Cidadeverde.com

Bandidos derrubam mulher de moto para roubar veículo

Um trio armado derrubou uma mulher de uma moto para roubar seu veículo em Floriano, município a 244 km de Teresina.  Identificada apenas como J.C.R. ela foi abordada por volta das 23h deste sábado na rua Comandante Oliveira.

"Ela estava passando na rua quando eles apareceram com uma arma, apontaram para ela, que tentou se desvencilhar deles e eles puxaram a moto de forma agressiva e ela acabou caindo do veículo", explicou o comandante do 3º BPM em Floriano, major Inaldo Barros.

A Polícia realizou diligências para tentar localizar os suspeitos mas ninguém foi preso até o momento.

Armas apreendidas

A PM de Floriano também apreendeu armas durante abordagem a uma casa no bairro Nossa Senhora da Guia. De acordo com o comandante, o espaço foi fechado e os bandidos abandonaram dois revólveres e uma quantidade não divulgada de drogas no momento da abordagem.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Joel Rodrigues trata sobre obras de mobilidade e ampliação do Hospital Tibério Nunes

O prefeito Joel Rodrigues, o secretário, James Rodrigues e o deputado Estadual eleito, Dr. Francisco Costa, participaram de uma série de reuniões, em Teresina, nos últimos dois dias, para tratar sobre projetos, com recursos assegurados, que estão em fase final de análise. Nesta terça-feira (09), o primeiro encontro foi com a equipe da Positiva, empresa que acompanha o andamento dos projetos de Floriano, para tratar dos recursos, junto ao Ministério da Saúde, direcionados para Floriano. Ficou confirmado que alguma obras já estão com recursos empenhados, como é o caso de UBS, CAPS AD III e aquisição de equipamentos, aguardando a liberação dos recursos.

Outro encontro, foi na sede da Caixa Econômica Federal, em Teresina, na GIGOV, a Gerência Executiva de Governo, com os servidores Marcelo Diniz e Marcelo Basílio,  e o secretário de Governo de Floriano, James Rodrigues, para solicitar, no mais curto espaço de tempo possível, a autorização de início do procedimento licitatório das obras de 10 km pavimentação asfáltica, dos recursos do Ministério das Cidades, no chamado “checão”, conquistados através do senador Ciro Nogueira. Uma nova reunião ficou marcada para a publicação do edital no próximo dia 22 de outubro. Também foram discutidas as novas obras de 10 mil metros quadrados de calçamento, uma ação do deputado Mainha.

Já nesta quarta-feira (10), o prefeito Joel, acompanhado do Dr. Francisco Costa, ex-secretário de Estado e deputado Estadual eleito, participou de reunião na GIGOV, da Caixa Econômica Federal, em Teresina, para tratar sobre a obra de reforma e ampliação do Hospital Regional Tibério Nunes, de Floriano, que já tem recursos federais, na ordem de 10 milhões e meio de reais, e, ainda, contrapartida de 5 milhões de reais do governo do Estado, ambos já assegurados, para esta etapa da obra, que prevê a reforma e ampliação do setor de Urgência do HRTN e ampliação, com a construção de mais 70 leitos, em uma área térrea e em dois pavimentos.

A Caixa Econômica prevê que a primeira análise do projeto seja concluída até o fim deste mês de outubro, e se houver pendências no mesmo, a equipe do projeto executivo fará a análise para que, dentro da perspectiva da CEF, o projeto seja aprovado, até o final deste ano, e, a assim, seguir para a fase de licitação. “O nosso desejo, de acordo com o andamento desta parte formal, é de iniciarmos esta importante obra ainda no primeiro semestre de 2019”, disse Joel.

Ainda, nesta quarta-feira, o prefeito Joel e o Dr. Francisco Costa, participaram de reuniões, com a secretária de Governo do Piauí, Ariane Benigno e na secretaria de Estado dos Transportes, SETRANS, com o engenheiro Osvaldo, acompanhando de perto o andamento das obras de asfalto (15 km) e de calçamento, que eram 33 mil metros quadrados, mas com a confirmação de mais 10 mil metros quadrados, somam 43 mil metros quadrados de pavimentação poliédrica. “Tivemos a garantia dos investimentos e o seguimento dessas obras de mobilidade importantes, que já estão em andamento e a ampliação do projeto do calçamento”, explicou Joel.

Fonte: Ascom

 

Força Tática cumpre mandado de prisão preventiva em Floriano

Na manhã desta quarta-feira (10), uma equipe Força Tática do 3°BPM de Floriano, em apoio a policiais Civis do Distrito Federal fizeram o cerco a uma residência no Conjunto Habitacional Zé Pereira, onde obtiveram êxito em dar cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de Aleno Jorge Eufrásio da Silva, 40 anos. 

