Cidadeverde.com
Economia

Inflação:gasto com alimentos caem e taxa recua na 2ª semana de maio

Imprimir
A inflação medida pelo IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) desacelerou e encerrou a segunda semana de maio em 0,38%. O resultado é 0,07 ponto percentual menor que o registrado na semana anterior, terminada no dia 07 de maio, que foi de 0,45%.


O índice, calculado pela FGV (Fundação Getulio Vargas) e divulgado nesta quinta-feira (16), mostrou que cinco das oito classes de despesas componentes do IPCS apresentaram resultados menores em suas taxas de variação, com destaque para o grupo Alimentação, cuja variação passou de 0,68% para 0,51%.

De acordo com a FGV, o resultado do grupo reflete o comportamento do item hortaliças e legumes (de 0,70% para -2,11%).

Outros grupos
Além do grupo Alimentação, contribuíram para a desaceleração da inflação na semana, os grupos Vestuário (de 0,99% para 0,84%), Transportes (de 0,07% para -0,07%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 1,41% para 1,35%) e Habitação (de 0,30% para 0,27%).

Neste sentido, as maiores influências para o resultado destas classes de despesas partiram, respectivamente, dos seguintes itens: calçados (0,43% para -0,15%), tarifa de ônibus urbano (-0,25% para -0,90%), salão de beleza (1,12% para 1,08%) e tarifa de eletricidade residencial (-0,49% para -0,90%).

Em contrapartida, os grupos Educação, Leitura e Recreação e Comunicação registraram resultados contrários em suas taxas de variação, enquanto Despesas Diversas repetiu o resultado da semana anterior.

Fonte: Info Money
Imprimir