Cidadeverde.com
Esporte

Piauiense campeã de judô se aposenta com vitória em Teresina

Imprimir

Aline Coutinho, 26 anos, encerrou na tarde deste domingo sua carreira de judoca da melhor maneira: com uma vitória. Ela conquistou a medalha de ouro do Campeonato Brasileiro Regional 2 que acontece neste fim de semana no Iate Clube. O evento reuniu 450 atletas de cinco estados: Piauí, Maranhão, Ceará, Pará e Amapá.

 

Chorando muito após o resultado da luta final na qual venceu a também piauiense Marília Ramos, Aline declarou seu amor ao esporte ao anunciar sua aposentadoria. “A ficha começou a cair ontem (sábado, primeiro dia do campeonato). Hoje tentei esquecer tudo e focar na competição. Não poderia lutar com emoção à flor da pele. Sempre gostei de competir. Vai ser uma das coisas que mais vou sentir saudade”, declara. Ela venceu na categoria sua última luta oficial na categoria leve (até 57kg), uma acima da qual costumava lutar, a meio-leve (até 52kg).

 

A judoca que sempre fez questão de ouvir o hino brasileiro se diz pronta para encarar nova fase de sua vida. Aline tem pós-graduação em Educação Física e atualmente faz também o curso de jornalismo.

 

Trajetória

 

Hélio Queiroz, primeiro técnico da Aline e diretor da Federação Piauiense de Judô, afirma que nunca viu sua pupila tão emocionada quanto neste domingo. “Acho que ela merecia encerrar a carreira da forma que ela encerrou: como campeã. As contusões que ela sofreu foram a causa principal de ela não ter feito uma carreira internacional”, declara.

 

“Ela é um marco. Foi nossa primeira judoca a compor a seleção brasileira. Não temos como mensurar essa perda. É uma lacuna que nós vamos ter. Até hoje não temos uma atleta universitária com nível dela”, garante Danys Queiroz, presidente da Federação Piauiense de Judô. O atual técnico de Aline, Expedito Falcão, descreve a judoca como “uma atleta de alto nível. Mulher muito guerreira” que “poderia competir até depois dos 30 anos”.
 
Confira todos os resultados aqui.
 
Flash de Fábio Lima
Redação Carlos Lustosa Filho
Tags:
Imprimir