Cidadeverde.com

Sutran faz campanha educativa para alunos e motoristas

Durante toda esta semana, quando se comemora a Semana Nacional do Trânsito, a Superintendência de Transporte e Trânsito de Floriano (Sutran), vem fazendo intervenções junto à população em campanhas educativas de conscientização sobre o respeito e obediência às leis de trânsito, visando construir uma cultura de paz e tranquilidade ao volante e nas vias públicas.

Foi neste contexto que a Prefeitura de Floriano, através da Sutran, amanheceu esta quinta-feira (29), realizando uma ação de conscientização na faixa elevada situada na Avenida Santos Dumont, bairro Manguinha, próximo ao CEEP (antigo PREMEM), onde há um grande fluxo de veículos e de alunos a caminho da escola. 

Participaram da intervenção o prefeito Antônio Reis Neto, o superintendente de Trânsito, Carlos Antonio, e a equipe da Sutran, fazendo a distribuição de panfletos com orientações sobre o respeito às faixas de pedestres, sinalização e semáforos, e lembrando aos motoristas e pedestres a importância de se andar com atenção no trânsito.
Este ano, o tema da Semana Nacional do Trânsito em Floriano é “Um olho na faixa e o outro no mundo”, com foco principal na educação dos motoristas, motociclistas e população em geral para o uso das faixas de pedestres. “Para o trânsito fluir bem e com segurança é preciso que todos façam a sua parte: motoristas e motociclistas reduzam a velocidade, parem para que o pedestre passe na faixa, obedeça à sinalização; o pedestre também deve sinalizar ao motorista a intenção de atravessar e só cruzar a rua quando carros e motos pararem”, explicou Carlos Antônio.

A campanha educativa e de conscientização também foi levada pela Sutran e prefeito Antônio Reis até as escolas municipais, entre elas, a Escola Municipal Maria do Carmo Guida de Miranda e Raimundinha Carvalho, além das escolas da rede particular Madre Teresa, Potencial e Creche Eduardo de Carvalho, onde foram realizadas oficinas sobre educação e cidadania no trânsito. “A educação é o caminho pra tudo, é transformadora. Trazendo esses ensinamentos a nossos alunos municipais estamos garantindo pedestres informados de como agir no trânsito e futuros motoristas conscientes do respeito que devem ter pelas leis de trânsito, por si próprio e pelas outras pessoas”, enfatizou o prefeito.

Da Redação

Município comemora Dia Nacional do Surdo

A Prefeitura de Floriano, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEMDAS), promoveu um evento em alusão ao Dia Nacional do Surdo, comemorado no dia 26 de setembro, com o intuito de promover uma discussão a respeito dos direitos e da inclusão das pessoas surdas na sociedade. A data foi instituída pelo decreto de lei nº 11.796 em 29 de outubro de 2008.

O evento realizado no auditório da Semdas, nesta segunda-feira (26), foi organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COMUDE), em parceria com órgãos como OAB, Ministério Público, Câmara Municipal, APAE, AMA e Coordenação de Educação Especial da Rede Municipal e Estadual de Ensino.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Rafaela Barros, o encontro debateu políticas públicas de inclusão e acessibilidade a todos os deficientes, nos mais diversos ambientes da sociedade florianense, acolhendo e buscando alternativas para inserção do deficiente auditivo nos espaços educacionais e no mercado de trabalho.

As políticas públicas para a educação de pessoas surdas, tendo como base educação especial, em uma perspectiva inclusiva, permitiram a alfabetização de surdos e deficientes auditivos. Hoje, por exemplo, a rede municipal de educação de Floriano promove o ensino de Libras nas escolas públicas e atende a 14 alunos com surdez.

O reconhecimento da Libras como meio legal de comunicação e expressão é uma obrigatoriedade do ensino de Libras na formação de professores, com vistas a inserção do ensino bilíngue para crianças com deficiência auditiva. Uma das conquistas alcançadas foi a obrigatoriedade da presença de um intérprete de Libras nos órgãos públicos e nas salas de aula, representando um dos avanços na conquista de direitos às pessoas com surdez.

Pensando nisso, a Prefeitura de Floriano, através de iniciativa conjunta entre o COMUDE e a SEMDAS, promoverá uma capacitação profissional, com o objetivo de ampliar a comunicação por meio dos sinais básicos da Libras. Foi anunciada a abertura das inscrições para o minicurso de Libras que será realizado nos dias 21 e 22, 26 e 27 de outubro de 2022, através da oferta de 150 vagas à população. O período de inscrições será de 30 de setembro a 18 de outubro, na própria Semdas, e serão realizadas gratuitamente. O curso terá carga horária de 80h.

