 

Graciane Sousa
Com informações Notícia da Manhã
redacao@cidadeverde.com

MPT vai investigar soterramento de trabalhadores em olaria de Pedro II

Foto: FM Imperial

O Ministério Público do Trabalho (MPT) no Piauí informou, na tarde desta terça-feira (18), que vai investigar o soterramento de duas pessoas em uma olaria na cidade de Pedro II, na tarde de segunda-feira. O órgão vai solicitar ao SAMU e ao Hospital Josefina Geritana, informações sobre as vítimas.

"Após obter os nomes dos trabalhadores vitimados, a coordenadora Regional da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat), Maria Elena Rêgo, irá instaurar um Inquérito Civil para apurar as responsabilidades", informou o MPT em nota.

O soterramento ocorreu na localidade Corrente, em Pedro II. Segundo o delegado Adalberto Paulo de Castro, titular do município, a estrutura da olaria era antiga. Ele solicitou uma perícia de engenharia para identificar as causas do desmoronamento.  A perícia constatou que as mortes ocorreram por asfixia no soterramento. 

As duas vítimas foram identificadas como Antonio Eliesio Barbosa de Sousa e Cileide Cavalcante de Olivera, que estariam fazendo uma limpeza no local. 

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Duas pessoas morrem soterradas com desabamento de olaria

Fotos: FM Imperial

Atualizada às 10h16

Duas pessoas morreram soterradas na zona rural de Pedro II (a 195 km de Teresina) na tarde desta segunda-feira(17). Elas estavam dentro de uma olaria quando a estrutura do local cedeu. As mortes ocorreram na localidade Corrente, por volta das 15h30. 

A informação foi dada pelo delegado Adalberto Paulo de Castro, titular de Pedro II, que está em diligência nesta manhã. Ele disse que a estrutura do local era antiga e solicitou uma perícia de engenharia para identificar as causas do desmoronamento.  A perícia constatou que as mortes ocorreram por asfixia no soterramento. 

"A perícia deve detectar fragilidades na estrutura, que talvez não poderia estar operando. Mas só eles poderão dar uma melhor informação. Devem estar a caminho daqui", afirmou o delegado.

De acordo com a rádio FM Imperial, as duas vítimas foram identificadas como Antonio Eliesio Barbosa de Sousa e Cileide Cavalcante de Olivera, que estariam fazendo uma limpeza no local. 

O corpo de Antônio teria sido retirado por populares e levado ao Hospital Josefina Geritana por uma ambulância do Samu, já o corpo de Cileide só teria sido encontrado com o auxílio de um trator que retirou parte dos escombros. 

 


Caroline Oliveira 
Com informações da rádio FM Imperial
redacao@cidadeverde.com

Pedro II: Assaltantes mantém família em cárcere e põem explosivos em filha

A família do tesoureiro do Banco do Brasil, Carlos Eduardo, foi mantida em cárcere privado nessa sexta-feira (19) no município de Pedro II, enquanto seis assaltantes fizeram com que o funcionário sacasse cerca de R$ 300 mil da agência do BB na cidade. Os suspeitos colocaram uma cinta com explosivos na filha do funcionário, de 4 anos, como forma de ameaça-lo a retirar o dinheiro no Banco.

As informações foram repassadas pelo Comando da Polícia Militar da cidade nesta sábado (19), que informou que foi realizado um delito na modalidade conhecida como 'sapatinho', em que vítimas são geralmente são feitas reféns, ameaçadas e coagidas a entregar dinheiro aos bandidos. 

De acordo com o Comando, os assaltantes invadiram por volta das 7h a residência do tesoureiro e fizeram ele, sua esposa e seus dois filhos reféns, mostrando-lhes armas dentro da caminhonete que estavam ultilizando. Carlos Eduardo relatou à polícia que viu quatro ou cinco armas longas, semelhantes a fuzis. 

Depois disso, fizeram com que Carlos Eduardo fosse à agência por volta de 8h, sacasse o dinheiro, entregasse aos bandidos e voltasse à agência enquanto sua família ainda era feita de refém. Carlos Eduardo sacou o valor de três caixas eletrônicos e saiu em direção a estrada que liga Pedro II a Piripiri,  nas proximidades da entrada de Lagoa do Sucuruju, como foi orientado. 

Ainda segundo as informações do Comando, por volta das 9h45, a polícia recebeu uma ligação do gerente do BB de Pedro II, identificado apenas como Rubens, informando que o tesoureiro da agência provavelmente estava sofrendo um sequestro com membros de sua família. Os policiais se deslocaram ao Banco por volta das 9h50 e encontraram o gerente da agência na porta, que informou que não estava conseguindo entrar em contato com seu tesoureiro. Segundo informações dos vigilantes, Carlos Eduardo saiu da agência em atitude suspeita com uma caixa de correspondência em sua posse, fato contrário a determinação da segurança institucional.

Neste momento, o gerente conseguiu falar com o tesoureiro Carlos, que lhe falou que já estava voltando para a agência. Então, por volta das 10h20, o tesoureiro chegou e informou tudo que havia acontecido, afirmando que os elementos pareciam calmos, porém ameaçavam a todo instante de matar sua família. Carlos Eduardo contou que foi obrigado a ir ao BB e voltar com todo o dinheiro do cofre.

Os bandidos disseram que após entregar o dinheiro, sua família seria liberada na estrada, com de fato aconteceu. Depois de entregar o dinheiro e os homens saírem com sua esposa e a filha, por volta das 12h20, elas foram liberadas nas proximidades do sítio Fazenda Real, zona rural de Teresina. 

A Greco está em Pedro II colhendo informações de todos os funcionários do BB e até o momento, nenhum suspeito foi preso.


Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Família de funcionário de banco é sequestrada e bandidos roubam R$ 300 mil

A esposa, identificada apenas como Francília, e a filha do tesoureiro do Banco do Brasil do município de Pedro II foram encontradas sem ferimentos na manhã desta sexta-feira (18), após terem terem sido sequestradas no município. As duas haviam sido levadas de carro por seis homens depois de um roubo que eles realizaram à agência do BB da cidade.

A polícia militar informou que os bandidos conseguiram levar do Banco em torno de R$ 300 mil e que o crime ocorrido hoje com a família do tesoureiro, o qual não identificou, foi na modalidade conhecida como ‘sapatinho’. Neste tipo de delito, os criminosos, através de coação, sequestram parentes de uma determinada pessoa - no caso, o funcionário do Banco-, e ameaçam matar as vítimas como forma de pressionar o parente a liberar dinheiro para os bandidos.

De acordo com o coronel Sousa, comandante do Comando Meio Norte, seis homens em uma caminhonete abordaram a família hoje pela manhã quando eles estavam saindo de casa, e acabaram sequestrando Francília, um filho de dois anos, uma filha e o tesoureiro.

“Eles renderam todos, levaram de carro e ficaram com eles na Hilux. Aí um dos bandidos foi no banco com o tesoureiro e fez com que ele sacasse o dinheiro. Depois que eles terminaram a ação, os bandidos soltaram o funcionário do banco e o filho de dois anos. Como garantia para que não entregassem os bandidos, eles levaram a mãe e a outra filha, e só liberaram elas cerca de 45 minutos depois”, explicou Sousa sobre como aconteceu todo o crime. 

O agente Jean Carlos, da PRF de Pedro II, confirmou que Francília e a filha foram encontradas sem ferimentos e pareciam bem. Jean Carlos disse que depois de mãe e filha terem sido deixadas próximo à Usina Santana, pegaram uma carona e foram levadas até próximo à sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PI), em Teresina.  

“Elas foram encontrada sim, e agora depois foram levadas a Greco, onde prestaram depoimentos”, disse Jean Carlos.

A polícia segue em busca dos sequestradores. Até o momento, nenhum foi encontrado.

 

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Ligação anônima leva Polícia até corpo enterrado em rodovia do Piauí

Foto: PiripiriRepórter

Uma ligação anônima levou a Polícia até o corpo do homem identificado como Wager Alves dos Santos, conhecido como Nego Wagner. O corpo estava enterrado as margens da rodovia PI 216 próximo ao matadouro público do município de Pedro II, distante 195 km de Teresina.

