Cidadeverde.com

Veja as atrações da 8ª edição do Sabor Maior em Campo Maior

Foto: Reprodução/instagram/@biquini

O município de Campo Maior mais uma vez será palco de um dos grandes eventos do Piauí. A 8ª edição do Sabor Maior, será lançada oficialmente nesta quinta-feira (7), em Teresina, no Palácio de Karnak, às 11h30 e contará com a presença do governador Wellington Dias. O evento faz parte do calendário de eventos do Estado e será realizado este ano nos dias 14, 15 e 16, na praça Valdir Fortes, com o apoio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), Prefeitura de Campo Maior e Sebrae.

Durante o festival, a cidade de Campo Maior recebe um maior fluxo de turistas, já que o festival reúne boa gastronomia e entretenimento, com o melhor da música regional e nacional. Para a secretária de Estado do Turismo, Carina Câmara, o evento impulsiona o turismo e já é necessário todos os anos. “O objetivo do evento além de gerar emprego, é fazer com que o turista retorne ao município mesmo após o evento. O foco é a gastronomia e queremos aproveitar isso, com a pausa dos turistas que passam pelo local com destino a outras cidades, como o litoral piauiense. Será uma grande festa”, frisa a gestora.

“Nossa expectativa é muito grande relacionada ao público, este ano vamos oferecer novos passeios turísticos, com uma empresa especializada. Além disso também fizemos uma programação variada com os chefs, pratos especiais, toque gastronômico diferenciado, com sabor da nossa terra. Teremos também o festival de misturinha (arrumadinho) e a presença da vice-campeã do Master Chef Brasil, Lorena Dayse”, além de todo conforto na estrutura, uma praça de alimentação mais ampla e confortável. O turista vai gostar bastante”, afirma Wellignton Coelho, organizador do evento. 

Programação

14/11
Biquini Cavadão, Toca do Vale, Lagosta Brozeada, Bill Balla e João Veloso

15/11
Araketu, Mara Pavanelly, Walkiria Estarley, Forró Absoluthe, Alline Cabral

16/11
Léo Chaves, Taty Girl, Waldo e Felipe e Forró Bandido

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

PF fecha rádios clandestinas em Campo Maior e Castelo do Piauí

A Polícia Federal informou na tarde desta terça-feira (5) que fechou duas rádios clandestinas na região Norte do estado. 

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Campo Maior e Castelo do Piauí.

Segundo a PF, os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Piauí.

Confira a nota na íntegra:

Na manhã de hoje (05/11) a Polícia Federal, com o apoio da ANATEL, deu cumprimento a dois Mandados de Busca e Apreensão nas cidades de Campo Maior/PI e Castelo do Piauí/PI. Os Mandados foram expedidos pela Justiça Federal, Secção do Piauí, objetivando o fechamento de rádios que se encontravam funcionando de forma clandestina.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

 

Suspeito de tráfico é morto a tiros dentro de chácara na zona rural

Foto: Izabella Pimentel

Um homem, identificado como Adailton Tomás da Silva Oliveira, foi assassinado por volta das 18h desta sexta-feira (1°) no povoado Fazendinha, zona rural de Campo Maior. 

De acordo com o comandante do 15º BPM, major Etevaldo Alves, Adailton estava em sua chácara quando foi procurado por dois homens em uma moto que ao encontrá-lo efetuaram vários disparos de arma de fogo. 

"Adailton tinha várias passagens pela polícia por tráfico de drogas  e recentemente cumpriu pena no sistema prisional. As diligências para localizar os acusados tiveram início assim que a PM tomou conhecimento do fato", afirmou o major Etevaldo. 

O corpo foi encaminhado para exame cadavérico no Instituto Médico Legal (IML) em Teresina.


Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com

Aluno da rede municipal é classificado entre os melhores em crônica do Brasil e disputará final em SP

Filho do zelador Claudio Alves Pereira, 32 anos, e da dona de casa Camila Oliveira Ferreira, 30 anos, fazendo parte de uma família sem condição de pagar ensino privado, o jovem Francisco Cássio Oliveira dos Santos, do 9º ano, da Escola Municipal Professor Hilson Bona, mostra, que quando há vontade de estudar, a escola pública é um caminho para o sucesso.  Ele é a mais nova estrela da educação da rede municipal de Campo Maior a disputar um prêmio nacional das Olimpíadas de Português. Ele vai disputar a final, na categoria crônica, em dezembro em São Paulo.

“É muito bom, me sinto gratificado. Eu sempre gostei de escrever, embora goste mais de lê, quando a gente lê muito se dar muito bem na escrita”, disse Francisco Cássio, deixando um dos segredos de seu sucesso na conquista da semi final desta Olimpíada.  Segundo Francisco Cássio, a escola estimula muito o aluno a desenvolver as habilidades na produção de texto. “A escola estimula muito, existe muitas oficinas de português para aprimorar a leitura e a escrita”, contou.

Na crônica ele descreveu o que viu em uma cena, de um determinado momento em que esteve na Rodoviária de Campo Maior. Ele contou o relato  de uma mãe solteira, que estava com a filha nos braços, e em prantos, já quase de partida para outra cidade em busca de trabalho e sobrevivência, antes de viajar ela teve que deixar a criança com o pai dela, avó do bebê, deixando para trás parte da sua história e de seu coração. Esta foi a sua inspiração.

Segundo a professora Solange Andrade Ribeiro as Olimpíadas de Português acontecem a cada dois anos. Anterior a este período os professores de português trabalham com todos os alunos na sala em forma de oficina. “Todo o material da Olimpíada está disponível no site escrevendo o futuro, a única coisa que o professor precisa fazer é se planejar e envolver os alunos, trabalhando as técnicas e o desejo deles pelo desenvolvimento textual”, explicou.

O trabalho na opinião da professora não é fácil porque depende muito da motivação de cada aluno. “A gente sabendo planejar as aulas, os meninos se envolvem realmente. No início eles têm muitas dificuldades, mas depois com as oficinas eles vão desenvolvendo até chegarem no produto final”, comentou Solange Andrade, ressaltando, que o eixo de produção textual é muito importante. Para que isto aconteça o professor trabalha primeiro a leitura.

“Para poderem produzir, os alunos vão ter que ler, fazer pesquisa, a parte de conhecimento linguístico também é muito importante. Nas oficinas desenvolvemos todos estes eixos na língua portuguesa”, disse. Para a professora, este resultado é muito gratificante,  por trata-se da realização de todo um trabalho, de um processo e não somente o dela, mas de todos os professores de língua portuguesa da Escola Hilson Bona.

“O aluno vem de um processo de séries anteriores onde os professores trabalham produção textual e hoje vemos este resultado, um aluno que foi classificado entre os 569 semi finalistas, na categoria crônica. Estamos nos 125 melhores textos. Isto é muito interessante, do Piauí são cinco representantes concorrendo com alunos de todo o Brasil. Vamos a São Paulo participar de oficinas, nos preparando para a etapa final e nacional”, declarou, mostrando que nos dias 23,24 e 25 de outubro vão para a regional se preparar para a etapa final.

Os pais de Francisco Cássio,  Cláudio Alves e a dona de casa Camila Oliveira contaram como é relação com o filho em casa para faze-lo entender que educação é importância para o futuro dele. “A gente fica feliz de ver o esforço dele,  por esta conquista. Isto é muito gratificante. O que tem ajudado bastante é sempre conversarmos com ele, mostrarmos algumas situações e mostrar para ele as orientações da Bíblia. O que aprendemos passamos para os nossos filhos em casa”, enfatizou. O casal além, de Cássio  tem uma filha de 7 anos de idade.

“Nós sabemos que não é fácil, eu tenho consciência da rotina de um professor, nós sabemos que somente por meio da educação é possível mudar o mundo, e graças a Deus a nossa educação está evoluindo, nós estamos conseguindo avançar, não precisamos falar, os números mostram os resultados, por isto, temos a certeza que estamos caminhando na direção certa", explicou o prefeito Professor Ribinha, destacando que a educação pública de qualidade só evolui se houver a parceria das famílias com a escola.

 

cidades@cidadeverde.com

PRF prende traficante a apreende cocaína na BR-343

Foto: Divulgação PRF

Policiais Rodoviários Federais efetuaram a prisão de um homem de 27 anos que transportava, no veículo Honda Civic, 446 gramas de substância análoga a cocaína na tarde desta sexta (18) na BR-343 em Campo Maior (a 80 km de Teresina). Os policiais identificaram o crime, ao abordarem o veículo em uma fiscalização de rotina.

Ao ser dado ordem de parada ao veículo, os policiais desconfiaram do comportamento do condutor e, após realizarem vistoria no veículo e no condutor, encontraram por baixo das roupas a droga envolta de plásticos e papel alumínio.