Da Redação

Conselho de Saúde de Floriano completa 31 anos de atividades

O Conselho Municipal de Saúde de Floriano comemorou na última terça-feira (20), 31 anos de atuação no município. A data foi festejada pelos conselheiros no auditório da Secretaria Municipal de Saúde em mais um encontro de trabalho em defesa dos usuários do SUS. 

A secretária de Saúde, Caroline Reis, participou do momento e agradeceu a parceria e fiscalização do conselho na melhoria dos serviços ofertados pelo SUS. “Para nós da gestão é uma honra ter pessoas tão engajadas na defesa do SUS. Vamos continuar fortes nessa parceria por uma gestão cada vez mais transparente”, disse.

O que é?

Órgão colegiado, deliberativo e permanente do Sistema Único de Saúde (SUS) em cada esfera de governo. Faz parte da estrutura das secretarias de saúde dos Municípios, dos Estados e do Governo Federal. Deve funcionar mensalmente, ter ata que registre suas reuniões e infraestrutura que dê suporte ao seu funcionamento. 

Quem faz parte desse colegiado? 

Representantes do governo, dos usuários, dos profissionais de saúde e dos prestadores de serviços.

Da Redação

Floriano: Infraestrutura trabalha na ampliação da iluminação pública

A Prefeitura de Floriano, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, tem investido na melhoria da iluminação pública em alguns pontos estratégicos da cidade. 

Um exemplo, é o trecho da rodovia PI 140, que compreende as imediações da Cidade Cenográfica até o Conjunto Antônio Guilherme, onde foi implantada a rede de baixa tensão e onze luminárias com lâmpadas de sódio 400 Watts. Segundo o secretário da pasta, Júlio César, a melhoria da iluminação naquele trecho foi garantida por meio de recursos próprios do município, orçado em cerca de R$ 13 mil, repondo a iluminação e melhorando a luminosidade na área e levando segurança à população. 

Outros trechos da cidade também receberam reposição da iluminação pública, como é o caso da Avenida Fauzer Bucar, que, através da intermediação da Prefeitura de Floriano junto a Codevasf e a empresa Hidros, foi executada a implantação de setenta luminárias de led de 150 Watts, com alimentação de energia elétrica da empresa Equatorial.

 Nesta última semana, as equipes da Secretaria de Infraestrutura, também deram início aos projetos de expansão da iluminação pública em trechos da Avenida Petrônio Portela, nas proximidades do CRAS, no bairro Taboca, com a implantação de sete postes, rede elétrica e sete luminárias. A rua São José também está sendo beneficada, no trecho que compreende a entrada do Colégio Industrial até a Avenida Frei Antônio Cúrcio, com a implantação de quatro postes, rede elétrica e quatro luminárias.

 Além disso, outros pontos também estão recebendo investimentos, a exemplo da rua Francisca de Sousa Lima, na entrada do Residencial Alto da Cruz, com a implantação de três postes, rede elétrica e três luminárias; na rua João Lima Cunha, em frente a Caixa Dágua, com a implantação de três postes, rede elétrica e três luminárias; e na rua João Chico, com sete postes, rede elétrica e novas luminárias. De acordoncom Júlio, o investimento da Prefeitura de Floriano é de cerca de 125 mil reais na ampliação da rede elétrica de Floriano. "Estamos trabalhando para levar pontos de iluminação em trechos onde não existia a possibilidade de iluminação pública. 

É um trabalho que melhora as condições de trafegabilidade da cidade, ao tempo que contribui para uma maior segurança da população", afirmou Júlio César, secretário de Infraestrutura.

Da Redação

SEMED lançará revisão para alunos que farão o SAEPI, IFPI e CTF

A Prefeitura de Floriano, através da Secretaria Municipal de Educação, vai reforçar o aprendizado de alunos dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e, para isso, lançará no próximo dia 8 de outubro o projeto “Pré-Flo”, que visa promover ações e atividades de preparação para os alunos da rede municipal que farão a prova SAEPI e/ou o exame classificatório para ingresso no ensino de nível médio/técnico do IFPI e do CTF.

O “Pré-Flo” é um projeto de revisão dos conteúdos das disciplinas de português e matemática, com duração de 2 meses, voltado aos alunos do 2º, 5º e 9º anos, com aulas ministradas pelos próprios professores da rede municipal de educação, em ritmo de cursinho preparatório e com a realização de simulados. 