Contra o mesmo pesa a acusação de dois homicídios e uma tentativa de homicídio na cidade de Brasília-DF.

Após o cumprimento do mandado, ocorrido por volta das 09h30 na Quadra D, Aleno Jorge foi encaminhado para a Delegacia Regional de Floriano para os procedimentos de Polícia Judiciaria de praxe.

Fonte: Florianonews

Secretaria de Assistência Social realiza comemoração ao Dia do Idoso

Nesta manhã de terça-feira (02) a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social promoveu um momento de diversão e confraternização em prol da comemoração ao Dia do Idoso, comemorado nacionalmente em 27 de setembro e internacionalmente no último dia 1º. A celebração aconteceu no Centro de Lazer do SESC. 

Organizado através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo dos CRAS I e II, sediados nos bairros Sambaíba e conjunto Pedro Simplício, o momento contou com um aulão fitness, lanche, sanfoneiro animando os quase 150 idosos que se fizeram presentes, além de aula de hidroginástica, almoço e entrega de lembrancinhas. O evento contou com o apoio de toda a equipe da SEMDAS, assim como a presença do secretário de Comunicação, Nilson Ferreira. 

A secretária de Desenvolvimento e Assistência Social demonstrou sua alegria em participar de mais uma comemoração junto aos idosos assistidos pelos CRAS, destacando a importância de tais momentos para valorizar a vida na terceira idade.

Fonte: Ascom

Prefeitura de Floriano leva abastecimento de água para zona rural

Na tarde desta segunda-feira (01) a Prefeitura de Floriano, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, realizou a inauguração do sistema de abastecimento de água da comunidade Lameiro, localizada na zona rural de Floriano. 

O sistema irá sanar o problema de falta d'água, que já passava por ações paleativas viabilizadas pelo carro- pipa, que diariamente abastecia os moradores da localidade. O sistema é composto por um poço de 152 metros de profundidade e uma caixa-d'água instalada em base de concreto. 

Durante a ocasião estiveram presentes o prefeito Joel Rodrigues, o presidente do Poder Legislativo Maurício Bezerra, os secretários de Desenvolvimento Rural, Assis Carvalho, Infraestrutura, Marcony Allison, assim como demais secretários municipais e moradores da localidade, que foram representados por Heloísa Nascimento. 

Em discurso, o secretário de Desenvolvimento Rural, Assis Carvalho, ressaltou a importância desse sistema de abastecimento para a comunidade, que atravessou tempos difíceis de seca, e, que a partir de agora conta com água suficiente para uso pessoal e para aplicar nas hortas da comunidade.

Fonte: Ascom

Policial oficializa falta de condições de uso de viatura a comando

A falta de condições de uso das viaturas da Polícia Militar tem sido flagrada por internautas em diversas regiões de Teresina: são policiais empurrando os veículos por suposta falta de combustível ou por alguma falha mecânica. A situação no interior não é diferente e um policial resolveu oficializar aos superiores.  

No documento endereçado ao 3º Batalhão (região de Floriano), ele diz que o veículo não tem condições de ser usado no serviço operacional por faltar extintor e rádio comunicador, o freio de mão também não funciona e ainda exala um forte cheiro de combustível e pela alta temperatura interna. 

Ele destaca ainda que além dos transtornos na prestação do serviço teme pela saúde dos militares que podem adquirir problemas respiratórios por causa do odor do combustível e dermatite cutânea devido às altas temperaturas dentro do carro. 

A presidente da Associação dos Policiais Militares e pensionistas (Abempe), cabo Marcioneide Barbosa, disse que os transtornos relacionados às viaturas têm sido alvos de reclamações dos policiais junto à associação constantemente. 

“Recebemos reclamações tanto da capital quanto do interior, do descaso total por falta de combustíveis, por não ter ar-condicionado e falta de manutenção mesmo. Já vimos várias reportagens que passam policiais empurrando viaturas por falta de combustível. Os veículos novos ficam com os oficiais e comandantes de unidades”, afirma a presidente da Abempe.

Ela destaca que têm cobrado do comando da PM uma solução. “A gente leva o problema para o comando que justifica dizendo que o governo não está atendendo as necessidades e que por isso não pode fazer a manutenção. Mas, estamos sempre cobrando uma solução”, ressaltou.  

Cidadeverde.com entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia Militar que informou que problemas pontuais acontecem e estão sendo resolvidos 


A Polícia Militar do Piauí informa que , vem realizando a manutenção das Viaturas, que problemas pontuais ocorrem e que estão sendo  resolvidos conforme a solicitação de cada Unidade.
Teresina, 24 de setembro de 2018.
Elza Rodrigues Ferreira - Diretora de Comunicação Social da PMPI.

 

Aguarde mais informações

 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Começam etapas de organização do Concurso Público de Floriano

O prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, nomeou a comissão que vai organizar o concurso público da Prefeitura de Floriano, no Piauí, que ofertará várias vagas de nível fundamental, médio e superior. A comissão já iniciou o levantamento da carência de pessoal do quadro de servidores efetivos, e, apesar de ainda não ter definido data do lançamento do edital, confirmou que a etapa de inscrições ocorrerá ainda em 2018 e as provas aplicadas até o início do ano de 2019.

A empresa que realizará o concurso público ainda não foi contratada, entretanto, a Comissão que trabalha no processo já instaurou procedimento administrativo para realização de licitação pública, que escolherá a instituição que fará todo o processo de planejamento, aplicação das provas e divulgação dos resultados.

O Secretário de Administração, Júlio César Ferreira, e o Controlador Geral do Município, Arnaldo Messias, integrantes da Comissão Organizadora, estiveram em Teresina-PI, reunidos com as Chefes de Gabinete da Reitoria da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Jovita Maria Terto M. Nunes e da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Ana Paula da Silva Veras Alves, com o objetivo de oficiar estas instituições sobre a abertura do processo de contratação de instituição para realização do certame público.

“Este momento inicial, com a UFPI e UESPI, é para orçarmos o valor global que o Município terá que dispor para a realização do concurso público", explicou Júlio César Ferreira. Ele relatou que a Comissão Organizadora tem o desejo de que o certame seja realizado por instituição pública, mas que o valor orçado pelas empresas, é o que poderá definir o processo, já que o município busca ao máximo, a economia aos cofres públicos, diante da situação financeira do Município, que é complexa neste momento de recessão econômica.

As instituições se comprometeram a encaminhar o orçamento até o dia 01 de outubro, momento em que a Comissão se reunirá com a Secretaria de Finanças para expor o balanço preliminar dos valores, que serão despendidos pelo Município para a realização do concurso. 

A gestão de Joel Rodrigues é conhecida por realizar grandes concursos, como o de 2006, com mais de mil convocações, o de 2011, com cerca de 130 novos servidores e, em 2017, o processo seletivo convocou mais de 460 pessoas para o serviço público efetivo.

Fonte: Ascom

SIMEPI constata "precarização" em fiscalização no hospital de Floriano

Foto: SIMEPI

A diretoria do Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (SIMEPI) fez uma vistoria no Hospital Regional Tibério Nunes, na cidade de Floriano, e constatou o que considerou como “precariedade da saúde pública no município”. Falta de macas e cadeiras de rodas para o atendimento realizado pelo SAMU e superlotação, com corredores ocupados por pacientes, são algumas denúncias do Sindicato.

O Simepi afirma também que existem repousos médicos masculinos e femininos sem adequações devidas, sala de tomografia com equipamento quebrado, mas com um novo comprado, porém não instalado. Além disso, diz que o hospital realiza tomografias em unidades privadas e há atrasos salariais e acordos não cumpridos.

"A população precisa de condições dignas de um bom atendimento aqui em Floriano, assim como todos os profissionais de saúde de estrutura para prestar o seu serviço. Essa paralisação é apenas para alertar os gestores sobre a realidade, muito diferente do que vem sendo divulgado", conclui Samuel Rêgo, presidente do SIMEPI.

Segundo o Sindicato, médicos servidores públicos do município realizaram uma paralisação de advertência nesta quinta e sexta-feira, 20 e 21, no Hospital, fruto de uma deliberação de Assembleia Geral da categoria realizada no último dia 14. O SIMEPI afirma que foram mantidos os atendimentos de classificação Vermelha, Laranja e Amarela durante o movimento.

Contudo, ao Cidadeverde.com, a assessoria do Hospital informou que não houve paralisação, porque “os médicos negociaram com o governo e acataram a proposta de pagamento dos atrasados. Estão atrasados os meses de junho e julh o, mas já estão sendo pagos”. Segundo a assessoria, não houve paralisação com diferenciação de classificação de risco. “Todos os pacientes estão sendo atendidos e os plantões obedecidos normalmente”.

Sobre a superlotação, a assessoria informou que o Hospital atendia cerca de 8 a 9 mil pacientes de 150 municípios e de cidades do Maranhão por mês e que agora está atendendo de 12 a 13 mil, portanto está havendo uma superlotação, mas porque o Tibério Nunes tem uma alta resolutividade. “Há um projeto de ampliação do hospital para que tenha mais leitos, mas está dependendo de análise da Caixa Econômica para que os recursos de emenda do deputado federal Assis Carvalho (PT) possam ser liberados”, acrescentou a assessoria.

