Cidadeverde.com

Covid-19: Prefeito de Floriano diz que a vida deve estar em primeiro lugar

Nas últimas semanas, a Prefeitura de Floriano tem realizado diversas ações no enfrentamento ao Covid-19 no município. As principais estão relacionadas a medidas de isolamento social pelos florianenses e até suspensão das atividades comerciais para evitar a circulação do vírus. 

"A vida está em primeiro lugar. Não vai ter emprego, não vamos ter comércio movimentado, não vamos ter futuro sem vida. E neste momento, eu como gestor, não posso pecar por omissão. Devemos ter a consciência tranquila de que fizemos tudo que estava ao nosso alcance e não tenho dúvida que vamos superar todas as adversidades", comentou Joel Rodrigues. 

Como parte dessas iniciativas, o prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, também promoveu na tarde desta segunda-feira, 06, um bate-papo em suas redes sociais e retransmitido pelas contas da Prefeitura de Floriano sobre as medidas que foram tomadas até agora e a perspectiva e impacto de setores como o comércio nas próximas semanas. 

"Onde tem esse letreiro sobre quem vai morrer? Esse isolamento precisa ser um compromisso de cada um. Todos vamos sofrer. Vai ser difícil? É claro que vai! Mas nós, florianenses estão de mãos dadas para seguirem firmes nesta importante missão", explica Joel Rodrigues. 

Os médicos do município Isadora Lira e Vinicius Coelho, além do secretário de Saúde, James Rodrigues participaram do bate-papo. Para os especialistas, o isolamento social, neste momento, é a melhor opção para que a cidade de Floriano sofra com menor intensidade os impactos da circulação do vírus no país. "Montamos uma força tarefa para atender e triar os casos de síndromes gripais que vão aparecer ocasionalmente neste período, mas que não podemos deixar de acompanhar", disse a médica Isadora Lira. 

Para Vinicius Coelho, infectologista, as medidas tomadas pelo município de Floriano estão de acordo com as orientações da Organização Mundial da Saúde e outros órgãos internacionais de saúde. "O isolamento é a medida que tem dado melhor resultado em diversos países", relata.

 

Da Redação

redaçã[email protected]

 

Divulgado balanço parcial da 1ª etapa de vacinação da contra gripe em Floriano

Foto reprodução

A Coordenação de Imunização de Floriano divulgou os dados parciais da primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Gripe que vai até 15 de abril e tem como público alvo idosos e profissionais de saúde. “Precisamos destacar que ao todo a Secretaria de Saúde de Floriano recebeu, até agora, 6.690 doses. Essas vacinas são enviadas pelo Ministério da Saúde e estamos aguardando a chegada de novo material para continuar nosso trabalho”, disse James Rodrigues, Secretário de Saúde de Floriano. 

Segundo o DATASUS, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Brasil com base no Censo//IBGE de 2010, Floriano tem uma população de 6.403 pessoas idosas, ou seja, com idade acima dos 60 anos. Até a última sexta-feira, 03, foram aplicadas 5,147 doses correspondendo assim a uma cobertura vacinal de 80,38%. 

Com relação aos profissionais de saúde, os dados disponíveis apontam que em Floriano existem 1.744 trabalhadores. O sistema aponta que desse total, 1.483 pessoas já foram vacinadas, ou seja, uma cobertura vacinal de 85,03%. 

O Ministério da Saúde iniciou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe no dia 23 de março para proteger de forma antecipada os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, mas irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde. 

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento. O Ministério da Saúde incluiu caminhoneiros, motoristas de transportes coletivo e trabalhadores portuários na segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que começa no dia 16 de abril.

Com essa alteração, os professores da rede pública e particular passam a integrar o grupo prioritário da terceira fase, tendo em vista que as aulas estão suspensas. A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Da Redação

redaçã[email protected]

Suspeito de atirar contra delegado é encontrado baleado em matagal

Os dois suspeitos de disparar pelo menos 12 tiros contra o delegado regional de Floriano, Danilo Barroso, foram localizados e estão presos. De acordo com a Polícia Civil,  primeiro suspeito foi preso ainda no domingo e o segundo foi detido nessa segunda-feira (6). O crime ocorreu no último domingo (5) em Floriano

Os investigados foram identificados como Pablo Gabriel Lima e Gustavo Henrique da Silva. O segundo preso foi localizado em uma matagal. Eles teriam disparado contra o delegado no intuito de matar um preso o qual acreditavam estar no carro do chefe de polícia.

Ao ser alvo dos disparos, o delegado reagiu e baleou o suspeito. “Ele foi baleado no abdômen e no braço esquerdo. Foi submetido a cirurgia e já está preso no presídio Vereda Grande, em Floriano”, contou o delegado que estava chegando em sua residência quando foi alvo dos disparos. Ele saiu ileso.

O inquérito deve ser encaminhado pela Delegacia Regional de Floriano. 

Entenda o caso

Dois criminosos em uma motocicleta abordaram o delegado na noite desse domingo (5), em Floriano.

“Eles me abordaram apontando a arma pra mim. Imaginaram que o autor de um homicídio de sexta-feira (3) estava no meu carro e dispararam”, relembrou o delegado que afirmou ao Cidadeverde.com que só sobreviveu por “intervenção divina".

Na imagem do veículo, é possível ver a marca dos disparos no vidro do motorista. O delegado chegou a reagir contra a dupla, que empreendeu fuga. 

Os dois suspeitos, segundo o delegado Danilo Barros, estavam em uma motocicleta preta. Para a polícia, a dupla queria executar o suspeito de ter praticado o homicídio na última sexta-feira (3). Ele foi preso pela polícia mas não estava no carro do delegado.

Valmir Macêdo
[email protected]

Delegado de Floriano sobrevive ileso após carro ser alvo de pelo menos 12 tiros

Fotos: Polícia Civil-PI

O delegado regional de Floriano, Danilo Barroso, teve o carro alvejado por pelo menos 12 disparos de armas de fogo. Dois criminosos em uma motocicleta abordaram o delegado na noite desse domingo (5), em Floriano.

“Eles me abordaram apontando a arma pra mim. Imaginaram que o autor de um homicídio de sexta-feira (3) estava no meu carro e dispararam”, relembrou o delegado que afirmou ao Cidadeverde.com que só sobreviveu por “intervenção divina".

Na imagem do veículo, é possível ver a marca dos disparos no vidro do motorista. O delegado chegou a reagir contra a dupla, que empreendeu fuga. 

Os dois suspeitos, segundo o delegado Danilo Barros, estavam em uma motocicleta preta. Para a polícia, a dupla queria executar o suspeito de ter praticado o homicídio na última sexta-feira (3). Ele foi preso pela polícia mas não estava no carro do delegado. 

De acordo com Danilo Barroso, a vítima do homicídio era envolvida com tráfico de drogas e os dois suspeitos queriam vingança.

A quantidade de projéteis disparados contra o veículo ainda será apurada pela perícia da Polícia Civil. O caso está sendo investigado e os dois suspeitos ainda não foram localizados. 

Valmir Macêdo
[email protected]

Prefeitura inicia entrega de cestas básicas para famílias carentes em Floriano

 

Começou na manhã desta sexta-feira (3) o trabalho de distribuição de cestas básicas para as famílias florianenses. Os moradores do Conjunto Habitacional Zé Pereira, no bairro Meladão, foram os primeiros a serem contemplados com a ação que busca amenizar os efeitos do atual momento de crise vivido em todo país pelo coronavirus. "Este é um presente que estamos recebendo e só temos a agradecer as autoridades pela ajuda", disse com felicidade a dona Francisca, desempregada e mãe de duas crianças.

A ação do governo municipal beneficiará um total de 10 mil famílias, tanto na zona urbana como na zona rural de Floriano, obedecendo a critérios de vulnerabilidade, entre eles: pessoas de baixa renda, trabalhadores informais, autônomos e famílias com crianças matriculadas em escolas e creches da rede municipal de ensino.

O trabalho é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (SEMDAS) e envolve os agentes comunitários de saúde e assistentes sociais, que juntos realizam a entrega das cestas básicas de porta em porta. A identificação das famílias de maior vulnerabilidade ocorre através de um levantamento criterioso dos cadastros do Bolsa Família e informações dos agentes comunitários de saúde.

A ideia é promover um trabalho sem aglomerações e tumultos. "Nenhuma pessoa precisará sair de suas casas, nem fazer cadastros ou pegar senhas, pois nossas equipes chegarão a todas as famílias que precisam dos alimentos", disse Rafaela Barros, secretária de Desenvolvimento e Assistência Social.

Ainda nesta manhã, a distribuição também teve início nas comunidades rurais de Floriano. O prefeito Joel Rodrigues acompanhou o trabalho das equipes e reafirmou que o município tem tomando tomas as medidas necessárias para o enfrentamento ao coronavirus. "Este é um momento de olhar com mais atenção para as famílias. Estamos entregando 10 mil cestas básicas para amenizar os prejuízos diante da necessidade do isolamento social, tão importante para conter a disseminação da doença", finalizou Joel.

 

Da Redação

redaçã[email protected]

Coren-PI fiscaliza SAMU de Floriano e verifica disponibilidade de EPI

Em ação contra a COVID-19, uma equipe do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) visitou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do município de Floriano para avaliar as condições de trabalho dos profissionais que atuam neste serviço.

Durante a visita, os conselheiros do Coren-PI, Frank James Alves da Silva e Marthem Costa de Santana, verificaram a disponibilidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para as equipes de Enfermagem, médica e condutores. A equipe do SAMU, coordenada pela enfermeira Juçara César de Morais, também recebeu orientações sobre o uso adequado dos equipamentos e a forma correta de higienização das mãos e superfícies.

De acordo com a presidente do Coren-PI, Tatiana Melo, as fiscalizações foram intensificadas e estão sendo conduzidas com foco na verificação da disponibilidade dos equipamentos necessários para proteção individual de cada profissional envolvido no combate à pandemia do novo coronavírus. "Estamos atuando ativamente para garantir a segurança dos profissionais e da população. Solicitamos aos órgãos municipal, estadual e também às empresas privadas, por meio de ação civil na Justiça Federal, o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) a todos os profissionais de Enfermagem que seguem atuando nas instituições de saúde", explica.

O Coren-PI também solicitou na Justiça o afastamento dos profissionais de Enfermagem que estão no grupo de risco para a COVID-19.

Da Redação

redaçã[email protected]

Idoso de 76 anos morre em hospital de Floriano com suspeita da Covid-19

Foto: Ascom Sesapi

Um idoso de 76 anos morreu nesta terça-feira(31) no hospital regional Tibério Nunes em Floriano (a 240 km de Teresina). Ele é considerado caso suspeito da Covid-19.

De acordo com o diretor do hospital, Justino Moreira, o paciente deu entrada, originário de Curimatá, na manhã de ontem, e tinha histórico de hipertensão e tabagista. “Ele havia desenvolvido uma febre, tosse e progressiva falta de ar há 12 dias, com relato de diarreia e cefaléia e foi trazido ao hospital em franca insuficiência respiratória”, descreve o diretor.

Moreira disse que ele foi encaminhado para uma sala preparada para receber pacientes com insuficiência respiratória, mas que pouco tempo depois fez uma parada cardíaca, sendo reanimado por 20 minutos, mas não resistiu e morreu. O diretor lamenta não ter conseguido investigar mais sobre o paciente, que permaneceu apenas uma hora e meia no hospital.

“O que nos preocupa é porque não tivemos tempo de fazer todos os exames de investigação e o que foi feito foi coletado o exame para descartar a Covid e adotado o protocolo do funeral de acordo com o que o Ministério da Saúde orienta, de que não deve ter contato com outros familiares”, destacou Justino Moreira.

Ele disse que o resultado ainda é aguardado.

Caroline Oliveira
[email protected]

UFPI, IFPI, UESPI e FAESF fazem doações para a Saúde de Floriano

Com o início da pandemia do novo coronavírus, houve uma grande procura de materiais como álcool em gel 70% e máscaras descartáveis. Como fornecedores e fabricantes não estavam preparados para a alta demanda, esses produtos ficaram cada vez mais escassos no mercado e em vários regiões do país se esgotaram. 

Em Floriano não foi diferente e estoques abaixo da média, a Secretaria de Saúde de Floriano tem recebido doações de várias entendidas. Esses insumos irão abastecer as unidades básicas de saúde da rede municipal e dar mais segurança ao profissionais que arriscam suas vidas diariamente. 

As primeira doações partiram da Universidade Federal do Piauí, Campus Amílcar Ferreira Sobral, que concedeu álcool em gel, papel toalha, luvas e máscaras descartáveis. A entrega foi realizada pela Coordenação do Curso de Enfermagem da Instituição. 

O Instituto Federal do Piauí, campus de Floriano, realizou doação de álcool em gel, álcool líquido, máscaras e medicamentos como paracetamol e buscopan. Outra iniciativa vinda do IFPI foi liderada pela médica Sergia Beatriz Drumond Sales em parceria com estudantes de medicina Iana Martins (UNINOVAFAPI), Beatriz Martins (UFPI), Leticia Martins (UEMA) e Sarah Guimarães (UNINOVAFAPI) foram as máscaras faciais confeccionadas através do projeto FaceShields Floriano. Ao todo, foram 65 unidades entregues.

Já a Universidade Estadual do Piauí fez a entrega de donativos para limpeza e desinfecção de ambienteis como papel toalha, água sanitária e detergente. A Faculdade de Floriano, FAESF também colaborou com a entrega de papel toalha, luvas descartáveis e mais de 290 unidades de detergentes líquidos.

Da Redação

redaçã[email protected]

 

Prefeitura de Floriano divulga tabela com antecipação do salário dos servidores

A prefeitura de Floriano divulgou, na noite desta terça-feira (24) a tabela de pagamento dos servidores públicos municipais, com a antecipação desses pagamentos, para antes do quinto dia útil do mês. A medida foi determinada pelo prefeito Joel Rodrigues, para que a população programe melhor a vida financeira, neste período de isolamento social, longe das  atividades.

De acordo com a tabela, o pagamento será iniciado nesta quarta-feira (25), quando serão pagos: agentes comunitários de saúde e agentes de endemias e os servidores da Vigilância em Saúde e do Controle de Zoonoses. 

Na quinta-feira (26), receberão os salários: os profissionais do NASF, auxiliares e vigias da Atenção Básica e professores do ensino fundamental. 

Na sexta-feira (27): servidores do CAPS, CEO, CTA, programa Melhor em Casa e especialistas da Saúde, além dos professores da Educação Infantil, Educação Especial e do EJA e servidores com contrato temporário.  

Na segunda-feira (30) recebem pagamento: odontólogos/THD do PSB, médicos, enfermeiros e técnicos do PSF e os auxiliares e vigias da Educação. 

Na terça-feira (31): servidores do SAMU e da Sede da Saúde, servidores da Sede da Educação, comissionados e estagiários da Educação e os servidores da SUTRAN. 

Na quarta-feira (01) serão pagos: servidores da Assistência Social, Controladoria, Ouvidoria, Infraestrutura e Desenvolvimento Rural. 

Na quinta-feira (02) recebem o salário: servidores do Meio Ambiente, Cultura, Esporte e Lazer; Finanças e Comunicação. 

Finalmente na sexta-feira (03) serão pagos: servidores do gabinete do prefeito, do Governo, da Procuradoria, do Desenvolvimento Econômico e da Administração.

Da Redação

redaçã[email protected]

 

Quase 60 estabelecimentos são fechados em ações de fiscalização em Floriano

Um dia movimentado para os fiscais da Vigilância Sanitária de Floriano e policiais do Terceiro Batalhão da Polícia Militar de Floriano. As ações de fiscalização, para garantir o cumprimento dos decretos Estadual e Municipal, de prevenção contra o coronavírus, chegaram a toda a cidade.

60 estabelecimentos foram inspecionados, grande parte depois de denúncias da população, através do 190 da PM, de que empresas estariam abertas e obras em execução, contrariando as regras. Entre as empresas inspecionadas estavam lojas de material de construção, oficinas mecânicas, lanchonetes, armazéns, lojas de confecções, veterinárias, depósitos de bebidas, empresas de peças para bicicleta e de peças automotivas, vendedores ambulantes de confecções, lojas de conveniência, além de padarias, 5 supermercados e 1 hotel, que receberam orientações para intensificar a higienização. Alguns desses casos foram frutos de denúncias de clientes, que reclamaram da falta de higienização em carrinhos de supermercado, máquinas de cartões e outros objetos. Uma obra, a do novo fórum de Floriano, onde estavam vários operários, foi interditada pela fiscalização. Ao todo 54 estabelecimentos foram fechados.

O trabalho segue nesta terça-feira. Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Jussinaldo Duarte, neste primeiro momento houve o fechamento das empresas com as devidas orientações. Se persistirem no descumprimento dos decretos, as empresas serão notificadas e podem perder sofrer as sanções do Decreto Municipal 038, que no seu Art. 6º prevê, em caso ode descumprimento, multa, interdição total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

Da Redação

redaçã[email protected]

Posts anteriores