Cidadeverde.com
Geral

2ª etapa do Enem é neste domingo e aborda quatro disciplinas

Imprimir
  • portao2.jpg Catarina Malheiros
  • enemportao.jpg Catarina Malheiros
  • portao.jpg Catarina Malheiros
  • enem9.jpg Catarina Malheiros
  • enem8.jpg Catarina Malheiros
  • enem7.jpg Catarina Malheiros
  • enem6.jpg Catarina Malheiros
  • enem2.jpg Catarina Malheiros
  • enem1.jpg Catarina Malheiros

Atualizada às 12h

A segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (11). No Piauí, 97.294 candidatos são aguardados nos locais de prova. O estado registrou a menor taxa de abstenção na aplicação da primeira etapa, no domingo passado. Segundo o Inep, apenas 18,5% dos 119.379 mil estudantes piauienses faltaram ao certame. Os candidatos devem ficar atentos ao horário de abertura e fechamento dos portões. No Piauí não há horário de verão, portanto os portões abrem às 11h e fecham às 12h, pontualmente. As provas são entregues às 12h30. 

Na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), assim como na primeira etapa, a movimentação de alunos é grande. Houve correria faltando dois minutos para o portão fechar. Neste domingo, o local ganhou reforço de homens da Polícia Militar e Civil. Eles relataram que os primeiros estudantes começaram a chegar 9h. Mas a maioria chegou mesmo faltando poucos minutos, como Jéssica Nicole, 18 anos, e amiga Mara Giovana, 16 anos. Elas afirmaram ficar nervosas quando esperam por muito tempo, o que fez as duas chegarem mais tarde hoje. 


Mara faz o Enem como teste e sonha cursar Psicologia

"Eu estou fazendo para experimentar e sonho em fazer Psicologia, mas achei a primeira etapa muito difícil. Foi mais do que eu esperava", disse Mara.

Para Jéssica, as provas também não foram fáceis, mas se mantém confiante na aprovação para o curso de Arquitetura e Urbanismo. "A redação confudiu muito os assuntos, mas acho que no final fiz direitinho", disse a estudante, que tenta o Enem pela 3ª vez.


Jéssica temeu a prova de redação, mas acha que fez tudo "direitinho"

O estudante Francisco Vitor, 16 anos, já não viu muita dificuldade nas provas do último domingo e está  otimista para hoje. Com os documentos necessários na mão, ele chegou à Uespi acompanhado da mãe 30 minutos antes da abertura dos portões. "Eu não acho que terá grande dificuldade essa prova. Eu espero conseguir de primeira, apesar da redação ter sido uma surpresa", afirmou Francisco, que tenta Direito ou Educação Física.


Francisco quer cursar Direito ou Educação Física

A mãe do estudante, a auxiliar de dentista Maria de Lourdes, parecia mais nervosa do que o filho. Ela diz que acompanha o jovem para dar mais suporte emocional e garantir que tudo corra bem. "Eu acompanho meu filho em todos lugares. Tenho esse privilégio. Ele é um bom filho, bom aluno, e gosta de estudar, mas estou mais nervosa do que ele, já que é muita adrenalina", comentou.

Maria de Lourdes foi preparada para esperar pelo filho até às 17h30. "Moramos no São Joaquim e, como é domingo, os ônibus demoram a passar, então prefiro ficar logo por aqui", disse. Na sacola, a mãe carregava um lanche e água mineral.

O casal de namorados Vinicius Fidalgo, 21, anos e Roberta Castro, 17 anos, chegaram de mãos dadas ao Enem. Eles fazem prova na mesma sala. Ele tenta Engenharia Civil e ela Direito. O casal está junto há dois anos e chegou faltando 40 minutos para o fechamento dos portões. "Estudamos juntos e estamos preparados. Eu, mais do que ele", brinca Roberta. 


Casal chegou à Uespi de mãos dadas para mais uma etapa do Enem

Para a mãe Lindalva Martins que levou dois filhos e um sobrinho, o movimento está bem mais fraco do que na semanda passada.

"Eu venho todas as vezes e sempre  fico olhando o movimento depois que eles entram. Depois vou pra casa esperar. Acho que esta semana tem muito menos estudantes. Acho que muita gente desistiu", afirmou.

Primeita etapa

A primeira etapa transcorreu sem problemas no estado e a operação da Secretaria de Segurança Pública para a segunda etapa está acontecendo desde ontem (10), cobrindo os 311 locais de provas, em 32 municípios. A segurança contará com reforço de 512 policiais, 74 viaturas e delegacia móvel. 

 

 

 

Jordana Cury
[email protected]

 

Imprimir