Os repousos dos profissionais, segundo a ascom, já está passando por reforma e adequações com colocação de novos colchões, camas e climatização.

 Fotos: SIMEPI

Lyza Freitas (Com informações SIMEPI)
redacao@cidadeverde.com

Criança de 2 anos morre após tomar frasco de remédio anticonvulsionante

Uma criança de dois anos morreu vítima de intoxicação medicamentosa na última terça-feira(18), em Floriano. Ela teria tomado um frasco de remédio anticonvulsivante que pertencia ao irmão e chegou ao hospital regional Tibério Nunes com letargia.  O caso serve de alerta para o aumento do número de acidentes domésticos envolvendo crianças pequenas. 

“Ela deu entrada por volta das 10h30 com abertura ocular, batimentos cardíacos e oxigenação, mas sem responder aos estímulos e muito sonolenta. A mãe acreditava que ela estava com intoxicação alimentar. A colocamos na sala vermelhar e pedimos para que a mãe pudesse procurar outra hipótese, porque o diagnóstico não batia com que ela havia dito, foi então que ela retornou a casa e disse que encontrou um frasco de anticonvulsivante líquido vazio, o remédio pertencia ao irmão que é especial”, detalhou o diretor técnico do hospital, o médico Justino Moreira. 

No período da tarde a criança começou a ter insuficiência respiratória e febre de 40 graus. Ela precisou ser intubada e não respondia aos medicamentos, depois teve crise convulsiva e morreu após ter parada cardíaca por volta das 19h. 

“Foi uma evolução atípica, toda a equipe se sensibilizou com o óbito dela. Mas, infelizmente a gente observou um aumento de 15% no número de atendimentos a crianças vítimas de acidente domésticos”, relatou o médico Justino Moreira.

Em um ano foram contabilizados 106 casos entre sufocamentos, queimaduras, intoxicação por produtos de limpeza, choques elétricos e quedas. 

“Os pais precisam ter cuidado redobrado, já atendemos casos de crianças que ingeriram potássio e queimou completamente o esôfago que hoje não pode se alimentar direito, produtos de limpeza em frascos coloridos, água sanitária não podem ficar ao alcance porque chamam atenção. Também é importante evitar ficar perto de fogões que pode causar queimaduras, colocar protetor nas tomadas e reduzir o excesso de panos dentro do berço de crianças menores porque pode causar asfixia”, sugere o diretor técnico do hospital Tibério Nunes. 


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Criança de 2 anos morre após tomar frasco de remédio anticonvulsionante

Foto: Divulgação

Uma criança de dois anos morreu vítima de intoxicação medicamentosa na última terça-feira(18), em Floriano. Ela teria tomado um frasco de remédio anticonvulsivante que pertencia ao irmão e chegou ao hospital regional Tibério Nunes com letargia.  O caso serve de alerta para o aumento do número de acidentes domésticos envolvendo crianças pequenas. 

“Ela deu entrada por volta das 10h30 com abertura ocular, batimentos cardíacos e oxigenação, mas sem responder aos estímulos e muito sonolenta. A mãe acreditava que ela estava com intoxicação alimentar. A colocamos na sala vermelhar e pedimos para que a mãe pudesse procurar outra hipótese, porque o diagnóstico não batia com que ela havia dito, foi então que ela retornou a casa e disse que encontrou um frasco de anticonvulsivante líquido vazio, o remédio pertencia ao irmão que é especial”, detalhou o diretor técnico do hospital, o médico Justino Moreira. 

No período da tarde a criança começou a ter insuficiência respiratória e febre de 40 graus. Ela precisou ser intubada e não respondia aos medicamentos, depois teve crise convulsiva e morreu após ter parada cardíaca por volta das 19h. 

“Foi uma evolução atípica, toda a equipe se sensibilizou com o óbito dela. Mas, infelizmente a gente observou um aumento de 15% no número de atendimentos a crianças vítimas de acidente domésticos”, relatou o médico Justino Moreira.

Alerta para acidentes domésticos

Em um ano foram contabilizados 106 casos entre sufocamentos, queimaduras, intoxicação por produtos de limpeza, choques elétricos e quedas. 

“Os pais precisam ter cuidado redobrado, já atendemos casos de crianças que ingeriram potássio e queimou completamente o esôfago que hoje não pode se alimentar direito, produtos de limpeza em frascos coloridos, água sanitária não podem ficar ao alcance porque chamam atenção. Também é importante evitar ficar perto de fogões que pode causar queimaduras, colocar protetor nas tomadas e reduzir o excesso de panos dentro do berço de crianças menores porque pode causar asfixia”, sugere o diretor técnico do hospital Tibério Nunes. 


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Posts anteriores