O condutor não informou para quem entregaria a droga e nem informou de quem comprou.

Diante dos fatos devidamente comprovados, o homem a droga e o veículo foram encaminhados para a Polícia Civil da cidade para os procedimentos cabíveis. O condutor poderá responder por tráfico de drogas. 

 

redacao@cidadeverde.com

Detento é achado morto dentro da cela de triagem do presídio de Campo Maior

Foto: Ascom Sejus

Um detento foi encontrado morto no início da manhã deste sábado(12) na penitenciária de Campo Maior (a 80 km de Teresina). Ele foi identificado como Luís Ricardo, vulgo Ringo e seria natural de Piripiri. Este é o segundo detento morto dentro de uma unidade prisional nesta semana. 

O agente da Delegacia Regional de Campo Maior, Baker Martins, informou que a polícia foi acionada, encontrou o corpo e acionou a perícia e o Instituto Médico Legal (IML). 

“Os agentes sentiram falta na hora da contagem às 6h e nos acionaram. A perícia que vai dizer se foi morte violenta ou causa natural. Abrimos o inquérito e estamos fazendo os levantamentos”, afirmou o policial civil.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sinpoljuspi), Cleiton Holanda, informações do final da manhã já dão conta de que ele teria sido assassinado, morto por enforcamento, e simulado o suicídio.

“Como é uma estrutura nova, dificilmente conseguem retirar ferros da unidade e tem um controle mais rigoroso para isso. Por isso, para disfarçar o assassinato eles simulam suicídio, mas não foi”, explicou Cleiton Holanda. 

Ele disse que a vítima havia sido transferida a pouco tempo para o presídio e ainda estava na triagem. “Ele estava na Casa de Custódia e mesmo sendo provisório foi transferido para uma penitenciária e não para uma cadeia pública, não era para ter sido mandado para lá”, questiona o presidente do Sinpoljuspi. 

Segundo o agente penitenciário, havia mais oito presos com ele, que serão investigados.

O Sinpoljuspi já contabiliza sete mortes nas unidades prisionais em 2019: quatro na Custódia, uma na Irmão Guido, uma em Parnaíba e esta em Campo Maior.

O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e recolheu o corpo.

A Secretaria da Justiça enviou nota ao Cidadeverde.com afirmando que investiga o caso: 

A Secretaria de Estado da Justiça informa que o detento Luiz Ricardo de Lima foi encontrado morto, na madrugada deste sábado (12), em sua cela na Penitenciária Regional José de Arimateia Barbosa Leite, em Campo Maior. O fato foi constatado após vistoria da equipe de plantão da unidade. O óbito foi comunicado à 5ª Delegacia Regional de Policia Civil e Instituto Médico Legal (IML), que esteve no local para procedimentos legais acerca do caso. A Sejus comunica, ainda, que está investigando o caso.


Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com

Sabor Maior terá 16 atrações com nomes nacionais, regionais e locais

O prefeito Professor Ribinha confirma 16 atrações e a Praça de Alimentação com a participação de pelo menos 25 estabelecimentos na 8ª edição do Sabor Maior (Festival Gastronômico de Campo Maior). Nessa quinta-feira, 10.10, será realizada reunião com os empresários parceiros do evento, que nesse ano de 2019 acontece nos dias 14, 15 e 16 de novembro, na Praça Valdir Fortes.

Professor Ribinha disse que o Sabor Maior vai reaquecer, através do turismo e lazer, a economia de Campo Maior com a geração de oportunidade de negócios, renda e empregos. O evento tem o objetivo de gerar emprego e renda, impulsionar a gastronomia e levar entretenimento. “Vamos gerar empregos diretos e indiretos, criar oportunidade de negócios e de movimentação financeira para o comércio de alimentos, roupas, beleza, hospedagem e transportes”, analisa.

O prefeito informa que para a realização do evento já conta com a parceria do governador Wellington Dias que está destinando recursos, através da Secretaria de Turismo, para a realização do Sabor Maior 2019. “Esse acontecimento será financiado pelo Governo do Estado, com a logística da Prefeitura de Campo Maior”, relata.  

O Sabor Maior já faz parte do calendário cultural e econômico de Campo Maior e esse ano promete ser ainda mais emocionante com atrações nacionais, regionais e ainda atrações locais.

redacao@cidadeverde.com

Secretaria de Saúde inicia a campanha contra sarampo em Campo Maior

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começou nessa segunda-feira 07/10, em todos os postos de saúde de Campo Maior. Dois grupos de pessoas estão no alvo da campanha.

O primeiro grupo é formado por crianças de 5 meses até menores de 5 anos, e a vacinação ocorre até o dia 25/10 tendo como dia D dia 26 de outubro.  O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação acontece no período de 18 a 30 de novembro, sendo o dia D 30 de novembro.

O supervisor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Luciano Alencar, falou da importância da vacinação contra o sarampo. “Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Importante também os pais estarem levando as crianças para receberem a dose, vacina é um direito da criança e elas não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar”, destacou Luciano. 

DADOS

No levantamento divulgado até o dia 28 de agosto, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo e seis mortes, sendo quatro delas de pacientes menores de 1 ano. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Pará Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Sergipe e Distrito Federal.
 

O QUE É O SARAMPO

O sarampo é causado por um vírus altamente contagioso, transmitido através do contato com gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada, quando ela tosse, espirra e respira.  Os sintomas se manifestam entre 10 e 14 dias após a exposição ao vírus e incluem coriza, tosse, infecção nos olhos, erupção cutânea e febre alta. Três a cinco dias após o início dos sintomas, uma erupção cutânea explode.

Geralmente, começa como manchas vermelhas planas que aparecem no rosto na linha do cabelo e se espalham para o pescoço, tronco, braços, pernas e pés.  A vacinação é a melhor forma de proteção contra o sarampo e, mesmo depois que a doença já tenha começado a se espalhar, a vacina ainda pode reduzir o número de casos e mortes.

redacao@cidadeverde.com

Professor Ribinha entrega novos serviços de calçamento em Campo Maior

A Prefeitura de Campo Maior através da Secretaria Municipal de Infraestrutura inaugura nesta terça-feira (08), a pavimentação das ruas Francisco Arruda e Laura Rosa, no Bairro Cidade Nova.

Diante disso, o Prefeito Professor Ribinha convida a toda população campomaiorense para prestigiar a solenidade de inauguração que está marcada para iniciar as 18:00 horas. 

Vale ressaltar que atualmente a Prefeitura está com suas frentes voltadas para diversos bairros, beneficiando outras  ruas com obras de pavimentação, sendo elas: Almerinda Napoleão, Projetada 1, Maria de Deus Torres, Raimundo Alvarenga, Valmira Napoleão localizadas no Bairro Renascer; Francisco Fortes Machado, no Bairro Parque Estrela; Pedro Quadros, no Bairro Santa Rita; Travessa Paulo VI, João da Cruz, Projetada e Antônio Ibiapina, no Bairro Paulo VI.

Os serviços de pavimentação que a gestão "Mais Conquistas para todos" está executando, em diversas ruas, envolvem a garantia de uma melhor infraestrutura, o que contribui diretamente na melhoria da qualidade de vida dos moradores.

redacao@cidadeverde.com

Campo Maior: mulher tem crânio rachado após briga com homens

Foto: reprodução

Atualizada às 17h04*

Uma mulher identificada como Samara Kelly, de 30 anos, teve o crânio rachado após ser agredida durante uma briga, nas proximidades do Mercado Público de Campo Maior, na madrugada dessa quinta-feira, 03.10. Ela está internada em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina.
samarakelly

Um homem identificado como Raimundo Cardoso foi responsabilizado pelo crime. Os dois costumam frequentar a região do Mercado Público e a agressão acontece quando a mulher e o homem se desentenderam durante uma ‘farra’ no local.

Samara foi atingida com um pedaço de pau na cabeça e caiu desacordada. A mulher foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Campo Maior e logo depois transferida para o HUT em Teresina, onde está internada na UTI. 

O policial Baker Martins disse que a Polícia Civil já está investigando o caso e providenciando a interdição do acusado, que apresenta sinais de problemas mentais.

*O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou que Samara Kelle da Silva, 30 anos, deu entrada no hospital no dia 03 de outubro, às 5h21. A paciente está internada na Unidade de terapia intensiva (UTI) em estado grave. A paciente apresenta fratura múltipla de face e traumatismo craniano grave.  A paciente foi vítima de espancamento, encaminhada ao hospital do município de Campo Maior. 

 

Fonte: campomaioremfoco

Posts anteriores