A ligação informava que um cadáver estaria no local onde foi encontrada uma cova. Foi preciso um trabalho de escavação para localizar o corpo.

Segundo a Polícia o homem foi enterrado de cabeça para baixo e havia sangue espalhado do lado de fora da cova. Ele estava com um cinto envolvendo o pescoço, vestia calça jeans azul e camisa preta listrada.

Em contato como Cidadeverde.com o delegado Adalberto Paulo de Csstro confirma que "Nego Wagner" é conhecido da Polícia e responde por outros crimes. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.

Foto: FM Imperial

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Governo vai oferecer internet gratuita durante Festival de Inverno de Pedro II

Durante audiência com o prefeito de Pedro II, Alvimar Martins, o diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), Avelyno Medeiros, ajustou os ponteiros da parceria do Governo do Piauí com a prefeitura do município que vai levar sinal de internet livre ao Festival de Inverno de 2018. O serviço, que será disponibilizado para uso do público do evento, vai contemplar três praças da cidade.
 
Pedro II está localizada a 166 quilômetros de Teresina. A 15º edição do Festival de Inverno será de 31 de maio a 3 de junho. Os locais que receberão a internet livre do projeto Piauí Conectado serão a Praça Deputado Manoel Nogueira Lima, também conhecida como Praça da Bonelle, onde se apresentam as principais atrações do evento no Palco Opala; a Praça Domingos Mourão Filho, Praça da Matriz, onde fica o Palco Gritador e a Feira do Sebrae; e ainda a Praça do Recanto, dedicada ao público do jazz e blues.
 
“Em 2017, o Governo do Estado, por meio da ATI, participou do Festival de Inverno instalando pontos livres de acesso à internet. Este ano, a meta do governo é ampliar os links de conectividade para que milhares de pessoas, especialmente turistas, possam divulgar o festival e o Piauí para todo o mundo por essa rede de conexão”, conta Avelyno Medeiros.
 
O prefeito da cidade conta que o pedido por internet durante o evento é uma demanda do próprio público. “Isso [instalação da internet] faz com que o turista se sinta melhor atendido. Esse trabalho que vem sendo realizado é de qualidade e traz um conforto ao turista. O Festival de Inverno de Pedro II tem se destacado tanto no Piauí como em outros estados, é um festival reconhecido internacionalmente. Estamos nesse momento trabalhando com os órgãos do governo, prefeitura municipal e uma equipe do Sebrae para que possamos dar um melhor atendimento ao público”, finaliza o gestor.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Hospital de Pedro II promove mutirões de ultrassonografia

Foto: Ascom/Pedro II

A Prefeitura de Pedro II, através do Hospital Maternidade Josefina Getirana Netta, segue realizando mutirões de exames de ultrassonografia para as pacientes. A atividade tem como objetivo agilizar a precisão do diagnóstico de algumas patologias e faz parte do acompanhamento do pré-natal das gestantes. 

Nessa semana, vinte pacientes receberam atendimento, entre eles dez gestantes e os demais na investigação de algumas patologias. De acordo com o médico Tharcero Monteiro, que está à frente da realização dos exames, os mutirões são de suma importância para diagnosticar precocemente algumas doenças nas pacientes e no acompanhamento do pré-natal das gestantes . 

A diretora do Hospital Maternidade Josefina Getirana Netta, Lucimeire Pacífico, ressalta  a importância das ações dos mutirões de ultrassonografia e o apoio do prefeito Alvimar Martins ao hospital e à saúde do município. 

“Nossos usuários contam com o serviço de excelência. Além desses mutirões semanais de ultrassonografias, contamos, ainda, com médicos todos os dias 24h, consultas ambulatoriais, urgência, internação, consultas com médicos especialistas, como dermatologista, obstetra, pediatra, exames de eletrocardiograma, raio-x, colocação de gesso, além de cirurgias diversas, como parto normal e cesariana, dentre outros”, explica a diretora.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores