Cidadeverde.com
Economia

Piauí sobe quatro posições e ocupa a 19ª no ranking de inovação entre os estados

Imprimir

Foto: CNI/ Divulgação

O estado do Piauí passou a ocupar a 19ª colocação no Índice Fiec de Inovação dos Estados. Divulgado hoje (13) pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), por meio do Observatório da Indústria, o estudo analisa aspectos relevantes para o desenvolvimento econômico dos estados, principalmente os relacionados a produtividade e competitividade.

O Estado do Piauí subiu quatro posições em relação a edição anterior do estudo, publicada em 2019, quando aparecia na 23ª posição do ranking geral. 

O Índice de Inovação entre os Estados é desenvolvido a partir da análise de duas categorias: capacidades e resultados. A primeira avalia o ambiente de inovação dos estados, enquanto a segunda mensura o grau de inovação.

Entre os indicadores de Capacidades, estão: Investimento Público em Ciência e Tecnologia; Capital Humano – Graduação; Capital Humano – Pós-Graduação; Inserção de Mestres e Doutores na Indústria; e Instituições.

Já em relação aos indicadores de Resultados,  são analisados cinco aspectos: competitividade Global; Intensidade Tecnológica; Propriedade Intelectual; Produção Científica; e Infraestrutura de Inovação.

As três primeiras colocações no ranking geral da edição deste ano ficaram com os estados de São Paulo, Santa Catarina e Paraná, respectivamente. A pior colocação, entre os 26 estados e o Distrito Federal, ficou com o Tocantins. 

Confira a íntegra do estudo

 

Confira a posição do Piauí nas categorias analisadas: 

Índice Geral: 19º lugar

Investimento em Ciência e Tecnologia: 21º

Capital Humano - Graduação: 25º

Capital Humano - Pós-Graduação: 20º

Inserção de Mestres e Doutores na Indústria: 22º

Instituições:

Competitividade Global: 26º

Intensidade Tecnológica: 21º

Propriedade Intelectual: 24º

Produção Científica: 20º

Infraestrutura de Inovação: 25º

 

Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir