Cidadeverde.com
Geral

Estado debate regulamentação da criação de novos pólos EAD

Imprimir

A administração superior da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) reuniu-se,  nessa terça-feira (10), com representantes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), do Conselho Estadual de Educação e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), para debater sobre as formas legais de oferta de cursos de Ensino a Distância em mais 60 municípios do Piauí. A reunião foi realizada na reitoria da Uespi, no Campus Poeta Torquato Neto.

De acordo com a vice-reitora da instituição, Bárbara Melo, desde o início do atual mandato, o governador Wellington Dias já demonstrava interesse em levar cursos superiores ao maior número possível de municípios. “O governador tem interesse em criar 60 novos polos para ofertas de cursos à distância. E, nos últimos meses, a equipe de governo vem trabalhando para que essa oferta seja garantida”, disse a vice-reitora.

Durante o encontro, analisou-se documentos que regulamentam a oferta de cursos no estado. “Vai haver essa oferta em, pelo menos, mais 60 municípios, na modalidade a distância, por enquanto. E estamos estudando a legislação pertinente para fazermos isso com segurança jurídica, alinhada com à legislação atual e que atenda ao interesse do Governo do Estado, que é desenvolver o Piauí por meio da educação”, finalizou Bárbara.

O reitor da Uespi, Nouga Cardoso, participou, nessa terça (10), de reunião com o governador Wellington Dias e com o ministro da Educação, Mendonça Filho, em Brasília, para debater sobre os trâmites legais para oferta dos cursos.

 

redacao@cidadeverde.com

Imprimir