Cidadeverde.com
Geral

Chuva atrasa e redireciona voos no Aeroporto de Teresina

Imprimir

O Aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina, operou por instrumentos entre as 23h40 desta terça-feira e 1h20 desta quarta (19), devido às fortes chuvas que caíram na capital. Com isso, dois voos atrasaram e três foram redirecionados. 

A Infraero informou ao Cidadeverde.com que duas aeronaves que não pousaram na capital nesta madrugada pertencem à companhia aérea Gol e o terceiro à Azul. 

A decisão de não pousar foi tomada pelos pilotos, que constataram baixa visibilidade na pista. Os dois voos da Gol (de número 1582 e 1720) foram para o aeroporto de São Luís (MA) e o da Azul (de número 4254) seguiu para Fortaleza (CE). 

A Infraero ressaltou ainda que os outros dois voos tiveram apenas algumas horas de atraso, mas nenhum foi cancelado e o aeroporto não precisou ser fechado. 

Voo por instrumento

A presença de nuvens baixas prejudicou a visibilidade na cabeceira da pista, tornando arriscado qualquer pouso. Nessas situações, o piloto pode realizar o procedimento com a ajuda do Sistema de Pouso por Instrumentos (ILS). O chamado "pouso por instrumentos" permite que a aeronave chegue ao solo sem que o piloto precise ter total visibilidade da pista. 

Em Teresina, a situação é relativamente comum quando ocorrem fortes chuvas, devido à presença de nuvens baixas e nevoeiro. A recomendação é que se suspenda as operações. Aos pilotos é orientado que sobrevoem a cidade por no máximo 40 minutos, aguardando situação favorável para pouso. 

Maria Romero e Jordana Cury
redacao@cidadeverde.com

Imprimir