Cidadeverde.com
Geral

Rapaz embriagado deita na BR-230 e é resgatado por viatura da PRF

Imprimir

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) teve que se desdobrar para atender todas as ocorrências no feriado prolongado de carnaval. Só em dois dias foram quatro acidentes com dez pessoas mortas. Oito delas perderam a vida na BR-135, em duas tragédias praticamente no mesmo local, em Cristalândia. Em Floriano, uma ocorrência por pouco não terminou em acidente. Um homem foi flagrado deitado na BR-230 sob efeito de bebida alcoólica. 

“O carnaval tem exageros das mais variadas formas. Os colegas estavam em deslocamento e encontraram um bêbado deitado no meio da rodovia. Os colegas pegaram e levaram a pessoa para um local mais seguro. Se fosse outro veículo como uma carreta, por exemplo, poderia ter gerado um acidente maior e outra vítima fatal”, explica o inspetor da PRF, Jonas Mata.

Em outro trecho, agora na BR-343, em Parnaíba, um motorista foi flagrado embriagado e, para a surpresa da PRF, quando o carro dele foi revistado, o rapaz estava com um cone da Policia Rodoviária no bagageiro do veículo. 

“Tivemos essa ocorrência atípica no domingo. Prendemos uma pessoa por embriaguez e quando o colega abriu o carro, ele tinha roubado um cone da PRF que estava lá para sinalizar. Às vezes é complicado. Tentamos trabalhar de um jeito e cidadão que seria de bem, bebeu, dirigiu e roubou até um cone”, declarou.

A brincadeira terminou com o motorista sendo encaminhado para a Polícia Federal. A avaliação da PRF do feriadão não foi das melhores.

“Esse carnaval foi muito violento comparado ao carnaval do ano passado. O que chamou atenção em 2016 foi que em dois dias tivemos seis acidentes sem vítimas e em 2017 foram 4 acidentes em dois dias com 10 vítimas fatais. Só em dois acidentes foram 8 mortos. Duas famílias morreram. Esse número é ruim”, afirmou.

Foto: Google Maps

Segundo um balanço parcial da PRF, foram 7 prisões por embriaguez, 4 delas só em Parnaíba. “Muita gente dirigindo sob efeito de álcool. 35 pessoas foram notificadas por estarem sob efeito de álcool. Elas sopraram o bafômetro. As pessoas estão morrendo e esses acidentes não são só influenciados pela imprudência”, concluiu.

O resultado final da Operação Carnaval da PRF será divulgado nesta quinta-feira (2).

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Tags: PRFcarnaval
Imprimir