Para os alunos do 2º e 5º anos, as aulas de revisão serão ministradas na própria escola, nos dias 08 e 22 de outubro. Já para os 355 alunos do 9º ano serão realizados quatro aulões, no auditório do CEEP, assim definidos: dois ainda em outubro, nos dias 08 e 22, preparando-os para a prova SAEPI; e os outros dois, nas datas 26/11 e 10/12, cuja proposta é preparar os alunos e proporcionar a eles chances mais igualitárias de acesso às vagas ofertadas no classificatório do IFPI e do CTF.

O que é SAEPI

A sigla “SAEPI” significa Sistema de Avaliação de Ensino do Piauí. Trata-se de uma prova instituída recentemente pelo Governo do Estado como ferramenta para avaliar o nível de ensino aprendizagem dos alunos nos anos iniciais (2º e 5º anos) e ano final (9º ano). Em 2022 será o primeiro ano de realização da prova, prevista para ser aplicada em todos os municípios do Piauí em 28 de outubro.

Da Redação

Comitê de Enfrentamento a Violência LGBTQIA+ é apresentado à população

Durante uma ação realizada, pela Prefeitura de Floriano, através da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (SEMDAS), na praça da Bandeira, foi apresentada à população o ‘Comitê de Enfrentamento a Violência LGBTQIA+’.

O Comitê é uma parceria entre os Governos do Estado e do Município, com o objetivo de prevenir, enfrentar e reduzir as diversas formas de violência praticadas contra a população LGBTQIA+. É formado por uma equipe multidisciplinar, com profissionais advogados, psicólogos e assistente social, para que funcione como um suporte no auxílio a este público.

Segundo a secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Rafaela Barros, o Comitê deve propor medidas que visem a orientação e a adoção de providências funcionando como um apoio no acompanhamento dos casos de violência contra a população LGBT, além de incentivar a criação da disciplina de enfrentamento à violência contra esse grupo.

A iniciativa vem sendo difundida em todo o território nacional e busca estimular o diálogo e a negociação entre a sociedade civil e os órgãos públicos da União, dos estados e do Distrito Federal, em busca de soluções para a prevenção, a redução e o enfrentamento da violência contra a população LGBT.

Em Floriano, o Comitê vai acompanhar os casos de violência praticada contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, em articulação com os órgãos do Poder Judiciário, do Poder Legislativo e do Poder Executivo, o Ministério Público e a Defensoria Pública. Também facilitará o acesso aos órgãos públicos por meio de informações, certidões, cópias de documentos ou volumes de autos relacionados com investigações em curso.

Durante a ação foram oferecidos serviços de saúde e de assistência social e realizado sorteio de brindes.

Da Redação

Floriano é Selo A do ICMS Ecológico pelo segundo ano consecutivo

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAR) divulgou, nesta sexta-feira (16), a classificação referente à certificação no Selo Ambiental 2022 dos municípios piauienses para adesão ao ICMS Ecológico. 

Apenas 10 municípios piauienses atenderam aos critérios relacionados a atuação pelo meio ambiente para receberem o Selo Ambiental categoria A, o maior nível das classificações, entre eles Floriano, que cumpriu 6 critérios, que ainda serão informados pela SEMAR: Teresina, Floriano, Oeiras, Valença do Piauí, São Raimundo Nonato, Assunção do Piauí, Júlio Borges, Cocal de Telha, Barra D´Alcântara e Prata do Piauí.
Floriano foi a única cidade acima de 50 mil habitantes, do interior do estado, a conquistar o Selo A.

O ICMS Ecológico é um mecanismo tributário que possibilita aos municípios acesso a parcelas maiores àquelas a que já têm direito, dos recursos financeiros arrecadados pelos Estados através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, em razão do atendimento de determinados critérios ambientais estabelecidos em leis estaduais.

"Floriano tem sido destaque em nível de Piauí, quando o assunto é a preocupação com as causas ambientais e suas práticas no munícipio e, por isto, pelo segundo ano seguido, conquistou o Selo A do ICMS Ecológico", disse Haila Oka, secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais de Floriano.

Da Redação

Secretários de Saúde avaliam primeiros meses de telemedicina

Contemplada pelo Projeto TeleNordeste, a região dos Vales dos Rios Itaueira e Piauí, que inclui Floriano e outros 27 municípios, já iniciou, em algumas cidades, a operacionalização da telemedicina. Um dos municípios que já ofertam o serviço é Floriano. A Unidade Básica de Saúde Viana de Carvalho, referência na Planificação, é pioneira do projeto que vem sendo desenvolvido por profissionais de saúde do Hospital Beneficência Portuguesa, localizado em São Paulo.

A finalidade principal do projeto é disponibilizar serviços de telemedicina para as UBS, priorizando aquelas nas quais são observadas baixa oferta de serviços especializados para atendimento a pacientes com condições crônicas e vazios assistenciais da Atenção Especializada.

A iniciativa é uma parceria entre o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), Ministério da Saúde (MS), Secretaria Estadual de Saúde ( SESAPI) e os Hospitais Beneficência Portuguesa.

Da Redação

Foragido da Justiça reage abordagem e morre em confronto com a PM em Floriano

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Um foragido da Justiça, identificado como Francisco Eduardo Damasceno, mais conhecido como Pereirinha, morreu na terça-feira (13) após uma troca de tiros com a Polícia Militar no município de Floriano, a 252 km de Teresina.

A PM informou que uma equipe decidiu fazer uma abordagem em Francisco Eduardo após receber informações sobre assaltos que estavam sendo realizados na região em uma motocicleta. 

Seguindo as características do suspeito pelos assaltos, ele foi localizado e os policiais decidiram fazer uma abordagem, mas Francisco teria reagido.

“A guarnição deu ordem de parada e não foi atendida. O infrator na tentativa de fuga caiu da moto e ao levantar, levou a mão na cintura, sacou um revólver e apontou em direção a viatura da Força Tática, que prontamente revidou a injusta agressão efetuando disparos em direção ao elemento”, informou a PM.

Uma ambulância do Samu chegou a ser acionada, mas o suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Com Francisco Eduardo os policiais encontraram dois revólveres calibre 32 com 11 munições, uma porção análoga à maconha e crack, além de pertences que seriam roubados como uma mochila, um tablet, celular e R$ 90 em dinheiro.

Francisco foi reconhecido por testemunhas como o responsável por realizar os assaltos e era foragido da Justiça. “No distrito foi confirmado pelas vítimas dos assaltos que se tratava da mesma pessoa, o indivíduo por nome Francisco Eduardo Damasceno, conhecido como Pereirinha, que tinha mandado de prisão em aberto e era acusado de vários assaltos na cidade”, relatou a PM.

 


Bárbara Rodrigues
[email protected]

Prefeitura vai plantar Ipês em UBS´s para lembrar o Setembro Amarelo

Neste período em que se destaca a prevenção ao suicídio, a Prefeitura de Floriano, através das secretarias de Saúde e Meio Ambiente, vai realizar atos simbólicos para chamar a atenção da população sobre a temática que ainda é considerada tabu em nossa sociedade. 

As unidades de saúde Helvídio de Holanda Barros, Jasmina Bucar, João Elias Oka, José Paraguassú, CAPS II e a praça Dr. Sebastião Martins, ganharão mudas de Ipês amarelos nos próximos dias. A ação faz parte da campanha desenvolvida em Floriano para o Setembro Amarelo. O tema escolhido para este ano foi “Toda vida importa” e traz como mensagem o acolhimento da rede de atenção psicossocial, em parceria com a atenção básica e serviços de urgência e emergência psiquiátrica.

A típica e nativa árvore de Ipê é a denominação de uma grande variedade de espécies do gênero Tabebuia e Handroanthus, sinônimos, e ambos da família Bignoniaceae. É muito conhecida por sua beleza, exuberância das flores e ampla distribuição em todas as regiões do Brasil. Os Ipês são caducifólias, ou seja, perdem todas as folhas, que são substituídas por cachos de flores de cores intensas. São árvores de grande porte que gostam de calor e sol pleno.

Floresce entre junho e novembro, começando pela cor roxa e rosa, depois o amarelo e por último o branco. Elas caem no decorrer de uma semana, cobrindo o chão com a sua cor.

O nome ipê origina-se da língua indígena Tupi e significa casca dura. O mesmo também é conhecido como Pau D’arco, porque antigamente os índios utilizavam a madeira dessas árvores para fazerem os seus arcos de caça e defesa. Ou seja, há muito tempo o ipê é utilizado como matéria-prima em razão da boa qualidade da madeira, tendo como características principais:

Muito densa e forte;
Pesada e dura, difícil de serrar;
Grande durabilidade mesmo quando em condições favoráveis ao apodrecimento;
Alta resistência aos parasitas e à umidade;
Considerada uma madeira nobre, o Ipê possui um material excelente para estrutura de obras, em ambientes externos e até mesmo em detalhes decorativos. Pode ser usado também em construções de pontes, vigas, esquadrias, pisos, escadas, móveis, peças, na fabricação de instrumentos musicais, de portas e janelas, dentre muitas outras finalidades.

Da Redação

Posts anteriores